14 outubro 2016

Resenha - Estarei aqui





Paloma esperou quatorze anos para realizar o sonho de casar. Enquanto aguardava ansiosa que seu noivo marcasse a tão desejada data, satisfazia-se em trabalhar com wedding planner, assessorando muitas noivas histéricas. Até que um dia, por obra do destino, acabou envolvida em uma confusão e descobriu algo que iria abalar seu relacionamento. Desiludida com o amor, ela blinda seu coração para não sofrer novamente, porém, mais uma vez, não consegue ficar longe de uma grande confusão e seu caminho cruza com o de um médico socorrista do SAMU - moreno, latino, dono de olhos verdes e um sotaque que a deixava tonta. Seria Rico capaz de abalar sua determinação?





Livro: Estarei aqui
326 páginas || Skoob || Cortesia: Editora Coerência || Onde Comprar



Paloma sempre teve o sonho de se casar. Ela pensava que iria realiza-lo com seu noivo Cadu já estavam juntos haviam 14 anos. Tudo está milimetricamente esquematizado em sua mente, desde seu vestido de noiva, às pequenas coisas que ninguém liga ao ir numa festa de casamento, mas esse sonho foi interrompido bruscamente após descobrir que seu noivo engravidou sua estagiaria, filha de um grande político. Tudo que ela acreditava no amor se ruiu, e as coisas ficam ainda pior depois que descobre que Cadu irá se casar as pressas com a menina grávida.

"- Eu não posso perder nosso bebezinho.
Ainda sem conseguir se mover, fiquei observando Cadu alisar a barriga da estagiária e sussurrar palavras carinhosas. [...]" Página 16.

Desiludida e machucada, ela ainda tem o azar de ser uma pessoa extremamente desastrada onde sempre acaba em hospitais. E foi em um desses acidentes ocasionais que ela conhece o "anjo", ou melhor, Enrico, um médico venezuelano que veio trabalhar no SAMU, mas infelizmente nunca mais se viram.

"Assim, tive uma idéia! Já que não teria mais um casamento, faria a festa de descasamento!" Página 55

Aos poucos Paloma se enterra em um poço de depressão onde seus familiares e amigos tentam de tudo para reanima-la. Cansada de sofrer a jovem decide fazer uma festa de descasamento na praia, onde convida todos para celebrar sua nova vida, até mesmo convidou seu mais novo amigo, o Sr. Ângelo, um senhorzinho maravilhoso que Paloma salvou de ser acertado por uma bola. Ele diz que iria, mas levaria um grande amigo. Qual foi a surpresa de Paloma em descobrir que esse tal amigo nada mais é do que seu anjo.


"-Paloma? Senhorita... Lindo nome! Me chamo Enrico. Não havia me apresentado ainda.
- Enrico... - repeti um tanto atordoada, devido á sua voz aveludada, um pouco rouca, e a um sotaque que não conseguia perceber de onde era. [...] Página 74

Enrico e Paloma se reencontram e vivem um fim de semana regado a paixão, mas o que fazer quando voltarem para seus lares? Será que o envolvimento evoluirá para algo mais duradouro, ou ficará na paixão desenfreada? Paloma descobre que o que sentia por Cadu nada mais era do que segurança e rotina, enquanto Enrico entra sem permissão em seu coração, mas dessa vez ela pode se machucar e nunca mais se recuperar. Paloma está preparada para viver seu verdadeiro amor?



[- Minhas Impressões -]

Sou apaixonada por romances, ainda mais se eles vierem com o toque especial que só o gênero chick-lit consegue ter, e em Estarei aqui, pude me deleitar com uma história que envolve, doce e que de quebra me fez rir como há muito não conseguia em livros.

O livro é narrado em primeira pessoa pelo ponto de vista de Paloma, e alguns capítulos por Enrico e os amigos próximos de Paloma. São capítulos curtos onde a leitura se torna bem fluída e ligeira já que sempre ao final deles temos a vontade de saber o que vem a seguir.


Paloma é uma jovem sonhadora. Desde que foi morar com a tia ela sonha em se casar e ter sua família, não que ela não amasse sua tia Selma, muito pelo contrário, ela moveria céus e terra pela pessoa que sempre a protegeu. Algo que gostei bastante na construção da Paloma foi seu coração imenso. Ela é bondosa, companheira e muito amiga, mas não de uma forma que passa ao leitor que seja falso suas atitudes, mas sim vindo de uma pessoa real que só quer ser amada. Outro ponto que amei nela foram suas maluquices. A jovem é uma personagem muito carismática e divertida, morri de vergonha alheia por algumas das coisas que ela fez, como ficar bêbada e começar a contar piadas num palco de concurso de miss, ou ligar para o pronto socorro pedindo ajuda para sua tia que desmaiou, mas acaba explicando de um jeito tão desastrado que no final me aparece em sua casa médicos do SAMU e os bombeiros para socorrer uma vitima de esfaqueamento. Chorei de rir em várias cenas.

"-Somos do SAMU e recebemos um chamado sobre uma pessoa esfaqueada. Já acionamos também a polícia militar.
- Oi?!" Página 12

Já Enrico foi me conquistando aos poucos. Ele é um cara que teve um passado bem difícil onde teve que criar suas próprias oportunidades fato que me fez admira-lo grandemente. Ele também não queria ter um relacionamento duradouro, mas foi impossível não se ver preso nas doideiras de Paloma, e se apaixonar cada dia mais. Já Cadu me irritou muito, eles eram noivos haviam 14 anos, e o cara acha normal dizer que foi culpa da rotina o seu pequeno deslize, foi realmente a atitude de um cafajeste.

Temos vários outros personagens secundários adoráveis que fizeram a estória muito especial, como a tia Selma, uma senhora casca grossa, dona de um bufê e que sempre associa tudo a comida. Ela nunca gostou do Cadu e sabia que sua sobrinha merecia algo melhor, pois ela enxergava coisas que Paloma apaixonada jamais viu. Outro personagem que amei foi a irmã do Cadu, que também é melhor amiga da Paloma, em nada se parece com o irmão e repudia muito tudo que fez a amiga. Temos vários outros personagens e cada um tem seu propósito na estória, todos são especiais e tornam a vida da Paloma mais feliz.

O romance entre Paloma e Enrico foi repentino, fato que me fez tirar uma estrela. Não curto estórias que acontecem o insta amor, mas entendi totalmente o propósito de ter acontecido da forma como aconteceu. O livro vai além do romance e entra em questões de grande importância como relacionamentos familiares e amor próprio. Paloma ficou presa numa relação por 14 anos onde sempre fez as vontades do noivo. Muitas vezes ela recebia críticas dele pela forma como ela falava, agia, e principalmente por ser muito desastrada, de certa forma ela nunca foi a verdadeira Paloma perto do Cadu, e a jovem só percebe isso quando vê a forma diferente com o qual Enrico a trata, aceitando-a do jeitinho que ela é. Aos poucos ela começa a perceber que a relação que estava não era saudável e começa a se amar mais, para poder se entregar de verdade a outra pessoa.

Uma das coisas que mais me chamaram atenção no livro foi a capa, amei e tem tudo a ver com a estória. A editora Coerência teve todo um cuidado com exemplar físico sendo que as folhas são amareladas, com letras e espaçamentos num ótimo tamanho tornando a leitura bem agradável, outra coisa que amei nessa edição foi que a cada começo de capitulo temos umas ilustrações de topo de bolo de casamento, ficaram bem fofo e delicado. Encontrei alguns errinhos de revisão ao decorrer da estória, mas nada que comprometesse a leitura.

Gostei bastante da escrita da Daya Alves, ela escreve tudo com muito humor e deixa os acontecimentos desenrolarem na hora certa. Mesmo a estória sendo um tanto quanto clichê, foi adorável e deliciosa de se ler. Estarei aqui vai além de um romance e trás em suas entrelinhas questões fortes. O livro tirou várias risadas de mim, e tenho certeza que é um prato cheio para todos que forem ler. Recomendo a todos os amantes de romance e chick-lits.

3 comentários:

  1. Obrigada pelo retorno, fiquei muito feliz e emocionada com sua perfeita visão do romance. Espero que muitos leitores se empolguem a ler depois de sua linda resenha. Bjjjjj

    ResponderExcluir
  2. Oi, Stefani. Eu amo um chick-lit! Lendo sua resenha sei que eu e o livro nos daríamos muito bem, sem contar que a capa é lindíssima. O que me incomoda é a traição. É algo que eu nunca gosto de ler mesmo que a personagem seja a vítima porque de alguma forma acabo sofrendo com ela.
    Beijo! Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  3. Estou lendo também e me divertindo muito com o enredo!
    Gostei bastante da resenha!

    ResponderExcluir