24 abril 2015

Resenha - Ligações




GEORGIE MCCOOL sabe que seu casamento está estagnado. Tem sido assim por um bom tempo. Ela ainda ama seu marido, Neal, e ele também a ama, profundamente – mas o relacionamento entre eles parece estar em segundo plano a essa altura.Talvez sempre esteve em segundo plano.Dois dias antes da tão planejada viagem para passar o Natal com a família do marido em Omaha, Georgie diz a ele que não poderá ir, por conta de uma proposta de trabalho irrecusável. Ela sabia que ele ficaria chateado – Neal está sempre um pouco chateado com Georgie –, mas não a ponto de fazer as malas e viajar sozinho com as crianças.Então, quando Neal e as filhas partem para o aeroporto, ela começa a se perguntar se finalmente conseguiu. Se finalmente arruinou tudo.Mas Georgie estava prestes a descobrir algo inacreditável: uma maneira de se comunicar com Neal no passado. Não se trata de uma viagem no tempo, não exatamente, mas ela sente como se isso fosse uma oportunidade única para consertar o seu casamento – antes mesmo de acontecer…Será que é isso mesmo o que ela deve fazer?Ou ambos estariam melhor se o seu casamento jamais tivesse acontecido?

                                          304 páginas || Skoob || Cortesia: Editora Novo Século ||           
      Classificação:  || OndeComprar ||





                             


Georgie sabe que ama Neal, demais, sabe também que se não for com ele para Omaha no Natal ele ficará chateado, mas sabe que ele vai entender e que ela, Neal e as meninas podem ir depois do feriado, porque ela não pode adiar, ela tem que escrever os roteiros para depois do Natal, seu sonho e de Seph - seu melhor amigo - de terem seu próprio programa finalmente está se realizando e Georgie não pode deixar passar.

Porém Neal não entende. Neal não fica apenas bravo, ele fica furioso e vai sem ela, diz que está tudo bem - claramente não está - e que eles podem ir se falando, que ele liga para ela quando chegar lá, e que ela pode se concentrar no trabalho, mas assim que ele sai com as meninas Georgie sente que nada está certo e que talvez ela tenha arruinado seu casamento.

Ir para o trabalho não ajuda em nada, sua mente não consegue se fixar nos roteiros ou nos personagens que por tanto tempo foram suas sombras, ela só pensa em seu marido e em como as coisas estão ruins, em como ele nunca está totalmente feliz e que isso talvez seja culpa dela, que suas próprias filhas não a veem como essencial e que se ela deixasse a família eles nem mesmo notariam e isso acaba com ela.

As coisas não ficaram ruins entre Georgie e Neal. As coisas eram sempre ruins - e sempre boas. O casamento era como um conjunto de balanças constantemente se equilibrando. E então, em algum ponto, quase nenhum dos dois estava prestando atenção, eles deixaram o lado ruim se sobressair tanto que acabaram ficando lá. E agora só uma quantidade imensa de bom os levaria de volta. Uma quantidade impossível de bom.

Acaba tanto que ela resolve ir para a a casa de sua mãe - que insiste em dizer que o divórcio não é o fim do mundo, mas que ela não vai ficar com a guarda das meninas, e em meio ao desespero de falar com Neal e da inutilidade do iPhone dela, decide utilizar seu antigo telefone de discagem e quando Neal finalmente atende ela suspira aliviada pensando que talvez tudo não esteja acabado e que ela pode concertar seu erro...porém o Neal do outro lado da linha não é seu marido, aquele Neal é o Neal de 1998, é o Neal que a deixou em plena véspera de Natal e foi passar o fim de semana com a família, aquele é o Neal que na manhã de Natal apareceu na sua porta tantos anos antes para pedi-lá em casamento.
E então, na manhã de Natal, em 1998, Neal apareceu na porta da frente da casa dela - de joelhos no carpete verde, com a aliança da tia-avó na mão.Pediu a Georgie que se casasse com ele.– Eu te amo – disse. – Te amo mais do que odeio todo o resto.E Georgie riu porque só mesmo Neal para pensar que isso seria algo romântico de se dizer.E disse sim.

Será que o destino queria que ela consertasse seu erro? Será que ela devia convencer Neal a não se casar com ela porque ele nunca seria plenamente feliz? Ou o amor bastava? E suas filhas? E ela? Será que ela conseguiria viver sem o Neal? Sem sua razão de viver?


Rainbow segue o mesmo estilo de escrita que seus outros livros e só posso dizer que eu realmente AMO essa escritora, ela é maravilhosa e se eu pudesse a abraçaria e diria "Obrigada por colocar o mundo dentro de seus livros com tamanha perfeição, quero muito que você seja feliz até a morte e além.", meio estranho, com certeza, mas é sincero e já aviso, me critiquem mas não critiquem a Rainbow diante de mim ou vai comprar briga... Mentira gente, podem criticar a vontade que eu não bato em ninguém, sou pacifista e nanica e críticas só nos fazem crescer.
 Tá procurando o quê?- Papel - ela diria, pendurada de novo  para fora. – Tive uma ideia; não quero esquecer.Ela sentiria a boca dele na base da espinha.– Me conta. Vou lembrar.– Você também tá dormindo.Ele a morderia. Me conta.– É uma baile - ela diria. - Tem uma baile. E Chloe, a protagonista, vai acabar usando um dos vestidos antigos da mãe. E vai tentar ajustá-lo pra ficar legal, tipo A garota de rosa-shocking, mas não vai ficar legal; vai ficar horrível. E alguma coisa embaraçosa vai acontecer no baile ao som de "Try a little tenderness".

Bom, voltando ao livro, Georgie é comediante, escreve roteiros televisivos - secretamente eu adoraria fazer isso no futuro - e trabalha com seu melhor amigo Seph desde a época da faculdade e eles são tão inseparáveis que até mesmo Neal entende isso, não gosta, mas entende. E tudo anda bem, ou o tanto quanto parece estar bem, já que Neal nunca está totalmente bem e Georgie sabe que a culpa é dela, mas está indo pelo menos, ou estava até ela receber a proposta de seu próprio programa.

Ao longo do livro conhecemos a Georgie no presente, no passado e sua família, amigos e relações e tudo é tão intenso que te arrebata por completo, eu NÃO CONSEGUIA largar o livro de maneira nenhuma e era tão angustiante ler aquilo, parecia que eu estava vendo a família perfeita desmoronar na minha frente e ao mesmo tempo que os flashbacks me mostravam o namoro mais fofo surgindo e eu estava pirando quando ela começou a falar com o Neal do passado e tudo parecia se acertar e ruir e... É mágico esse êxtase em que Rowell consegue deixar seus leitores.

Ela escreve com a alma, com o mundo e com o coração, ela conseguiu colocar belamente aqui que amar não é coerente, simples ou fácil, que há mil coisas em jogo e que tudo é torcer e fazer dar certo. Que o casamento não é brinquedo, que não é status, e sim uma escolha e uma honra e que a família é nosso alicerce e que os filhos são nossa herança no mundo.
– Eu acho... — Quanto mais ela chegava perto, mais ele desviava o olhar. – Acho que só quero você.– Tá bom – Georgie concordou.Neal pareceu surpreso - quase riu.– Tá bom?Ela fez que sim, perto o bastante para bater o nariz no dele.– Tá bom. Pode ficar comigo.

Isso sem falar ainda que Rowell trata de dois temas não tão comuns assim, raramente lemos livros onde a estória se passa dentro do casamento e fica dentro dele, onde o casal se ama mas está em crise e precisa se resolver, Rainbow mostra aqui que casar com alguém é muito mais que dividir uma casa, uma cama ou uma rotina, que nem sempre é fácil, que tem que se doar, e ela faz isso tão perfeitamente e tão real, que te pega de jeito, pois no fim, é esse tipo de amor, esse tipo que situação que existe na nossa vida, nada aqui é idealizado. 

E o outro assunto é o fato de que aqui quem trabalha fora e sustenta a casa é a mulher, Georgie, e não o marido, e como eu normalmente não vejo muito isso, foi imensamente gratificante e educador ver como o eixo da família acaba mudando por conta disso, como a dinâmica se renova e como Neal e as filhinhas dela reagem a isso.

Acho que já deu para perceber que eu amei e mais que recomendo e que não vou indicar para ninguém especifico porque eu acho que todos deveriam ler esse livro, faz bem para a vida de um modo geral. E a edição... Gente que edição Linda!!! Com letra maiúscula porque eu pulei, pirei e fiquei "Pai olha de lindo!", "Alonso, tem telefones dentro, na CONTRA CAPA!", "Lili, na frente é marrom e atrás é rosa e na lombada é lis-tra-di-nho!!! Que fofo!", sim meio excêntrica mas sempre verdadeira.
Não era esse o sentido da vida? Encontrar alguém com quem compartilhá-la?E se você já acertou nisso, o que mais poderia dar errado? Se você estivesse ao lado da pessoa que ama mais que tudo no mundo, o resto não acabaria sendo só cenário?

57 comentários:

  1. Agatha, adorei sua resenha... Frenética... kkkkk
    Eu já estou com este livro na lista, e esta é a primeira resenha que leio dele. Fiquei com mais vontade ainda de ler.
    Ótima resenha flor.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Lia, então menina, obrigada, fico muito feliz, mesmo, que tenha gostado da minha resenha e que ela tenha te deixado ainda mais com vontade de ler o livro, espero que possa lê-lo logo!
      Bjs

      Excluir
  2. A resenha está perfeita. Parabéns! Eu ainda não li nada da autora mas só vejo elogios aos seus livros. Pretendo ler alguma coisa dela é claro. Eu até ganhei um em uma promoção, mas ainda não chegou hehe. Gostei de saber que a autora aborda o assunto casamento um tanto quanto diferente dos outros autores.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Sil.
      Os livros dela ao meu ver são incríveis, mas conheço pessoas que não gostam tanto assim dela, porém eu acho que são gostos e gostos não?
      Espero que goste dessa escritora incrível e peculiar em seus temas.
      Bjokas

      Excluir
  3. Nossa! Esse livro parece ser realmente muito bom, pelo que diz na sua resenha. Adorei os personagens e o enredo, e mesmo a capa e os detalhes na diagramação estão lindos. Bjs

    http://territorio6.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Gleyse.
      Olha eu amei o livro, mas isso deu para perceber né? E como estão lindos, eu fiquei ali babando neles, mesmo.
      Espero que possa ler.
      Bjinhos

      Excluir
  4. Agatha cono sempre ARRASANDO nas resenhas.
    DIVA
    Eu só conhecia o livro pela capa, mas a contra capa é *O* Lindaaaaaaa
    Não conheço a autora, mas pelo seu entusiasmo quero conhecer kkkk
    Amei a resenha.
    Beijos

    Coleções Literárias
    Confira a nova resenha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!!!
      Obrigada menina, de verdade, ri aqui com o diva.
      Eu conheci a autora ano passado mais ou menos e depois disso foi amor e amor e amor, espero que goste dela sim e compartilhe pelo menos um pouco do meu entusiasmo.
      Bjokas

      Excluir
  5. Agatha primeiramente tenho que confessar que eu amei a sua resenha
    eu ainda nem sabia o que esperar do livro e fiquei fascinada com tudo que você contou sobre a história. Assim que eu tiver tempo vou começar a ler os outros livros da autora, porque pelo que andei vendo, vem outra novidade pela frente. Parabéns amiga. Continue assim sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Sil, obrigada novamente, pelo visto ficarei te agradecendo eternamente pois você sempre me elogia, e pretendo sim continuar assim, só melhorar daqui para frente, e amiga, os livros dela valem a pena. Mesmo.
      Bjokas Sil

      Excluir
  6. Ainda não conheço nem autor e nem obra. Pela forma como falou dela fiquei curioso, mas preciso fazer uma pesquisa antes. Pesquisar sobre quais outros títulos dela já foram publicados aqui no Brasil. Parabéns pela resenha, muito bem elaborada.

    Beijos,
    Felipe Matheus
    A Hora do Livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Felipe.
      Todos os livros publicados dela já foram traduzidos, mas concordo contigo, quando eu a conheci antes fui dar uma geral por aí e recolher opiniões. Espero que goste quando tiver a oportunidade ou se vier a ler, e obrigada, fico contente que tenha ficado coesa apesar da minha alegria por assim dizer.
      Bjs

      Excluir
  7. Oie! Tudo bem?

    Nunca li nada da autora, e esse livro não me chamava atenção... até agora. Adorei sua resenha e super me deixou curioso pela leitura! O título não é nada chamativo, haha, mas talvez eu o leia :3

    Bjs!

    Jhonatan | Leitura Silenciosa
    PARTICIPE DO NOSSO TOP COMENTARISTA E CONCORRA A DOIS LIVROS INCRÍVEIS!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Jhonatan
      Como vai? Bem, espero que sua curiosidade o incite a ler!!! E obrigada, esse é meu trabalho.
      Bjokas

      Excluir
  8. Oi, Agatha.
    Bela resenha. Esse tema de casamento, amor, filhos, volta no tempo, me chamou a atenção.
    A autora parece realmente boa.
    Gostei do tema. As mulheres provavelmente irão adorar.
    Abraços.
    Diego,
    http://diegomorais18.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Diego.
      Obrigada primeiramente e sim o tema é bem centrado nesses tópicos. Ah eu sou fã, então né, mas sei ser crítica e eu gosto muito dela, de verdade, assim espero que possa ler e no geral as mulheres gostam bastante dela.
      Abraços

      Excluir
  9. Olá!

    Adorei a capa do livro e já ouvi falar muito bem da autora, então fiquei curiosa pela obra! A trama parece muito inovadora, imagina poder falar com a pessoa que você ama no passado? Ótima resenha!

    beijos!
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Ana.
      A capa é mesmo linda, simples concordo, mas eu adorei. E falar com quem ama no passado deve ser uma loucura!!!
      Obrigada e espero que goste do livro.
      Bjs

      Excluir
  10. Nossa que resenha incrível!
    Não havia dado muita atenção a esse livro porque não gostei da capa, mas ele já vai entrar na minha lista =D
    Adoro livros com temas assim entre um livro de terror e outro!
    Bjs

    www.livroseflores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Ileana.
      Obrigada! E concordo totalmente que esse tipo de temática é incrível para se ler entre um livro mais tenso e outro, espero que adore.
      Bjs

      Excluir
  11. Oi, tudo bem?
    Adorei sua resenha, essas fotos estão incríveis!
    Acredita que ainda não li nada da autora? Tenho o Eleanor & Park aqui em casa e quero ler em breve pois me falam sempre que é ótimo, mas até hoje não li ainda.
    Achei a capa desse livro muito linda, a editora arrasa nas capas dos livros das Rainbow.
    Fico feliz que tenha gostado do livro!

    Beijão ;*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Maiara.
      Que bom que gostou, fico muito contente.
      Acredito sim, muitas pessoas não leram ainda e Eleanor & Park é lindo e de partir o coração, fiquei com ele nas mãos, mas ainda sim recomendo a leitura.
      Bjokas e espero que goste e as capas estão lindíssimas, um belo trabalho.

      Excluir
  12. Oi Agatha, que resenha incrível! Eu estou LOUCA para ler esse livro, quero ler tudo da autora ainda! O único que li até agora foi Eleanor e Park, e estou me enrolando para ler Fangirl! A Rainbow tem um dom, né? Parece que cada livro sai um melhor que o outro!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Kétrin, me sinto assim também menina!
      Quando li o primeiro quis ler todos, essa mulher não para e eu não sosseguei até ter lido as obras dele e nossa, que felicidade, fico me sentindo realizada depois de ler os livros dela.
      Bjokas e Fangirl é muito fofooooo. *----*

      Excluir
  13. Oii Agatha, tudo bom??
    Cara, eu também amo a Rainbow!! Amo os livros dela, e a sua escrita flui tão bem que me dá inveja. Infelizmente eu ainda não tive a oportunidade de ler esse livro, mas eu estou bem animada. Espero não me decepcionar, sei que não irei. Ela se supera a cada dia, e eu fico mais encantada.
    Não tinha lido a sinopse (mas sou dessas que fico com vontade de ler um livro sem saber do que se trata só por causa da escritora), mas agora eu estou mais curiosa ainda.
    A edição está mesmo linda, fico igualzinha você quando pego meu exemplar, fico pulando e falando o quanto é lindo. Só falta gritar para o mundo inteiro ouvir, hahha
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Ana.
      Menina eu também faço isso quando eu gosto muito de um escritor ou uma escritora, sai algo dele e eu já vou correndo comprar e ler rsrs. E nossa, as capas estão lindas e se eu for contar quantos vexames eu já dei por conta de chiliques assim...aiai demoraria muito.
      Espero que goste e que possa lê-lo logo.
      Bjokas fofa!

      Excluir
  14. Nossa, Agatha, que legal o desenrolar da história.
    Nunca imaginei que ligações tivesse a ver com uma ligação dessa maneira que você descreveu.
    Fiquei curiosa para saber o que dá essas ligações.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Déborah.
      Então menina, quando eu fiquei sabendo que era assim pensei "Nossa, como ela fará?" e não me senti decepcionada.
      Bjs e tomara que goste caso leia.

      Excluir
  15. Desculpa, mas não poderei ler mais suas resenhas. Toda vez que venho, sua resenha me conquista e fico mais desesperada para ter a obra e o bolso vazio hahahaha. Como sempre expressando bem em suas resenhas e mostrando o quão a obra te agrada ou não. Não tinha curiosidades de ler a obra, até porque está fazendo muito sucesso e tenho um nariz em pé quando só vejo elogios da obra (vai entender). Mas achei o tema muito interessante e confesso que fiquei curiosa. Nunca tinha lido um romance, um livro sobre a vida conjugal e fiquei muito feliz que tenha gostado tanto da escrita da autora.
    Apenas me resta olhar esta linda capa e diagramação e chupar o dedo a espera de dinheiro para comprar um e chamar de meu hahaha.
    Como não canso de dizer, parabéns pela resenha.
    E continue resenhando e me deixando cada dia mais pobre hahaha.
    Beijos e muito sucesso.
    http://chuvaelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Iris!
      Obrigada menina, de verdade, fico contente por demais em saber que você gosta tanto das minhas resenhas.
      E eu te entendo, determinadas coisas eu gosto de ler quando não está em febre mas as vezes calha e eu vou por mim mesmo, kkk.
      O tema é bem diferente mesmo e eu fiquei encantada com essa pegada que não é muito - quase nada - retratada.
      Continuarei resenhando sim, pode deixar!
      E bjokas.

      Excluir
  16. Ai meu Deus do céu! Adoro esse negócio de flashbacks e amo mais ainda quando o autor/autora consegue escrever algo bom envolvendo passado e presente. Adoro mesmo! Eu nunca li nada dessa autora mas tem uma colaboradora lá no blog que já resenhou e teceu maravilhas sobre ela. Sem falar que o ponto que você citou sobre os casamentos e a troca de papéis que "sustentam" a casa muito me chamou a atenção. Vou ler ;)

    Beijos
    Passaporte Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Jheyscilane.
      Menina acho esses tópicos muito interessantes também e pouco comentados. E sim, na minha opinião até quem odeia admite que ela escreve bem, Rainbow é uma escritora que recomendo muito desde que eu conheci.
      Bjinhos e espero que goste caso venha a ler.

      Excluir
  17. Oi Agatha, sua linda, tudo bem?
    Nossa, que linda a sua resenha!!! Está tão cheia de sentimentos. Que autora é essa? Que história é essa? Você falou com tanta intensidade que não tem como não querer ler. E eu já conhecia o livro, mas você me fez querer lê-lo agora.
    Beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou bem sim Cila e você?
      Obrigadaaa, sempre que leio livros de Rowell me sinto contagiada e sempre que posso escrevo assim que acabo para poder transmitir os sentimentos.
      Então você já ouviu falar de Eleanor & Park, que vai virar filme? Ou Fangirl? Ou Anexos? É ela. kkk
      Espero que possa conhecê-la e que a ame.
      Bjinhos

      Excluir
  18. Confesso que esse era o livro que menos me chamava a atenção da Rainbow, mas depois dessa sua resenha estou pirando querendo ele pra já!!! Eu queria ele antes só por motivos de: Participação especial de Levi e Cath, mas a história como você a pintou realmente me conquistou. Uma das coisas que mais amo nos livros da autora é como eles são reais, podemos nos ver facilmente em suas histórias e tenho certeza que Georgie e Neal são personagens extremamente cativantes! Vou colocar na lista de prioridades pra já!
    Beijos e parabéns pela ótima resenha <3
    Debora.
    http://vanille-vie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Debora
      Menina você me deixou em dúvida aqui, a Cath e o Levi participam desse livro? Onde você viu isso? Estou aqui pensando e não me lembro deles viu, e olha que eu li ele com todo cuidado e carinho e amor de fã, mas posso estar errada, irei pesquisar.
      Bom, ele é meu segundo favorito dela! kkk e eu li todos, assim espero que goste.
      Bjokas

      Excluir
  19. Oi, Agatha!

    Que resenha mais amor!!! ♥ Bem detalhista, mas sem ser "spoilorenta"! hahahahaa
    Eu sou LOUCA para ler algo da Rainbow! Eu nem ao menos li Eleanor & Park, acredita?
    Eu acho a ideia do livro tão bacana! Todo mundo fala super bem da escrita dela, que a gente pode sentir cada palavra!Tenho que tomar vergonha e ler de uma vez!

    Beijão
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tamires.
      Ela é bem intensa mesmo, e como ela apareceu por aqui no inicio de 2014 ainda não acho que seja caso para você se envergonhar mas leia sim porque vale a pena, demais!!
      Bjokas e obrigada!

      Excluir
  20. Oi, Agatha!
    Adorei a sua escrita e o seu entusiasmo com a leitura vibrei aqui do outro lado da tela!
    Ainda não li nada da autora e até me sinto mal por isso. Não posso terminar 2015 sem ler um livro da Rainbow Rowell!
    Eu não esperava esse enredo, que você detalhou tão bem, que falasse sobre família, casamento e que ainda teria uma mulher se desdobrando em vários papéis, como provedora e como um pilar. Isso é raro nos livros.
    Beijos.
    http://asassecretas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Sabrina.
      Como é raro isso nos livros e é algo que deve ser levado mais em conta pois a cada dia isso acontece mais e mais no dia-a-dia.
      Fico tão feliz em saber que você gostou da minha resenha, de verdade, é muito satisfatório saber disso.
      Espero que você possa ler logo algo dela, todos são maravilhosos e acho que você vai gostar.
      Bjão

      Excluir
  21. Realmente é muito linda essa edição, foi a primeira coisa que reparei assim que abri seu link, que livro lindo!
    Parece legal a história, vou procurar mais sobre ele, foi a primeira vez que leio uma resenha dele também...

    Daily of Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda.
      Procura sim, e a edição está perfeitaaaa! Espero que dê uma chance ao livro.
      Bjs

      Excluir
  22. Oi Agatha!
    O livro está aqui, na minha pilha que fica na mesa kkkk Logo vou começar a leitura \o/
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Carla.
      Espero que ame então a leitura menina!
      Bjs

      Excluir
  23. Oi, Agatha! Como vai?
    Da Rainbow eu só li Eleanor e Park e me APAIXONEI pela escrita!!! Concordo com o que você disse, ela realmente escreve com o coração, com a alma, com o mundo. A melhor escrita que eu já conheci, certeza. Ainda não li Ligações e admito que nem sabia que já tinha saído. Por amar a ideia de ter os outros livros da Rainbow, tento me manter um tanto afastada das informações sobre eles por serem caros. Quer dizer, quarenta reais é bem caro para mim :S Não é bem um dinheiro que eu tenho sempre, já que não trabalho e, por estudar em dois períodos em alguns dias, mais gasto do que tudo. Enfim. A história parece ser beeeem interessante e eu adorei dos pontos dela. Primeiro, o que você disse sobre o casamento. Segundo, o fato de fazer uma "viagem no tempo", por assim dizer; eu amo essa coisa de haver, no futuro, uma conexão com o passado e você ter a possibilidade de mudar tudo. Também amo as histórias da Rowell pelo fato de serem lindas e realistas.
    Espero poder ler Ligações e os outros livros da autora em breve.
    Beijinhos,
    Karol.
    www.heykarol.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Karol.
      Acho que quem lê Rainbow não consegue não gostar dela, mas eu te entendo menina, sorte que eu sempre conheço alguns lugares com promoção rolando ou tenho alguém disposto a fazer caridade e manter meu vício literário kkkk.
      Bjinhos e espero que você possa lê-los logo logo!

      Excluir
  24. Olá, vi esse livro no Goodre e na blogosfera e me encantei.Já tinha ouvido falar da autora mas não li nada sobre ainda e amei ler mais uma ressenha positiva de um livro dela, isso me anima mais a querer conhecer o trabalho dela.

    Sua resenha ficou ótima e me senti convencida a colocá-lo na minha enorme listinha de desejados.


    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Simeia.
      Obrigada Si, é gratificante saber que eu te instiguei a isso e apesar de respeitar, sempre, a opinião dos outros, não consigo entender como alguns criticam Rainbow, mas lhe digo, para mim o trabalho dela é incrível.
      Bjs e espero que ame.

      Excluir
  25. Oii Agatha!
    Eu só vejo elogios quanto a autora, e ainda não li nada dela! :(
    Estou com Eleanor aqui na estante, e quero ver se consigo ler ainda esse mês, não é possível só eu ainda não ter lido nada dessa mulher!
    Que bom saber que esse livro dela também é ótimo!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dessa!
      Menina leia logo então, afinal logo mais tem filme deles nas telonas!!!
      Espero que adore e não tem como eu não tecer elogios sobre Rainbow, ela merece!
      Bjokas

      Excluir
  26. Oi Agatha!
    Ainda não li nada da Rainbow ainda! Mas ela é tão elogiada que morro de vontade.
    Essa sua resenha ficou incrível, aliás como todas as que vc escreve, me fez querer demais o livro.
    B-jussss!
    http://www.quemlesabeporque.com/

    ResponderExcluir
  27. OI Agatha!
    Ainda não li nada dessa autora, mas já vi váááários elogios com o nome dela!
    Conheci esse livro no evento da editora e fiquei meio apaixonadinha por ele. Não sei se leria agora, agora, porque tô com MUITA coisa aqui para ler, mas tenho muita vontade de conhecer essa história! Estou com Anexos aqui para ler e não vejo a hora de começar!
    Beijos

    LuMartinho

    ResponderExcluir
  28. Acredita que não li nenhum livro dessa autora/
    Sou louca pra ler por só ler resenha positivas dos livros
    Tem fatos curioso que quero muito ler como será uma mulher que é a provedora da casa
    Muito curiosa mesmo
    Adorei a resenha
    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Olá Agatha, nome da minha filha :)

    Essa é a terceira resenha que leio desse livro e a cada uma que leio fico mais curioso, gosto da capa também muito criativa......bjs.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  30. Olá Agatha!
    da autora eu só li Eleanor e Park e posso dizer que foi dos livros mais lindos e fofos que já li! A autora me conquistou por aquele livro e tenho vontade de ler todos os que ela escreveu.Eu ainda não tinha visto nenhuma resenha do livro Ligações,mas pode ter certeza que vou colocar na minha lista de leitura!.
    Bjs e até mais! :D
    http://diarioelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Os livros da Rainbow Rowell envolvem sempre sentimentos muito puros e intensos. Tenho a sensação de ler sobre um amor diferente do amor retratado em outros livros de romance. Ainda não li "Ligações", mas depois da sua resenha espero conseguir lê-lo em breve! Estava mesmo precisando de um livro…. Obrigada pela resenha, adorei!

    bjoss

    casteloanimado.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  32. Acredita que ainda não li nada da autora? Sua resenha me deixou louca para mudar isso, não sabia nada sobre o livro mas agora estou super curiosa, quero saber o que acontece HSUAHS É muito legal quando a autora trata sobre temas diferentes,
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir