09 maio 2016

Resenha - Sábado à noite 3




Esse pode ser o fim da trilogia, mas “Sábado à Noite 3 – Com amor e música” é apenas o começo da vida de Daniel Marques, o famoso vocalista e guitarrista da Scotty. Alta Granada não é mais o palco principal, agora, a banda formada por ele, Caio, Rafael e Bruno toca em shows lotados no país inteiro. Os músicos já não são mascarados amadores, são reconhecidos e estão aproveitando o máximo no melhor estilo rockstar, sem precisarem esconder os rostos, estampados nas capas de revistas, jornais e nos noticiários. Amanda, por outro lado, deverá decidir entre viver o sonho de sua vida ao lado de quem ama ou continuar na segurança da cidade pequena de sempre. Será que ela pode ser muito mais do que os outros pensam? Jogar tudo para o alto e lutar pelo amor nascido nas praias do interior e nos bailes de sábado à noite do colégio valerá a pena? Junto a seus melhores amigos, Daniel e Amanda enfrentarão a maior decisão de suas vidas no desfecho tão esperado dessa história. Junte-se a eles e mergulhe nas páginas recheadas de música, dramas e amizade do último volume de SAN.

Livro: Sábado à noite 3 - Com amor e música
330 páginas || Skoob || Cortesia: Editora Generale || OndeComprar









Quatro anos após os últimos acontecimentos de Sábado à noite 2, os amigos de Alta Granada se reencontram em um momento muito especial para a vida de todos: o casamento de Kevin. A vida deles tomou rumos muito diferentes nesses últimos tempos enquanto a Scotty faz mais sucesso que nunca. Agora os garotos da banda moram em São Paulo e são conhecidos por todo o país, mas perderam quase completamente o contato com suas antigas amigas.

Quando Daniel e Amanda se veem novamente, os dois não poderiam ficar mais felizes, nem mais confusos. O romance entre eles não terminou, eles nem se falaram durante esses anos, já que enquanto o garoto criava fama de cantor bad boy, ela continuava sua vida na cidade pequena, até se formou em jornalismo. Valeria a pena a garota largar a vida que construiu para ir atrás de seu grande amor e será que Daniel continua o mesmo garoto por quem ela se apaixonou anos antes?

"Ela nunca se imaginara como namorada de um cara famoso assim, que deixava as garotas enlouquecidas simplesmente por ser bonito e cantar bem. O que faria com toda essa responsabilidade?"

Acompanhar o desenvolvimento dos personagens de SAN durante os dois primeiros livros me deixou bem curiosa sobre o que aconteceria na finalização da estória desse grupo de amigos. As confusões, seus dramas e romances não deixaram a desejar, mas me decepcionei um pouco ao ver que eles não amadureceram praticamente em nada no intervalo entre os livros. Notei mudanças nas garotas, mas os Scotty me irritaram com algumas atitudes inconsequentes.

Agora que são estrelas da música, os garotos da banda tem acesso às melhores festas e saem com outros músicos famosos, mas nem tudo é fácil, já que eles não podem sequer admitir que tem namoradas. Isso é mais difícil principalmente para Caio, que está desde o início com Anna. Já Bruno, Daniel e Rafael não ficam por mais de uma noite com cada garota, sem contar que não negam uma noitada de festas e bebedeira, Daniel, especialmente, é conhecido como bad boy pelos fãs e pela mídia.


É Daniel quem faz a proposta de Amanda vir para São Paulo e ela fica bastante tentada a aceitar, mesmo que tenham ficado um bom tempo afastados, eles não deixaram de se amar. Além disso, o sonho da garota de sair da cidade pequena está forte, o problema é que Daniel pode não estar preparado para mudar completamente seu estilo de vida. Ver que o sentimento desses dois não mudou me fez logo voltar a torcer pelo casal, o problema é que durante boa parte do livro não vi Daniel preocupado em fazer esse relacionamento dar certo. A verdade é que o protagonista mudou bastante e suas atitudes me irritaram em vários momentos.

Uma das coisas que mais gostei nessa série foi a forma como a autora conseguiu trabalhar com vários personagens diferentes e dar importância a cada um deles. Em “Sábado à Noite 3” essa característica continuou, toda a banda teve destaque e as garotas também. Cada um teve sua própria situação particular, o Rafael já tinha chamado minha atenção e nesse livro a forma como ele deu uma guinada em sua vida sem perder o jeito brincalhão me fez gostar ainda mais do personagem. Só senti falta de um pouco mais de participação do Bruno, deu para perceber que ele não estava totalmente satisfeito com a vida de famoso e acredito que esse aspecto poderia ter sido mais trabalhado.

A forma como todos os personagens continuaram jovens, fazendo algumas besteiras e sem se importar muito com o que os outros pensam me agradou e desagradou ao mesmo tempo. Não houve uma mudança forçada de um livro para o outro, mas em alguns aspectos eles deveriam estar mais maduros, pois já surgiram assuntos como família e trabalho, mas a mentalidade de praticamente todos continuava a mesma de quatro anos antes.

"A gente nunca acredita que quando cresce a magia ainda pode existir. Daniel tinha milhões de problemas e assuntos a serem lidados, mas por momentos como o do show passado, Amanda sabia que valia a pena."

Com uma narrativa fluida em terceira pessoa, “Sábado à Noite 3” foi uma boa finalização para os Scotty e seus amigos, com suas paixões e loucuras. Como qualquer fã, senti falta de mais algumas páginas para continuar acompanhando o que aconteceria com os personagens, mas a Babi conseguiu me deixar muito feliz com o rumo da vida de todos, sem contar que achei as últimas cenas muito bem pensadas.

A diagramação da Editora Generale está simples e bonita, a capa segue o padrão em preto e branco das anteriores, dessa vez mostrando uma ilustração de Daniel sentado com um violão e cercado de cartas e envelopes, só um deles em vermelho. O interior tem páginas amareladas e um espaçamento um pouco menor que o normal, mas nada que tornasse a leitura desconfortável.

Continuo indicando a trilogia para todos que gostam de livros juvenis, especialmente se querem matar um pouquinho da saudade da época do colégio. Além disso, esse último livro ainda trouxe uma boa visão sobre as dificuldades de manter um relacionamento, mesmo querendo só o melhor para a pessoa. Com certeza vou sentir falta dessa turma!

25 comentários:

  1. Oi!!

    Eve tenho um grande problema em ler trilogias, pq as vezes o que a autora poderia contar em um livro fica se arrastando em outras páginas. O bom pelo que percebi desse livro é que ele vai além do que se imagina, ele narra a vida da banda depois de famosa e mesmo com a imaturidade de seus integrantes deu para absorver que você gostou, talvez não tanto como os anteriores, mas a autora conseguiu transmitir o recado. Espero que Daniel e Amanda tenham realmente se resolvido, mas a parte que foi disse do mesmo não se empenhar tanto para que o namoro fluísse me deu desgosto, rs, gosto de mocinho com mais atitude. Enfim, obrigada pela dica. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oie eve. Bom, desde a primeira resenha dessa série eu me interessei em tentar conhecê-la, mas também ao mesmo tempo fico bem receosa pelo ponto que você mencionou que ainda no terceiro livro alguns personagens não amadureceram como deveriam, isso é uma coisa que me irrita. Mas que bacana saber que tem esse ponto positivo de a autora conseguir manter o foco em vários personagens ao mesmo tempo. Acho que eu não darei uma chance nesse momento para a trilogia, mas quero conhecer no futuro.

    ResponderExcluir
  3. Oi Eve, essa série é muito marcante e a autora é simplesmente ótima com as palavras. Seus personagens são incríveis. Já li os dois primeiros e preciso ler mais esse também. Quero muito terminar a trilogia, pois é um gênero que me agrada bastante. Legal ler sobre as dificuldades de manter um relacionamento. Hoje em dia, esta cada vez mais difícil.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho muita vontade e curiosidade ler essa trilogia!
    Já li o conto da Babi em Um Ano Inesquecível e percebi que a escrita dela é ótima, o que me fez ficar com mais vontade de ler SAN.
    É verdade, quando uma trilogia acaba sempre ficamos com gostinho de quero mais, mas que bom que a Babi deu um final legal pros personagens!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  5. Oi Eve,

    Eu não conhecia esse livro e gostei da sua resenha!!
    Muito bem escrita mostrou bem o lado da história. Acho que quando nos encantamos muito com um livro sobre vamos querer mais e mais né? Gosto dessa sensação de entrega durante a leitura e voce me passou isso na resenha. Parabéns!
    Não digo que vou ler agora mas não vou deixar passar :D

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Ainda não li nenhum dos livros dessa trilogia, mas já tinha ouvido falar bastante sobre ela.
    Acho essas capas maravilhosas e sempre fico tentada a comprar esses livros quando vejo na livraria.
    Eu adoro histórias juvenis, pois me lembram minha adolescência, então fiquei bem curiosa para conhecer essa história.
    Gostei de saber que você gostou do encerramento dessa história mesmo desejando que tivesse mais algumas páginas.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  7. Eve, essa é uma série que nunca me chamou a atenção e eu nem sei explicar o motivo. Lendo a sua resenha, fiquei um pouco perdida na história, me questionando quem era quem no enredo e confesso que meu desinteresse pelo livro aumentou. Talvez no futuro eu me interesse mais!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Eu acho a Dewet uma fofa! Mas sei lá, nunca tive muita vontade de ler os livros dela. E não é por serem mais juvenil, só me aprece dos tipos cheios de clichês que eu não vou curtir tanto. Talvez se eu tivesse 13 anos eu fosse amar seus livros, mas agora com quase 27 anos na cara... minha cabeça já mudou e muito.

    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  9. Sempre leio resenhas muito positivas sobre os livros da autora, esses em especial. Ainda não tive muita vontade de lê-los, mas gostei da sua resenha e de saber que foi um bom desfecho para a trilogia. Não sei se lerei, mas anotei a dica aqui. Essas capas são muito bonitas!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Olá Eve,
    Está aí uma série que não tenho vontade de ler.
    Entendo que ela é muito bem trabalhada. Que a autora soube dar importância para todos os personagens e não fez isso de uma forma cansativa, mas sinto que não é um livro pra mim.
    É como se eu tivesse passado do momento para ler, sabe?
    Sua resenha está incrível e fico feliz que tenha gostado e indique a série.
    Beijos ♥
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  11. Olha, acho que em quatro anos tinha sim que ter tido um amadurecimento melhor dos personagens. Essa é uma série que pretendo ler mas ainda não comecei, e acredito que vou estranhar bastante isso, mas pelo menos agora já estarei preparada. Amo tanto essas capas! *-* Adoro livros juvenis, principalmente os que me lembram da época da escola, e curti esse volume falar da dificuldade de se manter um relacionamento, é algo importante para ser abordado. Agora que a trilogia está completa espero conseguir ler logo!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  12. Oi Eve,
    Já tem um bom tempo que eu vejo resenhas das obras dessa série, conheço a autora de ouvir falar pela blogosfera e da participação dela em algumas coletâneas. Achei a sua resenha bem didática em relação a obra, além de nos esclarecer sobre ela, você ainda nos dá de uma maneira muito agradável o ponto de vista da sua experiência com a leitura, mas infelizmente continuo sem ter interesse de fazer essa leitura. Não acredito que essa temática seja pra mim.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá!

    Já esbarrei com esses livros várias vezes em livrarias. Mas nunca tive coragem de ler, apesar de todo mundo falar que é um livro muito bom. Se não me engano, ela era uma fanfic de McFly antes não era?
    Realmente como você falou é meio ruim o fato de os personagens não terem amadurecido, afinal foram 4 anos não é mesmo... Era para ter alguma mudança e isso pesa muito durante a leitura.
    Espero ainda animar de ler os livros.

    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
  14. Oiee Eve ^^
    Como eu ainda não li o segundo livro, dei uma puladinha no começo da sua resenha, para não pegar nenhum spoiler. É uma pena que o livro não tenha ganhado cinco estrelinhas...hehe' mas parece ser bom do mesmo jeito. A escrita da Babi é maravilhosa, né? É muito bom saber que a autora continua dando importância aos personagens secundários, pois é ruim demais quando a história fica só no casal principal, né? Estou doida para continuar a trilogia ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá Eve,

    Eu não leio muitos livros juvenis, mas confesso que essa tirlogia me chama bastante a atenção. Eu acompanhei as resenhas por aqui e confesso ter ficado bem interessada com a narrativa. Quem não gosta de histórias colegiais cheias de amores e hormônios?! ♥ Enfim, eu adorei a sua resenha, mesmo tendo ficado um pouco perdida com alguns fatos, mas sei que vou adorar. Sempre fico feliz quando uma série/trilogia acaba bem.

    Beijo!!

    http://anneandcia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá Eve,

    Estou tentando evitar trilogias e series por esses dias... E esse tipo de gênero não me chama mais atenção, antigamente eu era apaixonada, mas com o tempo vamos descobrindo novos estilos e mudando o nosso gosto literário. Eu não conhecia a trilogia e acredito que também nunca li nada da autora, vou procurar outros livros dela para vê se algum possa se encaixar com o momento que estou vivendo agora.

    Sobre você sentir saudades dos personagens, vou ficar torcendo para que a autora faça algum outro livro, nem que seja um conto para saciar essa saudade. Beijos'

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oie!
    Já vi diversos comentários positivos sobre a escrita da Babi nessa trilogia, mas ainda não tenho certeza se quero conhecer o enredo. Quer dizer, a história criada pela autora parece fantástica, mas tenho certo receio com o fato de nenhum dos personagens ter amadurecido em quatro anos. Atitudes imaturas que são capazes de me irritar também podem me fazer cansar da leitura, infelizmente. Mas de qualquer forma anotarei a indicação para experiências futuras. Assim que aparecer a oportunidade, com certeza vou ler para tirar minhas próprias conclusões. Sempre admirei o padrão de modelo das capas da trilogia, é realmente muito lindo. *-*

    Beijos,
    Fernanda Goulart.

    ResponderExcluir
  18. Oi Eve! :)
    Estava passeando aqui pelo blog e achei esse post! Li esse livro faz muito tempo, mas sua resenha me deu uma nostalgia gostosa e vontade de ler de volta, então resolvi comentar haha :)
    Eu li o primeiro Sábado a Noite quando ainda era fanfic de McFLY da Babi postada no site e me lembro que eu lia ela pelo menos uma vez por ano depois que tinha sido finalizada. A alegria da minha vida foi quando ela finalmente colocou isso em um livro e lançou as continuações! *-*
    SAN sempre vai ter um lugarzinho especial no meu coração, mas eu tenho que dizer que não gostei muito do segundo e um pouquinho menos ainda do terceiro. Pra mim, o primeiro sempre vai ser o melhor de todos e o que me fez gostar da história em primeiro lugar.
    Beijos! :)
    www.beyondbluedoors.com

    ResponderExcluir
  19. Oi Eve *--*

    Li só primeiro volume dessa série e peguei muito amor pelos personagens. Infelizmente ainda não consegui terminar de ler a trilogia por ser caro os livros mesmo. Li só suas impressões para não pegar nenhum spoiler e fico mega feliz em saber que o livro continua maravilhoso. Só fiquei com mais vontade de continuar a ler. Quem sabe esse ano eu termino.

    Bjos
    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/05/resenha-nebulosa.html

    ResponderExcluir
  20. Oi Eve, menina estou simplesmente encantada com essa trilogia. Sério, estão na minha lista já faz um tempo e ver os seus elogios aumentam minha curiosidade. Ainda mais por se tratar de uma série juvenil, acho ótimo para dar uma descontraída e relembrar a época de escola mesmo, gostei da sua opinião e da trama. Já quero muito ler todos eles!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  21. Olha, eu não conhecia essa série, vou até dar uma olhada nas resenhas dos volumes anteriores, pois me interessou bastante. Gosto muito de narrativas juvenis, além disso, gosto de conhecer porque sempre temos um jovem a quem dar um presente de aniversário ou outra ocasião qualquer. Achei muito bacana que a autora tenha conseguido dar a devida importância a todos os personagens. Há obras que apresentam personagens que a gente nem sabe por que o autor colocou ele ali, de tão inexpressivo. A capa é muito fofa, adorei!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  22. Oi, tudo bem?
    Eu nunca li nada dessa trilogia e confesso que não tenho muita curiosidade, sabe? Achei interessante eles se reencontrarem depois de um bom tempo e também é bacana toda essa coisa de banda e sucesso, mas confesso que premissas assim não chamam muito a minha atenção mesmo e é uma pena ver que nesse volume os personagens não amadureceram :/

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  23. Oie, tenho muita vontade em ler esses livros, mas nunca surge a oportunidade para leitura. A série tem vários fãs e isso me deixa super empolgada para dar uma chance, mas ainda bate a segurança de não ser tudo aquilo. Fico feliz que o último livro tenha te agradado e que a autora tenha conseguido finalizar a história em grande estilo, isso é muito dificil de acontecer.

    Beijos,

    ResponderExcluir
  24. Sabe, eu não sou muito fã da Babi, então nunca prestei muita atenção nas resenhas de seus livros. Acontece que a sua resenha me deixou pensando que eu deveria dar uma chance para a leitura, que tem tudo para me agradar também.
    O que mais chamou minha atenção e que gostei de saber é que o foco não é só em um personagem, mas em vários e que todos tem o seu espaço. Acho que isso deixa a história mais completa :)
    Ainda não decidi, mas acho que vai entrar na lista :)
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir
  25. Eu não conhecia esse livro e nem a trilogia, desconfiei que era juvenil quando olhei a capa, lendo a sinopse veio a confirmação. Na verdade eu adoro esses romances e aventuras juvenis, vou anotar para futuras leituras, mas no momento estou numa fase mais drama, sou cheia de fases literarias, rsrs. Gostei bastante de sua resenha, parabéns! Vou add os livros no skoob.

    ResponderExcluir