11 agosto 2016

Resenha - Amor à moda antiga






Em seu aniversário de 43 anos, Fabrício Carpinejar ganhou de presente uma velha máquina de escrever Olivetti Lettera 82 verde-esmeralda. Desde esse dia, ele se dedica a escrever nela poemas de amor e a guardá-los como um inventário de seus sentimentos e emoções ao longo de sua carreira. Pela primeira vez, a Belas-Letras publica esses poemas exatamente como os originais foram enviados à editora, em maços de papel despachados pelos Correios, sem nenhum tipo de correção ortográfica, edição ou retoques, inclusive com as próprias anotações à mão feitas pelo próprio Carpinejar. Todos os textos de Amor à Moda Antiga (inclusive este) foram originalmente escritos em máquina de escrever. O resultado é um livro orgânico, singelo e apaixonadamente imperfeito, exatamente como o amor é.





Livro: Amor à moda antiga
104 páginas || Skoob || Cortesia: Editora BelasLetras || OndeComprar









Fabrício Carpinejar é conhecido por suas crônicas sobre diversos assuntos, distribuídas em vários livros e outras disponíveis na internet, mas em “Amor à moda antiga” o escritor resolveu se aventurar na poesia. A proposta do livro é tratar do amor em suas diversas faces e, apesar da moda antiga, isso foi feito através de poesia contemporânea, sem grandes amarras à métrica e rimas.

A sinceridade do autor me encantou desde o primeiro poema e ao longo do livro ele passeou pelas diversas fases de um relacionamento, da paixão do início, o conforto, o conhecer um ao outro e o término. A cada verso escrito o leitor pode se encontrar e perceber como eles se aproximam da realidade. Não há como não se identificar com um ou outro poema.

"quando me calo e finjo ausência, você me pergunta o que estou pensando. é certo que mentirei. deveria me perguntar o que estou sentindo."

O ritmo fluido e a temática de relacionamentos que sempre aparecem nas crônicas do autor foram transportados com maestria para os versos de forma a agradar mesmo os leitores menos acostumados com o gênero. Além da simplicidade das palavras, poemas mais curtos são perfeitos para quem quer se aventurar entre poesias, mas tem receio de encontrar muitas complicações.

Não tenho muito que comentar para não estragar a surpresa do livro, mas para os românticos essa com certeza será uma ótima leitura, assim como também será para os mais realistas, pois o sentimento não foi nada idealizado e, por isso mesmo, é ainda mais bonito.

Na sinopse já está explicado como surgiu “Amor à moda antiga” e posso afirmar que a ideia do autor foi alcançada ao escrever um livro singelo. A facilidade da leitura me impressionou, mas nem por isso indico para que seja feita de uma só vez. Esse é um livro para ser degustado lentamente, o tipo que pode ser deixado na mesa de cabeceira para se ler um pouquinho por noite e se encantar a cada página virada.



"não me dê somente a sua alegria, ofereça também a sua melancolia para me preparar à saudade"

A diagramação da Editora Belas-Letras está simplesmente linda. A capa é branca com o título e autor em fonte simples, mas vem com um cover lindo em um papel levemente texturizado em um tom de verde clarinho que também está em páginas intercaladas com as dos poemas. A proposta da editora foi publicar o livro assim como o autor o entregou, então vemos algumas correções feitas a caneta e alguns poemas que estão levemente tortos nas páginas. Um trabalho gráfico maravilhoso!


Resenha postada pela Colaboradora Eve ( Não faz mais parte da Equipe )

33 comentários:

  1. Oi Evelise
    o autor é demais mesmo, e fiquei muito interessada por esse livro. Achei a proposta muito boa e deve ser uma ótima leitura. Imagino que a diagramação ganha destaque, especialmente por seguir a proposta do autor.
    beijos, Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      É mesmo uma ótima leitura e a diagramação é uma das mais bonitas da minha estante :)
      Beijos!

      Excluir
  2. Achei mt legal a ideia do livro, fiquei bem curiosa para ler! Gosto de roance de uma forma não fantasiosa e pelo que vc falou é disso que fala o livro, bem legal
    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Na verdade esse livro traz poemas do autor, mas eles realmente não são fantasiosos...
      Beijos!

      Excluir
  3. Eve lindona eu amo os textos do Carpinejar, amei cada um deles nesse livro, ele continua com a alma sensível e levando ao leitor todas emoções de suas palavras. O que dizer dessa edição espetacular, parabéns a Editora sempre pelo carinho com seus livros. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      A sensibilidade do autor também me encanta em cada um de seus textos e nesse livro não foi diferente...
      A edição está maravilhosa!
      Beijos!

      Excluir
  4. Ainda não conheço a escrita de Carpinejar, mas sei o quanto ela sabe usar as palavras. Esse deve deve ser mesmo um encanto, com poemas tão cheios de emoções e verdades. Amei as citações. Tocam o coração. Obrigada por compartilhar essa leitura.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      SE você gostou dos quotes procura outros textos dele, são mesmo ótimos!
      Beijos!

      Excluir
  5. Esse livro é puro amorzinho. A gente lê e precisa segurar o fôlego pra pensar no tanto de sentimento que ele provoca.

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Não conheço o autor e nem suas obras. Talvez por escrever poemas e ser um tipo de texto que não costumo ler. Ao saber que se trata de um livro singelo, fico imaginando a intensidade de suas palavras para falar do amor e principalmente por ele ter feito isso de forma contemporanea. Interessante.
    Beijos
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Dê uma chance para o autor, ele é muito bom mesmo :)
      Beijos!

      Excluir
  7. Oii, Evelise! Tudo bem??
    A Belas Letras faz cada edição linda! Já tinha visto esse livro circulando a net. Ele é simples e lindo ao mesmo tempo. Queria lê-lo! Vou adicionar na minha wislist rsrs Bjs,

    www.estranhoscomoeu.com
    PROMOÇÃO NO BLOG: Ganhe um Livro da Jamie McGuire ---> É rápido e simples ;) http://estranhoscomoeu.com/2016/07/28/concurso-cultural-ganhe-um-livro-de-jamie-mcguire/

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Achei sua resenha incrível. Desconhecia a obra e fiquei encantada.
    Mas não sou muito acostumada a ler poesia, então acredito que não lerei o livro.
    Mas fiquei feliz em conhecer um pouco mais.

    https://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Para mim que amo poesia posso imaginar o quão incivil esse livro é, por retratar o amor de forma crua e limpa. Super curiosa para ler.

    ResponderExcluir
  10. Olá Eve,
    Morro de curiosidade de ler algo do Carpinejar, mas ainda não surgiu uma boa oportunidade, infelizmente. Adorei a premissa de Amor à moda Antiga e tenho certeza de que o livro precisa ser degustado aos poucos, pois assim tiraremos todo o proveito dele.
    Sou aquele tipo de pessoa que é uma romântica incorrigível, então, sei que vou amar a leitura.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  11. Oi Eve, sou uma romântica e claro, vou me deliciar nesta escrita. Amo a forma como o autor escreve, parece que ele entra no nosso coração e nos dá a sensação de felicidade eterna.
    Adorei suas considerações e fiquei bem empolgada em ler o livro.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Eve
    Adoro Carpinejar. Seus textos são sempre atuais e cotidianos e acabo me identificando com um texto ou outro. Esse livro está incrível e fiquei curiosa para saber essa surpresa que nos é reservada. A edição está belíssima
    Amei suas impressões e espero ter oportunidade de ler.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conheço a escrita do Carpinejar, mas tenho muita curiosidade de ler algum livro dele!
    Gosto de livros de poesias e aprecio o fato de elas serem bem realistas.
    Esse é realmente daqueles livros para ler aos poucos e apreciar a leitura.
    Achei lindo esse tom verdinho da cover, amei!
    Espero ter oportunidade de realizar essa leitura e me deliciar com essas poesias.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    Não sei se falo da história que parece ser fantástica... ou da diagramação que pelo que você diz em sua resenha deve estar impecável.
    Ansiosa pra conhecer esse livro de perto.

    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  15. Achei incrível a ideia de montar a diagramação do livro de acordo com seu título: "à moda antiga". Combinou perfeitamente! Poemas e pequena crônicas como se batidas à máquina de escrever. E o Carpinejar tem um estilo próprio de colocar muitas emoções em poucas palavras que é impressionante! Um livro ótimo para quem curte!

    ResponderExcluir
  16. Que livro lindo! Eu ainda não li nada do autor mas morro de curiosidade, inclusive estou com um livro dele para ler nos próximos dias e espero gostar bastante. A escrita dele parece ser encantadora e gostei muito de ver seus comentários sobre a obra.

    ResponderExcluir
  17. Oiee Eve ^^
    O livro está lindo mesmo, ficou incrível! Eu não sou fã de obras de crônicas e contos, então o livro não me chamou 100% a atenção, apesar de eu ter ficado um pouco curiosa a respeito da obra, e querer conhecer a escrita do autor. Fico feliz em saber que te agradou tanto :)
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oie eve, eu adoro o carpinejar e adorei a proposta do livro. Já li várias crônicas e sei que ele escreve com maestria sobre o amor, adorei os trechinhos dos poemas que você compartilhou, principalmente esse: "não me dê somente a sua alegria, ofereça também a sua melancolia para me preparar à saudade"
    Outra coisa que me chamou muita atenção foi a cor das páginas que deve ter ficado linda e as correções até a caneta, bem original.

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Ainda não li nada do autor, mas acredito que começaria a conhecê-lo pela crônicas, pois não gosto nada de poesias rsrs Mas eu achei a diagramação e a capa as coisas mais lindas do mundo! E gostei dessa ideia da editora entregar o livro com as observações em caneta do autor, com certeza deixou o livro com muito mais personalidade.
    Beijos.
    arsenaldeideiasblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  20. Não conhecia o autor e confesso que não faz o meu tipo de leitura, apesar de saber o valor que obras como essa tem na literatura. Sendo um livro para se degustar de forma lenta imagino que seja uma leitura gostosa e com singela emoção. Boa dica, beijos.

    ResponderExcluir
  21. Oi!
    Esse livro é um amor mesmo, adorei a forma simples e clara que o autor mostra seus sentimentos nos poemas, e a realidade por trás de cada um, mostrando todas as fazes de um amor puro e veradeiro

    ResponderExcluir
  22. Dificilmente textos curtos me conquistam, mas confesso que as crônicas do Carpinejar são uma exceção, adoro lê-las. Mesmo assim, se eu não tivesse visto os trechos que você colocou na resenha, não me aventuraria nesse livro de poesias. Mas achei que os textos quase parecem texto corrido, então fiquei com vontade de conferir.

    ResponderExcluir
  23. Olá.
    Sou fascinada pela poesia, ainda mais romântica. Não vou negar, é um dos meus gêneros favoritos. Já conhecia o autor, mas não sabia dessa aventura pelo mundo das poesias.
    Estou superanimada para conhecer esse livro melhor.
    Adorei os quotes que você selecionou.
    Obrigada pela dica.
    Beijos, Mila
    a-viagem-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Oie Eve, tudo bem? Só estou lendo comentários positivos sobre esse livro, e com sua resenha minha vontade de ler só cresceu. Nunca li nada do autor, e esse foi o primeiro que me interessou... O trabalho gráfico deve estar mesmo maravilhoso!!! Que bom que a editora se preocupou com isso <3
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  25. Olá
    Eu ainda não conhecia o autor, mas acho que eu vou dá umas pesquisadinha sobre o mesmo, pois me parece ser um grande talento não é mesmo? Rsrs. Não sou muito de ler crônicas e poemas, mas sempre que consigo, estou lendo algo. Achei a resenha incrível, e pelo que você relator o autor soube muito bem escrever sobre esse sentimento tão lindo e complicado que é o amor Rsrs. Adoro capas brancas e essa está linda na sua simplicidade, até mais vê
    Bjs

    ResponderExcluir
  26. Olá!

    Não é um gênero que costumo ler, contudo achei essa edição belíssima, além disso sempre vejo bons comentários em relação ao autor, ainda não tive a oportunidade de ler nada dele e espero fazê-lo (um dia).

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  27. Oi Eve, tudo bem?
    Eu nunca li nada do autor, e só de ver tantos elogios assim já me deixa mega curiosa. Quero conhecer a escrita dele e os textos que tenho certeza que são lindos, pela sua resenha posso perceber que te conquistaram. Espero ter uma oportunidade de conhecer esse livro, que além de trazer uma trama linda, tem a edição maravilhosa. Ótima resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir