15 fevereiro 2016

Resenha - O Garoto ao Lado





Apesar de seu nome, Alice não tem nenhum "País das Maravilhas" à sua volta. Não há nenhum Chapeleiro Maluco, muito menos um gato sorridente por perto. Acontecimentos do passado atormentam sua mente. Ela não pensa duas vezes em se mudar após a separação dos pais, e, em uma nova cidade, em uma nova turma, Alice encontra-se sozinha em seu último ano do Ensino Médio.Mesmo tendo parte de sua família por perto, ela se sente isolada em meio à multidão, e ninguém parece notá-la. Seus únicos companheiros são seus livros e seus escritos. Apenas as palavras acompanham Alice, pelo menos até o dia em que ela percebe que um garoto da sua turma a está observando. Fechada a qualquer tipo de relacionamento, Alice tenta fugir do interesse de qualquer um, mas vê-se intrigada pela presença do "garoto ao lado".



Livro: O Garoto ao lado
160 páginas || Skoob || Cortesia: Editora Novo Século || OndeComprar









‘’O Garoto ao lado’’ vai nos apresentar a personagem Alice que se muda para poder terminar o ensino médio, porém ela terá o desafio de se adaptar a nova vizinhança e ao novo colégio. Na verdade, o que ela mais deseja é simplesmente deixar para trás o seu passado e poder tirar de sua mente e do coração a culpa. Essa culpa vem de onde morava, coisa que a deixou bastante magoada e os que a cercam também.

Então assim que as aulas se iniciam, ela conhece Nicholas, um garoto anti-social que não se relaciona com ninguém por vontade própria, a não ser quando é levado a isso. Como por exemplo, um trabalho de duplas que o faz se envolver com Alice. Daí começam  estranhos sentimentos de amizade que podem evoluir nessa nossa estória.

Porém, Alice não quer se envolver novamente em sentimentos afetivos, coisa que a levou sofrer muito no passado. Para evitar esses sentimentos ela conta com seu melhor amigo Ben, que sabe de tudo de sua vida e do que já passou onde morava. Na verdade ela não pretende se envolver então isso tende há complicar um pouco porque o envolvimento se torna inevitável. Mesmo assim Bem a aconselha a seguir em frente e enfrentar os novos sentimentos. 

Mas no momento, Alice apenas quer se dedicar aos seus estudos e dar o melhor de si para poder evitar qualquer tipo de distração, mas só que ela virá a descobrir com o tempo que Nicholas também tem um passado que o machuca muito, e por isso, apesar das diferenças, eles começam de alguma forma a se dar bem pelo menos como amigos para poder manter um respeito entre as partes e quem sabe tentar curar as feridas juntos. Só que nem tudo é um mar de rosas, mas ao mesmo tempo Alice vai aprendendo a lhe dar com os seus sentimentos e consegue de alguma maneira colocar no papel em forma de poemas tudo que pensa e sente. E Nicholas através da sua música no qual acabou se tornando então o seu refúgio, começa a mostrar esse lado que Alice completamente desconhecia.

‘’Quando você sonha, a razão dorme e o coração acorda...
Então, deixe o seu coração guiar você...
Ele é o único que pode, um dia, leva-lo até o maior sonho da sua vida.’’
- Ique Carvalho –

Sinceramente eu não sabia o que esperar do livro, mas assim que li sobre a estória e vi essa capa linda no qual mostra dois casais de costas e de mãos dadas olhando as árvores fiquei curiosa e confesso que o desenvolvimento da trama apesar de ser rápida, me atraiu bastante, pois a narrativa da autora Laritza Oliveira além de ser envolvente é muito gostosa.

A estória é contada no ponto de vista de Alice e isso nos faz ter um contato muito satisfatório com os seus pensamentos e sentimentos. Gostei da forma como a personagem lida com as coisas, apesar de perceber que ela se mostra bastante sensível em alguns momentos e ainda assim ela se mostra forte e determinada. É uma pessoa de coração bom que se preocupa com o que faz com as pessoas próximas a ela. Já o personagem Nicholas, é o tipo de amigo e companheiro que compreende os problemas que se passam, mas ao mesmo tempo é bastante fechado em relação aos seus sentimentos e por isso, acaba usando a música para mostrar o que realmente está sentindo. 

O problema é que eu senti falta de um pouco de desenvolvimento nessa parte da ‘’música’’ e principalmente por Nicholas gostar tanto de tocar violão, é uma parte que acho que deveria ser mais bem trabalhada. Acho que seria essencial mais aprofundamento em relação a isso, porque seria bem legal sabe? Já no caso de Alice, eu também acharia legal colocar uns poemas dela, porque eu gostei de alguns que ela fez, demonstrou um pouco a sua personalidade. Gostei da maneira como ela se expressava e acho que ficaria lindo no livro se tivesse mais, pois é a maneira que ambos os personagens arrumaram para expressar os seus sentimentos.

Senti falta também de mais contato com os personagens.
Eles são muito fofos. É um livro adolescente bem clichê, mas eu queria ter tido mais envolvimento com eles, porque tudo foi muito rápido sabe? Mas mesmo assim isso não muda a minha opinião, porque eu gostei da forma como tudo foi se desenvolvendo, mas pode melhorar ainda mais. Quando eu gosto do livro, acho que sempre pode melhorar mais ainda para atrair mais leitores. 


Quanto aos personagens secundários, confesso que adorei Ben (melhor amigo de Alice), pois ele se mostra companheiro e atencioso diversas vezes e achei-o muito bem desenvolvido, só queria que ele tivesse aparecido mais durante a estória e quem sabe a autora venha a falar mais dele no próximo livro, porque eu o adorei. Os outros  também acho que poderiam aparecer mais, até porque fazem parte da vida de Alice e de Nicholas. Só que mesmo assim, a autora conseguiu nas 160 páginas desse enredo fazer uma estória muito bem desenvolvida, tocante e sensível que nos deixa completamente satisfeitos e fazendo com que possamos querer ler ainda mais.

O Desfecho foi de cortar o coração, mas apesar disso vi que Laritza conseguiu fechar muito bem cada acontecimento e sem deixar furos, principalmente sabendo que ainda terá uma continuação pela frente. É importante porque mostra a preocupação da autora com cada um. 

Também não posso deixar de comentar que gostei muito do inicio de cada capitulo, pois foram colocadas várias citações de autores literários como Willian Shakespeare, Fernando Pessoa, Friedrich Nietzche entre outros. Achei lindo para falar a verdade viu?! Vemos também vários momentos onde a personagem Alice se envolve na leitura do livro de Orgulho e Preconceito de Jane Austen e faz comparação sobre o personagem de Cidade de Papel de John Green. Ela se mostra uma pessoa que adora ler e escrever e isso têm influencia em sua vida de uma maneira clara.

''O Garoto ao lado'' é aquele livro leve e que tem uma leitura bastante dinâmica no qual você termina sem perceber que chegou ao fim. A leitura foi muito prazerosa. Eu tive uma boa impressão sobre o livro e sinceramente pretendo ler ainda sua continuação, porque quero saber o que acontecerá. É um livro que pode ser lido principalmente naqueles momentos de ressaca literária. Super Recomendo a leitura e dou 5 estrelas pela maneira como a autora soube chegar ao fim satisfatoriamente. 

Sinceramente dou meus parabéns e principalmente a Editora Novo Século pelo belo trabalho em sua diagramação, pois a capa apesar de ser simples chama atenção, as folhas são amareladas e a fonte e o espaçamento estão ótimos.

 Finalizando, para mim está tudo perfeito e não tenho como dizer o contrario.

29 comentários:

  1. Oi Sil, a resenha está muito bem escrita, a capa é linda e a premissa é interessante, não sei se eu leria porque não é muito parecido com o que eu costumo ler, apesar de achar bacana as citações de Willian Shakespeare, Fernando Pessoa, Friedrich Nietzche (e posso dizer que não é fácil ler e filosofar sobre Nietzche sem me deprimir) e principalmente gostei de ter o elemento Orgulho e Preconceito, já que serei eternamente apaixonada pelo Sr. Darcy.

    ResponderExcluir
  2. Ola Sil parabéns pela resenha, a capa realmente é linda, porém a premissa do livro não me chamou atenção senti falta de algum diferencial, e o fato de você não sentir bem os protagonistas confirmou minha impressão. Dessa vez vou deixar passar a dica. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  3. Silvana, eu gostei muito da personagem principal escrever poemas e do par romantico ser ligado à música, mas fiquei bem decepcionada quando você disse que esse lado não é tão aprofundado no livro. Se fosse, acho que até pensaria em ler, mas como aparentemente não é (e ainda se trata de romance clichê, que não gosto muito) vou deixar passar essa dica.

    Beijinhos
    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  4. Adoro personagens que se expressam através de poemas e músicas, isso realmente é uma questão difícil de tratar num livro. Talvez num e-book poderia haver um link que nos levasse a escutar a melodia e a letra, mas num livro físico essa questão realmente complica.

    Enfim, livros com poemas me fazem sentir como se eu tivesse lendo um livro em um livro, os poemas são à parte, e fazem com que no relacionemos com o personagem de forma mais direta. Adoro esses recursos literários. Além disso, achei muito interessante as citações no começo dos capítulos, isso não é novidade, mas ainda sim eu adoro livros que tenham isso.

    Beijos,
    Mariana Baptista
    https://umavidaporlivro.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Silvana, eu não gosto quando tem muita música no livro mas já que a proposta é essa então que fique bem explorada, rs acredito que eu não sentiria falta e agradeceria por ter tido pouco desenvolvimento. Enfim, parece ser uma trama tocante e esse final de partir o coração me deixou curiosa, ando num fase que esses livros tem me atraido muito kkk até levei fama de blog do romance kkkkk em que ponto eu cheguei rs logo eu quer prefiro um livro policial. Gosto de livros que lemos sem nos darmos conta que o final está próximo. Gostei da resenha e fiquei curiosa pelo livro

    ResponderExcluir
  6. Oi Sil, tudo bem?
    A premissa do livro é um pouco clichê, mas ao mesmo tempo é bem atrativa, pelo menos pra mim que adoro esse tipo de livro!
    Achei a capa dele linda, chamou minha atenção!
    Que bom que a narrativa é envolvente e gostosa, mesmo a história se passando rápido.
    Também acho que seria muito legal se tivesse mais foco nessa coisa da música, eu adoro livros que os personagens gostam de música e que isso é bem desenvolvido na história. Acho que seria um atrativo a mais para a história.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  7. O que mais gosto nos livros clichês é o fato de que quando percebemos estamos na ultima pagina. Eu realmente não vi anda de mais na premissa, bemm adolescente mesmo, como você mesma ressaltou, mas ainda assim eu curto o estilo.
    Que pena que a parte da música não foi tão explorada, eu amo livros que exploram a música, sempre deixa a história mais emocionante.
    Amiga, eu amei sua resenha. Não conhecia o livro e nem a autora e espero ter oportunidade de ler o livro também.

    Beijos.

    http://colecoes-literarias.blogspot.com.br/2016/02/divulgacao-lancamento-fada-madrinha-e.html

    ResponderExcluir
  8. Oi Sil *--*

    Adorei a capa do livro, é bem romance mesmo rsrsrrs
    Adoro livros clichês, é aquela velha formula infalível, depois de ler sua resenha fiquei com vontade de lê-lo =)


    Bjos

    ResponderExcluir
  9. Eu achei essa capa muito fofa apesar de ser simples como você mesma citou ela chama a atenção sabe e até arranca suspiros.
    O livro, bom.é complicado para mim , o fato de eu não gostar de romance, acho que o amor adolescente é uma história que não me envolve tanto. Mas como é uma história curtinha e na sua resenha percebi que se emocionou com o livro estou disposta a dar uma chance. E também fiquei curiosa com o fato do final ser de cortar o coração. Quero saber o que acontece. Só uma pergunta: devo preparar meus lencinhos para a leitura?!
    Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  10. Eu achei essa capa muito fofa apesar de ser simples como você mesma citou ela chama a atenção sabe e até arranca suspiros.
    O livro, bom.é complicado para mim , o fato de eu não gostar de romance, acho que o amor adolescente é uma história que não me envolve tanto. Mas como é uma história curtinha e na sua resenha percebi que se emocionou com o livro estou disposta a dar uma chance. E também fiquei curiosa com o fato do final ser de cortar o coração. Quero saber o que acontece. Só uma pergunta: devo preparar meus lencinhos para a leitura?!
    Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  11. Oi Silvana.
    A primeira vez que olhei para esse livro não tive tanto interesse. Não me causou impacto. Mas lendo sua resenha, que está muito boa por sinal, eu consegui perceber que a leitura foi muito prazerosa e isso conta muito para mim. Sempre é bom ler livros dinâmicos e que a gente só percebe que acabou quando vira a página e não vê nada além de nota de autores e da editora. A história em si não me chama a atenção, mas se eu tiver a oportunidade, lerei com certeza.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  12. Olá, Silvana. Tudo bem?
    Também achei a capa muito bonita e a história parece ser envolvente e emocionante. Gosto de ver citações de livros, especialmente quando vejo algum que já li, fica tipo uma dica para um nova leitura. Não tenho problema em ler clichês e seria um prazer ler este pela forma que é contado e como mostrou em sua resenha.

    Beijos
    Carla Fernanda
    http://livrosqueliblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Silvana, eu leria este livro só pela beleza e sutileza da capa e pela sua resenha, teria uma surpresa maravilhosa com o conteúdo. Confesso que fiquei um pouco com medinho desta coisa do livro estraçalhar o coração, mas confesso que adoro me emocionar com livros, me deixar tocar pela sensibilidade de narrativas assim, e deste jeito, quero conferir e apreciar em breve esta obra.
    Adorei a dica!!!
    beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá Sil!
    Eu amo os livros dos Novos Talentos, todo mês eu dou minha pequena conferida nos novos livros a ser publicado. Referente a esse daí, eu achei ele bem legal, mas não seria nada que eu leria por enquanto, não tô nessa vide do gênero. Mas a proposta do livro é bem bacana. Ela e esse garoto ♡♡ bem legal
    Bjks

    ResponderExcluir
  15. Oiee Sil ^^
    Ainda não conhecia esse livro, e mesmo não curtindo muito histórias adolescentes (com exceção de uma ou outra), fiquei um pouco curiosa para ler, principalmente pelo fato de o Nicholas gostar de violão. Apesar de a autora não ter explorado muito isso. Adoro quando os capítulos são introduzidos por citações ♥ Gostei bastante da capa também, é muito linda.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi Sil, eu já vi algumas resenhas sobre esse livro e confesso que desde cedo eu me interessei nele, eu gosto desse tipo de romance que nos tira da zona de conforto, que começamos sem saber o que esperar e no final nos surpreendemos. A trama parece muito cativante e os personagens adoráveis. Parabéns pela resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bom?

    Comos sempre, uma resenha muito bem escrita e que só aumentou a minha vontade de ler esse livro. Tanto que hoje ele está na promoção e eu quase comprei, só desisti na última hora por lembrar que viajarei no sábado e preciso guardar dinheiro, rs

    Apesar de parecer bastante clichê, esse livro não deixa de ser interessante. Depois dessa postagem fiquei com vontade de conhecer um pouco mais sobre o trabalho dessa escritora, que parece fazer um trabalho maravilhoso *-*

    Parabéns pela resenha e obrigada pela dica.

    Beijos.

    http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Olá Silvana, tudo bem?
    Gostei muito da sua opinião sobre o livro e achei bem interessante.
    O livro chamou muito minha atenção, principalmente, por ter citações de autores famosos, acho isso legal.
    Achei a premissa da história bem interessante e acho que a leitura deve ser legal, mesmo você tendo sentido falta do enfoque na música.
    Espero ler esse livro e gostar.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oii, tudo bem?
    Aparentemente esse é um livro triste, e eu sou meio manteiga derretida, então tenho certeza de que vou chorar rsrs, mas eu adorei a premissa do livro e tudo o que você falou sobre ele, com certeza parece ser uma ótima leitura. Espero ter a oportunidade de o ler algum dia.

    ResponderExcluir
  20. Olá Silvana! Parabéns pela resenha, linda!O livro aparentou nos mostrar uma história bem doce, foi o que senti...Gosto de romances assim, que são suaves. Você disse que o rapaz toca violão, é uma pena saber que isso não foi bem explorado, pois com toda certeza só iria somar tudo. É bem legal quando encontramos referências de outros livros...Já gostei da Alice pelo seu belo gosto literário. Beijos

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
  21. Olá!

    Lendo sua resenha, percebi que o começo da estória é uma leitura bem leve e mais clichê, como gosto muito de livros do gênero, já anotei a dica para ler futuramente.
    A capa está muito bonita e foi a primeira coisa que me chamou atenção, é um pena que não tenha tido um maior desenvolvimento dos personagens, mas estou disposta a tirar minhas próprias conclusões.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Os personagens secundários as vezes deixa a desejar ainda bem que isso não acontece aqui, mesmo que temos os personagens principais é sempre bom ver livros bem trabalhados e com personagens encantadores e fácil de se apaixonar, apesar da minha curiosidade pra saber mais sobre o porquê dela ter se magoado muito no passado, nem sempre é fácil lidar com a separação dos pais, mais achei essa personagem forte sensível.

    ResponderExcluir
  23. Ok, não é exatamente uma obra que eu pensaria "nossa, como eu quero ler", mas o fato de ter citações tão legais no início de cada capítulo está me fazendo ter coceiras de curiosidade para saber como elas se relacionam a temática do capítulo em si.
    O fato dela ser leve também é algo positivo, pois pode ser lido após uma pesada, para relaxar.

    ResponderExcluir
  24. Oi Sil, tudo bem???
    Achei a capa desse livro linda demais... fiquei completamente apaixonada... adoro dramas adolescentes e clichês, mas o que me tirou a vontade de ler foi a quantidade de páginas... não gosto de livros curtos, porque é sempre muito corrido e as coisas acontecem de maneira muito rápida. Pelo que descreveu na resenha a autora poderia ter desenvolvido melhor a parte musical do Nicholas e a parte de poesia da Alice... porque tenho certeza que a história iria ficar maravilhosa... infelizmente não vou ler, apesar de ter gostado muito do enredo, mas pressinto uma frustração vindo por ai, porque gosto de detalhes e de descrição, e com 160 páginas, não dá pra sentir tudo isso... mas fico feliz de ter gostado mesmo com as ressalvas em questão de mais detalhes.... a capa está linda... e adorei ler a sua opinião sobre o livro... Xero!!!

    http://www.minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Oi Sil,
    Romances adolescentes são realmente a minha praia, adoro um clichê adolescente com algum drama.
    Gpsto também de livros em que a premissa envolve música e sinto que esse não tenha a tematica bem explorada.
    Na verdade esse parece ser o tipo do livro que o leitor deseja que não acabe.
    E a capa é realmente linda.
    Adorei sua resenha ressaltando todos os pontos do livro.
    Vai para a lista com certeza,
    bjs
    Luana Lima
    http://blogmundodetinta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Olá!
    Muito me agrada saber que é um livro para ressaca literária, pra mim é extremamente difícil encontrar livros assim rs.
    Sobre a história... Bom o passado sempre tem seus dramas e se abrir para coisas novas saindo da zona de conforto é sempre um desafio.
    Por isso gostei da proposta do livro e instigar isso no leitor.
    bjs
    diariodeumapsicopedagoga.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  27. Oi Sil!
    Gostei muito da sua resenha e fiquei curiosa sobre o livro, gosto de romances com esse estilo bem juvenil! Essa capa é uma graça e pelo jeito combina bem com os protagonistas, só é uma pena que a autora não tenha escrito mais sobre a personalidade de cada um, eu também sentiria falta das músicas e poemas...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  28. Olá, tudo bem?

    Livros com capas bonitas geralmente me ganham, porém, não aconteceu com esse livro. O gênero escrito pela autora não me cativa, mesmo sendo clichê e leve de ler.
    Acho que no momento não daria um chance pro livro.

    Amei a resenha, bjs!

    http://marcasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Oi Sil, parabéns pela resenha, demorei mais adorei conhecer mais esse livro doce e leve.
    Adoro livros que os personagens tenham um passado dramático e corações sensíveis dá um gostinho gostoso de nostalgia, pena que foi um livro curto, mas o bom é que terá continuação e com certeza alguns dos pontos que disse que poderia melhorar pode ser que venham ainda mais elaborados.
    Beijocas e até mais.

    Giuliana

    ResponderExcluir