Resenha: Corações Quebrados


Título: Corações Quebrados
Autor: Sofia Silva
Cortesia: Editora Valentina
Páginas: 344
Skoob
Onde comprar: Amazon
Com mais de um milhão de leituras no Wattpad, chegará às livrarias brasileiras o segundo volume da Série QUEBRADOS.
CORAÇÕES QUEBRADOS aborda a depressão, o luto e a deficiência física.
Entre as dores da perda e a incapacidade de seguir em frente, Emília vive os seus dias numa clínica. Está estagnada. É nesse inferno pessoal que ela conhecerá Diogo, alguém que também foi vitimado por uma tragédia.
Será que é possível dois corações quebrados encontrarem a felicidade?
Numa sociedade onde a nossa aparência continua a valer mais do que a essência, é difícil continuar a jornada da vida quando tudo nos é arrancado.
Passamos os dias a olhar a capa das pessoas. Julgamos sem compreender que nunca conheceremos totalmente uma história sem ler cada página. Sem compreender o seu início, meio e fim.
Duas pessoas fisicamente distantes.
Dois corações quebrados pela vida.
Dois sotaques que se misturam entre a dor, o riso e o amor.
Por isso, olhem sim a capa de cada pessoa, mas virem a página.



"Às vezes precisamos perder algo que pensávamos ser bom pra ganhar algo verdadeiramente excelente." 

Emília é uma jovem que tinha tudo... uma família que a amava, um futuro promissor na faculdade, um namorado que todos diziam ser perfeito e inúmeros planos. Sua vida era uma eterna alegria onde dias nublados não tinham vez, pelo menos não até que um acidente transformasse a sua vida toda.

“As únicas certezas que tenho são dolorosas e reais. Às vezes, penso que o meu coração vai parar por não aguentar tanta dor. Não consigo ver além de hoje. Apenas sei que fui espancada pela vida. – Olho para mim. – Mesmo que eu quisesse me recuperar, o espelho me relembra dia após dia tudo o que aconteceu.”

Quando em alguns minutos ela viu (e sentiu) toda a sua vida mudar ao perder aqueles que mais amava, uma parte dentro de si se quebrou de forma irremediável. Inúmeros tratamentos, psicólogos, nada disso a estimulava a querer recuperar o brilho de viver esmagado pela morte de sua família... sem sentir nada, cada dia era apenas mais um dia de dor e luto, ou era até ela se ver sendo confrontada a distância por alguém...

“Infelizmente na vida nada é preto ou branco, e neste momento não há alguém melhor para compreender um pássaro ferido do que outro que já teve as asas quebradas.”

Diogo é um ex-militar apaixonado pelo que fazia; amante de aventuras e de fazer a diferença, ele jamais se importou de se pôr em risco para defender seu país. No entanto, quando um atentado leva embora a vida dos seus amigos e companheiros, o deixando escapar por pouco, uma nova perspectiva abre-se para ele.

Mergulhado em dor e com marcas profundas na pele, mas principalmente na alma, ele se entrega à escuridão e a culpa de ter sobrevivido quando ninguém mais o fez. Porém, com a ajuda de seu terapeuta ele passa a enxergar novamente a vida com resquícios de esperança... esperança essa que se renova quando em meio a uma proposta de tratamento diferenciado ele se vê conhecendo - ainda que não diretamente - uma jovem tão linda e repleta de cicatrizes quanto Emília.

“Vai doer. Ainda vamos sofrer. Mas vai valer a pena.”

Conversando por diversos dias, ambos vão se entregando um pouco ao outro a cada dia, mesmo que estando longe de ser fácil. Mas com segredos pairando entre eles e uma distância de países, se envolver está fora de questão... certo?! Errado, determinado a não se deixar perder mais nada, Diogo parte em busca daquele que pela primeira vez o ver sentir algo além novamente... Mas quando duas almas completamente quebradas se encontram é a hora de descobrir se o amor é realmente capaz de curar qualquer coisa... Será ele capaz de curar as marcas mais profundas da alma? Só lendo pra descobrir!

"O maior prêmio é sempre aquele conquistado com maior esforço"


[ - Minhas Impressões - ]


Corações quebrados é aquela obra que segue o padrão das obras de Sofia Silva. Com um drama que transborda a cada página, a autora não poupa o leitor em nenhum momento, o inserindo já no cerne da questão logo de cara. Realista, cruel e até por vezes demasiado detalhista demais, essa é aquela obra que é capaz de tocar profundamente seus leitores com sua trama. Intenso e altamente revelador, é completamente impossível ficar imune aos acontecimentos vividos por seus protagonistas que estão longe de serem perfeitos, mas que mostram que mesmo quebrados são capazes de recomeçar...




Emília é uma protagonista que se mostra exatamente aquilo esperado nessa obra: alguém repleta de cicatrizes decorrentes de traumas profundos causado pela morte de todos aqueles que mais amava. Ainda que extremamente bela, ela é alguém que não consegue enxergar beleza em si e nem ânimo pra seguir em frente e ser feliz novamente... repleta de traumas e de sentimento de culpa que todo sobrevivente carrega dentro de si, essa é uma personagem que nao tenta esconder suas imperfeições e nem busca viver atrás de máscaras. Cruel e extremamente realista, sua estória de vida é feita para tocar o leitor que se vê inserido em uma dor tão profunda que transcende os limites das páginas.

Diogo, por outro lado, é exatamente aquele estilo de protagonista que esperamos, ainda que também tenha inúmeras cicatrizes. Extremamente bonito e um ex-soldado, ele é alguém que tem uma trajetória difícil e extremamente real, afinal em uma guerra não há nada de belo ou de alegria... Repleto de marcas profundas e tendo que conviver com lembranças cruéis todos os dias, ele é alguém que ensina ao leitor que sofrer não é sinal de fraqueza e que pedir ajuda não é vergonha nenhuma. Intenso, e imperfeito, ele não é alguém criado de forma a encantar o leitor com uma história de sucesso ou poder, mas sim através da dor e superação. Vulnerável e apaixonante, a autora conseguiu dar vida a alguém com traumas tão sérios sem torná-los em nenhum momento banal, construindo toda uma história que, apesar dos personagens secundários, gira em torno de duas almas quebradas que vem uma na outra a chance de recomeçar.




Mantendo o mesmo estilo de Sorrisos Quebrados, mas ao mesmo tempo apresentando um toque único, Corações Quebrados, é uma obra que mostra que as vezes as feridas mais profundas são aquelas que não é possível de se enxergar e que pedir ajuda não é sinal de derrota, mas sim de uma coragem tamanha e de uma vontade ainda maior de viver. Com fantasmas profundos e memórias difíceis de conviver, e ler, o leitor é levado a embarcar no enredo e sentir na pele cada cicatriz tida por ambos... Sem se segurar nas descrições e no drama, cada página é uma avalanche de sentimentos e regozijar a cada pedaço partido que aos poucos volta ao lugar ao longo de seus capítulos.

Sua edição segue o padrão já conhecido da Editora Valentina e do primeiro livro dessa série tão amada por muitos e que só continua a angariar ainda mais fãs em seu segundo volume. Com páginas amareladas e uma diagramação com detalhes simples, mas na medida certa; além de uma fonte agradável a leitura, essa é uma obra que combina em peso com a estória ao trazer beleza e emoção através de seus detalhes e cores.




Sem buscar se afastar muito do que já é esperado de obras desse estilo, ainda mais depois da repercussão de sua primeira obra, Sofia Silva traz mais um enredo que toca em temas muitas vezes visto como tabus ou complexos demais para serem falados. Sem deixar a seriedade de lado, mas ao mesmo tempo mostrando a importância de falar sobre, a autora leva o leitor a aprender mais de uma forma sútil e real sem ser traumatizante.Convidando o leitor a se deixar partir pela trajetória pela trajetória de dois, até então desconhecidos, a autora conduz a todos a um mergulho de auto-descoberta, reflexão e é claro, muito amor em Corações Quebrados.

Em meio a um mundo de dores, essa é aquela obra que vem para restabelecer a fé em dias melhores e na capacidade de existir finais felizes mesmo quando a vida insiste em querer impedir... Essa obra é feita para fazer cada um repensar as atitudes e aprender que por certas coisas e pessoas vale a pena lutar. Arrebatador e profundo são os adjetivos mais próximos que eu consegui encontrar pra definir esse livro que é bem mais que uma ficção, mas uma lição de vida! Apenas leiam e se deixem ser surpreendidos; vale a pena no final.


Inscrições Abertas - Participe !!


Categorias:

7 comentários:

  1. Ah, eu amei esse livro mais do que o anterior.
    Comecei com o coração quebrado, mas aos poucos Diogo foi colando pedaço por pedaço.
    É uma leitura linda, profunda e que nos ensina.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Uma resenha funciona 100% quando o leitor está ali lendo calmamente e vai abrindo a página do Skoob ao lado, só para colocar o livro na lista de desejados.
    Este livro tem causado uma pilha de sentimentos em quem já o leu que impressiona.
    Eu mesma, sem conhecer o trabalho da autora, não vejo a hora de conferir os dois livros.
    Neste, são duas almas quebradas, tentando a todo custo, esse se curar juntos, como se possível fosse apagar o passado e recomeçar.
    Traz também essa esperança que precisa ser atingida a todo momento.
    Emília carrega tantas dores e Diogo, idem. Eu estou meio sem palavras depois de ter lido a resenha, só sei que quero demais poder ter e ler esta obra e claro, o livro anterior também!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Sendo bem sincera, no final tu comentou que as historias "mantem o mesmo estilo", na verdade eu achei elas iguais. Sorrisos Quebrados e Corações Quebrados tem a mesma base, uma clinica, mulheres que sofreram traumas físicos e psicológicos que encontra um homem na mesma situação, até que o amor vai esquentando e o leitor torce feito louco pelo primeiro beijo até que... buuuum, vem um drama e no final tudo se resolve lindamente (ou não). Confesso que fui super ansiosa, tamanhos elogios, para ler Sorrisos Quebrados e na verdade somente a escrita da Sophia me atraiu, achei a historia mais do mesmo, e pelo jeito esse lançamento, que está fazendo um tremendo sucesso, não vai ser diferente. Esse acho que passo.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Bruna!
    Conheci a escrita da Sofia Silva na época em que ela postava Sorrisos Quebrados no wattpad, acabei me encantando pela história e escrita da autora, recentimente ganhei o livro físico e com certeza quero adquirir também Corações Quebrados; confesso que não leio muito histórias sobre personagens quebrados, é que sou uma manteiga derretida que derramam oceanos de lágrimas ao ler histórias nesse estilo, mas pretendo ler a história de Emilia e Diogo mesmo assim, mesmo que seja tão sofrida - perder a família e o namorado como ela perdeu... nossa, muito triste.
    Ah, amo histórias com ex-militar, e deve ser lindo de acompanhar Diogo superar seu trauma e culpa de ter sobrevivo.
    Enfim, amei sua resenha e as fotos ficaram lindas, parabéns! Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  6. Olá! Foi uma grata surpresa conhecer a escrita da Sofia e é impressionante como ela consegue passar tanta verdade e emoção com suas palavras. E a cada página lida fica um momento de reflexão, me encantei e chorei muito com o primeiro livro e sei que com esse não será diferente, é uma leitura que vicia e se faz necessária, tanto que não vejo a hora do meu exemplar chegar, só para constar já fiquei emocionada lendo a resenha, imagina quando for ler o livro (lencinhos de papel já estão preparados). A edição está linda, nem comecei o segundo, mas já estou na expectativa pelos outros (risos).

    ResponderExcluir
  7. Eu ainda não li Sofia Silva, mas é questão de tempo pois essa autora portuguesa veio para ficar de vez no coração dos brasileiros, vi entrevistas com ela e é uma pessoa tão acessível que impressiona.
    Sobre a série quebrados eu vejo como uma série de esperança, de amor e compaixão. Num tempo de tanto desamor e descrença acho um exemplo de fé e força. Os personagens são problemáticos, tem traumas físicos e psicológicos profundos e por isso mesmo tem dificuldade de relacionamento, de se entregar novamente.
    Acho os temas atuais, importantes, e se consegue tocar alguém, se consegue mudar um pensamento negativo já terá valido a pena.
    Gosto das capas, dos assuntos e quero ler todos. As resenhas que li sempre falam bem.

    ResponderExcluir