11 julho 2016

Resenha - O Eterno Namorado




Tudo o que acontece na vida de Owen Montgomery é meticulosamente organizado em uma planilha ou lista de tarefas. No trabalho não é diferente, e é graças a sua obsessão por ordem que a Pousada Boonsboro está prestes a ser inaugurada – dentro do cronograma.
A única coisa que Owen jamais previu foi o efeito que Avery MacTavish teria sobre ele. A proprietária da pizzaria em frente à pousada sempre foi amiga da família e agora, enquanto vê em primeira mão a fantástica reforma pela qual o lugar está passando, também observa a mudança gradativa de seus sentimentos por Owen.
Os dois foram namorados de infância, e desde então tinham estado bem distantes dos pensamentos um do outro. O desejo que começa a surgir entre eles, porém, não tem nada de inocente e é impossível de ignorar. Enquanto Owen e Avery decidem se render à paixão e levar seu relacionamento a um nível mais sério, a inauguração da pousada se aproxima e dá a toda a cidade um motivo para comemorar. Mas quando os traumas do passado de Avery batem à porta e a impedem de se entregar, Owen sabe que seu trabalho está longe de terminar. Agora ele precisa convencê-la a baixar a guarda e perceber que aquele que foi seu primeiro amor pode também ser seu eterno namorado.

Livro: O Eterno Namorado (Trilogia a pousada #2)
304 páginas || Skoob || Cortesia: Editora Arqueiro || Onde Comprar




Resenha Anterior

Um Novo Amanhã #1 - Nora Roberts







"UMA LUA CHEIA DE inverno brilhava sobre as pedras antigas e os tijolos da pousada que ficava na praça. Sob o luar, as varandas novas e os gradis reluziam, e o cobre do telhado chegava a faiscar. Ali, o velho e o novo - o passado e o presente - se misturavam num casamento sólido e feliz.
Naquela noite de dezembro, as janelas estavam escuras, guardando seus segredos nas sombras. Mas, em algumas semanas, estariam iluminadas como as outras na principal avenida de Boonsboro."

Avery MackTavish é uma mulher determinada desde que era muito nova. Abandonada pela mãe quando tinha apenas doze anos e tendo aprendido a ser independente desde então, ela ama seu trabalho na Vesta, sua pizzaria famosa na cidadezinha de Boonsboro e ama cozinhar. Avery também é louca pelo pai, Willy B. que a criou desde o sumiço da mãe e também é extremamente leal a suas amigas Claire e Hope, e também a família Montgomeri, formada por Justine e por seus três lindos filhos, Becket, Owen e Ryder. Avery apenas não tem tempo para o amor. Com todo o trabalho que tem na pizzaria e nas outras coisas que encontra para ocupar seu tempo, ela tem apenas encontros ocasionais e nunca deixa que estes passem a ser algo a mais na sua vida. Porém há apenas um homem que pode ser diferente e tem a chance de conseguir tocar seu coração, o  seu amigo de longa data, owen Montgomery.

"- Ah, você entendeu. E ela está esperando por ele há todos esses anos. Que romântico!
- Para mim, parece trágico.

- Não. Bem, sim, mas romântico também. Um amor que é eterno, que dura... Isso é raro na vida real, não é?

- Não entendo muito disso - começou a falar Owen, mas Avery nem sequer estava ouvindo.

- Ela ficou aqui porque esse amor é poderoso. Mágico. A coisa mais importante de todas. É... - De repente, a porta da varanda às suas costas se abriu, chocando-se contra ela e empurrando-a para a frente, direto para cima de Owen. Ele a segurou firme, para que Avery não perdesse o equilíbrio. Ela inclinou a cabeça para trás e o fitou bem nos olhos - ... tudo."

Determinado, trabalhador e fanático por organização, Owen é calado e aquele que pensa em cada detalhe. Dedicado nos últimos anos a reconstrução e reforma da pousada Boonsboro, uma antiga hospedaria que foi comprada por sua mãe e será colocada para funcionar novamente, e com todos os outros empreendimentos que a família encontra, ele também sente que não tem tempo para o amor, enquanto pensa secretamente na primeira mulher por quem foi apaixonado e com quem teve um breve namoro quando tinha cinco anos, Avery Macktavish.

Em um dia enquanto estão ajudando nos últimos ajustes na pousada antes da inauguração, Owen e Avery estão sozinhos em uma das suítes até que o cheiro característico de madressilvas que indica a presença de Elizabeth, a fantasma que habita o lugar aparece. Com uma fechada abrupta da porta, provocada pela fantasma Elizabeth, os dois são jogados um nos braços do outro e acabam se beijando.

"E ainda assim... Talvez estivesse esperando, de certa forma, durante todo aquele tempo. Esperando Owen. Essa ideia surgiu de repente, terna, irritante, desconcertante, tudo ao mesmo tempo.
E agora?, meditou. Pelo visto, tinha mais em que pensar do que havia imaginado."

Após esse acontecimento, Owen e Avery não sabem como lidar com o desejo que surge, mas percebem que há algum sentimento forte entre eles e decidem arriscar uma aproximação maior. Em meio a muita reflexão e traumas que surgem para assombrar o passado de Avery, os dois precisarão aprender a compartilhar os pensamentos e a fazer esse forte amor dar certo.

Ao mesmo tempo a inauguração da pousada se aproxima e muitas novidades surgem, além de que a fantasma Elizabeth está aparecendo no lugar com mais frequência, e Owen deseja descobrir toda a história dela.

"Para Avery o Natal não seria completo sem uma multidão na cozinha. Sempre tinha admirado Justine por abrir as portas da sua casa e da sua cozinha para ela e seu pai. E, neste ano, também para Clare e as crianças, os pais de Clare, e Hope, ou seja, gente de todo canto.
E mais crianças também, pensou. Além dos filhos de Clare, ainda havia as duas netinhas de Carolee. Sem falar nos dois cachorros de Justine, o Diaraque de Ryder, e dois filhotes. Para Avery, este Natal estava sendo perfeito.

Adorava ficar sozinha com o pai, mas aquilo tudo - o barulho, as crianças alvoroçadas, os cachorros agitados, o cheiro do tender no forno, molhos fervendo em fogo brando, as tortas esfriando - mexia com seus sentimentos mais profundos.

Queria isso, sempre quisera isso para a própria vida."

Em mais um romance extremamente cativante onde temos família e amigos leais, honestos e um sentimento de carinho muito grande, Nora Roberts nos faz querer mergulhar na vida dessas pessoas e nos deixa ávidos por conhecer a cidadezinha e a pousada, além de nos deixar querendo o próximo livro.”

"- Não importa o tempo que vai levar - disse ela. Pensou nele, nos dois juntos, no tempo de vida que já tinham compartilhado. - O que importa é o tempo que vai durar."

Definitivamente livros da Nora Roberts sempre me fazem suspirar e me deixam mais romântica. Mesmo que eu ache que as tramas as vezes contém elementos muito parecidos, como o fato de o romance geralmente acontecer de uma forma bem semelhante em vários livros,  o que deveria ser um pouco irritante, mas a autora consegue inserir características especiais em cada personagem, o que torna cada livro único e que nos faz sentirmos uma empatia imediata por vários deles, além de todo esse ambiente familiar e esse sentimento de amizade e apoio incondicional que sempre me deixa encantada.

O livro O Eterno Namorado, segundo livro da Trilogia A pousada era bastante esperado por mim, embora o que mais está me deixando ansiosa é o terceiro, pois acredito que serão os meus personagens favoritos.  Então assim que recebi a obra da Editora Arqueiro imediatamente comecei a leitura e devorei, sem parar para qualquer coisa. Li em menos de vinte e quatro horas e ao fim simplesmente queria muito mais.

No primeiro livro acompanhamos toda a construção da pousada Boonsboro, todo aquele ambiente frenético com planos e materiais de construção espalhados, e agora nessa obra encontramos a pousada finalmente pronta e prestes a ser inaugurada, e realmente, ela ficou linda e é o ambiente literário que eu mais gostaria de conhecer. A autora nos apresenta cada detalhe sem no entanto se tornar entediante por tantas descrições. Ela descreve de uma forma simples, que nos faz sentir dentro do próprio ambiente. Outro elemento que me cativou totalmente nesse segundo livro foi Elizabeth, a fantasma que aparecia na pousada durante o primeiro livro e que agora surge com mais frequência. Porém devo alertá-los de que para quem não gosta de fantasia não há problemas, Elizabeth é uma presença no local, mas não temos nada muito fantástico cercando tudo isso.

Owen fica muito intrigado com a presença dessa mulher ali e como teria sido sua vida e resolve investigar, e através de poucos fragmentos vamos conhecendo e nos comovendo com a história secundária de Elizabeth, e ficamos ansiando para saber como terminou, e junto com os irmãos ficamos dando palpites de quem teria sido ela. Além disso temos ainda bastante foco nos outros personagens, até mesmo no casal do livro anterior, Claire e Becket, o que achei maravilhoso.

Em relação ao romance também só tenho elogios. Foi um amor calmo, ponderado e lindo, um amor que foi se descobrindo e se fortalecendo aos poucos.
Como ponto negativo eu destacaria apenas meu problema de sempre com os livros da autora: a rapidez para os acontecimentos e para os romances, e apesar de esse amor ter sido calmo em seu desenvolvimento, ele aconteceu também em um espaço de tempo muito curto e acho isso um pouco surreal.

Em relação aos personagens eu adorei a personalidade de Avery. Ela é uma pessoa muito animada, agitada, que faz e refaz tudo o tempo todo e não consegue ficar parada. O ambiente onde ela convive, a pizzaria, parece ser um lugar muito bacana, mas ainda prefiro a livraria de Claire. Já Owen é um homem fascinante. Adorei a sua mania de organização e de certa maneira me identifiquei muito, pois eu gosto de organização também, embora não seja tanto. Os personagens secundários também são sempre ótimos e aqui tivemos um foco maior em Willy B, o pai de Avery que foi abandonado pela esposa e criou a filha com todo o carinho. Também cabe destaque especial para Justine, a mãe de Owen, Becket e Ryder, ela é a sogra dos sonhos!

O livro é dividido em vinte capítulos e não tem epílogo, o que me deixou bastante frustrada, além de eu ter sentido falta do primeiro capítulo do próximo livro, que geralmente é inserido no final da edição. É narrado em terceira pessoa e não encontrei erros no ebook.

Recomendo para todos os leitores que adoram um bom romance, daqueles para serem lidos embaixo das cobertas em um dia chuvoso ou em uma viagem para não vermos passar o tempo. Ressalto que apesar de esse ser o segundo livro da trilogia, não haverá problemas em lê-lo de forma independente, uma vez que ele aborda a história de um casal diferente, mas é claro que é muito válido conhecer o primeiro para curtir mais um pouco dessa família e dessa cidade

34 comentários:

  1. Olá Tamara, tudo bem?
    Eu quero muito começar a ler essa trilogia, especialmente porque gosto bastante da autora e já li vários comentários positivos acerca dessa obra. Sobre a rapidez dos acontecimentos, eu preciso concordar com você, é algo que Nora Roberts constuma fazer com frequência em suas obras. Ainda assim, diante de seus comentários, fiquei bem curiosa com relação a personalidade de cada um, assim como o desenvolvimento de modo geral na trama. Amo romances e tenho certeza que para mim será uma leitura proveitosa. Obrigada pela indicação, e como sempre, sua resenha está maravilhosa!

    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. OI!

    A Nora realmente surpreende com seus romances, e pelo que pude perceber nesse tem Q de sobrenatural, rs. Gosto muito de seus livros embora não tenha lido essa trilogia a mesma prova que o livro é tão maravilhoso pois você leu em 24hs, como conseguiu? O fato dos protagonistas serem amigos coopera para que romances flua de forma natural, pretendo começar e muito obrigada por apenas acentuar a ansiedade para eu começar a ler essa trilogia. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Eu li o primeiro livro e fiquei encantada com a história e a escrita, quero muito ler esse e sobre a história da Elizabeth. Ótima resenha, me deu ainda mais vontade de ler
    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oie...
    De todos os lançamentos da Arqueiro esse ano, O ETERNO NAMORADO foi o que despertou mais a minha curiosidade! A premissa me atraiu bastante e por isso já estou com o meu exemplar em mãos pra ler.
    Acontecimentos rápidos costumam me decepcionar, mas, mesmo assim vou fazer a leitura.

    ResponderExcluir
  5. Oi Tamara, tudo bem?
    Não conhecia essa trilogia ainda, mas lendo sua resenha fiquei bem curiosa para conhecer essa história.
    Eu amo romances e tenho muita vontade de conhecer a escrita da Nora Roberts. Também achei bem legal essa coisa da pousada, acho que dá um toque bem bacana na história.
    Espero ter oportunidade de conhecer essa história em breve.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Tamara.
    Eu também fico me sentindo mais romântica quando leio os livros da Nora, sempre fico à suspirar pelos cantos. Estou louca para ler esse livro e só estou esperando chegar, li o primeiro volume e me encantei pelos personagens e já prevejo que esse será o meu preferido <3

    ResponderExcluir
  7. Oi Tamara, nunca me interessei em ler nada da Nora Roberts e este livro aqui, também não me chamou muito a atenção. O que mais me deixou empolgada em talvez conferir o enredo, foi a personagem da Avery, fiquei curiosa em conhecer a sua animação e demais características.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oiii!

    Eu não conhecia o livro sabia? E e eu adorei! Sou fã da Nora e esse lançamento me pegou de surpresa! Gosto muito dos romances que ela cria e é impossivel não se apaixonar por seus personagens.
    Vou esperar o número de livros baixarem aqui para começar a leitura.
    Gostei da resenha!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Olá Tamara,
    Já tentei ler outra obra da autora e não deu muito certo, mas acho que não estava numa vibe bacana. Fiquei bem interessada em relação a essa leitura e me agradou demais saber que os familiares e amigos são leais e honestos, gosto disso em obras. Outro ponto que me agradou é o fato de o amor ter sido calmo e ponderado. Acredito que a autora trabalhou muito bem com essa obra e merece ser lida.
    Anotei a dica e devo lhe dizer parabéns pela resenha está incrível.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  10. Heey Tamara, tudo bom? Você mais uma vez vem aumentar minha lista de desejados, hein! hahaha Eu fiquei bem interessada nessa trilogia da Nora! E esse parece mesmo o tipo de livro para se ler debaixo das cobertas :p Eu estou lendo a serie Quarteto de Noivas, dela também, e gostando; quando terminar irei embarcar nessa trilogia e espero gostar bastante também.
    Beijooos!

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Eu adoro a Nora Roberts, mas essa série eu ainda não li. Gostei dessa presença mais constante da Elizabeth e gostaria de saber a sua história, que Owen vai procurar saber. Só por sua descrição de Avery eu já sei que vou gostar da personagem. Gostei do fato de você ter descrito o amor como calmo e ponderado, deve ser bem gostoso de acompanhar o desenrolar desse romance.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Tamara, tudo bem?
    Eu nunca li nada da Nora Roberts, mas sempre que me deparo com uma resenha eu identifico elementos comuns em todas as obras dela, gostei do fato de você ter mencionado que apesar desses elementos comuns ela consegue inserir detalhes que deixam uma trama bem diferente da outra, conferindo particularidades a cada personagem. Outro ponto que me chamou a atenção foi o fato dela descrever os detalhes da pousada sem deixar a narrativa cansativa, isso é um ponto a favor. O romance parece ser bem bonito também e é uma pena que acontece rápido demais, pois também acho surreal. Enfim, os livros da Nora parecem ser bons, pretendo dar uma chance algum dia desses. Ótima resenha!
    Beijos
    Um Rascunho a Mais

    ResponderExcluir
  13. Meninaaa,
    já já sai o terceiro livro e eu nem iniciei a trilogia ainda, ai que raiva... Sinceramente não estou dando conta de acompanhar, e com minha lista infinita que só cresce, amooo os romances da Nora e estou louca pra ler essa trilogia, até tenho os dois livros que foram publicados aqui em casa. Mesmo podendo ser lidos separados vou seguir a ordem direitinho, só porque sou muito sistemática, pena que não vou poder lê-lo tão cedo, estou atolada aqui com tanta leitura pendente.

    Abçs
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  14. Oi Tamara, ei não gosto dr romances mas quando se trata da Nora Roberts eu vou sem medo algum pois a Autora sabe conduzir suas histórias de forma leve, envolvente e não tem como não se apaixonar. Eu ainda não conhecia essa série dela e foi ótimo saber mais detalhes sobre o enredo na sua resenha. Com toda a certeza quero ler em breve .bj

    ResponderExcluir
  15. Oi. Nunca li nada da autora, sempre tive muita vontade, mas nunca comprei nenhum livro dela ou ao menos comecei a ler. Esse é mais um dela que entrou pra minha lista de leituras. Espero que eu consiga ler todos os livros dela em algum momento.

    ResponderExcluir
  16. Tamara, quando é romances surpreendentes a autora certeira é Nora Roberts, mas já vou ser direto e dizer que nunca li os livros dela. Super apoio e curto sua dica de ler em um dia chuvoso, sem contar uma boa caneca com chocolate quente. Acho que vou procurar o primeiro volume da trilogia e já comprar todos eles. Agora estou na fase de ler romances.

    ResponderExcluir
  17. Oiee

    Eu não costumo ler muitos romances mas os livros da Nora tem o dom de me cativar. Também embarco na vida dos personagens e mesmo tendo algumas coisas semelhantes entre as histórias, eu continuo a gostar muito.
    Esse ainda não li, mas já vai para a lista!
    Adorei sua resenha!

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem?

    Nora é uma das minhas autoras favoritas, ela tem uma escrita cativante e que flui fácil para o leitor. Adorei essa sua resenha, essa trilogia dela, ainda não li. Tenho 3 livros aqui dela pra ler, mas confesso que essa da Pousada me chama a atenção está e continua na lista dos desejados. :D

    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Oiiii Tamaraaaa

    Resolvi que esse ano irei ler algo da Nora, não possivél que ela seja tão perfeita em suas estórias, até comprei p livro Quarteto das Noivas pra poder apreciar. Essa estória parece realmente incrível, tras uma premissa muito boa e suas considerações me deixou bem curiosa em poder ler. Espero poder gostar tanto quanto você.

    Bjos

    ResponderExcluir
  20. Oi Tamara,

    Eu ainda não li nada da Nora, mas to bem encantada com essa série dela. Fiquei bem feliz ao ler que esse livro tem um romance cativante, porque são os meus favoritos. Adoro quando envolvem personagens da familia e mostram caráter, honestidade, assim como você citou. Fiquei beeeeeeem curiosa e como não me empolguei com Quarteto de Noivas, acho que essa série pode vir em uma hora boa.

    Parabéns pela resenha.

    bjs =)

    ResponderExcluir
  21. Oi, vou ter que confessar que eu nunca li nenhum livro da Nora... Mas não me mate, ok? Morro de curiosidade de ler e esse livro foi o que mais me interessou e me fez desejar ter ele em mãos para poder ler! Adoro romances e adorei o fato deles já terem tido algo quando crianças e agora ao crescerem depois de um beijo perceberem que nutrem sentimentos pelo outro... Acho que muitas vezes os autores não sabem aproveitar e desenvolver essa relação como deveria, então isso de você dizer que foi meio rápido me deixou triste porque acho que o romance deveria ter seu tempo para se desenvolver... Mas nada que me desanime ou me deixe com menos vontade de ler! Sua resenha me animou bastante para ler, parabéns!
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  22. Essa Owen me lembrou a Twilight Sparkle, hehehehe.

    A história me pareceu boa, estou precisando ler um livro assim bem levinho só pra desestressar mesmo, tenho lido muitas obras com temas fortes e muita violência - eu gosto, mas tem hora que é preciso mudar para não perder a fé na humanidade.

    Por isso, grato pela dica.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  23. Esse livro deve ser ótimo! Fiquei curiosa quanto à personagem Avery e uma pena a narrativa da autora ser corrida, mas gostei de saber que o romance não acontece com tanta pressa, ainda sim, fiquei curiosa para ler a obra.
    Beijos!
    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
  24. Olá, ótima resenha, mas não sei porque eu tenho uma aversão aos livros da Nora Roberts, eu já tentei ler uns cincos diferentes, mas nunca consegui prosseguir com nenhum.

    ResponderExcluir
  25. Olá!

    Nora rainha! Eu fui burra em não ter pedido esses primeiros livros à editora, não sabia o que esperar e tinha outras preferências no dia do pedido rs Mas a Nora é assim mesmo, escreve magistralmente sobre praticamente qualquer coisa. Agora vou ter que incluir esse na lista de desejados.

    ResponderExcluir
  26. Oi, tudo bem?
    Eu nunca li nada da autora, mas como ela é muito bem comentada tenho curiosidade e lendo sua resenha fiquei muito animada com esse livro. De cara ja fui conquistada por Avery, ela parece ser uma personagem muito cativante mesmo e Owen também parece ser ótimo, unindo isso acredito que iria amar o romance e suspirar horrores kkkkkk Bom, eu gostei bastante da sua resenha, deu para perceber o quanto gostou da obra e o quanto ela é bem escrita,por isso vou marcar a dica.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  27. Oie
    nunca li nada da autora apesar de ouvir muitos elogios sobre ela, não é bem um gênero que me atrai muito mas mesmo assim sua resenha está bem legal e tem um belo enredo

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Mas que resenha maravilhosa gente....nossa! Amei e com certeza vou ler devido a sua indicação é sua resenha! ☺

    Eu nunca li nada da autora e acho que é uma boa começar por essa série. Vou procurar o anterior, que vi que tem resenha é também está show e vou ler eles....

    Obrigada pela dica!

    Bjs

    ResponderExcluir
  29. Oi Tamara, tudo bem?
    Eu morro de vontade de conhecer os livros da Nora e acho que seria uma boa começar por esses, mesmo dando para ler de forma independente com certeza lerei todos em ordem. Fico feliz em ver que você continua gostando dos livros e que recomenda, com toda certeza eu vou ler uma hora dessas.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  30. Adorei a capa do livro e sua resenha me deixou bem curiosa.
    É engraçado, eu amo romances, AMO, mas nunca li nada da Nora, acredita? E sabe o que é pior? Eu tenho alguns livros dela que minha mãe comprou e até hoje nada, nem tchuin. ~.~ Preciso mudar isso...
    Bjo
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  31. Oi,
    Eu solicitei esse livro com a parceria com a editora, mas infelizmente o meu ainda não chegou.
    Eu não li o primeiro, mas já sabia que poderia ler independente e estou curiosa para conhecer essa história linda.
    Bom saber da sua frustração, pelo menos agora já sei e não vou ficar (pelo menos, espero rsrs)
    Nora é uma diva!!!
    beijos e parabéns pela resenha

    ResponderExcluir
  32. Oioi! Tudo bem?
    Adoro os livros da Nora Roberts, mas ainda nao pude comprar seu novo lançamento da Arqueiro.
    Já li otimas resenhas do primeiro livro e to vendo que o segundo está muito bom tb.
    Fiquei mais que animada de conhecer a pousada Boonsboro e os irmaos, acho que vou adorar a historia.
    Ojeito é esperar lancar tudo pra ler de uma vez hehe.
    Tb sinto falta de um epilogo as vezes, quem sabe no ultimo livro tenha mais coisas.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  33. Estou super curiosa com essa série, ainda mais depois de ler sua resenha. Sou apaixonada pelas histórias da Nora. Acho que mesmo quando ela é mais simples ela ainda consegue ser envolvente e encantadora como poucas outras autoras. Acho que se você ler algum dos romances dela mais curtos, publicados em formato de banca você vai achar ainda mais surreal a rapidez que acontece o romance. acho que esse é um dos detalhes que me incomoda um pouco, mas como sou apaixonada pela narrativa dela não é tanto incomodo, dá para entender?
    Sabe que eu nunca leio os primeiros capitulos dos próximos livros? Sempre pulo, então nunca pensei que ele pudesse fazer falta para alguém... Pena que não teve já que assim a leitura teria sido mais completa para você :)
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir
  34. Nossa, menina. Esse foi o último livro que li, terminei ainda ontem. Infelizmente eu o detestei. Só me prendeu um pouco justamente por causa dos fragmentos sobre a Lizzy, mas sabe quando a história em si do casal ir do nada a lugar nenhum? Eu senti isso. O primeiro livro tinha um pico de tensão, algo entre o casal que valia o número de páginas, mas infelizmente não encontrei a mesma coisa nesse segundo livro. Acho que o melhor ficou para o terceiro. É um casal que promete!

    Beijo!

    ResponderExcluir