02 fevereiro 2016

Resenha - Dark House







Sempre houve algo fora do normal com Perry Palomina. Embora ela esteja vivendo uma crise ao passar pela síndrome pós-faculdade, assim como qualquer garota de vinte e poucos anos, ela não é o que chamaríamos de comum. Perry possui um passado que prefere ignorar, e há também o fato de que ela consegue ver fantasmas. Tudo isso vem a calhar quando se depara com Dex Foray, um excêntrico produtor que está trabalhando em um webcast sobre caçadores de fantasmas. Dex, que se revela um enigma enlouquecedor, arrasta Perry para um mundo que a seduz e ameaça sua vida. O farol de seu tio é pano de fundo de um mistério terrível, que ameaça a sanidade da moça e faz com que ela se apaixone por um homem que, como o mais perigoso dos fantasmas, pode não ser o que parece.


Livro: Dark House
352 páginas || Skoob || Editora: Única || Onde Comprar ||








Tinha tudo para ser uma história de terror incrível: um farol abandonado e assombrado como pano de fundo, uma menina com um passado obscuro e um cara misterioso. Mas infelizmente não foi tudo isso. A propaganda desse livro feita através de diversas resenhas foi o que me atraiu para ele, mas foi uma decepção atrás da outra.

Perry Palomina está tendo uma crise dos vinte anos. Acabou de sair da faculdade e trabalha como recepcionista em uma empresa. É um trabalho que a deixa infeliz, mas que mesmo assim ela continua. Mas Perry não pode ser considerada uma pessoa comum, porque ela não é. Sabemos que ela esconde um segredo de seu passado, mas não chegamos a descobrir diretamente o que é. Outros personagens é que vão comentando por cima e assim vamos fazendo a ligação.

Ela é rebelde e nunca está feliz com nada. Ela se entedia facilmente e é assim que a nossa história realmente começa. Perry vai viajar para a casa de seu tio e na propriedade dele é onde está localizado o farol assombrado. Em um luau feito com sua irmã caçula, seus primos gêmeos e um amigo deles, ela acaba indo parar o farol, pensando em explorá-lo. Ela vem tendo uns sonhos muito estranhos e o farol aparece em alguns deles. Quando está dentro do farol, encontra Dex Foray, um cinegrafista que está tentando virar produtor de webcast sobre caçadores de fantasmas. Ele é charmoso e um tanto quanto misterioso. É bem reservado sobre quem ele é, mas mesmo assim desperta o interesse em Perry. Mal sabe ela que ele namora. E isso deixa nossa protagonista bem dividida e com o coraçãozinho partido.

Os dois juntos não combinam. E não é aquele caso de opostos que se atraem, pelo contrário. Eles são muito parecidos. Extremamente fechados e irritadiços. Perry até tenta ser agradável, mas ela não consegue. É um saco estar na cabeça dela o tempo todo. Ela é o retrato da insegurança, cheia de manias e que adora reclamar em pensamentos. Uma pessoa negativa, não sei descrevê-la. Mas fugiria dela se fosse minha amiga, o que é triste.

Sei que não funcionaram juntos, mas a autora quis juntá-los não é mesmo? É mesmo. Depois que Perry relata os acontecimentos do farol no blog de moda da irmã caçula, Dex a procura para ela ser a estrela do seu webcast. Ela não sabe nada sobre o cara, ele não é nenhum pouco receptivo. Basicamente é seguir o oposto do conselho dos nossos pais sobre não falar com estranhos. Não satisfeita em falar com estranhos, Perry pega uma carona com ele para a casa do tio, porque querem gravar algumas cenas no farol novamente.

Sério. Nessa hora eu estava bastante entediada com a história que basicamente girava em torno da obsessão por Dex, uns pesadelos inexplicáveis e umas aparições. Depois da página cinquenta o livro não caminhava de jeito nenhum. Foi um sacrifício acabar a leitura, porque o casal é chato. E eles nem eram de verdade. Pode ser que se desse um romance, as coisas seriam diferentes. Mas era loucura demais, ainda bem que não teve.

Infelizmente não foi um livro que me agradou e isso refletiu na nota, se não fosse a edição caprichada da Editora Única, ele teria ganhado apenas uma estrela. Pelo fato da história não fluir e afirmar que tinha terror ali. Não mesmo. O meu conceito de terror é bem diferente do que esse livro me proporcionou. Até os programas de televisão são mais assustadores do que essa história. Não achei que foi bem trabalhada a história do livro e fiquei bastante desapontada. Mas fique a vontade para conhecê-la, afinal o que pode não servir para mim, pode servir para você. Então experimente o terror ou não.

40 comentários:

  1. Oi, Roberta! Tudo bem?
    Eu tinha gostado bastante da capa, apesar da sinopse me soar como um romance. Fico satisfeita pelo fato de não ser e até me arriscaria a lê-lo pois ultimamente tenho me sentido mais curiosa para ler histórias de fantasmas. Infelizmente, com uma nota tão baixa atribuída por você, me desanimei um pouco. Eu acho que também detestaria ler sobre uma protagonista tão insegura quanto você a descreve e também esperaria um pouco de terror ao me propor a ler esse livro. Por enquanto, não farei esta escolha. Mas sua resenha ficou ótima! Adorei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jéssica, tudo bem e você?
      Fui pega totalmente pela capa e pela frase "experimente o terror", sério. Mas não é romance, ela tentou forçar um ali mas não deu. Perry é bem chata e Dex também. Eles realmente se merecem. Obrigada pelo carinho, fico feliz que tenha gostado da resenha - apesar da nota baixa - claro. ♥

      Beijos, Rob

      Excluir
  2. Oi, Roberta
    Ouvi bastante comentários positivos também, pelas resenhas que li. Eu nunca me senti muito atraída por esse livro, pois não curto muito tempo, apesar de ter vontade de ler algum. Acho que por ele não ter as características do gênero pesaram muito para você então. Agora que eu não leria mesmo rs...mas gostei de ver sua opinião.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lê!!!
      Gente, sério! Ouvi só coisas boas sobre o livro e blé, não foi NADA do que eu esperava. Acho que as pessoas mentem ou não sabem o que é terror de verdade :( Porque ali não tinha nada de bom e nem de terror. Obrigada pelo carinho ao comentar a resenha, apesar de negativa.

      Beijos, Rob

      Excluir
  3. Eu fiz a leitura e também esperava mais da história. Queria que fosse mais aterrorizante, com um suspense maior e tal. Teve partes que fiquei imaginando e deu aquele medinho, sabe? Mas no geral podia mesmo ser mais bem desenvolvido. Não detestei tanto, ainda quero ler os próximos, vai que melhore?
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dessa, me abraça!!! HAHAHAHAHAHH
      Terão outros? Ai meu Deus, depois me conte se forem bons ok? Não tenho curiosidade/coragem de ler o restante. Você merece aplausos por dar segundas chances, rs.

      Beijos, Rob

      Excluir
  4. Oi Roberta, como vai?
    Nossa, eu odeio quando livros prometem uma coisa e entregam outra. Romance em vez do terror pra mim não da, ele meio que foge do que foi proposto.
    Pelo menos já tirei da TBR

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem e você?
      Fiquei MUITO decepcionada, sério. Já coloquei para troca também, porque não sou obrigada AHAHAHAHHA. Apesar da minha nota, aconselho a tentar lê-lo, sei lá. Vai que dá certo para você ;)

      Beijos, Rob

      Excluir
  5. Eu acho essa capa um arraso, até gosto de terror, mas nunca tomei muita firmeza quanto a trama desse livro. Li apenas uma outra resenha antes da sua que falou maravilhas, mas também não senti firmeza então descartei totalmente a possibilidade, pelo que li da sua opinião eu tbm não vou curtir... sério? Crise dos 20??? Não tenho paciência pra chilique... kkkkk

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rai, me abraça!!! Quem é que tem crise dos vinte anos depois de sair da faculdade? Aff, eu tive a crise de antes de entrar nos vinte. Mas não tenho paciência para mimimi ZzZzZzZzZ Gente, sério... Fico com um pé atrás de quem fala maravilhas de liros de terror, porque ou mentem na cara dura ou não conhecem terror. Obrigada pelo carinho e comentário ♥

      Beijos, Rob

      Excluir
  6. Gente! Que Bad um livro decepcionar assim.
    Confesso que pela premissa e pela capa,esperava mesmo um livro de terror/suspense forte e que prende o leitor sabe? Mas como você disse que além de vários pontos inconsistente, o casal não agrada, fica difícil gostar da leitura né? Além da leitura não fluir!
    Mas ainda bem que a edição está perfeita.
    Bem, acontece. Leituras melhores virão!
    Parabéns pela sinceridade!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi lindona, muito chato meeeeeesmo. Fiquei me achando a diferentona ao dar uma opinião negativa, mas não me desceu e olha que é um livro grande. Enrolou muuuuuuuuito. Foi um saco :( O que salvou mesmo foi a edição, rs.

      Beijos, Rob

      Excluir
  7. Oi Roberta, que pena que o livro não te agradou e ainda por cima, a característica da narrativa não estava dentro do gênero proposto. Achei a capa muito interessante e confesso que seria um livro que eu me interessaria só pela capa, mas fiquei um pouco apreensiva com a sua opinião. De qualquer forma, a dica está anotada e vou procurar outras criticas sobre ele. Amo resenhas sinceras e a sua é uma delas.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bom?
      Tenho um problema com a sinceridade, sério. Quando vou ver já falei mesmo e acho que vocês merecem uma opinião sincera sobre uma leitura, porque estarão investindo o suado dinheirinho em uma coisa não tão boa assim. Espero que tenha mais sorte com ele, se ler mesmo depois me conta o que achou, combinado? Obrigada pelo carinho ♥

      Beijos, Rob

      Excluir
  8. Olá!

    Não conhecia esse livro antes... E pelo que você falou, ele parece ser bem tedioso. O tema é ate legal, podiam ter explorado beeeem mais o tema ao invés de focar nessa obsessão dela pelo cara e é horrível não ter feito personagens que reaemte ficassem bem juntos. Não estou acostumada a ler livros de terror, então não sei se eu leria esse. Principalmente depois da nota que você deu.

    Beijos!

    www.cantinhocult.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pam, tudo bom?
      Acho que a minha proposta para terror é diferente, eu encaixaria como suspense. Se fosse esse o gênero, se encaixaria. Mas não foi o caso. Eles afirmaram um terror inexistente. Poderia até ser o terror psicológico, mas Perry não foi muito bem desenvolvida e acabou ficando insuportável viver na cabeça dela.

      Excluir
  9. Como é chato quando um livro decepciona a gente assim, né? Que pena! Infelizmente, sei como é, pois já aconteceu comigo, de ler resenhas positivas e o livro se tornar uma decepção. O problema é temos gostos e impressões diferentes, então, nem sempre uma resenha entusiasmada é garantia de uma boa leitura. Pela sinopse e pela capa, que achei muito bonita, eu até apostaria no livro, mas a sua resenha, embora muito bem escrita, me jogou um balde de água fria. hahaha

    Tatiana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que me empolgo muito fácil com algumas leituras, mas tento ser imparcial nas resenhas - isso reflete mais na nota - no que na resenha em si. Costumo ser bem sincera nas resenhas, é que as negativas ficam mais marcadas. Desculpe pelo balde de água fria, sério. Mas o livro não se encaixava no terror que eu estava esperando ou que o livro prometia.

      Excluir
  10. Olá! A capa é linda e a sinopse é interessante. Mas, confesso que, lendo sua resenha não fiquei com vontade de ler, por dois motivos: casal chato e protagonista mimada. Já abandonei diversos livros por causa disso. E parabéns por seu texto, ficou muito bom e pela coragem em terminar um livro que não te agradou. É muito chato quando acontece isso né. Beijos!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzana, tudo bom?
      Minha vontade foi de abandoná-lo diversas vezes, mas a positividade do "e se melhorar no final?" ficou me corroendo. Então terminei a leitura, com vontade de jogar o livro longe, claro.

      Excluir
  11. OI Roberta. Poxa, é triste quando a gente cria uma expectativa enorme por um livro e acaba acontecendo isto. Eu também li resenhas ótimas de que a história era cheia de coisas assombrosas, mas pelo que você falou não tem nada disso. E olha que já li livros sobre um farol e que tinham muita coisa legal. Mas depende muito do ponto de vista do autor.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei o cenário fantástico e tinha tudo para ser ótimo! Faróis me assustam só por serem faróis. Mas o "terror" foi mais psicológicos e não senti ligação entre o fantasma do sonho e a menina. Isso me frustrou demais. Poderia ter sido mais explorado, achei bem bobo.

      Excluir
  12. Oi Roberta
    Tudo bom?
    Tive a oportunidade de ler o livro e assim como você, achei que os personagens muito parecidos, tinha hora que tinha vontade de socar os dois e por isso a história não fluiu para mim. Uma pena pois tinha tudo para ser uma excelente história de amor.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mi, me abraça!!
      Posso socar Perry e Dex? Posso. HAHAHAHAHAH Durante a leitura fiquei imaginando vários jeitos diferentes de matá-los :(

      Excluir
  13. Oi Roberta, nossa que pena que o livro é decepcionante, eu confesso que sempre tive uma vontade de lê-lo porque eu amo terror e essa trama parece interessante mesmo, mas a sua resenha não é a primeira que vejo dizendo que o livro é ruim, então já me desanima, talvez um dia eu dê uma chance.

    Beijos

    www.oteoremadaleitura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi lindona, tudo bom?
      Foi o que eu disse no final, pode ser que dê certo para você. Não deu para mim, porque teve muito mimimi e nada de terror. Algumas tentativas, mas nada assim "nossa, que medo".

      Excluir
  14. Oi Roberta!
    Eu não gosto de ler nada que seja forçado. Romance, drama, terror... Nada disso me deixa satisfeita, porque acredito que tudo deve ser na medida certa. E outra, a narrativa tem que cativar, tem que ser leve - mesmo abordando algo pesado -, leve no sentido de não ser truncada. O livro realmente tem uma premissa legal, mas vende muito e não é tudo o que vende. Espero ter a oportunidade algum dia, mas deixarei pra bem depois.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ane!
      Acho que o problema em si foi a propaganda dele. Acho que a leitura precisa ser algo que te prenda em todos os sentidos. Tem que ter uma balança, do tipo "um personagem amargo/doce" mas os dois iguais é impossível ç_______ç

      Excluir
  15. Oláa
    Já tinha ouvido falar desse livro a um tempinho,na época tinha até me interessado um pouco por ter mistérios na estória,mas nunca tinha ido atrás de saber mais do que se tratava o livro e também não tinha lido nenhuma resenha a sua é a primeira e tô fugindo de personagem chato e sem perspectiva e que só fazem reclamar.. Não consegui me apegar a nenhum personagem pra ter vontade de ler..então ele já está fora da minha listinha!!!

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/02/resenha-um-beijo-inesquecivel-julia.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe quando você fica de mau humor por causa de personagem? Eu fiquei assim, acho que Perry estava me irritando tanto que me contagiou. Muito péssimo isso na verdade. Só pensava em acabar o livro :(

      Excluir
  16. Oiie,

    Concordo com você sobre a capa, achei mega linda. Sabe, fico triste por vocÊ não ter gostado da trama, de ter personagem chato. É triste quando a gente tem várias expectativas sobre um livro e ele não supri. Sabe, eu não gosto muito desse gênero e com essas críticas e opiniões, eu vou deixar passar.

    Bjs

    Amantes da Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma dor quando o livro é ruim, sério. ;____________;

      Excluir
  17. Oi Roberta, tudo bem, minha flor...
    Desde que o livro foi lançado confesso que fiquei interessada na leitura devido o terror prometido, afinal eu curto isso de vez em quando rs... mas depois que li algumas resenhas até bem positivas, percebi o enredo não muito bem estruturado e confuso... não sei quanto as outras resenhas, mas a sua até agora que senti muita sinceridade... e a minha curiosidade quase inexistente foi a zero. Claro que eu poderia pegar o livro para ler e tirar minhas próprias conclusões, mas infelizmente sinto que comigo também não vai rolar... Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dih, minha querida ♥ Saudades ♥
      Fico preocupada quando a resenha é positiva demais, apesar de acharem a estória confusa. Fico pensando na coerência das opiniões. Costumo ser muito sincera nas resenhas, porque querendo ou não o blog influencia pessoas. Sendo assim, me sinto na obrigação de alertá-los para livros que não me agradaram. Alguns gostos podem ser parecidos com o meu, então ajuda a pessoa decidir se quer ler ou não.

      Beijos, Rob

      Excluir
  18. Oi, Roberta tudo certo é uma pena que o livro não tenha lhe agradado , acredito que teria mesma opinião que a sua sabe, primeiro porque a premissa não me chamou a atenção e segundo os personagens pela descrição que você fez certamente ficaria irritada e entediada com eles , o gênero terror também não me agrada e mesmo tendo você citando que não a nada disso na trama deixarei a dica passar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não agradou, sério. Awwwwn, opiniões parecidas com a minha ♥ Acho que com resenhas sinceras a chance de se decepcionar ficam quase nulas :)

      Beijos, Rob

      Excluir
  19. Olá, Roberta. Amei a sua resenha e pode parecer estranho mas amo resenhas criticas e negativas. Porque quando leio um desse tipo a minha vontade é maior de ler e de ver se vou ter a mesma opinião que a sua. Realmente é decepcionante a gente depositar tantas expectativas em uma obra e acabar não tendo certo. Não lerei no momento, mas, irei anotar para futuramente eu dar uma oportunidade.
    Beijos e sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Iris ♥
      Se você ler me chame para conversar!!! Mesmo!!! Adoro defender os pontos de vistas e escutar o dos outros é assim que crescemos!!! Sério, me avise quando ler!!!

      Beijos, Rob

      Excluir
  20. Oiii
    Eu adorei sua resenha. Você nos mostrou todos os pontos negativos do livro.
    São resenhas assim que fazem a diferença.
    Acho que também não gostaria do livro, pois a premissa não me interessou e a capa não é chamativa. É até sombria, com isso eu não leria, pois sou medrosa kkkk
    A sua nota negativo me fez pensar, o por que o livro não é envolvente e onde que a história se perdeu.
    obrigada pela dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwwwwwwwwwwwwwn Iza, me abraça ♥ Obrigada pelo carinho, sério!!! Fico feliz em saber que a minha resenha fez a diferença ♥

      Beijos, Rob

      Excluir