29 agosto 2017

Dia de Quote [46]

Oi pessoal, essa é minha estréia no Dia de Quote, espero que vocês gostem.

Escolhi como minha primeira postagem aqui abordar o livro "O Diário de Anne Frank", pois há muito tempo desejo lê-lo e enfim consegui. Por conta disso, vocês ficarão a par da vida, sonhos, esperanças, medos e inseguranças desta jovem e corajosa menina que até onde pôde, acreditou que conseguiria ser livre.


Prepare-se para entrar no mundo das palavras de Anne Frank.




"Espero poder contar tudo a você, como nunca pude contar a ninguém, e espero que você seja uma grande fonte de conforto e ajuda.
Anne Frank. 12 de Junho de 1942."
"Sábado, 20 de Junho de 1942
Fiquei alguns dias sem escrever porque queria, antes de tudo, pensar sobre meu diário. Ter um diário é uma experiência estranha para uma pessoa como eu. Não somente porque nunca escrevi nada antes, mas também porque acho que mais tarde ninguém se interessará, nem mesmo eu, pelos pensamentos de uma garota de 13 anos."
"Sábado, 20 de Junho de 1942
Para destacar em minha imaginação a imagem da amiga há muito tempo esperada, não quero anotar neste diário fatos banais do jeito que a maioria faz; quero que o diário seja minha amiga, e vou chamar esta amiga de Kitty."
"Quarta-feira, 24 de Junho de 1942
Querida Kitty,
Faz um calor sufocante. Todo mundo anda bufando e se esfalfando, e nesse calor eu tenho de andar para todo canto. Só agora percebo como é agradável um bonde, mas nós judeus não temos mais permissão de usar esse luxo."
"Quarta-feira, 8 de Julho de 1942
Querida Kitty,
Mamãe foi procurar o Sr. van Daan, para perguntar se podemos ir amanhã pra o esconderijo. A família van Daan vai conosco. Vamos ser sete no total."
"Terça-feira, 29 de Setembro de 1942
Querida Kitty,
Acontecem as coisas mais estranhas quando a gente está escondida! Tente imaginar uma coisa. Como não temos banheira, tomamos banho numa tina."
"Quinta-feira, 1° de Outubro de 1942
Querida Kitty,
Ontem tive um medo terrível. Às oito horas, a campainha da porta tocou de repente. Só pude pensar que alguém estava vindo nos pegar, você sabe de quem estou falando."
"Terça-feira, 22 de Dezembro de 1942
Querida Kitty,
O Anexo ficou maravilhado ao saber que cada um de nós receberá mais 125 gramas de manteiga para o Natal. De acordo com o jornal, todo mundo tem direito  a 250 gramas, menos os judeus escondidos como nós."
"Quinta-feira, 25 de Março de 1943
Querida Kitty,
Mamãe, papai, Margot e eu estávamos muito bem sentados juntos ontem à noite, quando Peter apareceu de súbito e sussurrou no ouvido de papai. Captei as palavras"um barril derrubado no depósito"e "alguém mexendo na porta".
"Domingo, 2 de Maio de 1943
Quando penso em nossas vidas aqui, geralmente chego à conclusão de que vivemos num paraíso, comparado aos judeus que não estão escondidos."


PARTICIPE !! SE INSCREVA !!!



12 comentários:

  1. MEU QUOTE FAVORITO:

    “É difícil em tempos como estes: ideais, sonhos e esperanças permanecerem dentro de nós, sendo esmagados pela dura realidade. É um milagre eu não ter abandonado todos os meus ideais, eles parecem tão absurdos e impraticáveis. No entanto, eu me apego a eles, porque eu ainda acredito, apesar de tudo, que as pessoas são realmente boas de coração”


    Esse livro é tão forte e intenso. Uma garota de 13 anos, que se "tornou adulta" por culpa da maldita guerra. Quando li esse livro fiquei com a sensação de impotência, me peguei pensando no quanto os judeus sofreram, no quanto as guerras não servem de nada e que ainda existem pessoas sofrendo por novas guerras que estão surgindo. Esse livro é forte, doloroso, mas necessário. Acho que todo mundo deveria ler.

    ResponderExcluir
  2. Kaline!
    Acho o livro bem triste, porque mostra a realidade vivida com tanta dor através de uma criança e pelos quotes, dá para ver a visão ingênua dela...
    Obrigada.
    Desejo uma semana mais que tranquilo e abençoado!
    “Deus com Sua infinita Sabedoria, escondeu o Inferno no meio do Paraíso para que nós sempre estivéssemos atentos.” (Paulo Coelho)
    Cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  3. Olá Kaline!
    Este é um livro que adoro de paixão, um clássico que acredito que ainda vai encantar as futuras gerações. Impossível não se apaixonar por Anne e colocá-la em um contexto tão terrível quanto foi o do Holocausto.
    Gostei muito da seleção de quotes, eles mostram gradativamente como os acontecimentos externos vão tendo impacto na vida da garota.
    Cada vez que leio, sinto vontade de chorar novamente.
    E esta edição com a capa em tecido é maravilhosa, cheguei a comprar de presente para minha tia, que gosta muito de histórias sobre a guerra.
    Um clássico que não pode faltar na estante de ninguém!

    ResponderExcluir
  4. Sou louca para ler este livro, e poder conhecer com detalhes a estória desta garota, e pelos quotes citados posso perceber que somos tocados com sua escrita ao ponto de conseguir empatia pelo o que ela passou. Infelizmente ainda não pude adquirir está obra, mas já esta na minha lista de desejados. Gosto muito de obras que se passam na segunda guerra mundial, onde podemos ter um conhecimento maior do que essas pessoas passaram no meio deste massacre.

    Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi.
    Sempre vejo comentários desse livro e resenhas, mas ainda não tive a oportunidade de ler, apesar de conhecer a história da menina. Deve ser uma leitura muito triste, comovente e reflexiva. Os quotes já demonstram a profundidade e carga emocional, que a leitura nos proporciona.
    Foi uma época de horrores e quando lemos livros assim, nossos corações ficam apertados, de tanta angustia e tristeza.
    Mas gostaria de ler essa obra e poder refletir sobre os acontecimentos.
    Obrigada pelos quotes.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Tenho esse livro ja faz um tempo, mas nuca li.
    Tenho que criar vergonha e ler, minha amiga sempre me pergunta se eu ja li. Sempre ouço comentários positivos sobre esse livro.

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Não li nenhum livro sobre essa garota, mas sempre ouço fala que a história dela é maravilhosa. Os quotes que você colocou são lindos e bem reflexivos, com certeza a história dela é muito envolvente e valeria a pena ler.

    ResponderExcluir
  8. Oi Kaline,
    Amo livros com o cenário histórico da Segunda Guerra, sempre digo que são lembretes para a sociedade nunca se esquecer a tamanha crueldade e desumanidade que a ganância do ser humano pode chegar. Já faz uns 5 anos que li O Diário de Anne Frank, mas lembro muito bem até hoje a gama de sentimentos que tive durante a leitura. Foi lindo, emocionante e cruel ler as palavras de uma garotinha tão inocenta mas que mostrou ao mundo o quão forte ela se tornou durante os dias que ficou no esconderijo. Com certeza é um dos livros mais marcantes que já li, foi arrebatador e me emocionou muito, o tipo de livro que causa um nó na garganta.
    Ah se ela soubesse como o mundo se interessou pelas suas palavras, o diário de uma garota de 13 anos que abalou e continua impactando até hoje ♥
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá! Esse é um dos livros que mais me fez chorar, embarcar junto com a Anne em sua história foi realmente muito tocante e ao ler os quotes, relembro por tudo que ela e muitos outros foram obrigados a passar, triste demais. Essa sem dúvida é uma leitura obrigatória. Os quotes foram lindos e mostraram um pouquinho do que trás o livro.

    ResponderExcluir
  10. Olá Kaline ;)
    Nunca li o diário mas tenho muita vontade, pois me interesso demais por histórias que se passam durante a Guerra, então amei os quotes S2
    Parece ser um livro muito emocionante mesmo, acho que vou amar a leitura *-*
    Bjos

    ResponderExcluir
  11. Oiiie!!
    Nunca li O diário de Anne Frank, mas não é por falta de vontade, é por não ter o livro mesmo kkkkk. Acho bem interessante a maneira que a Anne chama seu diário e relata todos os acontecimentos desse período difícil e de muitas mortes e perseguições, caudas pelo período perturbador da segunda guerra Mundial. Anne parece ser uma menina muito corajosa, determinada, e fofa. A linguagem do livro parece ser acessível, apesar da época que foi escrito. Parece ser mesmo uma excelente leitura. Preciso providenciar esse livro o mais rápido possível!!

    ResponderExcluir
  12. Acho esse livro tao denso, tao pesado, mas necessário. A linguagem da Anne no livro nos remete não só à inocência dela, como também de todas as crianças, jovens e todos os povos que tiveram que sofrer e enfrentar a Guerra. Admito que meus olhos se encheram de lágrimas, principalmente com os últimos quotes.

    ResponderExcluir