03 dezembro 2015

Resenha - A ilha dos Dissidentes






SER LEVADA PARA uma cidade especial não estava nos planos de Sybil. Tudo o que ela mais queria era sair de Kali, zona paupérrima da guerra entre a União e o Império do Sol, e não precisar entrar para o exército. Mas ela nunca imaginou que pudesse ser um dos anômalos, um grupo especial de pessoas com mutações genéticas que os fazia ter habilidades sobre-humanas inacreditáveis. Como única sobrevivente de um naufrágio, ela agora irá se juntar a uma família adotiva na maior cidade de mutantes do continente e precisará se adaptar a uma nova realidade. E logo aprenderá que ser diferente pode ser ainda mais difícil que viver em um mundo em guerra.

Livro:
 A ilha dos Dissidentes
304 páginas || Skoob || Editora: Gutemberg || OndeComprar ||

   







Sybil está acostumada à guerras e a viver com pouca comida, mas o fato de ser uma aberração, ou seja, ter seu DNA modificado e ter recebido poderes especiais fez com que ela fosse enviada para Pandora, onde pôde desfrutar de pizza, e de uma vida melhor. Sybil é uma anômala porque as bombas nucleares modificaram o DNA de centenas de pessoas, tornando-as diferentes. E Sybil é uma delas, mas não sabia disso até sofrer um acidente marítimo, sendo a única sobrevivente da tragédia. Agora ela tem uma casa, comida na mesa todos os dias e estuda numa escola normal... Nos padrões anômalos, é claro.

Fuja enquanto pode – diz a mensagem formada. Fuja. – página 129

Vivendo em Pandora, Sybil faz novos amigos, dentre eles, Andrei, Ava e Leon, e juntos, os quatro se divertem à beça com seus poderes até serem enviados numa missão secreta e perigosa, onde eles precisam adentrar no campo do inimigo.

Como eu disse anteriormente, a missão é perigosa, portanto, tanto o leitor quanto os personagens sabem que algumas vidas estão em risco, e que alguns deles podem não voltar para casa inteiros.

Sybil é o tipo de personagem que me encanta: determinada, corajosa, forte e que se importa com seus amigos, e até mesmo com pessoas que ela nem mesmo conhece. Ela não age por impulso, e esse é mais um ponto positivo, pois Sybil pensa bastante antes de agir, e pensa mais ainda antes de colocar a vida de alguém em risco, ou de prejudicar seus amigos e companheiros.

Outro personagem do qual é impossível não gostar é Andrei, que tem poderes parecidos com os de Sybil, e com quem ela passa mais tempo junto. Ele é um personagem engraçado e carismático, ao mesmo tempo em que mexe com os sentimentos de Sybil, e, claro, do leitor, que acaba se apaixonando perdidamente por ele (leitor = eu)

O livro conseguiu bater todas as minhas expectativas, e ainda ficou um pouco acima, pois eu sabia que iria gostar da escrita da autora, mas não imaginei que fosse me apaixonar pela história, e mais ainda pelos personagens. Bárbara consegue prender o leitor já nas primeiras páginas, e é impossível parar de ler até o livro acabar. E é mais impossível ainda não querer ler a continuação no momento em que fechamos A ilha dos dissidentes.

A ilha dos dissidentes tem muita ação, e, claro, uma pitada de romance, o que não poderia faltar, e acredito que o único ponto negativo seja: poucas páginas. SIM! Poucas. Ah, como eu queria que o livro fosse um pouquinho maior, só para ter um pouco mais de Sybil, Andrei, Leon e Ava.

- Não se preocupe, Sybil. Se você prometer cuidar de mim, prometo cuidar de você. – página 115

Sinto-me arrependida por não ter lido esse livro antes, mas, ao mesmo tempo, estou feliz por ter enrolado um pouco, pois assim pude ler A ameaça invisível pouco tempo depois, então não sofri muito...(risos)

Esse livro é perfeito para os amantes de distopia, e é perfeito também para quem nunca leu nada do gênero, e está disposto a começar por uma história eletrizante. A ilha dos dissidentes é essa história eletrizante, e vai te deixar com um gostinho de quero mais.

Pela primeira vez, consigo ver tudo com mais clareza. Pela primeira vez, me sinto um soldadinho de brinquedo nas mãos de uma criança cruel. – página 169

39 comentários:

  1. Oi Dryh
    Esse livro não é muito meu estilo, mas achei interessante a história.
    Uma garota com um dna mofificado por conta de uma bomba e com a possibilidade de morar em Pandora e sendo enviada para uma missão perigosa com certeza faz dessa mistura algo imperdível.
    Gosto de livros com personagens incríveis como Sybil e Andrei.
    Sei bem como é esse arrependimento de não ter lido antes.
    Ótima dica, vou indicar para uma amiga que ama distopias.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. espero que ela goste do livro, Rízia ♥ e você também, caso o leia :)

      Excluir
  2. Amooo distopias, Dry!
    Ainda mais com personagens tão bacanas e missões perigosas!

    Beijos!
    Fabi Carvalhais
    pausaparapitacos.blogspot.com.br - @pausaparapitacos - facebook.com/pausaparapitacos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu tambéém ♥ espero que você goste do livro, Fabi :)

      Excluir
  3. Oi Dry, desde o lançamento deste livro, tenho curiosidade para conhecer a história, ainda que eu particularmente não leia muita coisa no gênero de distopias,mas agora estou ainda mais empolgada para ler depois da sua resenha. É uma delicia quando os personagens nos conquistam e quando queremos que o livro tenha mais e mais páginas porque realmente é bom. Quero MUITO ler!!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. siiim ♥ espero que você goste tanto quanto eu, Ivi :)

      Excluir
  4. Oie!
    Agora que já tem os três livros publicados, pretendo iniciar a leitura \o/ Confesso que acabo esperando para iniciar qualquer trilogia/série, assim leio todos de uma vez. Já li alguns comentários positivos da trama, e estou muito curiosa para conferir. E pelo jeito o livro é surpreendente!
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha' eu tinha pensado em fazer isso, mas não resisti *-* espero que você goste do livro, Carla ♥

      Excluir
  5. Oi, não sou muito de ler esse gênero, quando gosto de algum lançamento logo me desanimo depois, que foi o caso dessa série, quando lançou fiquei em cólicas querendo ler, depois foi passando o tempo e desanimei. Sou mais do romance e dos livros policiais. Mas curti a história, e gostei da personagem e dessa coisa da mutação depois de uma explosão, me lembrou O Quarteto Fantástico, talvez por isso eu leia algum dia.
    Gostei da sua resenha, bem empolgada.

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. espero que você leia o livro um dia, Simeia :) quem sabe não acaba gostando, né?!

      Excluir
  6. Oiie Dry, que livro lindo. Adoro livros que tenha super poderes. Acho que me daria super bem com a Sybil. Já tinha visto esse livro, mas nunca tinha lido nada sobre ele. Amei. Estou louca querendo saber se a Sybil e o Andrei ficam juntos no final kkkkk. Não sou muito de ler distopia, mas esse quero muito ler. Adicionado na minha lista de desejados.

    Bjs

    ♡ Amantes da Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. espero que você goste dela, Estefânia, é uma personagem incrível ♥

      Excluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Olá! :)
    Eu amo personagens fortes e Sybil tem força, coragem e atitude, como boa feminista que sou gostei dela.
    Já tinha visto o livro para sorteio num dos eventos que participei e não me interessei. Mas pela resenha parece ser um bom livro.
    Beijos, Maisa.
    Reinoliterariobr.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. espero que você goste do livro, Maisa, e tenho certeza de que vai gostar da Sybil também ♥

      Excluir
  9. Olá Dryh,
    Sempre que vejo esse livro, tenho vontade de comprá-lo, pois tenho a impressão que vou gostar.
    Acredito que o personagem que eu mais amaria seria o Sybil, ela parece ser incrível, além de o livro parecer muito envolvente. Espero ter a oportunidade de ler logo, mas acho que deverei emendar as leituras para não ficar nessa vontade de ler a continuação e não ter.
    Adorei sua resenha, está incrível ♥
    Beijos,
    Bru
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, Bru ♥♥ espero que você goste dos livros :)

      Excluir
  10. Adoro distopias e já tinha ouvido falar muito bem da trilogia que Ilha dos Dissidentes faz parte, mas não sabia qual seria o ponto distópico da história. E adorei o fato de ser sobre DNA modificado pois é um tema um tanto raro, e ter direito a um "hotelzinho das aberrações", que pelo visto forma um bom time de personagens bem legais e marcantes lá. Já marcado na lista para ficar de olho em promoções!

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o bom dessa trilogia, além de ser uma história incrível, é que os preços não são muito altos...haha'

      Excluir
  11. Eita, agora bateu uma baita curiosidade da saber quais são esses poderes.
    A vida dele foi trágica no início, daí ficou boa, depois voltou a ficar sem uma base. Me parece aqueles livros que você nunca sabe o que tem por vir, uma montanha russa. Fiquei mais curiosa para saber qual é a idade dela, não consegui identificar pela resenha. Por que ela está acostumada com guerra e taus, então me parece que já tem uns 20 e poucos anos... depois ela vai pra escola!(?) fiquei meio desconexa, mas com MUITA VONTADE DE LER.
    Até mais.

    Lendo no Inverno

    ResponderExcluir
  12. Olá, Dryh.
    Eu li esse livro no começo do ano e amei a história. Eu nem sabia que era nacional. Gosto muito de histórias que tenham pessoas com super poderes. Eu li ele emprestado do meu sobrinho, mas infelizmente ele não gostou muito e não vai comprar os outros. Agora vou ter que me virar para ler as continuações hehe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu também adoro histórias com poderes ♥

      Excluir
  13. Oiee!!!
    Já tinha ouvido falar do livro mais nunca tive a curiosidade de ler uma resenha sobre ele, e confesso a você que me surpreendi!!
    Você a acredita que quando vc disse que os humanos foram modificados atreves de bombas nucleares lembrei do desenho do Supershock kkkkkkkkkk Que também ganhou poderes com algo parecido!!
    Gosto de histórias cheias de ação, pois não da tempo ao leitor para ficar entediado e o romance na medida certa ajuda a equilibrar a trama!!
    Adorei, fiquei realmente curiosa!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ebaa ♥ haha' espero que você goste dos livros, Suzi ♥

      Excluir
  14. Eu acho que é incrível quando a gente encontra um livro que a gente gostaria que tivesse mais páginas. Isso me faz acreditar que o autor (nesse caso a autora) fez seu papel perfeitamente e entregou uma bela história.
    Já li várias resenhas do livro e fiquei bem empolgada com ele, mas não sou a maior fã de distopia, então sempre deixei ele meio de lado, mas sua resenha me fez ficar empolgada - e pensando seriamente em dar uma chance ao livro.
    Acho que o fato de o livro ter bastante ação e ser eletrizante vai fazer com que eu ache a leitura interessante. Entrou para lista, com certeza!
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. espero que você goste do livro, Lica ♥♥

      Excluir
  15. Oi Dryh, sabe que sempre me falam muito bem desse livro mas eu nunca tive interesse em conhecer por ser uma distopia, eu não sou muito chegada em distopias então não é um livro que eu daria prioridade. Mas acredito que eu daria uma chance a ele daqui um tempo :D

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que pena, Kétrin, mas espero que você o leia um dia, e que goste :)

      Excluir
  16. Olá!
    Assumo que já tentei ler A Ilha dos Dissidentes vários vezes, mas sempre acabei deixando para lá. Mas gostei bastante de saber que é uma distopia muito eletrizante. Primeiro porque amo distopia e segundo porque adoro livros que não param nem um segundo kk'.
    Beijão :*
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que pena, Carolina, mas espero que você consiga lê-lo :)

      Excluir
  17. Eu gosto muito de distopias, me interessei por essa, embora ainda não a conhece-se!! Tão bom terminar uma leitura com gostinho de quero mais!! Vou colocar na lista para uma futura leitura, creio que vou gostar!! Ótima resenha!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. espero que você goste do livro, Aline ♥

      Excluir
  18. Oi Dryh!
    Comprei o box da trilogia um vez no submarino, estava baratinho, R$ 39 eu acho, mas ainda não tive tempo de ler :/
    Sybil, Andrei, Ava e Leon parecem aquele squad de amigos que todo mundo gostaria de ter.
    Tanto a premissa quanto os personagens me lembraram muito Estilhaça-me, você já leu?
    E você não revelou os poderes de propósito né? Só pra deixar a gente mais curiosa.
    Ele é nacional? Vi no comentário da Sil ali em cima, não lembro de ter visto nada a respeito disso.
    De qualquer jeito, vou passar ele na frente de alguns livros, fiquei curiosa
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. li sim, mas a história é um pouco diferente *-* é nacional, sim :)

      Excluir
  19. Oi,

    Já faz um tempo que eu ouço falarem muito bem desse livro, confesso que no começo não tinha muito interesse em ler ele, mas a cada resenha que eu lia acabei me interessando mais e mais pela historia, só que até hoje ainda tive a oportunidade de ler ele, espero que consiga em breve.

    http://perdidoemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. espero que você consiga lê-lo, Gabriel, e que goste :)

      Excluir
  20. Oi!
    Eu amo distopia, e sempre que vejo essa série estava a ignorando porque achava que não era boa, mas lendo sua resenha percebi que estava completamente enganada.
    Achei muito bacana isso da bomba ter 'dado' poderes a algumas pessoas, e o fato de eles precisarem usa-los em missão secreta, o que deve dar muita ação mesmo ao livro.
    Adorei o fato dos personagens serem fortes também, isso completa tudo que mais amo em um livro.
    vou anotar a indicação
    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. espero que você goste do livro, Sabrina ♥♥

      Excluir