05 agosto 2016

Resenha - Uma história incomum sobre livros e magia





Duas meninas encontram um livro mágico e cada uma se vê envolvida numa história que parece ser contada sozinha.
Kai chega ao Texas para visitar sua tia-avó Lavinia – uma senhora extravagante, durona e fã de hip-hop. Do outro lado do mundo, no Paquistão, Leila deseja ser tratada como uma princesa pela família de seu pai e viver fortes emoções.
Elas só não fazem ideia de que seus mundos completamente diferentes estão prestes a se chocar graças a um enigmático livro em branco.
Quando Kai escreve no livro, suas palavras magicamente aparecem no exemplar de Leila. As meninas então percebem que O cadáver excêntrico reage a cada frase acrescentada – não importa se foi inspirada pelo ataque de um chihuahua ou por um mal-entendido com uma cabra – com um trecho da história de amor vivida por Ralph Flabbergast e Edwina Pickle mais de cinquenta anos antes.
Uma história incomum sobre livros e magia entrelaça essas três perspectivas – de Kai, Leila e Ralph – de uma forma divertida e emocionante. É uma narrativa mágica sobre o destino e os laços invisíveis que nos ligam uns aos outros.

Livro: Uma história incomum sobre livros e magia
192 páginas || Skoob || Cortesia: Editora Arqueiro || OndeComprar








Kai e Leila estão em situações longe do seu dia-a-dia, a primeira visitando a tia-avó no interior do Texas e a segunda no Paquistão passando as férias na casa do tio. As duas não se conhecem, mas ambas encontram um exemplar de um livro antigo chamado “O cadáver excêntrico”. O livro aparece vazio para Kai e ela acaba escrevendo uma frase, que aparece no exemplar de Leila do outro lado do mundo e é assim que começa uma aventura cheia de segredos e revelações do passado.

Um livro juvenil com uma história envolvente e cheia de magia. A proposta é inovadora e bem explorada, pois acabou rendendo uma leitura deliciosa com as doses certas de mistério para não deixar o leitor desgrudar das páginas.

"O lugar parecia ter saído de um livro, mas não um que fosse muito divertido. Estou falando daqueles em que as crianças são devoradas no final."

As protagonistas Kai e Leila têm 12 anos e nunca tiveram nenhum contato até que surge um livro mágico que parece poder enviar mensagens de uma para outra. Só que isso não acontece como em um celular, o que as garotas escrevem começa a fazer parte da estória de uma terceira estória, que aconteceu em algum momento do passado e que tem romance, magia e misteriosas mariposas que movem as 3 narrativas, que se entrelaçam no decorrer do enredo.

As personagens são bem construídas e bastante reais, como podemos ver qualquer menina da idade delas. As duas sentem vontade de viver uma grande aventura e têm problemas diferentes que podem acontecer com qualquer pré-adolescente. Kai foi minha favorita, ela era considerada a esquisita da antiga escola, vai para a casa da tia depois de algumas complicações que aconteceram em sua família, e lá conhece Doodle, uma garota louca por uma espécie de mariposa que desapareceu da região. Por outro ládo, Laila está na casa dos tios como uma forma de compensação pela viagem da irmã mais nova, que se destaca em qualquer atividade.

A forma como Lisa Papademetriou conseguiu integrar as partes diferentes do enredo me agradou bastante e, mesmo se tratando de um livro juvenil, não consegui descobrir qual era a ligação. A magia presente no título vai além do livro “O cadáver excêntrico”, aparecendo na vida das garotas que passam por situações que nunca imaginaram antes encontrá-lo. Não existem feitiços ou varinhas e essa sutileza conseguiu equilibrar a trama entre contos de fadas e estórias realistas.

"Às vezes eu acrescento alguma coisa, então ele usa o que eu escrevi e incorpora na narrativa. Às vezes até a caligrafia muda. Sei lá, é como se outra pessoa também estivesse adicionando trechos. Outras vezes ele sai escrevendo mais por conta própria e eu nem sei por quê. Nem como. É...hum...Mágico. Um livro mágico."

A narrativa em terceira pessoa tem descrições na medida certa para prender a atenção do leitor e um ritmo rápido. Um ponto interessante é que o narrador em alguns momentos “conversa” com quem está lendo, dando dicas sobre o que vai acontecer ou o que seria a opinião dele sobre a trama. Com o ritmo rápido alguns detalhes acabaram ficando sem esclarecimentos no final do livro, principalmente na parte da Leila, nesse ponto acredito que os personagens secundários poderiam ter aparecido um pouco mais.

Com a delicadeza de uma ótima autora de livros infanto-juvenis, Lisa ainda conseguiu tratar em “Uma história incomum sobre livros e magia” de temas como amizade, família e principalmente sobre as consequências de nossos atos. Além disso tudo, chamou minha atenção o amor de uma personagem pelas mariposas, na verdade, todo o destaque que a autora deu para um inseto que eu ainda não tinha visto nos livros.

"- É uma história maravilhosa. Quase como música. Uma combinação de melodias diferentes.- Ou como um passe de mágica.- É verdade."

A capa chama atenção pelas cores vibrantes e tem tudo a ver com a estória: o fundo é em um tom forte de alaranjado e o desenho de uma mariposa azul se destaca acima do título, abaixo dele aparecem dois braços, cada um segurando um lado de um livro. O interior do livro não tem detalhes, mas as páginas são amareladas e a fonte é de um tamanho bem confortável.

Esse foi o melhor livro juvenil que li durante esse ano e recomendo para todos que procuram por uma leitura rápida e encantadora!


Resenha postada pela Colaboradora Eve ( Não faz mais parte da Equipe )


19 comentários:

  1. Olá Evelise
    eu já conhecia esse livro só por capa, e sempre tive curiosidade em ler uma resenha a respeito. A capa realmente chama a atenção pelas cores e com certeza fiquei curiosa quanto a ambientação.
    beijos, Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Achei essa capa muito lindinha, confesso que foi o primeiro motivo para eu querer ler haha
      Beijos!

      Excluir
  2. Olá, Eve.
    Fiquei bastante curiosa com este livro pelo enredo original. Nunca tinha ouvido falar nele e isso me deixou morrendo de vontade de pesquisar mais sobre a obra e autora.
    Só achei que 192 duas páginas pra um enredo tão genial devem deixar um gostinho de quero mais, rsrs. E o fato do narrador conversar com o leitor me deixa animada, pois deve tornar o livro ainda mais leve e divertido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      O livro tem um ritmo rápido mesmo, mas não achei que a autora correu com o final ou algo assim. É uma ótima leitura!
      Beijos!

      Excluir
  3. Olá Eve,
    Já li algumas resenhas desse livro e elas me deixaram curiosa em relação a leitura. Acho que a ambientação foi bem feita e, também, os temas discutidos me agraram, gostei de saber que o livro fala sobre amizade, amor e a consequência dos seus atos, pois muitos livros deixam esse último tema em segundo plano.
    Fiquei mais animada para ler o livro. Acho que vou curtir.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  4. Oi, Eve.
    Quando eu vi esse livro nos lançamentos da editora, eu me interessei por ele mas até hoje eu ainda não li. A história parece ter muitos momentos de risadas mas também seus momentos mais sérios. A premissa me agrada bastante e espero poder gostar da leitura.

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Eu já vi trilhares de resenhas relacionados a obra em questão aí, e pretendo muito ler essa obra. Gosto muito de livros juvenis e cousa e tal, isso é engraçado, acho que nunca irei enjoar de livros para crianças e jovens, sempre vão ser meus gêneros mais lidos rsrs. O fato da autora deixar uma história aparentemente neutra numa grande aventura que prende o leitor, me deixou ainda mais ancião para ler a obra que espero não demorar para acontecer. Até mais vê
    Bjks

    ResponderExcluir
  6. Oi.

    Esse livro está na minha lista para ler de juvenis esse ano. Eu leio poucos juvenis, porque busco livros mais adultos, mas acho a premissa desse muito fofa e interessante. E tenho lido muitos elogios sobre a história, além do mais, adoro quando há essa mistura de temas importantes como amizade e família. Parabéns pela resenha.


    beijo.

    ResponderExcluir
  7. Não leio com muita frequência histórias juvenis, mas muitas amigas minhas me pedem indicações para presentear suas filhas. Gosto sempre de estar por dentro das histórias para poder fazer boas indicações.
    A capa desse livro é muito bonita e a história parece ser bem legal. Acho que deve prender bem a garotada.
    Sua resenha está ótima e já guardei o link para as futuras solicitações de indicação!

    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu acho a premissa desse livro super interessante! Parece ser uma história bem envolvente, com o toque certo de mistério.
    Gosto bastante de livros do gênero e gostei de saber que a obra possui personagens bem construídas e bastante reais, acho bacana quando essa existe essa humanização dos personagens, torna tudo mais "palpável".
    O livro aborda temáticas importantes e por possuir uma narrativa com descrições na medida certa, além de rápida, acho que seria uma leitura certeira para mim.
    Vou procurar para comprar!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi!!


    Esse livro já tem um tempo que está na minha lista, pretendo ler, até mesmo pq a estória envolve a construção de um mundo novo para essas meninas tão diferentes uma da outra, mas com algo em comum. Tudo o que autora cria é bem particular e o fato dela ter inserido um livro onde conecta dos locais diferentes é muito original e único, ou seja, em material de criatividade a Lisa mandou muito bem. Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Adoro juvenis! Este livro me chamou a atenção principalmente por causa do livro em que as meninas conseguem se comunicar. Gostei muito da personagem das mariposas, me identifiquei muito com ela. Gosto de narrativas rápidas, então esse livro seria muito indicado para mim. Já anotei a dica e pretendo ler em breve.
    Beijos.
    arsenaldeideiasblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  11. Foi lindo né? Tu sabe que eu meio que não entendi nada até metade do livro e depois fui ligando os pontos e no final do livro fiquei com uma lição linda deste livro. As personagens realmente são fantásticas e querem muito fazer algo para mudar o mundo e a capa é tudo super igual à história. Acho que todo mundo deveria ler este livro!

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Esse livro não é dos que eu costumo parar para ler, prefiro livros mais adultos, mas por ser um livro pequeno, provavelmente eu leria se não tivesse outro na estante. Bjos

    ResponderExcluir
  13. Oi, eu gosto bastante de livros infantis e juvenis. Nunca havia visto esse, mas gostei bastante da sinopse. Parece conter todos os elementos que eu gosto de ler em um livro. Adoro livros narrados em terceira pessoa e o foto do narrador quebrar a quarta parede, me deixou bem animada. Gosto muito desse recurso. No geral, adorei a dica, precisava mesmo de um livro mas juvenil pra colocar na minha lista.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  14. Oi Eve, esse livro é encantador! Eu sou apaixonada por ele antes mesmo de ler justamente pela sua capa, título é enredo que mr parecem tão mágico. Estou com ele para ler e pretendo fazer isso em breve. Sua resenha me motivou ainda mais.
    Bj

    ResponderExcluir
  15. Fiquei encantada com o livro e olha que nem é um gênereo que tenho costume de ler. Fiquei curiosa como a autora administrou os temas de família e amizade par ao publico infanto juvenil e espero poder ler este livro com o meu filho.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Desde o lançamento estou apaixonada pela história do livro, mas infelizmente ainda não li. Gostei da forma como a vida das personagens são relacionadas, e também a idade delas. Certamente é um livro curto para se ler rápido, que aparentemente contem muita aventura, a capa é linda

    ResponderExcluir
  17. Oi Eve, tudo bem?
    Já tinha ouvido falar bastante sobre esse livro e sabe que sempre chamou minha atenção. Fiquei feliz em ver que é uma obra juvenil contagiante, com toda certeza darei uma chance a ela logo que tiver uma oportunidade. Fiquei bem curiosa para conhecer mais dessa trama que parece muito contagiante. Amei a resenha e com certeza lerei em breve!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir