23 fevereiro 2016

Resenha - Um poema para Bárbara





Eram meados de 1776 em São João Del Rei, Minas Gerais, quando o novo ouvidor da comarca chegou à cidade vindo de Portugal. As solteiras compareceram ao sarau preparado para recepcioná-lo, e estavam todas muito entusiasmadas com o bom partido para casar, mas não Bárbara Eliodora, justamente a moça pela qual o jovem magistrado José Inácio de Alvarenga Peixoto encantou-se. Ela estava mais interessada em escrever seus poemas e em pensar sobre suas ideias um tanto avançadas para a época. Aos poucos, porém, o convívio fez brotar uma intensa paixão, e o casal descobriu ter muito mais em comum do que imaginava. Ambos poetas (ela, a primeira mulher do país), iniciaram juntos uma vida pautada em amor e sonhos de um país livre e justo, que culminou com a Inconfidência Mineira. Deixaram um legado de sangue e lutas, mas também de ideais, versos e heroísmo, que marca até hoje a história do Brasil.

Livro: Um poema para Bárbara
432 páginas || Skoob || Editora: Gutemberg || OndeComprar







"Ai, palavras, ai, palavras

,Que estranha potência, a vossa!

Todo o sentido da vida
Principia à vossa porta;
O mel do amor cristaliza
Seu perfume em vossa rosa;
Sois o sonho e sois a audácia,
Calúnia, fúria, derrota..."

(Trecho do poema “Romanceiro da Inconfidência, Romance LIII ou das palavras aéreas”, inserido no livro Um poema para Bárbara.)

Inácio José de Alvarenga Peixoto era um estudante de direito um pouco boêmio no ano de 1764 quando resolveu comprar uma fazenda no Brasil, então colônia de Portugal. A partir disso ele não imaginava tudo que a vida lhe reservaria. Anos depois, após ter sido magistrado em Portugal, Inácio muda-se para Minas Gerais a fim de administrar sua fazenda e é destinado a ser ouvidor da comarca de São João Del Rei.

''Bárbara sorriu e olhou diretamente nos olhos do ouvidor. Inácio sentiu de novo aquele aperto no peito. Que sensação estranha aquela! Foi a mesma que sentiu no dia do sarau na casa do Dr. Silveira. Tinha a impressão de que já a conhecia, de muito tempo, e no entanto, era apenas a segunda vez em que se encontravam. O que aquela moça estava fazendo com ele?, pensou, intrigado.''

Quando chega na cidade, imediatamente se torna uma figura que desperta muita curiosidade e chama atenção das famílias que possuem filhas solteiras,  por ser um homem solteiro, charmoso e bonito, mas Inácio acaba se encantando pela destemida e forte Bárbara, a filha mais velha do advogado Dr. José da Silveira e Sousa, e tenta a todo custo conquistar a moça que reluta em receber o seu amor.

"- A negra tá veno muitas terra, muita riqueza, gente beijando as mão da menina. Gente importante. Um moço bonito e muitos fio. Vai se casá em breve, ah, isso vai. Um home muito bão, meio atrapaiado, mas muito bão. Veio de longe prá se casá com a menina...
- Antônio! - gritou Bárbara. Graças a Deus, era Antônio!, pensou, com alívio, lembrando-se do ouvidor.
- Antônio? - perguntou a negra, olhando para ela com ar espantado. Jogou de novo. - Não, menina, os búzio num tão confirmando esse nome não. Parece sê um home mais veio que esse Antônio, um home muito importante. Pode de sê que a menina ainda vai conhecê ele. Num tenho certeza. Mas vai mudá tudo na vida da menina. E vai sê assim, de repente. Vejo muitas festa, muitas viage, muito oro..."

Depois de muita relutância, Bárbara resolve reconhecer sua paixão por Inácio e tentar uma vida em comum com o ouvidor. Mas nada será fácil para o casal. Em meio a problemas pessoais, ambos também envolvem-se de forma irremediável em uma conspiração que está sendo feita para tornar O Brasil, até então colônia de Portugal em um país livre, o que ficou conhecido por inconfidência mineira.

Com muito sucesso, Mônica nos faz viajar nas Minas Gerais, nos mergulha no século XVIII e nos dá uma perfeita aula de história dentro de um romance, sobre a história do nosso país e aqueles que a construíram.

"“Toda história é literatura. Toda literatura é história”"


[- Minhas Impressões -]
O que falar desse livro cativante, emocionante e maravilhoso? Só consigo encontrar elogios para uma obra tão bem escrita que nos mergulha profundamente na história do Brasil, no âmago das Minas Gerais e nos transporta para o século XVIII, em plena inconfidência mineira. É um romance, mas bem poderia ser uma biografia, pela precisão dos fatos que a autora cita e por toda a sua ambientação, além do fato de que muitos episódios que aparecem no livro são verdadeiros, Inácio e Bárbara também existiram e fizeram parte da nossa história.  Eu mantinha uma expectativa enorme em cima desse enredo desde que o conheci, mas o livro se mostrou ainda melhor.

Um ponto dessa história que pode se tornar bastante incômodo para alguns leitores, mas que para mim deixou ainda mais especial, é o fato de a linguagem ser a da época do século XVIII, então, quando temos um português falando a grafia utilizada será a de Portugal na época, quando temos um escravo falando algumas palavras são escritas de maneira incorreta, mas dessa maneira consegui imaginar cada personagem falando. Há ainda outros pontos que penso que merecem destaque, entre eles está o fato de a autora nos inserir culturalmente em Minas Gerais no século em que tudo se passa, apresentando-nos as comidas que eram degustadas, as festas, a organização das casas e das famílias, as amizades... Ainda podemos acompanhar nessa história a criação do famoso arcadismo, escola literária hoje muito conhecida e estudada, esta é inserida no livro através dos sarais que Inácio promovia e frequentava, onde ele e outros poetas recitavam poesias que atualmente se tornaram famosas.

Encontramos também a presença de personagens que existiram e que fizeram parte da história do Brasil, como o pintor Aleijadinho, o Tiradentes, Marquês de Pombal e Basílio da Gama, dentre muitos outros. O casal principal é bastante cativante: Inácio é um homem que muitas vezes comete erros mas que é muito interessante e inteligente, e Bárbara Eliodora é o estereótipo de mulher admirável, forte, destemida e que tem ideias muito além do seu tempo. Um ponto que acabou me perturbando um pouco foi o fato de Inácio ter mais destaque do que Bárbara na história. Enquanto podemos acompanhar a vida dele em Portugal, a dela só passamos a conhecer após a chegada de Inácio em Minas, e Bárbara foi uma personagem de quem fiquei querendo muito mais informações. Mas isso não atrapalhou nem um pouco no andamento do enredo e em sua beleza.

Li o livro em ebook e a revisão está muito bem feita. Não é um livro dividido em capítulos numerados, e sim em várias partes que falam de cada momento da vida do Ouvidor e da esposa.

O título Um poema para Bárbara é muito bonito, romântico e expressa todo o amor que Inácio sentiu pela moça. A capa, segundo descrições que recebi, também é muito bonita, representando um típico cenário mineiro antigo,  que fiquei com muito desejo de conhecer após a leitura desse livro.
Recomendo essa leitura de forma incondicional. Deve ser conhecido por aqueles que gostam de romance, de história, que querem conhecer um pouco mais do país onde vivem.

Torço para que a escritora continue por muito tempo em sua carreira literária, tendo sido tão bem sucedida em sua primeira obra. Eu adoraria conhecer um pouco mais da nossa história através das palavras da incrível Mônica Sifuentes.

41 comentários:

  1. Caramba, Tamara, esse livro é uma verdadeira aula de história!! Sua belíssima resenha me fez ficar muito curiosa, pois nunca li um romance que contasse a história do Brasil, junto, numa coisa só! Acho maravilhoso quando o escritor usa dessas características como a forma de falar, o certo e o errado, os costumes, a ambientação da época, as comidas e tudo mais que faz a gente entrar totalmente no clima. Amo quando livro é rico assim.
    Fora a capa e o título que são lindos. Gostei mesmo, valeu pela dica do livro.
    Bjk
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, fico super feliz em saber que gostou da resenha e que o livro interessou você, é sim, uma verdadeira aula de história, aprendi mais sobre a inconfidência mineira nesse livro do que nas aulas de história. Espero que possa conferi-lo e que goste.

      Excluir
  2. Olá!!!
    Não conhecia o livro, mas a premissa dela é bem interessante e com um atrativo que gosto muito, a mistura da realidade. Uma boa forma de conhecer a história do país e se entreter. A resenha mostra que é um livro fascinante, envolvente e com uma ótima leitura.

    Beijos
    Carla Fernanda
    http://livrosqueliblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, adorei saber que você se interessou pelo livro, e espero que possa conferi-lo.

      Excluir
  3. Nossa, me convenceu em ler este livro com esta resenha tão completa e perfeita! Imagina eu que amo romances de época e saber que é no Brasil e que é tão cheio de detalhes já me encanta totalmente. Adoro quando tem todos estes fatores e ainda mais com personagens verdadeiros da nossa história. Já adicionando na minha lista de desejados!

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei muito feliz em saber que você gostou da resenha e que o livro te interessou, espero que possa ler e que goste tanto quanto eu.

      Excluir
  4. Oiie Tamara,

    Eu sou mega apaixonada por historia, e a historia do Brasil entao, é o que mais me encanta. Sabe, adorei em saber que a autora escreveu na linguagem daquela época, acho que isso faz total diferença e eu amo. Gente, quantas pessoas importantes para o nosso Brasil são citados, isso é maravilhoso. Espero mesmo ler esse livro e conhecer um pouco dessa historia de amor.

    Bjs

    ❤Amantes da Leitura❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amo história do brasil também e adorei saber que você se interessou pelo livro, espero que possa conferi-lo.

      Excluir
  5. Olá,
    Puxa, eu ainda não conhecia o livro mas gostei bastante pelo que vi na sua resenha. Eu gosto de romances de época ou históricos e a questão da linguagem não me incomoda eu até gosto pois dá um toque a mais de realidade ao texto. Gostei de conhecer um pouco sobre essa história, fiquei interessada na leitura mas não é algo que eu farei por agora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bacana saber que você se interessou pelo livro, espero que possa conferir no futuro essa história linda.

      Excluir
  6. Oieeee
    Tudo bom?
    Eu adoro romance, ainda mais com uma baita aula de história junto complementando o enredo.
    Tenho que confessar que não conhecia o livro, mas fiquei apaixonada e para poder ler depois vou anotar aqui o nome para assim que desafogar as leituras comprá-lo.
    Ótima resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz em saber que você gostou da resenha e que o livro causou interesse, espero que goste dele.

      Excluir
  7. Oi Tamara!
    Me interessei muito meeeeeesmo pela história! Adorei sua resenha!
    Amo livros históricos e o tema Inconfidência Mineira é um dos meus preferidos. Gostei ainda mais por saber que é um romance que não deixa de ter precisão histórica nos fatos!
    A autora acertou, vou colocar agora mesmo na minha lista de leitura!
    Muitíssimo obrigada pela dica!
    Abraço!

    Karla Samira
    http://www.pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz em saber que você gostou da resenha e que o livro te interessou tanto. Eu não conhecia tanto assim sobre a inconfidência e foi uma surpresa enorme para mim.

      Excluir
  8. Oie!

    Nossa, nossa! Nem sei o que falar! hahahah O livro já me conquistou pela capa, mas suas palavras me renderam em cheio. Amei a premissa! Adoro livros que tenham algo histórico. Fiquei muito contente em saber que nesse livro há passagens do nosso país. Dica anotada e adicionada à lista de desejadas no Skoob. Amei conhecer o livro!

    Beijos,
    Dai | http://www.cheirodelivronacional.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei super feliz em saber que o livro interessou você e espero que possa ler em breve.

      Excluir
  9. Olá Tamara,
    Tenho visto cada vez mais romances de época passando no Brasil e tenho achado isso fantástico!
    Eu acho que, assim como você, não me incomodaria com a parte histórica presente no livro e gostaria dela.
    Quero entender o amor do Inácio que deve ter sido muito forte e deve nos fazer suspirar.
    Estou terminando esse comentário encantada com sua resenha e louca para ler o livro!
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruna, fico bem feliz que você gostou da resenha e também estou bem feliz que os livros de época tenham vindo para o Brasil, mas esses de época que trazem sobre a história do país mesmo, acho que precisamos conhecer.
      Espero que possa lê-lo logo.

      Excluir
  10. Meus para bens a Gutemberg por publicar esse livro. Um romance de época, talvez até histórico. Sem ler a capa passaria fácil por uma publicação estrangeira e confesso que tive que voltar para ela quando comecei ler a resenha.
    Esse eu quero ler também. Sua resenha me cativou e espero que o livro também me cative.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico bem feliz em saber que minha resenha interessou você, e também concordo que a Gutemberg está de parabéns, espero que essa autora lance mais coisas.

      Excluir
  11. Oi Tamara, aind anão conhecia o livro e achei a capa mega sublime. Simples, mas bonita mesmo. Fiquei super interessada ao saber que descreve um pouco do cenário mineiro de antigamente, muito tradicional e já anotei a dica porque acho que será uma leitura enriquecedora. Quero conferir, com certeza!!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei saber que você gostou da premissa, e espero que goste do livro, trás um ótimo panorama do cenário mineiro mesmo e eu fiquei querendo conhecer o lugar.

      Excluir
  12. Olá!

    Eu já tinha ouvido falar, mas de primeira o livro não foi atrativo para mim. Lendo sua resenha percebi que a mais do que a sinopse deixa transparecer, fiquei empolgada com sua resenha, e espero ler o mais breve possível. Sempre me interesso por livros que retratam lugares aqui do Brasil.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei saber que minha resenha te empolgou e espero que possa conferir o livro em breve.

      Excluir
  13. Oi
    Apesar de não gostar muito desse gênero, achei esse livro bem interessante.
    Legal os relatos e costumes da época. sem contar na mistura entre personagens com pessoas que realmente existiram.
    Fiquei feliz que a autora te conquistou. Só posso desejar sucesso para a autora e que ela continue escrevendo.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bacana saber que o livro conseguiu te interessar, mesmo que você não goste tanto do gênero. Espero que um dia possa conferi-lo

      Excluir
  14. Oi Tamara, nossa o livro parece ser muito cativante. Eu já tinha ouvido falar dele antes mas não tinha me interessado de fato por ele, mas confesso que a sua resenha despertou minha curiosidade para saber mais dessa trama, já que sou uma amante de um bom romance e sabendo que é histórico, me anima mais.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom saber que o livro te atraiu, espero que possa conferi-lo logo.

      Excluir
  15. Oie Tamara!
    Menina amo romances históricos, recentemente tenho encontrado alguns livros nacionais que tem me agradado muito. Infelizmente ainda não tive a chance de conhecer Um poema para Barbara, mas já ouvi maravilhas sobre ele, princialmente na estão histórica, pelo que ouvi dizer a autora realmente se empenhou na pesquisa; Espero ter a chance de lê-lo em breve e gostar tanto quanto você.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também tem me atraído esses livros históricos nacionais, espero que você goste desse.

      Excluir
  16. Tamara lindona gostei da capa e da época retratada, o sempre me deixa com risos é a forma como as solteiras caem matando quando miram um bom partido kkkk , o fato de ter essa gama de personagens famosos me deixou ainda mais curiosa sobre o livro, como amante de romances de época não posso deixar de ler. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom saber que o livro te atraiu, espero que possa ler logo.

      Excluir
  17. Oii, tudo bem?
    Olha, se eu não tivesse lido a sua resenha, eu nunca me interessaria por esse livro. Eu achei a capa muito bonita, porém não sou muito chegada a romances de época. Mas parece que esse não foca somente no romance, mas tem todo um fundo histórico e cultural por trás, então isso despertou a minha curiosidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom saber que minha resenha ajudou você a se atrair pelo livro, espero que goste de conhecê-lo.

      Excluir
  18. Não sou muito chegada no gênero por isso o livro não me saltou aos olhos. Mas é uma história em um contexto histórico muito válido e necessário com a presença de várias pessoas importantes para a nossa história, com certeza a gramática ser típica da época me incomodaria, mas deixa a trama mais verossímil o que é bem legal!

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena que o livro não te interessou, mas se não gosta do gênero é compreensível, rs.

      Excluir
  19. Oi Tamara, tudo bem??
    Juro pra você que acho incrível quem consegue ler liros com teor histórico... achei sua resenha super bem escrita e envolvente... realmente convida o leitor, mas infelizmente esse tipo de narrativa não me chama atenção para leitura, embora seus elogios seja empolgantes, mas comigo a leitura não iria funcionar, infelizmente, porque acredito que leituras assim agregam muito mais conhecimento e reflexões, mas faz parte... adorei a sua resenha... aliás adoro o jeito como escreve... parabéns!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diana, fiquei muito feliz com os elogios, feliz em saber que você gosta das minhas resenhas. Pena que o livro não te atrai.

      Excluir
  20. Olá!!

    Não conhecia!! Meu Deus, preciso!!
    A autora é brasileira? Nossa adorei o fato de ser um romance, pq amo o romance em si, com a ambientação histórica rica e nossa! Vou procurar já!!

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A autora é brasileira sim, fico super feliz em saber que a premissa te atraiu, espero que goste do livro.

      Excluir
  21. Comecei a ler a resenha e logo pensei: essa Bárbara é a Eliodora? Aí que voltei e fui ler a sinopse e vi que sim! Como mineira, acho que não vou poder deixar de ler um livro que tem como pano de fundo a Inconfidência Mineira, uma época sobre a qual sei muito pouco. Acho que essa questão da linguagem ter sido trabalhada dessa forma vai fazer a leitura ser mais especial para mim também.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir