25 outubro 2016

Resenha - Dez formas de fazer um coração se derreter




Isabel Townsend não é exatamente o que se espera da filha de um conde. Apesar de ter a pele delicada e de saber se portar como uma dama quando necessário, a jovem também monta a cavalo, conserta telhados, administra a propriedade e cria o irmão caçula desde que a mãe faleceu – tudo isso sem despertar a menor suspeita de que não há um homem sequer para cuidar de sua família.
Para o pai dela, que só queria se divertir e gastar dinheiro em jogatinas, pouco importava o que ela fizesse. Porém, quando ele morre, Isabel se vê sem recursos e precisa defender os direitos do irmão, ameaçados pela chegada iminente de um tutor. Assim, não lhe resta saída senão vender sua coleção de estátuas de mármore, o único bem que herdou.
Para sorte sua, um especialista em antiguidades acaba de chegar ao condado. Inteligente e sensual, lorde Nicholas St. John é um solteiro convicto que deixou Londres para se livrar das jovens que passaram a persegui-lo desde que foi eleito um dos melhores partidos da cidade.
Em poucos dias, fica claro para Nick que Isabel é a mulher mais obstinada e misteriosa – além da mais interessante – que já cruzou seu caminho. Ao mesmo tempo, ao conhecê-lo melhor, a independente Isabel percebe que há homens em que vale a pena confiar. Enquanto eles põem de lado suas antigas convicções, seus corações se abrem para dar uma chance ao amor.


Livro: Dez formas de fazer um coração se derreter #2
352 páginas || Skoob || Editora: Arqueiro || Onde Comprar











Resenha Anterior



No segundo livro da série “Os Números do Amor”, conhecemos Isabel Townsend, a filha de um conde viciado em jogos disposto a apostar até mesmo sua própria filha. Depois da morte da mãe e a constante ausência do pai, Isabel ficou responsável por cuidar de tudo, inclusive do irmão mais novo, herdeiro do título. Quando ela acolhe uma jovem que precisava de ajuda em sua casa, em pouco tempo outras a procuram fugindo de maridos, famílias, dívidas e Isabel cuida para que todas tenham um novo lar.

Sem dinheiro para manter os criados, Isabel criou um refúgio para mulheres em sua propriedade, a chamada Casa da Minerva, onde elas cumprem todas as funções da casa em comunidade. Após receber a notícia da morte do pai, ela descobre que ele não deixou nada para manter a propriedade e precisa encontrar uma solução enquanto corre o risco de esconder Georgiana, a irmã mais nova do duque de Leighton.

Enviado pelo duque para encontrar sua irmã, Nicholas St. John segue o rastro para o norte e encontra Isabel após salvá-la de um quase acidente. Conhecendo a reputação de Nick como antiquário, ela vê o encontro como um sinal para vender a coleção de esculturas que herdou da mãe e salvar a Casa da Minerva, então pede que ele avalie a coleção, mas Nick fica fascinado pelos segredos que Isabel esconde tanto quanto pela coleção e assim começa a aventura para desvendar todos eles.


''- Ah. Eu não li. Bem, não todo.
- Não conseguiu terminar? – Isabel balançou a cabeça.
- Eu nunca comecei. Não gostei do final. – Nick inclinou-se para a frente.
- Do final? – Isabel assentiu.
- Eu sempre começo os livros pelo final. – As sobrancelhas de Rock se ergueram.
- Por quê? – Ela deu de ombros.
- Gosto de estar preparada.''



[ - Minhas Impressões - ]

A lista de como conquistar um Lorde é publicada por uma revista feminina que se tornou o pesadelo de Nick e, diferente do livro anterior, não é o foco da história, ela funciona mais como uma bússola para percebemos que a nossa protagonista está fazendo tudo errado, o que eu achei bem legal para não ficar repetitivo no desenvolvimento das duas histórias.

Vi algumas críticas a respeito deste livro ter pouco romance e eu diria que é verdade, é como se a autora tivesse focado muito em construir o cenário e deixado o romance meio de lado, sem dar o devido tempo e espaço para as coisas acontecerem.

Isabel é uma personagem muito forte, sobe até no telhado de calça para consertá-lo se preciso. Apesar de ter sido criada para ser toda diferente, senti que ela ficou meio apagada perto da Callie do primeiro livro, acho que ela foi fragilizada demais para despertar o senso de proteção do Nick e faltou levar mais da determinação externa dela pro emocional.

Depois disso, vocês podem estar se perguntando por que eu daria cinco estrelas para o livro então? A resposta é que eu achei ele muito engraçado, passei 70% da leitura rindo e o resto quase chorando, o Nick vendo as situações em que a Isabel se enfia, o Rock (amigo que acompanha o Nick na viagem) e o nosso “mini” conde são ótimos, dá para rir um bocado.

Adorei o fato dele ter um pano de fundo diferente dos outros romances. Se parar pra pensar, dá para entender um pouco da descrença exagerada dela nos homens e a vontade de querer passar essa imagem de invencível depois de todas as histórias que ela passou e abrigou naquela casa. Poderia ter sido muito mais, mas eu não poderia dar menos estrelas depois de ter aproveitado tanto a leitura, já estou ansiosa pelo lançamento do próximo!

19 comentários:

  1. Oi, Luana. Eu estou louca para ler esse livro, sei que me surpreenderei bastante. É uma pena que não tenha muito romance, mas nem assim eu consigo desanimar com os livros da Sarah. Callie é minha queridinha e não vejo a hora de conhecer Isabel <3
    Beijo, Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  2. Olá Luana
    Eu já conheço a escrita da autora, e preciso muito começar a acompanhar essa série também. Sou fascinada por romances históricos, por isso estou bem empolgada, sem contar que amei a capa, a editora como sempre mandando muito bem nas edições e deixando os leitores mais apaixonados. Legal saber que ele é engraçado e possui tais peculiaridades, deixa a leitura mais envolvente e leve, na minha opinião!
    Beijos, Fer - www.segredosemlivros.com ♥

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Também achei bem interessante o fato de a lista esta presente, mas como forma de mostrar como a protagonista tem feito tudo errado e é muito legal para que não ficasse repetitivo para o desenvolvimento desse livro. Isso me deixou curiosa para saber como será um próximo volume.
    Adorei saber suas impressões sobre a obra e é extremamente importante para mim saber que é uma leitura bem divertida! Gosto de livros assim.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu sou apaixonada pelo primeiro volume dessa série, é o meu romance de época preferido. Tenho certeza de que esse livro vai se tornar um queridinho para mim, a história parece ser maravilhosa e a capa é a coisa mais linda! Eu ainda não tinha visto críticas falando sobre o pouco romance mas não me importo com isso, se realmente tiver pouco romance (no meu ponto de vista) eu acho que a qualidade da obra e da trama é que importam. Enfim, estou louca para ler e ele já deve estar chegando aqui em casa.

    ResponderExcluir
  5. Olá amore,
    Que capa lindaaaa!!!
    Curiosa pra ler esse livro, parece ser muito interessante!
    A única coisa que acho que pelo fato de você mencionar na resenha faltar romance, talvez eu não colocaria na lista de desejos... sou muito clichê!

    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá. Meu fascínio por livros de época vem de cenários bem construídos e os costumes bem narrados. É quase como se fizéssemos uma viagem no tempo, porém esse é apenas o pano de fundo de uma linda história de amor. Fiquei triste em saber que a autora deixa um pouco de lado a questão do romance, mas isso não tirou minha curiosidade sobre o livro. Irei ler sim. Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Luana
    Infelizmente não sou fã de Romances de Época e não me senti muito atraída por esse.
    Agora me chamou atenção o fato desse não seguir aquela mesma fórmula e ter mais humor. Acho que daria uma oportunidade só por esse fato.
    Mas gostei das suas sinceras impressões.
    Quem sabe um dia eu leio?
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  8. Em toda minha vida, li dois livros de Romance de época, mas os que li, valeram muitoooooooo a pena ter lido, não sei se esse seria um ótimo pedido para mim, mas mesmo assim estou anotando para eventuais leituras...



    Blog dos Jovens Leitores

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem? Eu não gosto de romances de época e por esse motivo não é um livro que eu leria mas logo de cara pela sua resenha já peguei um oídio do pai de Isabel. Rsrs.
    Fica para a próxima dica.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Eu estou com muita vontade de ler essa série. Confesso que essa falta de romance me desanimaria, porque é exatamente isso que espero de um romance de época, mas saber que o humor é muito presente na história me animou novamente. Fiquei muito interessada por esse volume!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Também morri de rir com o livro. Só não achei que ela ficou apagada en relação a Callie, mas isso é questão de opinião. O que importa é que o livro e uma leitura deliciosa e vale a pena.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá Luana,
    Adoro a premissa desse livro e, mesmo sabendo que a questão do romance não é tão presente, quero muito fazer a leitura, pois acho muito legal e mocinha acolher outras mulheres, uma coisa que, para a época, não deveria ser bem aceito.
    Adorei saber, também, que o livro é divertido e que rendeu tantas risadas.
    Acho que, se eu estivesse na mesma situação que você, também daria 5 estrelas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oie!
    Eu ainda não li o livro, mas está aqui na minha pilha.
    Eu li o primeiro livro da trilogia, e gostei bastante da narrativa da autora, já que foi o primeiro livro dela que li. Espero gostar da leitura desse segundo volume, pois adoro os romance de época.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  14. Olá =)
    Esse livro não tinha me despertado interesse, mas lendo sua resenha fiquei um pouquinho curiosa. Romance de época costuma ter histórias lindas, porém a leitura costuma ser um pouco cansativa para mim. Por enquanto passo a dica. Beijos'

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Eu li o primeiro volume da série e gostei muito, por isso quis de cara ler esse segundo volume e é a minha próxima leitura. Eu gostei de saber sobre a lista, ainda não tinha lido sobre ela em nenhum resenha e achei interessante a forma como a autora abordou nesse volume. Também gostei de saber sobre a protagonista, acredito que ela não vai conseguir superar Callie, mas vai me conquistaria também. Sobre ter pouco romance, eu confesso que isso me deixou um pouco desanimada, mas acredito que no geral vou gostar bastante do livro também.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  16. Oi, Luana

    Eu tenho o primeiro livro, mas ainda não li por falta de tempo. O que mais me chama atenção desse segundo livro é o fato da protagonista acolher mulheres, é uma coisa tão bonita e ao mesmo tempo tão a frente do tempo dela. Gosto de livros de época assim, com protagonistas femininas fortes e decididas. O fato do romance não ser o centro das atenções também me agrada, amo romance, mas às vezes é bom ter outras perspectivas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá Luana,
    Amo romances de época, mas ainda não li nada da Sarah.
    Apesar de você já deixar avisado que tem pouco romance, eu fiquei muito interessada, pois a construção do enredo parece incrível. Estou ansiosa para saber mais sobre a Casa de Minerva e amei a protagonista por ajudar essas mulheres, e como amo livros engaçados esse acabou de passar a frente de alguns livros da minha lista hahaha
    Ainda bem que o Natal está chegando.

    Beijos,
    Anne
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem?
    Não sou muito fã de livros onde o romance é o foco e acho que a autora quis focar mais em outras situações para não deixar o livro tão clichê. Aind anão conhecia a série, mas essa ideia de personagens divertidos e sem muito lenga-lenga com romances água com açúcar me faria ler ele sim.

    ResponderExcluir
  19. Só eu que realmente gosto quando o desenvolvimento dos personagens e do cenário tem mais foco do que o romance em si? Sim, eu acho o romance importante em livros de romance (hahaha) mas gosto de saber mais do que está em volta. Mas parece mesmo um livro bem divertido e adoraria fazer a leitura pra relaxar um pouco a mente dos vários dramas que costumo ler.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir