23 dezembro 2015

Resenha: Crepúsculo/Vida e Morte


O clássico de Stephenie Meyer revisitado 10 anos depois.
Novamente, os leitores vão se apaixonar pela arrebatadora história de amor de Bella e Edward... ou, quem sabe, será uma primeira vez. A edição especial de aniversário inclui um conteúdo extra e exclusivo: Vida e morte, nova versão em que a autora inverte o gênero dos principais personagens.
Em Vida e morte os leitores vão se maravilhar com a experiência de ler a icônica saga de amor agora pelos olhos de um adolescente que se apaixona por uma sedutora vampira. Numa publicação ao estilo “vira-vira”, a edição comemorativa traz mais de 400 páginas de conteúdo extra, além da nova capa, com Crepúsculo de um lado e Vida e morte de outro. Os milhares de fãs de Bella e Edward não vão querer perder a oportunidade de ver seus tão queridos personagens em novos papéis.
“Fico maravilhada que já se tenham passado 10 anos da primeira edição de Crepúsculo”, comenta a autora Stephenie Meyer. “Para mim, esse aniversário é uma comemoração dos fãs, que sempre foram inacreditavelmente dedicados e apaixonados.”

Livro: Crepúsculo / Vida e Morte
736 páginas || Skoob || Editora: Intrínseca || Onde Comprar ||








Atitudes rápidas e sem reflexão levam a caminhos desconhecidos e sem volta. Podem modificar uma vida de forma irremediável, podem gerar uma dezena de perdas e ganhos nem sempre bons.  Atitudes rápidas podem nos tornar perigosos e até mesmo letais.

"Concluí que a mais bonita de todas era a garota menor com o cabelo cor de bronze, embora eu presumisse que a metade feminina do corpo estudantil votaria no sujeito louro com cara de ator de cinema. Mas elas estariam enganadas. Todos eram lindos, mas a garota era mais do que bonita. Ela era simplesmente perfeita. Era um tipo de perfeição perturbadora e incômoda. Deixou meu estômago embrulhado."

Beau Swan é um adolescente comum e um pouco desajeitado de dezessete anos quando chega a cidade de Forks, a fim de morar com seu pai, Charlie. Enquanto tenta se acostumar com esse novo mundo, Beau conhece alguém que lhe faz sentir coisas que ele até então desconhecia, e é colocado frente a um perigo que ele nunca imaginou existir.

"- Mas e se eu não for uma super-heroína? E se eu for a vilã?
- Ela sorriu ao falar isso, com expressão brincalhona, mas os olhos estavam pesados com algum fardo que eu não conseguia imaginar.- Ah
- eu disse, surpreso. As muitas dicas que ela deu começaram a surgir até fazerem sentido.
- Ah, tudo bem."

Aos poucos, Beau vai conhecendo mais àquela por quem está fascinado, Edythe Cullen. E descobre que ela é uma vampira com mais de cem anos de idade, mas mesmo que pareça estranho o garoto não a teme.

"- Sempre há um risco para os seres humanos que ficam perto dos frios, mesmo que eles sejam civilizados, como este clã alegava que era. Nunca se sabe quando podem ficar famintos demais para resistir.

- Ela deliberadamente assumiu um tom de ameaça.
- Como assim, “civilizados”?
- Eles diziam que não caçavam seres humanos. Supostamente, de algum modo, conseguiam caçar só animais."

Enquanto mergulham em uma paixão sem volta e um pouco insana devido aos fatos que cercam a vida de cada um,  Beau e Edythe procuram acostumar-se e entender com calma os seus mundos, até o dia em que esses mundos são forçados a se chocar quando um vampiro não esperado entra na vida dos Cullen e deseja mais que tudo o humano que está com eles, Beau.

"- Bom - disse ela, e parou. Consegui sentir que havia mais, então esperei. O resto das palavras saiu em avalanche, se embolando tanto que demorei um minuto para decifrar o significado. - Concluí que, já que vou para o inferno, posso muito bem fazer o serviço completo."


[- Minhas Impressões-]

É bastante difícil falar de uma história que me marcou tanto no passado e que ao mesmo tempo é nova. Confesso que estava bem mais temerosa de lê-la do que ansiosa, em primeiro lugar porque não tinha ideia de como ficaria a troca de gêneros e se Stephenie saberia conduzir isso de uma boa forma, e em segundo lugar porque eu não tinha certeza de como eu reagiria agora quase oito anos depois da primeira vez que li, uma vez que meus gostos e sentimentos mudaram muito.

Mas a trama me contentou, de certa forma, embora eu realmente tenha prestado atenção e me incomodado com pontos que no passado eram satisfatórios para mim. Porém vamos por partes. A troca de gênero ficou interessante, embora seja um pouco diferente ver Edythe, que supostamente pelos padrões da sociedade deveria ser a protegida sendo a protetora e Beau sendo o mais frágil. Isso de certa maneira causa um impacto no leitor e o faz ver que é possível uma história ser muito boa mudando todos os estereótipos comuns. Em alguns momentos fiquei bastante irritada, pois não foram só os personagens principais que ganharam a mudança de gênero, e sim os amigos de Beau e outros conhecidos. Dessa forma, por vezes precisei parar e pensar ou até voltar na história original, para saber quem era o personagem com novo nome. Outro ponto que devo destacar é que senti uma descaracterização de personagens como a família de Edward principalmente, na história original eles pareciam ter características mais marcantes.

Nos primeiros capítulos a história não conseguiu me prender e eu estava prestes a desistir, mas logo comecei a entrar no ritmo e só consegui parar ao final, que por sinal foi o mais fantástico e o que fez a história ganhar quatro estrelas e valer a pena, apesar de causar um certo aperto no coração. Devo citar dois grandes pontos negativos para mim: o primeiro é o fato de tudo ocorrer muito rapidamente. Os personagens constroem uma paixão muito rápida e isso é algo que já existia no primeiro livro, mas não me perturbou tanto na primeira vez que li talvez porque haviam outros livros. E o segundo ponto não está focado na trama e sim na revisão do livro. Minha leitura foi em ebook e por vários momentos encontrei onde deveria ser "ele" o pronome "ela" e vice-versa e isso foi bastante incômodo.

A história é muito bem ambientada e as cenas adaptadas que antes se passavam com uma mulher e agora se passam com um homem, no caso Beau, ficaram muito bem feitas. A narração é toda em primeira pessoa e temos 24 capítulos, além de um epílogo. E apesar de esta ser uma nova versão de um outro livro que já li, acredito que caso o leitor que jamais conheceu crepúsculo queira ler não haverá problemas. Por um lado ele terá um livro fechado, com início e final e isso não trará as frustrações que cada um dos leitores teve há dez anos atrás, mas também não terá a felicidade de ler  e acompanhar por bem mais tempo esses personagens maravilhosos.

Acredito que todos aqueles que acompanharam a saga Crepúsculo há dez anos atrás devem ler para relembrar um pouco da história e ter uma nova perspectiva, além de poder observar um certo amadurecimento da autora, e àqueles que não conheciam podem dar uma chance para um livro muito bem construído e cheio de segredos, que poderá surpreender e fascinar.


30 comentários:

  1. Olá, Tamara!

    Estou muito curiosa em relação a essa "nova" estória, estou mega curiosa e não vejo a hora de poder ler e me deliciar com a escrita da Stephenie Meyer <3 Irei aproveitar que amanhã é véspera de natal e me darei este livro de presente :D

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba, livros de presente de natal é uma delícia. Espero que você aproveite a leitura.

      Excluir
  2. Fui daquelas que leu a saga Crepúsculo e se apaixonou pela trama que a Meyer criou, mas com o passar do tempo e também pela influencia dos filmes, minha paixão esfriou drasticamente. Quero conferir Vida e Morte e acho que a troca de gêneros é o que mesmos me incomodaria na trama. O que mais me deixa receosa é o fato da autora que devastou leitores com uma saga tão popular, não parar pra escrever algo novo, mas concordo com você, acho que se é apreciador dos livros originais, precisa conferir este aqui também
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, era de se esperar que uma autora que fez tanto sucesso conseguisse escrever algo novo, como a J. K. Rohling.Mas pelo jeito a Stephenie parou! Mas espero que goste.

      Excluir
  3. Olá!
    Assim como você estou mais temerosa do que ansiosa por essa leitura. Amo a Saga e confesso que quando soube dessa nova versão fiquei bastante receosa.
    Quero ler por conta da curiosidade, mas o receio no momento ainda está falando mais alto.
    De qualquer maneira, foi muito bom ler sua resenha (primeira que leio sobre a obra) e ver que apesar das mudanças a história lhe agradou. Espero que também me agrade.
    Beijos e Feliz Natal!

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie! Feliz natal para você também!
      Espero que goste da leitura.

      Excluir
  4. Oi Tamara, eu nunca fui fã de Crepúsculo, então não sei se leria esse livro. Talvez um dia eu dê uma chance e vejo o que acho, mas no momento eu não leria. Que bom que parece um livro bom, sua resenha está ótima e muito bem escrita, parabéns!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico super feliz que tenha gostado da resenha. É, quem não conhece a saga dificilmente leria esse livro, mas caso resolva conferir espero que goste.

      Excluir
  5. Oii,
    Eu li todos os livros da saga crepúsculo, teve uma época que eu era louca por eles, mas hoje em dia nem tanto. Acho que como você disse, meu gosto mudou, e eu acabei deixando a saga para escanteio. Achei até interessante e beeeem diferente a autora reescrever o livro mudando o sexo dos personagens, e fiquei curiosa para saber até onde essa história nova iria. Mas para por aí, não fiquei tão empolgada assim. Já ouvi algumas críticas ruins sobre ele, mas outras muito boas também. Acho que vou ler para ter a minha própria opinião, e sentir um gostoso de crepúsculo all over again
    Xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie. Sabe que eu consegui resgatar o gostinho de crepúsculo. Não de forma tão empolgada quanto antigamente, mas meu coração bateu mais forte naquelas cenas que aparecem a família Cullen, porque para mim lá que começa o livro de verdade.
      Espero que você também goste.

      Excluir
  6. Olá, Tamara.
    Eu não tenho nenhuma vontade de ler esse livro. Eu até leria se ganhasse mas comprar não vou. Eu amei a história original e me apaixonei pelo Edward, mas achei muito sem necessidade ela lançar outro livro com essa inversão dos papéis. Isso na minha opinião se chama interesse financeiro. Única e exclusivamente para ganhar dinheiro. E ainda mais você falando sobre essa revisão mal feita. É um livro que eu não gastaria meu dinheiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, sil, realmente, também achei que ela poderia ter criado algo mais inovador, como um pós vida depois do livro amanhecer, isso me deixaria bem feliz, pois apesar de ter lido uma centena de fanfics, nada melhor que ser escrito pela própria autora. Mas valeu a pena conferir. Espero que você ganhe um para conferir.

      Excluir
  7. Oiee ^^
    Eu só cheguei a ler o primeiro livro de Crepúsculo, mas tenho curiosidade de conhecer os outros. Vi que bastante gente gostou dessa troca de gêneros, principalmente porque muitos não gostavam 100% da Bella *-*
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, dri.
      Pois é, os personagens da série que eu mais amava era a família cullen, então fiquei triste em eles terem ficado meio descaracterizados, mas concordo com você, ficou bem melhor sem a bella cheia de mimimis, o beau é mais tranquilo.

      Excluir
  8. Esse é um livro que eu passo por inúmeros motivos, eu já não consegui ver os filmes completos da saga (tentei duas vezes) e o jeito que são abordado os vampiros e a protagonista (no caso desse livro o protagonista) não é algo que geralmente me agrade. É interessante saber que a história fecha nesse volume, daí fica aberto para a autora explorar o que quiser em aniversários seguintes da saga.
    Até o lançamento desse livro eu não associaria a Intrínseca a uma revisão mal feita, você não foi a primeira pessoa a falar sobre esses problemas, então devem ocorrer várias vezes.

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, também estranhei, todos os livros da intrínseca eram super bem traduzidos, e esse... ficou estranho, espero que não se repita. E espero que nos próximos aniversários ela resolva inovar mais, ee.

      Excluir
  9. Eu li Crepúsculo e em todos os livros ficava irritadíssima com esse clichê de que a Bella é a menina frágil e desajeitada. Sério mesmo que toda meninas precisa ser retratada dessa forma? Vai ver que por eu ter lido já adulta essa coisa toda me tenha soado superficial.
    Admito que quero ler essa versão. Mas, vou ser honesta, me recuso a comprar esse exemplar porque vem com o mesmo primeiro livro que já possuo - em inglês e português - Por que simplesmente não lançaram um livro só dessa nova versão?
    Me falaram que esse final vale muito a pena ser lido. Não me contaram como termina e isso é o que me motiva a ler o enredo. Quem sabe o lerei ano que vem.
    http://criptografandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também notei isso depois de adulta de ser bem chato a bella ser toda frágil e inocente. E quando abri o ebook e vi o livro antigo também fiquei bem irritada, não precisava!

      Excluir
  10. Oi Tamara, tudo bem?
    Meu exemplar de Vida e Morte chegou essa semana, então estou louca para conferir a história com a tal mudança de gêneros. Espero não ficar irritada com os personagens como aconteceu com você, mas essa mudança de gêneros com os amigos de Beau realmente deve ter ficado confuso. Em relação aos erros de revisão acho uma pena, tenho visto muita gente reclamando do mesmo problema, espero que a editora de melhor tratamento na revisão do livro.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, espero que a editora fique mais atenta e não passe a revisar mal constantemente. Espero que você goste do livro.

      Excluir
  11. Oie, tudo bem?
    Sua resenha está linda e muito bem escrita. Te confesso que não sou fã da saga. Não me interessei pelo filme, e quando tentei ler o livro, também não consegui. rs E mesmo com essas mudanças, a trama ainda não me atrai, infelizmente. :(

    Beijos,
    Dai | Blog Cheiro de Livro Nacional

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado da resenha, e que pena que a saga não atrai você.

      Excluir
  12. Oi, tudo bem?

    Vou ser sincera, adoro assistir aos filmes com a minha cunhada, seja em DVD ou quando passam na TV mesmo. Mas nunca consegui me ater a ter e ler a serie, essa edição de 10 anos então, nem se fala, não me vejo lendo um livro desse tanto de páginas sem ser fan da serie, mesmo você tendo dito que para quem não leu talvez a leitura seja mais satisfatória. Sua resenha ficou ótima e cara, com certeza ler um e-book onde haja erros e troca de ele por ela e vice versa, deve ser um horror, isso me aborrece e muito em minhas leituras.Adorei sua sinceridade, prezo muito isso.

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Então, o livro é bem grande, por isso que em várias vezes eu quase desisti, mas as 736 páginas são devido a ter a edição antiga, não li todo, só a nova versão.
      Fico feliz que gostou da resenha, e achei bem incômodo o tanto de erros também.

      Excluir
  13. Oi, tudo bem?

    Vou ser sincera, adoro assistir aos filmes com a minha cunhada, seja em DVD ou quando passam na TV mesmo. Mas nunca consegui me ater a ter e ler a serie, essa edição de 10 anos então, nem se fala, não me vejo lendo um livro desse tanto de páginas sem ser fan da serie, mesmo você tendo dito que para quem não leu talvez a leitura seja mais satisfatória. Sua resenha ficou ótima e cara, com certeza ler um e-book onde haja erros e troca de ele por ela e vice versa, deve ser um horror, isso me aborrece e muito em minhas leituras.Adorei sua sinceridade, prezo muito isso.

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Então, o livro é bem grande, por isso que em várias vezes eu quase desisti, mas as 736 páginas são devido a ter a edição antiga, não li todo, só a nova versão.
      Fico feliz que gostou da resenha, e achei bem incômodo o tanto de erros também.

      Excluir
  14. Oiii!

    Eu não li esse livro e na verdade, nenhum da série. E não tenho tanta vontade assim, porque não faz muito meu estilo.
    Sinceramente, eu achei que ela poderia ter feito algo muito maior do que essa versão para presentear os fãs que são tão fieis para com a obra.
    Eu achei legal ter esse final bem fechadinho mas como VC disse, deve ter um sabor mais legal quando lê a série completa.

    Enfim, a resenha está ótima, mas não me sinto interessada pelo livro!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  15. Li uma resenha totalmente negativa sobre a obra, aí agora vejo você falando que se contentou, o que me deixou totalmente confusa se devo ler ou não. Porque gostei muito da leitura original, então parece que vou estragar essa coisa boa sabe? Mas fiquei curiosa com a troca de gêneros, quem sabe não dê uma chance!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  16. Olá!!!
    A saga Crepúsculo abri caminho para muitas leituras e quero muito conhecer esta nova versão com uma visão e abordagem diferente. Sua resenha só aumentou ainda mais minha expectativa.

    Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  17. A impressão que tive quando li sobre o lançamento desta edição especial é de que a editora estava querendo gerar $$. Achei um pouco desnecessário esta inversão dos papéis, mesmo porque, como você mesma disse, já passou muito tempo de Crepúsculo e nós - que antes éramos o público dela- mudamos demais. Eu preferia que ela tivesse deixado a birra de lado e lançado o Midnight Sun.

    Em relação à sua resenha, muito bem escrita e com posicionamentos muito bons, parabéns.

    Ruh Dias
    perplexidadesilencio.blogspot.com

    ResponderExcluir