últimas resenhas

Resenha - As Batidas Perdidas do Coração


Titulo: As Batidas Perdidas do Coração
Autora: Bianca Briones
N° de páginas: 402
Editora: Grupo Editorial Record / Verus Editora
Skoob
Onde comprar: Amazon
Uma narrativa sexy sobre o encontro atormentado entre a dor e o amor Viviane acaba de perder o pai. Com a mãe em depressão, ela se vê obrigada a assumir o controle da casa com o irmão mais novo. Rafael teve o pai assassinado há alguns anos e agora viu quatro pessoas de sua família, incluindo a única irmã, morrerem em um acidente de carro. Viviane pertence a uma classe social que ele despreza. Rafael é tudo o que ela sempre ouviu que deveria evitar. Eles são opostos, porém dividem a mesma dor. Jamais se aproximariam se a morte não os colocasse frente a frente, e agora, por mais que saibam que são completamente errados um para o outro, não conseguem evitar uma intensa conexão, que poderá salvá-los ou condená-los para sempre.



"Seu toque é como um balsamo para cada ferida que ainda sangra. Porque esse sou eu - não o cara das cicatrizes, mas o maldito com feridas abertas."

Em As Batidas Perdidas do Coração conhecemos a historia dolorosa e romântica de Viviane e Rafael.

Vivi, como é conhecida, é filha de um advogado rico e da alta sociedade de São Paulo, vinda de uma família feliz, até que seu mundo perfeito desmorona com a morte de seu pai. Rafael, é o oposto de Viviane; ele é filho de uma família pobre, um BadBoy solitário com demônios para exorcizar, além disso ele é barman em um bar onde seu melhor amigo administra. Diferente de Viviane, Rafael nunca viveu momentos maravilhosos, porém como se sua vida não pudesse ficar ainda mais difícil, ele perde sua irmã e seus parentes em um terrível acidente, e por causa dessa tragédia ele acaba que conhecendo Viviane.
"O tempo é capaz de desfocar as nossas dores, e nos distrair com a vida que segue, mas a dor nunca some por completo. Nós a colocamos em um arquivo do coração e evitamos mexer nela."

O primeiro encontro entre eles foi no hospital, onde ambos perderam uma parte de si mesmos, logo depois, eles se encontram novamente em um grupo de terapia, porém eles não se dão nada bem, pois Viviane odeia pessoas que fumam e Rafael não é muito fã de patricinhas.

Duas pessoas completamente diferentes, tanto em personalidade, como de status social, mas que, apesar das diferenças e obstáculos deixarão o amor vencer.



[- Minhas Impressões -]

Bianca Briones, a autora, escreveu em apenas 402 paginas um mundo completamente fascinante.
Poderia passar horas e horas falando sobre os sentimentos que o leitor consegue sentir com essa leitura, pois a sensação e os sentimentos em cada capitulo, em cada paragrafo nos faz sentir algo mágico e extasiante.

Quando conheci a historia não fazia ideia de como esse livro iria ganhar meu coração, pois ele não é apenas um mero romance, é uma obra que aborda sobre superação, amor, amizade, família, crescimento e amadurecimento e o tema central dessa obra é simplesmente devastador.

"Não quero sentir culpa, não quero sentir porra nenhuma. Sentir me faz viver, e tudo o que eu quero é morrer."

Rafael é um personagem incrível, não apenas por ser lindo e sexy, mas porque ele é um guerreiro, assim como Viviane. Rafa é viciado em drogas fazendo com que a obra seja devastadora e difícil, pois em cada capitulo acompanhamos as dificuldades e tristeza que é ter alguém que amamos perdido e dominado pela drogas.

Viviane, apesar de ter uma vida financeiramente melhor que Rafael, ela se sente sozinha depois da morte do pai, pois ao perder o pai, também perdeu sua mãe para a depressão. Ela também almejava cursar Moda, mas sua vida acabou tomando outro rumo, entretanto, Viviane não é apenas uma moça rica e triste, ela tem força de vontade e sempre coloca as pessoas que ama acima das suas necessidades, pois cuida de seu irmão mais novo e também da mãe doente de Rafael.


A obra é narrada em primeira pessoa pelo ponto de vista de Viviane e Rafael, então podemos ter uma ideia dos sentimentos e pensamentos de ambos. Além disso, a autora escreve de forma fantástica, sua escrita é fluida, leve e reflexiva ao mesmo tempo, o que admiro em um livro. Sem contar que ela ainda é composta por uma playlist que tem tudo a ver com cada uma das cenas que vão sendo lidas no livro.

"Deve ser assustador e ao mesmo tempo muito seguro se ligar a alguém de forma irreversível porque as dores se completam, como se fizessem parte uma da outra. É como se estivesse escrito que seria assim."

Esta obra é a primeira de uma série, mas cada livro pode ser lido individualmente, o que é divertido, pois assim podemos matar a saudade de alguns personagens, que neste livro são considerados secundários, como Bernardo e Rodrigo.

Por fim, recomendo este livro para os apaixonados por um drama romântico, que assim como eu são sensíveis até mesmo para desmoronar em lágrimas, e o mais importante é poder aprender com a dor de cada um dos personagens que parecem ser tão realistas.




Comentários
1 Comentários

Um comentário :

  1. Já me apaixonei pela história! Mais um livro que vai entrar para a lista dos que eu quero ler...
    Quer conhecer o meu blog?
    https://muraldaannie.blogspot.com/2020/03/duff-o-livro.html
    Beijos!

    ResponderExcluir