18 agosto 2016

Resenha - A Lista Negra



E se você desejasse a morte de uma pessoa e isso acontecesse? E se o assassino fosse alguém que você ama? O namorado de Valerie Leftman, Nick Levil, abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola em que estudavam. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista com o nome dos estudantes que praticavam bullying contra os dois. A lista que ele usou para escolher seus alvos. Agora, ainda se recuperando do ferimento e do trauma, Val é forçada a enfrentar uma dura realidade ao voltar para a escola para terminar o Ensino Médio. Assombrada pela lembrança do namorado, que ainda ama, passando por problemas de relacionamento com a família, com os ex-amigos e a garota a quem salvou, Val deve enfrentar seus fantasmas e encontrar seu papel nessa história em que todos são, ao mesmo tempo, responsáveis e vítimas. A lista negra, de Jennifer Brown, é um romance instigante, que toca o leitor; leitura obrigatória, profunda e comovente. Um livro sobre bullying praticado dentro das escolas que provoca reflexões sobre as atitudes, responsabilidades e, principalmente, sobre o comportamento humano. Enfim, uma bela história sobre auto-conhecimento e o perdão.

Livro: A Lista Negra
269 páginas || Skoob || Editora: Gutemberg || OndeComprar










Valerie e Nick são á muito tempo vitimas constantes de bullying e alvos fáceis dos alunos populares principalmente dos que consideram "VALENTÕES' no colégio Garvin.

Valerie Leftman sofre esse tipo de agressão desde a educação infantil, como sempre foi quieta e tímida, era o alvo perfeito pra todos maltratarem e já não suportando mais ser agredida verbalmente e fisicamente, ela cria uma lista onde a função é descarregar e desabafar todo seu sofrimento, porque ninguém sabia sobre essa lista até que um dia conhece o aluno novo chamado Nick Levil que coincidentemente começou a ser o mais novo alvo dos valentões e isso ajudou na aproximação dos dois e tornando relação de ambos mais do que amizade.

Juntos eles anotam os nomes de todos os seus agressores que na opinião de Val e Nick deveriam morrer.

Só que Valerie não imaginava que os alvos dessa lista de vingança iam se tornar reais, porque no dia 2 de maio de 2008, seu namorado entra armado e logo começa um massacre na praça de alimentação eliminando cada nome presente na lista negra, Val não acredita no que está acontecendo na sua frente, na tentativa de impedir que seu namorado continue sua caçada ela tem uma ideia e acaba se jogando na frente dele e então sendo baleada e vendo o que ocorreu, Nick aponta a arma na cabeça e se mata.

"Era bom fazer parte de um "nós", com os mesmo pensamentos, os mesmo sentimentos, os mesmos problemas. Mas, agora, a outra metade desse "nós" tinha ido embora e, deitada no meu quarto escuro. percebi que não sabia como me tornar eu mesma de novo."

Agora depois de vários meses se recuperando com um psiquiatra, ela terá que enfrentar todas as pessoas que estavam presentes naquele dia,  principalmente seus pais que agora tinham medo e raiva da própria filha. Porém, ela não está sozinha, pois a pessoa que ela salvou se tornou sua nova amiga
e lhe ajudará a superar o seu problema de algum jeito.

"No meu quarto escuro. percebi que não sabia como me tornar eu mesma de novo."



Em minha opinião esse livro deveria ser obrigatório em todos os colégios, porque mostra a dura realidade nas escolas em pleno século XXI. A autora transmite todos os sentimentos que a protagonista tem para os leitores, pois a vida de Val depois do atentado de seu namorado acaba que sendo bastante doloroso e terá pela frente que enfrentar todas as pessoas que olhavam e faziam piadinhas, pois ninguém acredita que ela não tinha nada haver com o que houve, mesmo já sendo comprovado que ela era inocente. Mas aos poucos amigos que ela tinha e sua família acabam se afastando e ficam diferentes.

E mesmo com tudo isso acontecendo em sua vida, ela tenta de alguma maneira não ter medo e enfrenta tudo com a cabeça erguida. Então, a cada capitulo acompanhamos os seus sentimentos e seu amadurecimento ao ir se recuperando do trauma.

Adorei o livro pelo de cada detalhe ser intenso e apaixonante na medida certa, pois além de ter sido muito bem escrito e explicativo, a narrativa é incrivelmente impecável e é escrito em 1° pessoa. A personagem principal é um ser humano como qualquer outro, com seus erros e acertos, mas o que chamou mais minha atenção foi a forma que ela me passou seus sentimentos e sua força nos momentos difíceis.

O Desfecho também na minha opinião é uma das partes mais emocionantes desse livro, por isso eu aplaudo de pé essa autora pela maneira como tudo foi se encaixando. Não tenho palavras mais para elogiar a autora, só dizer que ela é simplesmente MARAVILHOSA, pois nesse romance é abordado vários assuntos do dia-a-dia nas escolas e também nos trazendo detalhes que podemos captar o que a autora realmente está querendo nos passar.
Existe todo um drama e talvez nem todos vão conseguir ler esse livro e extrair a lição de moral no final com tanta facilidade, mas mesmo com toda a dificuldade presente, esse livro é um dos melhores do gêneros que já li esse ano.

Não tenho palavras para descrever o quanto essa autora mudou o meu jeito de ser.
Se você ainda não leu, dê uma chance, pois também pode vim a mudar muito a sua vida!

18 comentários:

  1. Olá
    esse livro já está na minha lista de desejados há muito tempo e não canso de ler comentários positivos a seu respeito. A temática é impactante e é por isso que a leitura deve ser tão instigante, emocionante e profunda. Adorei poder ler sua resenha e me sinto ainda mais motivada para adquirir meu exemplar. Já conheço a escrita da autora porque li Amor amargo, então sei o quanto suas palavras são demais!
    beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Estou muito, muito, muito ansiosa para começar essa leitura comprei ele na semana passada estou esperando a chagada evirei até algumas partes da sua resenha kkkkkk.
    Adoro a escrita da Jennifer e já sei que vou amar esse livro.
    Bju
    Mary Reis.

    ResponderExcluir
  3. Oi Giovanna, li este livro em 2013 e na minha opinião, é um dos melhores livros que trazem o tema de bullyng na narrativa. Confesso que achei o final corrido demais, mas ainda assim, a leitura foi válida. Como você, enxerguei muita humanidade na personagem principal, apesar dos erros dela.
    Que bom que você gostou!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá Giovanna,
    Acho tão legal quando um autor muda nosso jeito de ser. Já li outra obra dela e não foi impactante, mas tenho muita curiosidade de ler essa. Acho que os dois sempre sofreram demais nas mãos dos amigos, mas isso não justifica o Nick ter feito aquilo, sabe? Apesar disso, até consigo entender o lado deles.
    Parabéns pela incrível resenha e obrigada por me lembrar que preciso ler logo esse livro.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  5. Sempre cobicei esta leitura! Eu gosto de temáticas pesadas como essa, pois precisamos realmente trazê-la à tona por meio da literatura, arte, cinema... Enfim, de um modo que convide qualquer leitor a se colocar em uma posição sensível para refletir sobre o assunto. Gostei muito de saber as suas impressões positivas sobre o enredo, especialmente sobre o desfecho ser emocionante e a protagonista ser tão "real". Com certeza, quero ler o quanto antes. Preciso providenciar a compra desse livro.

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oii Giovanna, tudo bom? Amei sua resenha! Bem completa. Eu sempre ouço muitos comentários elogiosos sobre esse livro e agora minha vontade de ler só aumentou. Fora que trata de um assunto que me remete muito interesse. Tenho certeza que a autora desenvolveu super bem essa narrativa. E estou curiosa sobre esse final *0* Espero poder ler muito em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Uma trama bastante intrigante.
    Não lembro de ter lido nada parecido e acho muito interessante a forma como a autora traz à tona um tema que tem sido discutido diariamente: o bullying.
    Acredito que essa trama nos aproxime bastante dos personagens, pois não é uma realidade impensável ou distante, faz parte do dia-a-dia já tivemos casos verídicos bem parecidos com o que é descrito.
    Pretendo fazer a leitura em breve.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá
    eu tenho o péssimo hábito de julgar o livro pela capa e título... esse livro traz uma capa e título interessante mas não a ponto de me fazer pesquisar sobre ele. Você abordou o tema de forma brilhante e me instigou a pesquisá-lo mais afundo. Gosto dessa temática escolar e os problemas que giram neste ambiente... Dica mais que anotada. Parabéns pela bela escrita.. você soube me cativar a ler esse livro... Até mais

    ResponderExcluir
  9. Oi, Giovanna

    Esse livro está no "quero ler" do meu Skoob há muito tempo, mas nunca compro. ainda não li, mas de tanta resenha que leio já me sinto íntima da história e também acho que ele deveria ser leitura obrigatória nas escolas!!
    Eu sofri muito bullying quando era mais nova e isso é uma coisa que não desejo pra ninguém.
    Com certeza farei essa leitura, só tenho que me organizar mais!

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi, Giovanna!
    Gostei bastante de como você abordou sobre o livro em sua resenha. Já passei por um período de bullying na escola e acho que esse livro teria me ajudado bastante na época a enfrentar tudo com a cabeça erguida igual a protagonista.
    Vou adicionar a minha lista de leitura!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Faz tempo que quero ler esse livro, mas confesso que já ouvi falar que ele não é tão bom assim, mas deve ser pelo motivo que você disse no final, que nem todo mundo consegue apreciar esse livro, mas é um assunto de grande importância, então eu gostaria de ler e tirar minhas próprias conclusões.
    Tenho certeza que ele vai mudar minha forma de pensar, assim como mudou você.
    Ótima resenha!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  12. Oi Giovanna!
    Eu estou com esse livro na minha pilha de leitura, só não sei se conseguirei ler ele ainda esse ano... Mas estou bem ansiosa pela leitura, pois só ouvi críticas muito positivas sobre a história e a escrita da autora.
    Além de achar um tema muito importante. Apesar de muitas pessoas acharam bobagem bullying, ele pode sim prejudicar muito a vida de quem está recebendo esse ataque. Que bom que a autora consegue passar essa mensagem de um jeito sincero.
    Parabéns pela resenha, está ótima!
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Adoro livros assim, com detalhes intensos e apaixonantes. E curto muito narrativas em primeira pessoa, acho que esse tipo de narrativa contribui para a intensidade. Amo quando uma protagonista convence a gente de que realmente é humana ao nos permitir acompanhar seus erros e acertos, e amo mais ainda quando um livro consegue nos mudar. Com certeza vou querer conferir.

    ResponderExcluir
  14. Olá! Tudo bem por aí?

    Esse livro é sensacional, foi uma das minhas melhores leituras. Os assuntos tratados são bem polêmicos, mas, infelizmente, não se restringem à ficção. O bullying, a violência e suas consequências ainda estão muito presentes nas escolas e, por isso, concordo contigo: essa leitura deveria ser obrigatória nas escolas. O desfecho é, realmente, muito emocionante e só não chorei porque não sou muito emotivo kkk. Parabéns pela resenha!

    Abraços!
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  15. Faz algum tempo que eu tenho curiosidade em ler esse livro e até hoje eu nunca tinha visto uma resenha sobre ele. A premissa me agrada bastante e saber sua opinião só meu deixou ainda mais interessada. Acredito que eu vá aproveitar muito a leitura e espero poder gostar pois estou com muitas expectativas com esse livro.

    ResponderExcluir
  16. Não tinha ouvido falar sobre o livro ainda, mas estou meio longe de leituras do tipo. Me dedicando aos autores brasileiros no momento, porém o tema é ótimo e quem saiba eu não o encaixe.
    www.saotantas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Não sei porque ainda não li esse livro, ele trata de um tema preciso e delicado no seu limite, amei o enredo, acho que a autora conseguiu criar uma história bem inspiradora sobre bullying, principalmente colocando a personagem tendo que enfrentar todos depois do triste ocorrido, e também sua própria família, quero ler o livro, no momento estou precisando de histórias fortes e renovadoras

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem?
    Já tinha lido a sinopse desse livro, mais ao menos, mas nunca tinha lido nenhuma resenha. Pensei até que o protagonista fosse masculino. Depois da sua resenha simples mas maravilhosa, eu preciso desse livro para ontem. Quero muito ler, e tenho pena que ainda não tenha sido lançada cá em Portugal, então terei que ler em e-book ou aproveitar para ler o meu primeiro livro em inglês.
    Oi querida, tudo bem? :)
    Confesso que não li tudo até ao fim para não levar spoiler, porque eu não conhecia a série, nem a autora, mas fiquei interessada. Então fui procurar saber mais sobre os livros dela e acho que vou dar uma oportunidade porque são o tipo de livro que eu gosto. Obrigada por me apresentar coisas novas hahahaha
    Beijinhos
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir