10 agosto 2016

Resenha - O Orfanato da Srta. Peregrine




Tudo está à espera para ser descoberto em O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Nossa história começa com uma horrível tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo, por mais impossível que pareça, ainda podem estar vivas.







Livro: O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares - Livro1
  336 páginas || Skoob || Editora: Leya || Onde Comprar 








“Eu tinha acabado de aceitar que minha vida seria apenas comum quando coisas extraordinárias começaram a acontecer.”

Jacob, desde sua infância, ouviu histórias incríveis de seu avô, Abe. Histórias até mesmo inacreditáveis sobre como foi chegar ao País de Gales com apenas 5 anos de idade e de viagens em navios e de estrondosas guerras e como acabou sobrevivendo a tudo isso. Porém, de tudo que seu avô lhe contara, o que mais o surpreendia eram os monstros. Ninguém acreditava, é claro. Atribuíam título de louco ao SR. Abe, que vivia desconfiado, tinha um estoque de armas no armário e ataques de surtos e com a certeza que as terríveis criaturas estavam chegando e o levariam.

Por essas e outras, Jacob parou de dar ouvidos ao seu avô, e tentar tocar sua vida, sem as maravilhosas e assustadoras magias das histórias dele.

“Agarramo-nos a nossos contos de fadas até que o preço por acreditar neles se torna alto demais...”.
Jacob estava acostumado à monotonia da sua vida sem a imagem de “Incrível Super - Herói” do vovô Portman até que uma tragédia muda completamente sua vida, pois acaba que presenciando a morte dele e as últimas palavras de Abe Portman tinham significados que Jacob não entendia.

“Vá para a ilha. Lá você estará em segurança. Prometa.”“Encontre a Ave. Na fenda. Do outro lado do tumulo do homem velho... Conte a eles o que aconteceu, Jacob.”

E o mais agoniante do que não saber o motivo é ter falado tudo isso e ter a certeza de que viu o responsável pela morte dele. Um assassino. Uma criatura monstruosa que ninguém mais tinha visto. Será que estava ficando lunático igual ao seu avô?

“As mandíbulas desproporcionais eram a principal característica de seu rosto: uma arcada dentária protuberante, com dentes tão grandes e afiados que lembravam pequenas facas de cortar carne, algo que sua boca não tinha condições de conter, por isso seus lábios estavam permanentemente escancarados em um sorriso pervertido.”

Jacob não consegue aceitar tudo que estava acontecendo e então seguindo os conselhos de seu psiquiatra, Dr. Golan, Jacob vai atrás das respostas, embarcando em uma aventura até uma remota ilha na costa do País de Gales, onde seu avô vivera por tantos anos e que foi atingido por uma bomba durante a guerra  matando todos os moradores.

Mas, se o avô viveu ali, como supostamente tudo indicava, havia algo errado. As datas não coincidiam.

“Será que era isso que meu avô queria que eu encontrasse? É, só pode ser – não as cartas de Emerson, mas uma carta guardada dentro do livro de Emerson. Mas quem era essa diretora escolar, essa Alma Peregrine?”

Depois de se aventurar na ilha e também pelo que sobrou da casa, Jacob encontra uma peculiar coleção de fotografias antigas, e ao tentar alcançar mais pistas do lugar do qual seu avô tanto falara e ansiando por respostas, ele entra em um caminho sem volta e a cada passo dado as suas suspeitas de que aquelas crianças das fotografias, de alguma forma miraculosa, ainda poderiam estar vivas.

“Ouvi passos acima de mim, depois vozes, e me esforcei para reconhecer uma delas. Não ousei mexer, com medo de que o menor dos movimentos deflagrasse uma avalanche barulhenta de destroços em toda minha volta. Sabia que o medo era irracional... mas meu coração batia a uns cem quilômetros por hora e algum instinto animal profundo me mandou ficar em silêncio. Então esperei.”

Suas respostas aparentemente serão encontradas e um antigo amor ressurge. As responsabilidades de seu avô passaram a ser suas e os monstros que mataram Vovô Portman, queriam Jacob por perto. Será que o medo que vem assombrando Jacob será suficiente para detê-lo na busca incessante por respostas para desvendar todo aquele mistério?

.

[ - Minhas Impressões -]

O Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares é uma fantástica obra de Ransom Riggs. Muitos, logo de cara, idealizam um terror bem pesado, mas o livro relata um suspense romântico. Sim, romântico! Jacob descobre um amor quase impossível na sua aventura. É uma história intrigante, cheia de mistérios e que acaba deixando o livro ainda mais interessante.

O toque especial fica por conta das peculiares e intrigantes fotografias que entrelaça de uma forma estupenda com a narrativa, despertando ainda mais a curiosidade do leitor!

Os peculiares personagens tomam conta da história, literalmente. Jacob é o protagonista desta aventura. Os personagens secundários são, Vovô Portman, os pais de Jacob, Dr. Golan, Emma Bloom, Alma Peregrine, Olive, Horace, Fiona, Enoc... São inúmeros personagens presentes na história, e cada um com um papel tão importante no desenrolar da trama que, ao meu ver, poderiam todos ser personagens principais, mas como isso não é possível, tenho que confessar que todos foram muito bem trabalhados durante as páginas.

E por mais que eu queira, não posso falar muito sobre os detalhes de cada personagem, pois se falasse, seriam muitos spoilers. Só lendo o livro para vocês estarem entendendo.

A obra possui onze capítulos, 336 páginas amareladas e letras aprazíveis para leitura, além do design gráfico incrível com tons de antiguidade que deixa uma pegada sobrenatural que encanta do começo ao fim.

Particularmente, é uma das melhores histórias que já li. Foge agradavelmente do comum. 

Com os acontecimentos, batalhas, superação e paixões, o Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares nos convida a viajar por um mundo que parece ser feito de sonhos. É uma obra que fascina. É peculiar. Jacob com todos seus objetivos nos leva para uma jornada rumo ao extraordinário, onde nem tudo é o que parece ser. 

“Eu costumava sonhar em fugir da minha vida comum, mas minha vida nunca havia sido comum. Simplesmente não conseguira notar como ela era extraordinária.”

Recomendo a leitura, sem duvida alguma! 
Espero que também se apaixonem por essa história.

17 comentários:

  1. Olá
    Eu realmente estou curiosa para fazer essa leitura, especialmente por ser de um gênero que eu adoro, e é claro que a premissa parece ser incrível. No começo pensei mesmo que se tratasse de um terror, mas depois de ler vários comentários compreendi a imensidão dessa trama. Quero muito ler!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Amanda. Eu ainda não li o livro mas morro de curiosidade. Eu achava que era um terror dos mais pesados mas depois que vi o trailler descobri que é só uma fantasia com suspense. Gostei de saber que foi uma das melhores histórias que você já leu e que foge do comum, às vezes eu preciso de livros assim bem diferentes e acho que vou gostar muito desse.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Amanda

    Sempre que eu leio resenhas desse livro eu fico imaginando um X-Men de crianças, e isso se intensificou ainda mais depois que eu vi o trailer da adaptação! Hahaha
    Eu acho essas fotos muito bizarras esse autor, definitivamente, não deve bater bem da bola.
    Eu não leria o livro, a história nunca chamou muito minha atenção, mas que bom que vocês gostou e até favoritou!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Este livro está na minha estante desde o lançamento e nunca consegui encaixar a leitura. Aí, este mês, ele saiu sorteado na minha TBR Jar e agora, já tem dia certo para eu começar a ler.
    De tudo o que você pontuou na resenha, o que mais me prendeu foi o romance impossível de Jacob e acredito que talvez, para mim, venha a ser o ponto forte. Adorei sua opinião!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá amoreca!!!
    Que medo desse livro, não curto muito essas coisas não - sou um pouco medrosa.
    Parabéns pela belíssima resenha e adorei os cortes que trouxe sobre a história!

    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Adorei a sua resenha, ela esta ótima. Estou com vontade de lê o livro a algum tempo, mas ainda não tive a chance, mas já esta anotado na minha lista de futuras compras haha Tenho muita curiosidade de saber como o autor conduziu essa estória, pois pela sinopse da a intender que se trata de um terro, mesmo não sendo haha

    ResponderExcluir
  7. Olá Amanda,
    Esse livro não é nada convencional né? Uma amiga leu e é encantada com essa obra. Eu tenho muita curiosa pela história parecer ser bem peculiar. Já sei que não é um livro de terror, mas não lembro de ter visto que era um suspense romântico, isso mais do que me animou.
    Super anotei a dica e espero ler muito em breve.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Esse livro realmente parece ser um terror, só fui descobrir que se tratava de um suspense romântico quando comecei a ler as resenhas da obra pelos blogs, rs.
    Eu acho essa obra tão interessante e original! Gostei de saber que os personagens secundários foram bem trabalhados e fiquei curiosa sobre o amor "quase impossível" de Jacob.
    As fotografias me dão um certo medinho, mas sei que tornam a leitura ainda mais rica.
    Ótima resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi Amanda!
    Eu to com esse livro na minha pilha de leitura, pretendo ler ele ainda esse ano.
    Já ouvi muitas críticas positivas sobre ele e estou bem ansiosa para ler. Acho que gostar demais.
    Acho muito bacana o autor colocar fotos no livro. Deixa muito mais realista a narrativa. Além de que as fotos dão um medinho básico - imagino que mais até do que a história.
    Sua resenha me deixou mais ansiosa ainda. Espero que eu goste como você gostou.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Amanda!
    Já li várias resenhas sobre esse livro e, acho que de tanto lê-las, estou começando a sentir muita vontade de lê-lo. Fiquei bastante surpresa quando descobri que não se tratava de terror, haha. A capa dá a entender que é, mas no fim não é.
    Estou curiosa para conhecer os personagens, adoro quando eles são bem construídos.
    Beijos
    Historiar

    ResponderExcluir
  11. Oie...
    É engraçado que quando lançaram esses livro pensei que se trataria de algo sobrenatural ou de terror, por isso, nunca havia parado pra ler uma sequer resenha rsrs... Foi uma surpresa pra mim descbrir que se tratava de um suspense romantico!
    Adorei sua resenha e você até me convenceu á ler...
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Amanda,

    Eu to bem curiosa para ler esse livro, mas ainda não li, porque não tive tempo. Mas só tenho lido elogios a originalidade da história, da construção dos personagens, do enredo e narrativa instigantes etc e tal. Com a sua resenha, fiquei curiosa de mais, bem mais do que já estava. E nossa, essas imagens são assustadoras né? haha
    Parabéns pela resenha!


    beijo!

    ResponderExcluir
  13. Olá.

    Eu vejo muitas pessoas falando bem desse livro e agora lendo sua resenha me deu muita vontade de ler. Eu já queria ler por conta do filme e lendo sua resenha fiquei mais curiosa ainda, pois o gênero do livro é um dos meus preferidos. Fico feliz que vc tenha gostado do livro e espero resenhas dos próximos livros da trilogia.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Oie!
    Você acredita que sempre pensei que esse livro era um terror? Agora que estou sabendo mais dele, pois até então, eu estava me deixando levar pela capa. Achei a história bem diferente, e vou anotar aqui para ler sobre ele.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  15. Li esse livro há pouco tempo, e estou apaixonada pela história. Já estou com o segundo na estante e de olho no terceiro, que está em fase de pré-venda. Acho as fotografias fantásticas, não é à toa que estimularam tanto a imaginação do autor. Eu fiquei com bastante medo de que fosse um terror pesado demais quando comecei a ler, mas realmente, trata-se de um suspense (com romance) de leitura muito agradável. Adorei o livro e adorei a sua resenha!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Eu não costumo ler livros assim, mas desde que vi esse pela primeira vez fiquei curiosa, porque realmente parece ser uma história que foge do comum, bem diferente. Agora com sua resenha fiquei mais animada ainda, é bacana ver que todos os personagens são bem desenvolvidos e que tem um romance no meio.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  17. Olá Amanda, como vai?
    Eu já tinha ouvido falar desse livro, ainda mais agora que o Tim Burton vai dirigir o filme inspirado nele.
    Tua resenha ficou excelente e com certeza, quando tiver este livro em mãos, lerei com gosto!
    Abraços.

    ResponderExcluir