últimas resenhas

Série - A Maldição da Residência Hill


Título:
A Maldição da Residência Hill
Lançamento: 12 de outubro de 2018
Direção: Mike Flanagan
Elenco: Elizabeth Reaser/Lulu Wilson, Kate Siegel/McKenna Grace, Victoria Pedretti/ Violet McGraw, Oliver Jackson-Cohen/Julian Hilliard e Michiel Huisman/Paxton Singleton, Carla Gugino e Henry Thomas
Série Original: Netflix - 1° Temporada - 10 Episódios
Duração: Mais ou menos 60 minuto
Gênero: Drama / Terror
Steven, Shirley, Theo, Luke e Nell são cinco irmãos que cresceram na mansão Hill, a casa mal-assombrada mais famosa dos Estados Unidos. Agora adultos, eles retornam ao antigo lar e são forçados a confrontar os fantasmas do passado, após a perda de um ente muito querido.


O que era para ser somente uma curta temporada morando na Residência Hill acaba por se transformar em um longo período para a família Crain. A casa precisa de inúmeros reparos o que faz com que os pais, Hugh e Olivia permaneçam com os cinco filhos mais tempo do que o previsto no local. Os dias se passam alegremente para cada membro da família, mas a felicidade que eles desfrutam está com os dias contados para acabar.



"Eu estava aqui. Eu estava bem aqui gritando sem parar, mas ninguém conseguia me ver." 

Situações estranhas, aparições assustadoras e pesadelos horríveis começam a assombrar a vida de cada um dos personagens e a partir daí a situação vai de mal a pior, já que o que está ruim só tende a piorar.
As histórias dos antigos moradores vão sendo contadas e, à medida que isso acontece, seus segredos vão sendo revelados e coisas ruins começam a acontecer com os novos moradores da residência Hill.


Aparições, alucinações, assombrações, sustos, mistérios e muito suspense vão dando o tom exato à série, que prende a atenção do telespectador do começo ao fim e os momentos vividos na casa que eram para ser os melhores da vida de Steve, Shirley, Theo, Luke e Nell transformam-se em seus piores pesadelos.


Pais extremamente amorosos, zelosos e preocupados com o bem estar de seus cinco filhos, Hugh e Olivia irão descobrir da pior forma possível que precisarão estar mais unidos do que nunca se quiserem proteger e salvar a vida dos filhos da maldade que os ronda. Mas talvez seja tarde demais para um dos Crain. Quer descobrir o que vai acontecer? Vem assistir!!



[- Minhas Impressões -]

A Maldição da Residência Hill com certeza faz o meu estilo. Gosto muito de suspense com uma pegada forte de terror, mas não chega a ser aquele terrorzão de pular no sofá de tanto susto não na minha opinião. A série trata da relação entre irmãos, pais e filhos e marido e mulher, e nesse meio tempo coisas estranhas começam a acontecer com os moradores da casa levando-os a sentir um medo profundo de estarem sendo perseguidos pelo sobrenatural.

Um dos pontos altos ao meu ver foi a forma bela e amorosa como os personagens dos pais interagiam com os filhos, esses com certeza eram os momentos mais ternos e emocionantes da série. A relação dos irmãos também foi uma das coisas que mais me agradou, principalmente entre os irmãos menores, o casal de gêmeos. Coisa mais linda de se ver!


A série intercala passado e presente de uma forma muito interessante e bem feita, o diretor soube misturar muito bem essas realidades da família Crain, mas eu confesso que gostava mais quando a história voltava ao passado, porque ver os personagens dos irmãos ainda pequenos era muito agradável e prazeroso para mim, Os atores mirins que deram vida aos personagens são todos de um profissionalismo e de um talento impressionante. Amei vê-los e torci muito por cada um deles. E toda vez que a série voltava ao presente eu infelizmente não conseguia gostar tanto assim dos irmãos Crain em sua versão adulta. Não houve simpatia e nem torcida real de minha parte por nenhum deles, acredito que não tenha rolado química. No entanto, a história conseguiu se manter no mesmo grau de suspense e mistério desde o seu início.

Houveram cenas bem carregadas de tensão e suspense e a interpretação dos atores foram excepcionais! Deus gosto de ver! Tanto os adultos quanto as crianças foram maravilhosos e deram um verdadeiro show em suas interpretações, e os dois atores mirins que fazem os gêmeos são de longe os meus preferidos.


Amei ver a Carla Gugino e o Henry Thomas juntos na série, pois já fazia um tempinho que eles estavam longe dos holofotes. Acredito que mais ele do que ela estava há mais tempo sem atuar em um papel de destaque. Gente, ele é o ator que deu vida ao Elliot, o menino que deu um banho de interpretação no filme E. T. - O Extraterreste! Isso não é pouca coisa não!


O desenrolar dos episódios desvenda os segredos de alguns membros da família Crain, e conforme a verdade vem à tona ela trás consigo o perdão e a reconciliação para todos eles possibilitando assim que eles possam refazer suas vidas. O desfecho da série não me agradou muito, mas isso é porque eu queria que fosse do meu jeito, mas como isso não foi possível... (risos).

Se A Maldição da Residência Hill faz o seu gênero não perca tempo e corra logo para assistir. Segue abaixo o trailer para vocês darem uma espiadinha!



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário