15 abril 2016

Resenha - A Filha do Norte





Tudo começa quando Michelle e Meredith saem para ver as flores. Uma tempestade faz com que a bruxa perca Michelle de vista. A menina, desnorteada, sai em busca de ajuda e avista uma mansão enorme e antiga. Pensando que não mora ninguém na casa, Michelle entra no local para se abrigar e é surpreendida ao ser recebida por uma governanta tão sinistra quanto a casa, que a deixa com medo. Seu instinto lhe diz que há algo de errado, mas essa sensação passa quando entra na casa e se depara com um ambiente completamente diferente daquela fachada macabra que vira. O interior da mansão é maravilhoso, bonito e sofisticado, assim como os seus donos: os irmãos Vergamini.
O que Michelle não imagina é que às vezes é necessário ouvir nossos instintos. Ela está em perigo e talvez nem suas amigas, Elza e Meredith, as bruxas do Leste e do Sul, consigam salvá-la.


Livro:
A Filha do Norte
496 páginas || Skoob || Autora Parceira: Luisa Soresini || OndeComprar








Michelle é uma jovem que viajou muito antes de encontrar na casa das bruxas Elza e Meredith o que parecia ser um lugar onde finalmente poderia descansar e esquecer do passado por algum tempo, logicamente sem saber das verdadeiras identidades das donas do lugar. No que deveria ser um passeio pela floresta para ver algumas flores ela acaba perdida e chega a uma casa muito antiga e com aparência de abandonada. Apesar de seus instintos, ela decide se abrigar da chuva no interior da mansão, mas é surpreendida pela decoração opulenta e pelos belos irmãos Vergamini.

Mesmo com a aparência maravilhosa de tudo, a agarota continua desconfiada, mas não tem como voltar para casa naquele momento. O que ela não imagina é que sem querer entrou no covil de seres que têm assustado vilas ao redor da floresta durante décadas e que só procuram mais uma vítima com quem se divertir. Os Vergamini são 7 jovens irmãos amaldiçoados a viverem como monstros, que mesmo depois de anos se divertem torturando as vítimas e utilizam delas para aumentar seus poderes. Só que dessa vez o objetivo deles é deixar a jovem vivendo na mansão durante a eternidade, forçada a fazer as mais diversas tarefas.


Com uma protagonista de contos de fadas e aventuras bem construídas, A Filha do Norte me conquistou pela delicadeza da estória e dos sentimentos abordados pela autora.

"Essa garota tinha que vir com um manual de instruções. Eu não estava dando conta dela. Suspirei, pensando no porquê de eu não estar sentindo raiva dela. Eu sempre sentia ódio das minhas vítimas, mas ela não me causava esse sentimento; pelo contrário, deixava-me curioso."

Mesmo ainda sendo muito jovem, Michelle não teve uma vida fácil, apesar disso ela vê sempre o melhor em cada pessoa e não julga seus comportamentos. A protagonista é dona de uma personalidade meiga e de certa forma inocente, mas diferente do que aconteceu em outros livros, isso não me irritou, já que ela também foi corajosa e determinada em muitos momentos. Além disso, ela também tem vários segredos que aos poucos foram revelados, mas algumas coisas ainda ficaram para a imaginação dos leitores no final do livro.

Os irmãos Vergamini são poderosos e perversos, cada um a sua maneira. Eles foram amaldiçoados há muito tempo, sendo que cada um ganhou características diferentes de acordo com sua personalidade. E no decorrer da estória as diferenças entre eles ficam bem óbvias, mas cada um tem um papel fundamental. Alguns chamaram mais minha atenção, como o pequeno Carl, que tenta de todas as maneiras chamar a atenção dos irmãos e Frank, um inventor extremamente inteligente.

Com sua personalidade meiga, Michelle vai aos poucos se habituando à rotina na mansão, ela não reclama do trabalho pesado ou das constantes ameaças, o que deixa os irmãos cada vez mais intrigados. O que ninguém esperava é que uma garota tão simples pudesse também ir aos poucos mudando a maneira de alguns deles verem suas atitudes.

"Aquilo era mais frustrante ainda e eu tinha que admitir, Carl e Christofer estavam certos. Ela era diferente de tudo o que eu já havia visto; só não sei se isso era algo bom ou ruim."

Com personagens bem construídos, “A filha do norte” se mostrou uma ótima promessa da literatura nacional fantástica. A autora soube trabalhar muito bem com cada um no enredo, todos têm personalidades bem diferentes e entre os irmãos isso extravasa para as características físicas. Os vários mistérios envolvidos entre os protagonistas deixaram a estória bem envolvente. Além das mudanças dos irmãos, a forma como Michelle amadureceu até o final do livro também chamou minha atenção, sem contar que ainda ficou muito a descobrir sobre a personagem.

Os momentos de tensão estão presentes em todo o livro e o ápice foi próximo do final, mas muitas coisas ficaram ainda sem resposta, o livro realmente termina na melhor parte! Como A filha do norte é o primeiro volume de uma série, é natural que algumas pontas ficassem soltas, mas acredito que mais algumas respostas já poderiam ter aparecido.


A narrativa é em primeira pessoa e muito envolvente, alternada entre Michelle e os Vergamini, o que deixa o leitor bem próximo de cada um deles. Uma coisa interessante foi a divisão de capítulos que a autora escolheu, não há numeração ou início em páginas diferentes, apenas uma pequena divisão, como a separação de cenas na maioria dos livros. A diagramação é simples, mas bonita e confortável para a leitura por causa das páginas amareladas. A capa é bonita e tem tudo a ver com a estória, já que passa um ar de mistério e ainda mostra a bússola, que foi usada algumas vezes para chegar ao cenário da estória.

Recomendo a leitura para quem gosta de livros de fantasia e que procuram por uma leitura com jeitinho de conto de fadas. Vale lembrar que A filha do norte é o primeiro volume e eu já estou muito curiosa sobre o que vai acontecer no próximo, que ainda não foi lançado!


*****

Meio capixaba, meio mineira, Luisa Soresini Ramalho Diláscio viveu grande parte de sua vida perto do mar, na sua terra natal, Vitória, e passou os últimos quatro anos em Minas Gerais. Ocupa a maior parte de seu tempo como desenhista, poetisa e romancista; o resto ela divide com o trabalho como professora, com a irmã e com seus gatos. Formada em Letras, sempre gostou de ler e escrever, mas em vez de deixar as histórias engavetadas, resolveu trazê-las a público neste seu primeiro livro, A filha do Norte.

22 comentários:

  1. Que resenha maravilhosa!! Adorei a maneira como você descreveu a história e os personagens :) Muito obrigada!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Fico muito feliz que tenha gostado da resenha :)
      Beijos!

      Excluir
  2. Olá Eve, eu já li algumas resenhas desse livro, mas a sua foi a que mais me motivou a querer conhecer mesmo a história. Adoro livros de fantasia e é muito bom saber que os personagens são bem construídos e que a protagonista é típica de contos de fadas. Também é bom saber que a narrativa é alternada entre personagens, porque é muito bom acompanhar as ações de cada um.
    Beijos, Fer ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Que bom que minha resenha te deixou empolgada para ler! Eu também gosto desse estilo de narrativa que se alterna entre alguns personagens :)
      Beijos!

      Excluir
  3. Já tinha visto alguma coisa sobre o livro por aí, mas só hoje parei para ler a resenha. Não sou muito de ler fantasia, mas acho que apreciaria a leitura em função de você ter falado que a protagonista, em seu desenvolvimento, ve o melhor em cada pessoa e isso é um bom gancho para algumas discussões.
    Anotei a dica e espero te a oportunidade de conferir.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      O livro é bem fantasioso, mas realmente traz algumas coisas a se pensar, inclusive essa visão sobre o que há de melhor em cada um.
      Beijos!

      Excluir
  4. ooi!

    nossa, adorei o livro e a resenha. Amei a personagem mesmo não tendo lido o livro, pelo fato de ser meiga e não ficar reclamando! Realmente é muito legal quando vemos o amadurecimento da mesma, e essa capa esta muito linda, espero ler em breve, e assim concluir a minha opinião , mas posso adiantar que irei adorar.. rsrs

    beijos
    http://apaixonadaporleiturass.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Se você já gostou da personagem pela resenha, com certeza vai gostar ainda mais dela quando ler! Essa capa é mesmo muito bonita!
      Beijos!

      Excluir
  5. Olá Eve,
    A leitura parece ser muito envolvente e surpreendente também.
    Gostei de saber que a protagonista é meiga e que vai amadurecendo ao longo da leitura. Acho legal ler livros nesse estilo. É um livro que, com toda certeza, irá me agradar.
    A sua resenha está incrível e as fotos também.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  6. Oi Eve,

    Eu estou com a Filha do norte aqui para fazer essa leitura em breve.
    A resenhista do meu blog, fez essa leitura há pouco tempo e curtiu, com algumas ressalvas, mas ela disse que foi uma boa experiência, juntando a opinião dela a sua, eu estou bem animada pra fazer essa leitura e espero curtir, no minimo tanto quanto vocês.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá, geralmente u não gosto muito desse gênero mas esse livro tem me despertado interesse faz algum tempo. Achei a sua resenha bem completa e você mostrou os pontos importantes do livro,sem contar nenhum spoiler. Bom saber que já quer ler o próximo volume.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Eve
    Não conhecia o livro, mas gostei da premissa. Adoro fantasia, e gostei ainda mais de saber que é nacional. Além disso, fiquei feliz com os elogios quanto a narrativa e construção dos personagens. É muito bom ver um livro de um autor nacional, ser elogiado assim. Quem sabe leia o livro futuramente.

    ResponderExcluir
  9. Oiee Eve ^^
    Já conhecia esse livro, acho que cheguei a ler umas três ou quatro resenhas dele antes da sua. Não é uma leitura que eu estou doida para fazer, pois eu não curto muito histórias fantásticas, sabe? Essa coisa toda de bruxas, maldições e monstros não é comigo, mas fico feliz que você tenha gostado da leitura, e que a autora tenha desenvolvido bem os personagens.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Eve

    Estou doidinha pra ler esse livro acho a premissa muito boa ainda mais por adorar estórias de bruxas. Achei legal o livro trazer essa tensão toda e explodir no final e creio que ficarei curiosa por ele acabar na melhor parte. Não vejo a hora de ler e poder tirar minhas impressões.

    Bjos
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi!!

    Parabéns pela resenha, que bom que curtiu. Já havia visto a mesma sob o ponto de vista de outros autores e creio que a leitura parece leve, até mesmo pq Michelle vai contagiando de forma envolvente os irmãos Vergamini. Parece ser um bom livro. Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oie!
    Eu recebi esse livro, mas ainda não consegui parar para ler. Eu já recebi algumas indicações sobre o livro e estou curiosa para conferir. Acredito que vou gostar dessa trama de fantasia que vai me fazer que estou em um conto de fadas.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  13. Olá!! :)

    Ainda bem que gostaste.. Eu já tenho ouvido falar muito do livro (e bem!).. Fico curioso..

    Que otimo que achaste a narrativa envolvente.. Ah! E eu adoro quando as narracoes sao alternadas (quanto mais em primeira pessoa!!) :) ahah

    Espero que tambem gostes dos restantes volumes!! :)

    Olá!! :)

    Nunca tinha ouvido falar.. Mas parece-me engraçado.. Era capaz de o comprar, mesmo tendo os artigos na net.. :)

    Bem, achaei tambem a capa bonita.. E um pouco de humor faz sempre bem!! ahah :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  14. Olá!! :)

    Ja ouvi falar muito desse livro! :) Fico muito curioso..

    Bem, adoro quando as narracoes sao alternadas (especialmente se em primeira pessoa!) :) ahah Que otimo que a achaste envolvente! :)

    E acho a capa muito bonita! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Eu nunca tinha lido nada sobre esse livro e confesso que de cara não daria muita coisa para ele, mas gostei bastante desse ar de "contos de fadas" e fiquei curiosa para ver como que Michelle irá se sair em tudo isso, além disso fiquei animada para conhecer a personagem, porque não gosto muito de personagens meigas e inocentes, mas pela sua descrição ela também é determinada. Enfim, gostei bastante da dica de leitura mesmo *o*

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  16. Que delícia ler uma resenha tão positiva sobre um nacional.
    Já tinha lido a resenha desse livro uma vez e fiquei bastante curiosa com o enredo. Saber que todos os personagens são bens construídos e tem m papel fundamental na trama me fez ficar ainda mais curiosa.
    Espero ter a oportunidade de ler em breve.

    ResponderExcluir
  17. Estou ansiosa para ler esse livro, chegará semana que vem aqui em casa, adorei a forma como o livro foi constituito e a forma que tudo acontece, estou empolgada para ler e gostar como vc.

    ResponderExcluir
  18. Oi Eve, sabe que sempre vejo esse livro por aí e as resenhas sempre me cativam muito, e com a sua não foi diferente, realmente fiquei interessada no livro e eu adoro a trama dele, acho que uma literatura fantástica é o que estou precisando no momento. Além de parecer uma leitura agradável e bem do jeitinho que eu gosto!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir