26 dezembro 2015

Resenha - DELÍRIO




Muito tempo atrás, não se sabia que o amor é a pior de todas as doenças. Uma vez instalado na corrente sanguínea, não há como contê-lo. Agora a realidade é outra. A ciência já é capaz de erradicá-lo, e o governo obriga que todos os cidadãos sejam curados ao completar dezoito anos.
Lena Haloway está entre os jovens que esperam ansiosamente esse dia. Viver sem a doença é viver sem dor: sem arrebatamento, sem euforia, com tranquilidade e segurança. Depois de curada, ela será encaminhada pelo governo para uma faculdade e um marido lhe será designado. Ela nunca mais precisará se preocupar com o passado que assombra sua família. Lena tem plena confiança de que as imposições das autoridades, como a intervenção cirúrgica, o toque de recolher e as patrulhas-surpresa pela cidade, existem para proteger as pessoas.
Faltando apenas algumas semanas para o tratamento, porém, o impensado acontece: Lena se apaixona. Os sintomas são bastante conhecidos, não há como se enganar — mas, depois de experimentá-los, ela ainda escolheria a cura?

Livro: Delírio
352 páginas || Skoob || Editora: Intrínseca || Onde Comprar ||








‘’É claro que não estamos completamente livres do deliria nos Estados Unidos. Até que a intervenção seja aperfeiçoada, até que seja segura para menos de dezoito anos, jamais estaremos totalmente protegidos. A doença ainda ronda, sufocando-nos com vastos tentáculos invisíveis’’

Lena é uma jovem que está perto da tão esperada maioridade, onde pode passar por uma intervenção e se livrar do amor, uma “doença” que é considerada bastante perigosa pelo governo por conta dos sintomas representados e principalmente pelas tragédias que houveram com pessoas que infelizmente não sobreviveram. E isso, acaba incluindo sua mãe que fora infectada pela doença e chegou a tirar a própria vida.

Por causa disso, Lena pensa que tendo o mesmo sangue de uma pessoa que adquiriu a doença, pensa em ser curada o mais breve possível, pois teme sofrer o mesmo destino, mas por outro lado, a cura também lhe ajudaria a esquecer as tristezas do seu passado e principalmente os pesadelos que ela tem constantemente.

“...Muitas pessoas temem a intervenção. Algumas até resistem. Mas eu não estou com medo. Mal posso esperar, pois faria amanhã, se pudesse...’’

Porém, Lena se depara com alguns acontecimentos de última hora que a fazem responder de maneira duvidosa as perguntas dos avaliadores e teme não ser aprovada para sua intervenção. Ela ainda ganha uns dias para ser reavaliada e decide então praticar mais uma vez as suas respostas para que possa responder as perguntas de maneira correta.

Então alguns dias, Lena junto com sua amiga Hana resolvem fazer uma corrida a fim de passar o tempo e pelo caminho acabam conhecendo Alex, um dos guardas da cabine de observação e a partir desse dia, os três começam a passar boa parte do tempo juntos conversando e se divertindo em uma casa abandonada escondida de tudo e de todos.  O que acontece em seguida é que Lena e Alex aos poucos vão se aproximando e tudo acaba se tornando ainda mais perigoso. Além de sentimentos que podem ser despertados, Lena também descobre vários segredosde Alex e de sua mãe que a fazem duvidar da certeza de sua intervenção e cogitar uma mudança de planos.

‘’Talvez eles tenham razão. Talvez nossos sentimentos nos enlouqueçam. Talvez o amor seja mesmo uma doença e ficaríamos melhores sem ele.  Mas escolhemos um caminho diferente. E, no fim das contas, este é o motivo para fugirmos da cura: somos livres para escolher.  Somos livres inclusive para escolher o que é errado.”

Delírio foi à segunda distopia que li e sinceramente confesso que a estória me surpreendeu bastante, de certa forma alcançou as minhas expectativas. Assim que li a sinopse eu já havia ficado interessada e então resolvi comprar a série toda para conhecer a escrita da Autora Lauren Oliver, que, aliás, conseguiu construir uma estória com muita ação e romance. É mais uma estória que nos faz devorar as páginas, porque além da narrativa ser muito bem desenvolvida, o ritmo dos acontecimentos também é muito viciante. Em momento algum senti que a leitura foi arrastada por conta de não ter tantos diálogos e principalmente pela quantidade de folhas em cada capitulo. Todos que me conhecem sabem que não gosto nem um pouco de livros que tem capítulos muito longos, pois é bastante cansativo, mas nesse livro tive uma grande surpresa, porque fiquei curiosa para descobrir muitas das questões que são levantadas durante o enredo e principalmente alguns segredos que Alex esconde. Confesso que estou bastante curiosa para ler a continuação e descobrir o que ocorreu após o desfecho.

Vocês também com certeza vão querer saber o que ocorreu não só com Lena, mas com Alex e Hana e todos os outros personagens secundários, que por sinal foram de grande importância na estória. Aliás, eu acho que nesse segundo livro ainda virão ainda mais surpresas e muito mais acontecimentos de tirar o fôlego de todos aqueles que gostam de uma MARAVILHOSA DISTOPIA.

Eu tive uma boa experiência com essa obra e sinceramente estou me apaixonando por esse gênero e espero continuar me surpreendendo com muitos outros que tenho ainda em minha estante para fazer leitura (risos)

Quanto a diagramação, tenho que confessar que a arte da capa ao meu ver é bem simples, mas ao mesmo tempo chama bastante atenção por conta dos efeitos de cor. A fonte é de um tamanho muito bom, as páginas são amareladas e a revisão da obra está esplendida, pois não encontrei qualquer tipo de erro. A Editora Intrínseca está de parabéns pelo excelente trabalho com toda certeza!


41 comentários:

  1. Olá linda,

    Confesso que estava curiosa com esses livros desde que os vi numa livraria. Amei as capas reluzentes e agora li a sinopse e sua resenha e fiquei fascinada.
    Como não se interessar por um livro que fala sobre a erradicação do Amor? Doença? Controle emocional? Disputa de poder? Tudo que adoro em distopias.

    Beijos!
    poesiaqueencantavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Ei Silvana!
    Eu sou super fã de distopias! Esse dom que elas têm de nos transportar para um mundo totalmente diferente me fascina!
    Eu ainda não conhecia este livro, mas adorei! E fiquei apaixonada por essa capa! Que coisa mais linda, meu Deus!
    Adorei a resenha!


    Beijos!
    Fabi Carvalhais
    http://pausaparapitacos.blogspot.com.br @pausaparapitacos http://facebook.com/pausaparapitacos

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bom?
    Eu adoro distopias e tenho o prazer de dizer que Delírio foi a primeira que li. Comprei esse livro no lançamento, o vendedor estava tirando da caixa e arrumando nas prateleiras da livraria e quando vi me apaixonei pela capa e comprei o livro - detalhe, eu comprei e nem li a sinopse, nem sabia do que se tratava. Mas tive uma sorte, uma surpresa incrível! É um dos livros que mais amo na vida. Toda a escrita da Oliver realmente nos prende e uso das metáforas então nem se fala. Na verdade costumo dizer que esse livro é a própria metáfora sobre o amor e as consequências dele. Sobre os próximos livros prefiro não comentar e deixar que você dê sua opinião (rs.).

    Bjão.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Sil,
    Acredita que tenho esse livro aqui na estante faz tempo e não tinha nem ideia do que se tratava? :O
    Eu compro muitos livros sem ler a sinopse, só pela capa ou porque alguém me indica, mas já vi que vou amar.
    Que enredo e história fantásticos e o melhor de tudo é que é uma leitura gostosa pelo o que você falou na resenha.
    Também detesto capítulos muito longos, dá uma sensação de infinitude e cansa mesmo :/
    Aguardo as próximas resenhas da série :)

    Abraço e Bons Livros,
    Biblioteca do Coração❤

    ResponderExcluir
  5. Também ando me surpreendendo positivamente com o gênero e já quero ler esse livro! kkk Sua resenha me encheu de curiosidade e ansiedade em torno da leitura. A ideia de tratar o amor como uma doença me chama MUITA atenção, e se a autora soube desenvolver bem essa premissa tenho certeza que irei amar. Amo essa capa, apesar de simples :D
    Beijos amiga!
    Gaby

    ResponderExcluir
  6. Há tempos ouço criticas acerca desse livro,e confesso que estou ansiosa para ler a obra,sempre gostei da escrita da Lauren,é impressionante a forma como ela escreve e a trama em si é excelente.Fiquei curiosa sobre Delirio,vou colocar na minha lista de futuras leituras. :) A capa é bem chamativa apesar de não revelar muito acerca do conteúdo .
    Abraços
    danisilva7.wix.com/ldsonhos

    ResponderExcluir
  7. Ahhhh Distopias... o nosso mundo literário nunca mais será o mesmo depois de uma distopia, ao menos foi assim comigo. Hoje em dia está no meu top 5 dos subgêneros de fantasia favoritos; Eu poderia passar o resto do ano que mal começou falando das que li e gostei. E olha que nem sou especialista no assunto, não li esse por exemplo. Ele está lá na minha estante aguardando a vez. Se eu ainda estivesse na época de fila de leitura com certeza pularia ele umas posições a frente depois da sua resenha rsrsrsrrsrsrsrs
    E os livros da Intrínseca costumam ser ótimos no quesito qualidade física devido à editora. E eles são uns amorzinhos, sempre me divirto quando consigo ir nas Turnês ^^

    Blog Mundo de Tinta

    ResponderExcluir
  8. Oiee ^^
    Essa foi uma das primeiras distopias que eu li ♥ lembro que, quando terminei o livro, fiquei doida pela continuação, mas como ela ainda não havia sido lançada, deixei um pouco de lado. Até agora não li o segundo livro, mas estou querendo continuar algumas séries que deixei de lado este ano, e "Delírio" é uma delas. Fico feliz que você tenha gostado da história, Sil, espero que goste dos outros livros também :)
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oiee..
    Apesar de ainda não ter ffinalizadoa trilogia eu adoro oa dois primeiros volumes, a estória é original e envolvente , não me imagino vivendo sem amor, sem ter a capacidade de amar..
    Não vejo a hoje te adquirir o terceiro volume e finalmente concluir essa estória maravilhosa..
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Já ouvi falarem muito deste livro, a capa sempre chamou minha atenção, mas não sabia do que se tratava, até agora.
    Caaara, o amor é como uma doença, uma praga, eu também acho afinal de contas.
    Fiquei bem curiosa para ler, já está na minha lista de desejados.
    Beijos,
    Gabrielle Garcia - Blog ABCD dos Livros

    ResponderExcluir
  11. Olá.... amiga, tudo bem?
    Eu gostei muito desse primeiro livro e fiquei com o coração na mão com o final dele, não via a hora de Pandemônio ser lançado para poder ler, tanto que o comprei na pré-venda... já li a trilogia, como sabes eu amo uma distopia e sempre que conheço uma não resisto. Que bom que gostou do primeiro livro e espero que curta toda a série, mas devo ser bem sincera em minha opinião, o primeiro livro foi muito bom... mas eu amei Pandemônio e me frustrei com o terceiro, mas essa é apenas a minha visão, com você pode acontecer completamente diferente... desejo a você uma excelente leitura e aproveite as distopias, tem histórias maravilhosas e agoniantes a serem contadas... Xero!

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Eu sempre tive curiosidade de ler esse livro. Só que vi algumas resenhas que não gostaram da distopia, já outros gostaram, Então fiquei dividida se lia ou não. Pela sua resenha a história é muito boa e nem um pouco massante. Isso me motivou a ler.
    Adorei a resenha e assim que puder vou adquirir os livros.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá :D
    Curto demais distopias e essa já me conquistou :D Essas capas maravilhosas e esse resenha me deixou mais curioso. Erradicação do amor? haha deve ser muito boa
    Abraço
    http://interessantedeler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Achei bastante interessante essa série. Inclusive já estou curiosíssima para saber quais são os segredos de Alex. É muito bom quando lemos uma história que alcança ou supera as nossas expectativas. Que bom que sua experiência com o livro foi positiva, isso me deixa mais estimulada a fazer a leitura. Faz algum tempo que não leio nenhuma distopia, acho que vou retornar agora e quem sabe recomeço por este, né?

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem?
    Minha amiga já leu toda a trilogia e vive me recomendando a leitura. Toda essa mistura de gêneros e entre eles o meu favorito, distopia, não duvidaria está super curioso para ler esse livro. Sua resenha - que está ótima - só reforçou o pedido da minha amiga!

    Beijos,
    http://marcasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. 'Delírio' é um dos livros que eu tenho problema na minha estante, já comecei a lê-lo umas três vezes mas sempre paro e pego outro livro para ler, não por que o livro é ruim e sim por que nunca estou no clima para a história.
    Esse ano eu vou tentar dar mais uma chance para esse livro.
    xoxo

    http://planeta94.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi sou louca por distopias, já faz tempo que eu quero ler essa série. Curti muito a sua resenha, bem rica em detalhes e empolgante.
    Espero ter a oportunidade de colocar as mãos nesse livro em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. A capa do livro me deixou bem decepcionada - não por ser simples ou não ter gostado. É que essa capa é da versão hardcover em inglês, onde a jacket tem o título e as letras cortadas com a imagem inteira no fundo e eu queria uma edição assim também por aqui...rs
    Desde o lançamento estou curiosa com o livro mas ele está na estante e ainda no plástico - mas espero que esse ano mude isso. Não sou a maior fã das distopias mas sua resenha me fez pensar que preciso mesmo ler esse livro. Eu já li outros dois livros da autora e gostei muito, então esse também merece uma chance :)
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  19. Não sou muito fã de capas metalizadas, mas esse cor me chamou atenção *-* Acho demais quando o autor valoriza os personagens secundários e despertam na gente essa curiosidade sobre eles também. É tão chato quando o mundo gira em torno do protagonista e os outros só estão ali por estar... Ainda não vi o que reclamar da Intrínseca mesmo <3 Adorei a resenha, não conhecia o livro.
    -Mari

    ResponderExcluir
  20. Que legal uma distopia onde o amor é considerado perigoso e proibido. Haha. Achei essa premissa muito interessante e com certeza deve ser uma distopia diferente de todas que eu li. A capa também está bem caprichada e olha, vou te contar que eu gostei muito e me interessei demais. Acho que livros que trazem essas metáforas sobre o amor e todos os sentimentos que existem são excelentes para algumas reflexões. Espero que Delírio me presenteie com vários momentos assim. parabéns pela resenha. :)

    ResponderExcluir
  21. Olá Silvana,
    Esse livro é um dos meus favoritos da vida, sou encantada por ele. O fato de tratar o amor como uma doença nos faz refletir muito. Quando li esse livro estava em uma época conturbada da vida, pois tinha terminado um relacionamento e até cheguei a acreditar que o amor era uma doença.
    Infelizmente, não gostei do final da trilogia, mas ainda assim amei!
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Ei Sil, tudo bem?
    Estou bem curiosa para ler essa trilogia, apesar de já estar meio saturada de distopias, um gênero que eu acabei não curtindo muito. A história parece ser bem envolvente, então pretendo dar uma chance a ela.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  23. Já li algumas resenhas sobre os livros já publicados dessa série, e mesmo lendo resenhas ótimas, como a sua, ainda fico cabreira para lê-los. Gosto muito de distopias, mas eu tenho sérios problemas com essa transição da adolescência para a fase adulta, sei lá, sempre acabo me irritando com personagens dessa faixa etária... então sempre fico cismada. Talvez quando todos os livros estiverem lançados eu encare a leitura, no momento ainda fico com aquele embrulhinho no estomago.... rsrs

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  24. Olá, Silvania!

    Em 2012 eu tentei ler esta série, hoje não me lembro porque de eu não ter dado continuidade a leitura. Adorei a arte da capa, ela tem algo que é muito atrativa, dá vontade de ler o livro só pela capa. Lendo sua resenha percebi que tenho o interesse em continuar a leitura, a autora abordou um assunto totalmente inovador e super importante, além de tudo é uma distopia e adoro distopias. Definitivamente, este livro tem tudo para ser uma boa leitura, espero lê-lo este ano.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Nunca fui muito fã de distopias, mas essa capa está arrasando com o meu core, sério mesmo. E sua resenha, então, não tem como não sentir vontade de ler. Espero encontrar um exemplar à venda na minha cidade.

    Parabéns pelo blog.
    Abraços

    ResponderExcluir
  26. Oi, Sil!
    Gente, como assim segunda distopia? Vou te fazer uma lista de distopias pra ler, esse gênero é muito bom, eu amo! hahaha <3
    Eu ainda não li essa série, mas quero muito! Também não curto capítulos longos, parece que a leitura não rende, mas que bom que mesmo assim você gostou de tudo.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  27. Oi flor, os livros dessa autora são muito bem recomendados e enho curiosidade em lê-los, inclusive esse, mas por não ter muita afinidade com distopias acabou que deixei passar batido por muito tempo. Esse ano pretendo ler mais livros no gênero e quem sabe ler esse também, já que fiquei curiosa para saber quais serão os novos planos da protagonista e que segredos seriam esses do guarda lá. Espero conseguir ler e ser surpreendida.

    bjs

    ResponderExcluir
  28. Olá Silvana, mais uma obra para listinha das distopias que ainda não conhecia!
    Parece ser cheio de segredos, adrenalina em um ritmo bem gostoso sem ser cansativo.
    Fiquei bastante curiosa para saber mais sobre a Lena, Alex e a Hana .
    Adorei a resenhs.
    Beijos.

    Giuliana

    ResponderExcluir
  29. Oie,

    Desde que eu me apaixonei por esse gênero literário esse é um dos livros que eu estou há muito tempo atrás. Gosto de histórias com segredos e esse livro parece está cheio deles, acho essa capa maravilhosa e quando vi a foto de dentro do livro soltei um "Que livro L-I-N-D-O" e logo soube que eu necessito dele urgentemente.


    Bjs
    Mayla

    ResponderExcluir
  30. Ei Silvana!
    Não costumo ler distopias, todas as minhas tentativas fracassaram e eu fiquei com trauma. Engraçado que algumas adaptações pra cinema me deixaram bastante feliz.. estranho ne? Bem, eu curti bastante o enredo, é interessante e cheio, e, como todas as distopias, nada leve! hahahaha
    bjsss
    http://umavidaliteraria1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Falou em distopia \o/ Já vi várias resenhas do livro e dizem sempre ser ótimos. Depois da sua resenha já coloquei na lista de leitura. Sua resenha foi bem detalhada, adorei!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  32. Oie Silvana,
    A tempos que estou de olho nessa trilogia, a premissa é muito interessante! Amo distopias, e esse livro agora está no topo das distopias que quero ler, quero muito saber o que acontece com a Lena e quais o segredos do Alex. Espero gostar tanto quanto você da escrita da Lauren.
    Ótima resenha <3
    Beijos
    Cantinho da Bruna

    ResponderExcluir
  33. Hello.
    Nossa, achei q a capa maravilhosa... Adoro qdo é metalizada assim.
    Eu achei que era um New adult o livro qdo vi a capa, não esperava que fosse uma distopia.
    Com tantos elogios realmente fiquei curiosa pra ler e eu sou igual a vc, animo com a série e ja compro tudo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  34. Até hoje li apenas um livro da Lauren Oliver intitulado "Antes que eu vá" e gostei bastante. Tenho o primeiro livro dessa série na estante mas ainda não tive oportunidade de inclui-lo em minha fila de leitura, porém como tenho gostado tanto do gênero distopia pretendo fazê-lo em breve. Fiquei curiosa para saber o que acontecerá com Alex e Lena e descobrir porque o amor é considerado uma doença.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  35. Oi Sil, eu li esse livro há tanto tempo que nem me lembrava direito da trama, mas foi bom ler sua resenha que assim me lembrei um pouco mais. Com certeza quero reler o livro para mim poder ler a continuação, porque se nao eu não irei lembrar. Ótima resenha!

    beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  36. Eu amo distopia, mas confesso que esse livro não chamou a minha atenção quando foi lançado então nem dei muita bola para a historia. Porem lendo sua resenha agora a historia aguçou minha curiosidade e assim que eu ver uma promoção vou comprar.

    Beijos Coisas de Mineira

    ResponderExcluir
  37. Oii Sil!!

    Eu tenho essa série tb, mas ainda não li!
    Já li Antes que Eu Vá da mesma autora, e posso te recomendar com certeza!! A escrita dela é maravilhosa e cheia de significado!! Espero esse ano conseguir ler mais e colocar essa trilogia na minha lista!

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  38. Oi Silvana! :D
    Eu ainda não tenho essa série, mas admito que a sua resenha conseguiu me cativar, to pensando seriamente eu adquirir. Eu nunca gostei muito da capa, então nunca me interessei em ler a sinopse, mas ao conferir a sua resenha percebi como eu errei, devia ter lido a sinopse pelo menos. Olha a história que to perdendo!!!! O.O

    Beijos e até logo! ;)
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  39. Olá

    Distopia é um género que qualquer livro que vejo,vou querer ler, esse já conheço,mas nunca li, gostei de saber que o ritmo da leitura é intenso,porque livro que a leitura é arrastada não curto muito.

    Bjss

    ResponderExcluir
  40. Olá, esse livro tá na lista já tem um tempão, mas sempre bate aquela insegurança pra começar a ler. Na verdade, estou esperando o preço da série baixar para poder adquirir todos de uma vez só, espero que isso ocorra logo. Estou super ansiosa para saber se ele é tudo isso mesmo. Beijos,

    ResponderExcluir
  41. Olá :)
    Comprei esse livro na Bienal e até comecei a leitura, mas ainda não concluí. Gostei bastante da narrativa da autora até onde li. Amei a Lena, me identifiquei bastante com a personagem.
    Entretanto, fiquei com um pé atrás quando me disseram que as sequências não são tão boas. No entanto, quero muito ler a série. Daquelas que gosta de ver para crer.
    Ótima resenha!

    Beijocas,
    http://www.segredosentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir