29 dezembro 2015

Resenha - Na Mala do Imigrante





Um livro sincero e emotivo, cômico e trágico; que de uma forma sem rodeios ou intimidações retrata a realidade das mais diferentes situações vividas por um imigrante. Composta por capítulos desenvolvidos em pequenas narrativas / episódios; finalizando-se individualmente.
A leitura torna-se assim dinâmica e simplificada, proporcionando ao leitor mais praticidade e vibração! A riqueza descritiva; pormenorizada, o fará sentir- se parte integrante da história.Emoções estarão à flor da pele do leitor; onde as lágrimas, a raiva, o amor, o sentimento de injustiça, compaixão e muitos outros sentimentos, irão tomar conta de si, em cada leitura de cada capítulo/história. A cronologia da obra desenvolve-se baseada na história de um imigrante, “…de todos se fazem um e de um fazemos todos ” Cada acontecimento relata uma parte do processo de imigração: adaptação, adoção, vivência e convivência, que “um e todos” são passíveis de experiência.

Livro: Na Mala do Imigrante
156 páginas || Skoob || Cortesia: Chiado Editora || Onde Comprar ||








Em ''Na Mala do Imigrante'' o leitor irá mergulhar em histórias incríveis sobre experiências de vidas de pessoas que passaram por situações complicadas e até mesmo engraçadas fora de seu país. A autora irá falar da melhor maneira sobre a imigração e as possíveis dificuldades que cada pessoa passa quando está nesse período de imigrar em um lugar diferente. São fatos que realmente já aconteceram, e isso torna o livro ainda mais interessante.

O livro é composto por histórias diferentes uma das outras, são pessoas diferentes em situações diferentes, mas que no fim podemos tirar uma única conclusão: a imigração não é fácil para ninguém, para quem já passou por isso e para quem irá passar um dia, tanto em se sentir deslocado em um lugar diferente e não ter pessoas para ajudá-lo a se adaptar e quanto ao sentimento de deixar tudo para trás, inclusive a família. Claro que cada personagem teve seus motivos para imigrar em um país diferente, mas no fim a situação fica muito clara diante do leitor; a vida é uma viagem em que devemos escolher o rumo e tirar o melhor proveito possível dela.
"A vida é uma viagem. Na mala, vem o conteúdo da vida. A escolha do que se leva nelas, será sempre sua! Pegue na sua mala, onde quer que você esteja e nunca esqueça de ser feliz. Na viagem da vida, o bilhete é só de ida..."

A autora toca em assuntos delicados como a discriminação, em algumas histórias podemos perceber o quanto as pessoas podem ser cruéis, tratam o próximo sem se importar com os sentimentos e muitas vezes não pensam no que estão falando, pois o mesmo não gostaria de ouvir o que fala, e isso acontece muito com as pessoas que estão começando a se adaptar em seu novo lugar, talvez esse seja um motivo que muitos desistem e voltam para seu lugar de origem.


O mais interessante é que no final a autora conta um pouco sobre a sua experiência, pois ela também já foi uma imigrante, ela já passou por dificuldades quando começou a se adaptar. Porém, hoje em dia ela já se sente em casa em seu novo lugar, que é Portugal.

A edição do livro está muito linda, achei que a capa tem tudo a ver com a trama do livro, o que deixou tudo ainda mais lindo. A diagramação é simples e boa de acompanhar. A narrativa da autora é leve e fluida, como se ela estivesse conversando com o leitor, contando sua própria experiência de vida e de outras pessoas, e apenas vendo a nossa reação. O livro é recheado de sentimentos e será capaz de emocionar o leitor.

34 comentários:

  1. Oiee ^^
    Ainda não conhecia esse livro, e, apesar de não ser um livro que eu leria de cara, por ser de um gênero que eu não estou acostumada a ler, fiquei curiosa. Gosto de livros que trazem consigo uma carga emocional, sabe? E esse parece ser assim. Gostei :)
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br/2015/12/mar-da-tranquilidade.html

    ResponderExcluir
  2. Sem dúvidas é preciso muita coragem para se jogar desse jeito em um novo país, em uma nova cultura. E em tempos de terrorismo e xenobismo, essa "aventura" acaba se tornando ainda pior. Imagino que as histórias compartilhadas pela autora devem ser realmente emocionantes por causa disso.

    BJs.

    http://ciadoleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Kétrin, tudo bem?
    Achei o livro muito interessante, já que ele traz uma temática bem diferente.
    Ir morar em um país estrangeiro onde não se conhece ninguém e nem os costumes do lugar é realmente uma tarefa ardil e difícil para qualquer imigrante.
    Deve ter sido muito interessante acompanhar cada uma das histórias, e por isso esse livro me interessou muito.
    Espero ter oportunidade de lê-lo.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  4. Quando vi a capa do livro na abertura da resenha nem fazia ideia do que se tratava e te juro que pensei que era um chicklit. Adorei a premissa e esse conjunto de histórias de pessoas passando pela mesma situação, a imigração, e ainda mais, saber que a autora já viveu a problemática. Fiquei bem curiosa e tenho certeza que é um livro que eu apreciaria do começo ao fim!!!
    Feliz 2016
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Ei, tudo bem?
    Não conhecia o livro e achei a ideia interessante. Mais do que compartilhar casos, ajuda a conhecer um pouco sobre a realidade da imigração em cada lugar, além de poder saber como cada um se sente quando isso ocorre. Para quem deseja viajar ou mudar de país um dia, é uma ótima pedida. Está na lista!

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  6. Olá, já vi varias resenhas desse livro, e a cada nova resenha que leio fico com mais vontade de lê-lo. A imigração realmente deve ser bem difícil, uma dúvida, as imigrações aí relatadas são imigrações clandestinas ou não?
    Amei a resenha!

    Beijos,
    https://www.facebook.com/MarcasLiterariasOficial/

    ResponderExcluir
  7. Oi eu não conhecia o livro, achei a proposta interessante, me fez lembrar que um amigo que mudou-se para Portugal, sofreu xenofobia lá, realmente ser imigrante deve ser algo muito complicado. Não fiquei com tanta vontade de ler o livro, mas eu presentearia a alguns amigos. Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    eu já tinha visto a capa desse livro nas redes sociais, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha e nem mesmo sabia sobre o que ele fala. Fiquei surpresa ao ler a sua resenha, eu gosto muito de livros com esse contexto, fico fascinada pelas histórias. Fiquei muito interessada em conhecer esse livro.

    ResponderExcluir
  9. Olá!!!
    Não conhecia o livro e achei a premissa muito diferente do que tenho lido atualmente. O tema abordado é fascinante e o livro parece passar as complicação e asnidade de ser um Imigrante. Sua resenha está bem escrita, sem revelar demais e cria uma expectativa para ler o livro.

    Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  10. Oiê
    Acho que o livro me chama, rsrs, sua premissa sobre ele me deixou mais animado para lê-lo, adoro livros com pitadas de coisas engraçadas no meio, e esse titulo me mata. Outro ponto legal que o livro bate é a dificuldade que a imigração traz para as pessoas, muito legal
    Bjks

    ResponderExcluir
  11. Oi Kétrin,
    Que livro interessante.
    Realmente ser imigrante não é fácil, estou com uma amiga passando por boas em Portugal. Que bom que para a autora deu tudo certo, espero que dê para minha amiga também.
    Acho que vou presenteá-la com uma edição.
    Obrigada pela dica,
    bjs
    Luana Lima

    ResponderExcluir
  12. Olá! É interessante a premissa do livro. Não é nada fácil sair de seu país e ir para outro, seja qual for o motivo. É legal ler sobre essas experiências be as lições que podemos tirar disso. Beijos!
    http://www.livrosepergaminhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Não conhecia esse livro, mas tanto a capa quanto o plot me chamaram a atenção. Nunca mudei de país, mas mudei de cidade, e mesmo sendo dentro do estado que nasci, cada lugar foi totalmente diferente do outro. E a adaptação muitas vezes é bem difícil. Imagino ir pra um país diferente, onde a cultura é totalmente distinta da nossa. Deve ser barra.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Pensei em solicitar esse livro para ler com a Chiado, mas acabei desistindo. Acho a premissa bem diferente de tudo que já li, mas não sentia algo que me atraísse realmente para o livro. Sua resenha me deixou bem mais interessada e me mostrou coisas precisava saber para dar aquele up na vontade, agora quem sabe eu leia ;)

    Beijos,
    Andy!

    ResponderExcluir
  15. Oiie Kétrin,

    Solicitei também para a Chiado esse livro e estou ansiosa para lê-lo. É um livro diferente de tudo o que já li, pelo fato de tratar de imigrantes e estamos vivendo isso né, das discriminação que eles sofrem, isso tudo me chama atenção. Espero logo pode tê-lo em mãos.

    Bjs

    ♡ Amantes da Leitura

    ResponderExcluir
  16. Oi! Não conhecia esse livro a capa não chamou minha atenção :/
    Mas sua resenha me deixou muito interessada por ele.
    Beijos.
    http://bomlivropravc.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oieee...
    Não conhecia o livro a temática me interessou bastante nunca li nada aprofundado nas experiências dos imigrantes e acho super interessante acompanhar as dificuldades que surgem tomando um decisão tão dificil como se mudar e mudar-se totalmente..
    Amei a resenha, beijinhos..

    ResponderExcluir
  18. Oie,

    Não conhecia o livro e achuei a premissa bem interesanate fala sobre imigrantes e a dificuldade que eles sofrem em lugares diferentes, com pessoas e culturas diferentes, não é fácil pra ninguém. Gostei dessa cala achei super linda e que parece que condiz muito com a história.


    Bjs
    Mayla

    ResponderExcluir
  19. Oi Kétrin,
    Imaginei outra história ao ver essa capa tão leve e divertida.
    Parece que o livro traz uma séries de situações vividas por imigrantes e quem já viveu fora sabe que nem todas são felizes.
    Meu esposo é boliviano e enfrenta discriminação diariamente aqui no Brasil e é duro pra mim vê-lo passar por certas situações.
    Parece ser uma leitura válida e eu adorei a dica :)

    Abraço e Bons Livros,
    Biblioteca do Coração❤

    ResponderExcluir
  20. Oi oi,
    Pois então, de primeira não tinha ido muito com a cara desse livro, porque sempre tem uns estereótipos que eu fico meio ''meh'', mas acho que seria interessante ler mais sobre imigrantes dessa forma mais descontraída não é mesmo? Gostei do que você falou sobre ele. :)

    Feliz no novo!
    http://anneandcia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi Kétrin,
    Primeira vez que vejo esse livro, gostei do enredo e do que ele proporciona ao leitor, creio que a galera que faz intercambio também amaria ler. Eu fiquei com vontade de descobrir o que há nessas páginas, por mais que algumas situações pareçam não ter sido boas, já que é complicado mesmo se sentir fora do lugar.

    Beijos
    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Olá Kétrin!
    Agradeço pelo carinho de sua resenha e a parabenizo pela forma como a fez... Acredito que conseguiu retirar a essência daquilo que pretendi no livro ����������������
    Vou partilhar no site www.escreveravida.com ok? Obrigada e beijinhos grandes!
    ������������������...em fevereiro teremos novidades!

    Com carinho, Ligia.

    ResponderExcluir
  23. Oi, tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas parece ser bem legal. Acho que é o tipo de livro que eu gostaria de ganhar de presente, hahahahha! Quem sabe algum dia eu tenha a oportunidade de lê-lo, né?!

    Beijinhos,
    Pizza and Books

    ResponderExcluir
  24. Não conhecia o livro mas fiquei super interessada em ler. Acho que seria uma leitura interessante para saber um pouquinho mais do que esperar ao mudar de cultura - que é algo que eu pretendo fazer, morar fora do país e se der certo nunca mais voltar. Não que eu não goste daqui, mas sei lá sinto que aqui não é o meu lugar...rs
    Saber que o livro é cheio de sentimentos me deixa com ainda mais vontade de ler, sem contar que eu amei essa capa!!!
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  25. Livros que abordam o tema discriminação são sempre muito enriquecedores e acrescentam muito na nossa vida como leitor. Gostei muito da premissa de Na Mala do Imigrante e já fiquei com vontade de ler. Sua resenha ficou ótima!
    Beijos
    Gaby

    ResponderExcluir
  26. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia o livro, mas a premissa me chamou a atenção. Eu nunca li um livro com esse tema, e acredito que essa seria um ótima leitura. Tenho certeza de que iria refletir bastante com esse livro.

    ResponderExcluir
  27. Confesso que se um dia eu quiser imigrar pra outro país, vou consultar esse livro, mas no momento ele não me chamou atenção para uma leitura agora. Mas parabéns pela resenha.
    Beijos
    Viviana
    devoreumlivroeoufilme.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  28. Olá,

    Que capa linda! E a estória que será abordada é totalmente diferente dos assuntos que mais são abordados atualmente, fiquei super interessada para saber como a autora abordará um tema tão incomum.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  29. Oi,

    Adorei a estória deste livro e já coloquei na lista de desejados. Gosto de temas que mostram problemas atuais. Hoje a imigração tomou conta do mundo. Colocado na lista de desejados.

    Beijos
    Jucimara Pauda
    Resenhista Linda Estante

    ResponderExcluir
  30. Oi!
    Esse é o primeiro livro que vejo sobre imigração, e achei muito bacana o modo que é desenvolvido no livro, deixando os leitores bem informados de como é a realidade.
    Vou adc aos desejados pois me interessei bastante pelo tema.

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  31. Ai que livro fofo! Não conhecia, mas já me apaixonei... Gosto de livros assim, e amei a sua resenha. Parabéns, beijos.

    http://eicarolleia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  32. Olá! A Chiado é uma editora se darmos uma boa olhada no catalogo, encontramos obras super interessantes, eu ainda não tinha visto nenhum comentário respeito dessa, mas curtir saber que a leitura é boa, uma dica que anotei, adorei o título e também a simplicidade da capa.

    Patty

    ResponderExcluir
  33. É um livro que eu leria com toda certeza, por trazer um tema tão recorrente no dia-a-dia, imagino como deve ser o desenrolar de toda a trama.

    ResponderExcluir
  34. Oi Kétrin!
    Pela capa, acho que nunca leria esse livro. Mas lendo sua resenha vi que o enredo tem muito mais profundidade do que aparenta, principalmente por tratar de temas tão delicados como a discriminação e a imigração.
    Bjs!
    Quem Lê, Sabe Porquê

    ResponderExcluir