26 outubro 2016

Resenha - Não Fale com Estranhos




O estranho aparece do nada e, com poucas palavras, destrói o mundo de Adam Price. Sua identidade é desconhecida. Suas motivações são obscuras. Mas suas revelações são dolorosamente incontestáveis. Adam levava uma vida dos sonhos ao lado da esposa, Corinne, e dos dois filhos. Quando o estranho o aborda para contar um segredo estarrecedor sobre sua esposa, ele percebe a fragilidade do sonho que construiu: teria sido tudo uma grande mentira? Assombrado pela dúvida, Adam decide confrontar Corinne, e a imagem de perfeição que criou em torno dela começa a ruir. Ao investigar a história por conta própria, acaba se envolvendo num universo sombrio repleto de mentiras, chantagens e assassinatos. Intrigante e perturbador, Não Fale Com Estranhos é mais que um suspense de tirar o fôlego. É uma reflexão sobre o bem e o mal, o amor e o ódio, o certo e o errado, os segredos, as mentiras e suas consequências devastadoras.



Título: Não fale com estranhos
304 páginas | Skoob | Editora: Arqueiro | Onde comprar










"O MUNDO DE ADAM PRICE não foi destruído imediatamente pelo que o estranho revelou. Isso foi o que ele disse a si mesmo mais tarde. Mas era uma grande mentira. De alguma maneira, ele soube, logo após a primeira frase, que sua vida tranquila como pai de dois filhos nos subúrbios endinheirados de Nova Jersey havia acabado para sempre. Fora aparentemente uma frase banal, mas algo no tom de voz do sujeito, uma certeza misturada a uma espécie de solidariedade, bastara para convencê-lo de que nada mais seria igual dali em diante."

Adam Price é um advogado especialista em direito imobiliário muito bem sucedido. Ele se considera um homem feliz e privilegiado com sua casa dos sonhos, seus carros, uma esposa perfeita e filhos exemplares. Até o dia em que está em um bar, reunido com vários pais de meninos que estudam com seu filho e é abordado por um estranho. Sem meias palavras lhe diz que há dois anos, havia existido um acontecimento importante no seu casamento, e que ele deveria investigar mais a fundo pois aquilo não era bem o que parecia, inclusive proporcionando a Adam dados sobre onde ele deveria procurar mais informações. Intrigado, ao chegar em casa Adam resolve conferir a história para tirá-la da cabeça e, surpreso, descobre que o estranho pode estar correto e que há muitos segredos inimagináveis pendentes em seu casamento; segredos que ameaçam destruir a confiança construída ao longo de tantos anos de convivência.

"A vontade de Adam era simplesmente dizer que não e virar aquela página. Após dezoito anos de casamento, era óbvio que os dois tinham problemas e cicatrizes, mas nada que minasse a confiança que depositava na mulher. Muitas coisas se esvaíam com o tempo, quebravam e se dissolviam, ou apenas mudavam. Mas havia algo que não mudava nunca, ou então mudava para melhor, ficando cada vez mais forte: o caráter protetor dos laços familiares. Marido e mulher formavam uma equipe. Jogavam o mesmo jogo, ambos no mesmo time, protegendo-se mutuamente. As vitórias de um também eram do outro. Assim como as derrotas."

Mais tarde, ao interrogar sua esposa Corinne sobre o acontecido, Adam acaba ficando com mais perguntas do que respostas, uma vez que a mulher apenas diz que não pode responder e propõe que se encontrem para jantar em um lugar na noite seguinte, onde, segundo ela, tudo seria esclarecido. No dia seguinte, já preparado para o jantar, Adam recebe uma mensagem de texto de Corinne em que ela apenas declara precisar de um tempo e que ele deve cuidar das crianças. Assim, a esposa de Adam some sem deixar qualquer pista para que ele a encontre.

"- Você sente a mesma coisa, não sente, Adam?
- Do que você está falando?
- É como se nós dois estivéssemos num campo minado - disse ela. - Basta um passo em falso pra que a gente pise num troço qualquer e mande tudo pelos ares."

Desesperado, Adam começa a investigar mais a fundo a vida de sua esposa e as poucas coisas que ela lhe disse antes do desaparecimento, chegando a conclusões assustadoras. Ao mesmo tempo, o estranho faz outras vítimas: encontra pessoas aleatórias e lhes conta fatos impactantes para as suas vidas como contou a Adam, fazendo com que o advogado entre em uma corrida contra o tempo para descobrir quem são esses estranhos e qual a ligação deles com Corinne.

Nesse thriller que traz um grande suspense e vários fatos que nos deixam ansiosos para saber como tudo será solucionado, Harlan Coben mostra como segredos são devastadores, e a influência que um simples estranho pode ter em nossas vidas.

"- Se você chegar perto da minha família ou ameaçar alguém... Bem, você já sabe do que sou capaz."



[ - Minhas Impressões - ]


Eu sempre tive um certo receio com Harlan Coben, pois anos atrás li duas obras suas e elas simplesmente não me cativaram. Então, sempre me perguntei qual seria o ponto positivo que as pessoas viam em sua obra para o elogiarem tanto, e quando vi o lançamento de Não Fale com Estranhos, a sinopse imediatamente me chamou atenção e prometi a mim mesma que faria uma última tentativa com um livro do autor para ver se gostaria. Confesso que fui surpreendida e pude ver essa genialidade que mencionam em relação a Harlan, pois, definitivamente gosto muito de obras que me surpreendem e que ao chegar ao fim eu possa dizer: "eu não imaginava isso", fato que aconteceu com esse livro.

Não Fale com Estranhos se mostrou uma obra muito bem escrita. Inicialmente ela nos insere de uma maneira interessante na vida de Adam, nos fazendo observar o seu dia-a-dia e logo em seguida começa a nos revelar o mistério que cerca a vida do casal, nos fazendo sentir ao lado do personagem enquanto ele faz as suas descobertas sobre a esposa. Além disso, o livro é cheio de novos fatos e reviravoltas que nos leva, a todo momento, imaginarmos já saber o que está acontecendo e logo em seguida ele desconstrói nossas crenças para nos fazer encontrar outras pistas, além de nos fazer confundir quem é vilão e quem é mocinho em toda a história.

Por outro lado, confesso que o livro demorou alguns capítulos para começar a fluir, justamente por esse meu palpite de já achar o que estava acontecendo. Com isso acabei fazendo pré-julgamentos de alguns personagens, pensando que já tinha descoberto tudo e que o autor estava apenas dando voltas, até que eu descobri que havia muito mais por trás da trama. Foi aí que o livro começou a fluir, porém já estávamos no capítulo 15, e penso que as coisas poderiam ter ficado interessantes um pouco mais no início do livro. Confesso que também o final me deixou um pouco frustrada, não em relação a solução do mistério e sim em relação ao que foi feito depois da solução do mistério. Além disso, temos bastante personagens envolvidos na trama, o que para alguns leitores pode se tornar cansativo, mas particularmente para mim não foi incômodo, consegui me situar com cada um deles.

Em relação aos personagens, como já é praxe em um livro policial bem construído, todos são bastante escorregadios e acabamos desconfiando da maioria deles em algum momento, mas achei Adam, o personagem principal bem construído e o retrato de família que Harlan construiu, mostrando Adam, sua esposa e filhos, foi bastante realista e sincero.

O livro é dividido em 56 capítulos de um tamanho bom, nem muito grandes e nem muito pequenos, e a narração é toda feita em terceira pessoa. Minha leitura foi realizada em e-book e não encontrei erros.
Recomendo essa obra para os leitores que gostam de bons livros policiais, cercados de mistério, que nos surpreendem ao final e deixam um desejo de conhecermos mais histórias sobre esses personagens.

19 comentários:

  1. Olá Tamara, acredita que ainda não li nada do autor? Pois é, não sei se porque nenhum título dele ainda não despertou meu interesse, apesar de que leio ótimos comentários a respeito de seus livros. E claro, foi ótimo poder conferir suas impressões a respeito. De qualquer forma, eu gosto muito do gênero policial, então essa trama parece ser intrigante e talvez eu procure para ler por conta de seus comentários.
    Beijos, Fer - www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Nunca li nada do Harlan Coben e me sinto morando embaixo de uma imensa e pesada pedra, por ainda não poder opinar sobre seus livros com alguma propriedade. São tantos elogios e tantos admiradores que a sensação de estar perdendo alguma coisa importante é muito forte. Adorei sua resenha e anotei a dica e espero que em breve eu possa sair da caverna da ignorância e poder ler alguma coisa deste autor tão amado e elogiado.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Tamara. Eu sou fanática pelos livros dele e esse livro é maravilhoso, completamente diferente da temática que ele vem seguindo nos demais. Achei o final realista e muito inesperado, quer dizer, era esperado sim mas por estar acostumada com a escrita do autor eu imaginava que seria diferente e fiquei surpresa quando ele inovou e trouxe esse final pra lá de dramático e triste.

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Sou suspeita pra falar do Harlan Coben pois ele é o meu autor favorito e não há um livro dele, dentre os que já li, que eu não goste. Ainda não tive a oportunidade de ler esse mas já estou curiosa pra saber qual foi esse desfecho que te surpreendeu e frustou ao mesmo tempo. O autor é mestre em nos fazer acreditar que já desvendamos o mistério quando na verdade nem chegamos perto,isso é o que mais gosto nas suas histórias e pelo visto também acontece nesse título. Fico contente que tenha gostado do livro, ainda que a leitura tenha demorado a fluir.
    Beijos!
    Por Livros Incríveis

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Fico muito feliz em saber que com essa obra foi diferente do que as duas que não te cativaram.
    Já vi resenhas bem positivas e é muito bom saber que o livro é bem escrito. Ainda não li nada do autor, mas adorei a premissa de Não fale com estranhos e quero muito saber como o mundo de Adam foi sendo destruído após o encontro com tal personagem.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro mas ainda bem que gostaste da leitura assim tanto! :) ahah Bem, a premissa agradou-me, sem duvida! :)

    Contudo, não costumo ler muitos policiais, mas adoro essas desconfianças todas, as personagens escorregadias e a revelação, acho que adoraria ler o livro! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  7. Sabe que este livro me deixou bem feliz com a escrita do Harlan. Ele foi diferente e o final eu achei o máximo. Eu fiquei bem aflita o livro todo e já tinha lido um livro do autor e não tinha sido tão bom quanto este. Teve muita reviravolta e eu amei.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Tamara.
    Tenho curiosidade em conhecer as obras do autor. Comprei o livro "Cilada" a pouco tempo, mas ainda não li.
    Bom, eu adoro ficar criando hipóteses sobre o que vai acontecer e adorei saber que o autor desconstrói tudo que você acreditava e o mistério recomeça.
    Vou ler em breve e espero gostar.

    ResponderExcluir
  9. Olá Tamara,
    Ainda não li nada do autor e morro de curiosidade, pois ele escreve livros que, normalmente, me atraem. Ainda bem que essa sua segunda experiência foi melhor. Achei interessante a forma como somos inseridos na vida de Adam e entendemos seu dia-a-dia. É uma pena que a leitura tenha demorado para começar a fluir mesmo.
    Espero ler esse livro e me surpreender com o que encontrar.
    Parabéns pela resenha. Incrível, como sempre.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oiii, Tamara. Tudo bem? Eu conheci o autor faz pouco tempo e confesso que no primeiro livro dele que li já me apaixonei. O livro lido foi Seis Anos Depois. Já leu? Eu adoro esse livro hahahah. Depois li este resenhado aqui. E recentemente li O Medo Mais Profundo.
    Algo que amo no Harlan é a construção dos seus personagens principais. Mas agora, depois de três livros lidos, confesso que algumas coisas já se tornaram um pouco repetitiva. Como por exemplo, o carinha lá, tentando descobrir um mistério de sua ex/atual mulher.
    Não sei se isso se repete em todos os livros. Então darei um tempo :3 Mas realmente acho que o autor é incrível :)
    E Não Fale com estranhos, me deixou um pouco triste com algumas coisas e o que aconteceu, não precisava ter acontecido. para ver como uma mentira....
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Tamara! Estou doida para ler um livro do Harlan Coben, toda resenha que leio me intriga cada vez mais. Fiquei mega curiosa para saber qual era esse segredo e porque sua esposa reagiu assim, sumindo de sua vida. Depois disso ainda descobrir outros segredos? Deve deixar a vida do sujeito de ponta cabeça! Sua resenha ficou ótima! Abraços

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bom?
    Minha relação com o autor é o inverso da sua. Já li dois livros dele e curti muito. Quanto a essa obra, uma pena que tenha demorado para a leitura pegar ritmo e que o final tenha te frustrado! Assim como você, fiquei muito intrigada pela sinopse. Fiquei bem tentada a ler a obra após sua indicação, uma vez que se trata de um bom livro policial com personagens bem construídos e com um final surpreendente. Sugestão mais que anotada!
    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  13. Oi Tamara...
    Eu sou uma amante total de livros policiais, sabia? E eu acho que é um sacrilégio eu não ter lido até hoje uma obra do autor.
    Gostei do que disse na resenha e achei muito interessante a história do livro.
    Fiquei curiosa

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  14. Oi Tamara. Tudo bem?
    Minha primeira leitura do Coben foi Alta Tensão e eu não gostei nem um pouquinho e fiquei com aquela sensação também o que tanto os outros vêem nesse escritor?
    Enfim....Mas a premissa desse livro é tão interessante e despertou minha curiosidade para saber que segredo é esse da esposa do Adam e quem são esses estranhos revelando verdades para os outros. Tudo muito instigante e como você gostou e eu confio no seu gosto também vou dar uma chance para o livro sim.
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Olá.

    De tantos livros do Harlan, eu só li apenas um e gostei bastante da leitura/ escrita e o suspense. Eu tenho esse livro aqui, mas ainda não tive oportunidade de ler. Vejo que o começo foi lento pra vc, mas depois foi melhorando. Eu gosto muito de um bom suspense e sei que o autor escreve muito bem, apesar de as vezes ver muitas resenhas que dizem que ele enrola muito. Enfim, vou lê-lo mais p frente.

    Olá.

    Confesso que não conhecia o autor nem o seu livro, mas achei a sinopse bem emocionante e vejo que é uma leitura rápida, pois são poucas páginas. Acho muito bom essas entrevistas, pois assim a gente conhece o autor e o que o levou a escrever aquela história, além de suas inspirações e tal. Amei!

    Beijos!
    Respire Literatura

    ResponderExcluir
  16. Já foram tantas as resenhas sobre as obras desse autor que eu perdi as contas. Todos parecem gostar dele. E eu, que ainda nem li, simpatizo muito com as histórias dele. Ainda não tive a oportunidade de ler nada dele. Falta de tempo, eu acho. Mas a cada resenha que vejo meu interesse aumenta.
    Fico feliz que você tenha gostado dessa obra. Espero que o mesmo aconteça comigo.
    Bjs, Mila

    http://a-viagem-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá,

    Sou uma grande fã do autor e não tenho palavras o suficiente para falar de suas obras, um dos meus sonhos é ter todos os livros lançados no Brasil. Estou bem curiosa sobre esse livro, pois além de ser do Harlan, está recebendo muitas críticas boas. Fico feliz que o livro tenha te agrado, quem sabe não vire fã né.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oi oi querida!

    Eu não acredito que ainda não li nada do autor Harlan. A maioria das obrad do autor foram publicadas pela editora arqueiro. E já ouvi muitos elogios sobre o suspense que envolve a trama de cada livro.

    Esse livro tem uma capa maravilhosa e passa todo o suspense que envolve este LIVRO ♥

    P.S vou procurar em alguns sites este livro e os outros. Que bom que gostou e escreveu tão bem sobre o livro.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  19. Oi tamaraaa

    Nunca li nada do autor, e sempre que vejo resenhas dele só percebo o quanto estou perdendo tempo. Esse em questão é um dos que mais me chamam atenção por conta de todo o segredo envolvida, se a mulher realmente mentiu, quem é o tal do estranho, tudo me deixa fascinada pra descobri. Espero ler em breve.

    Bjos
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir