16 novembro 2015

Resenha - A menina da neve





Alasca, 1920: um lugar especialmente difícil para os recém-chegados Jack e Mabel. Sem filhos, eles estão se afastando cada vez mais um do outro. Em um dos raros momentos juntos, durante a primeira nevasca da temporada, eles constroem uma criança feita de neve. Na manhã seguinte, a criança de neve some. Dias depois, eles avistam uma criança loira correndo por entre as árvores. Uma menina que parece não ser de verdade, acompanhada de uma raposa vermelha e que, de alguma formam consegue sobreviver sozinha no frio e rigoroso inverno do Alasca. Enquanto Jack e Mabel se esforçam para entender esta criança que parece saída das páginas de um conto de fadas, eles começam a amá-la como se fosse sua própria filha. No entanto, nesse lugar bonito e sombrio, as coisas raramente são como aparentam, e o que eles aprenderão sobre essa misteriosa menina irá transformar a vida de todos.

Livro: A Menina da Neve
352 páginas || Skoob || Cortesia: Editora Novo Conceito || Onde Comprar ||  











Alguns acontecimentos são tão extraordinários que parecem um sonho distante que refletem nossos desejos mais íntimos.  Quando surgem não se consegue saber se é apenas uma invenção da mente, magia ou realidade. São como momentos mágicos que nos fazem flutuar, sentir-se leve, sentir toda a felicidade contida no mundo em um único espaço.  Sonhar é desejar intensamente e conseguir realizar, mesmo que de uma maneira diferente do imaginado. Sonhar é descobrir novamente um sorriso infantil e um amor, há muito coberto pela densa neve.

"Mabel estava há alguns metros do terreno seguro quando se permitiu parar e espiar entre as botas. Era como caminhar sobre vidro. Ela podia ver pedras de granito sob a água azul-turquesa em movimento. Uma folha amarelada passou flutuando e ela se imaginou sendo levada também e olhando para cima de maneira breve, através do gelo inacreditavelmente claro. Antes que a água enchesse seus pulmões, será que ela seria capaz de ver o céu?"

Jack e Mabel são um casal de meia idade que sempre tiveram um único desejo: ter um filho. Porém, a medida que o tempo passa e isso parece irrealizável, eles começam a recolher-se e logo tomam a decisão de mudar para o Alasca em busca de um pouco de paz e silêncio e para ficar longe das pressões familiares para que tenham logo uma criança.

Chegando lá, descobrem que nem tudo é tão bom quanto parece. O Alasca é um lugar belo e bom de se viver, mas o inverno frio e brutal também trás muitas dificuldades financeiras e o silêncio trás consigo pensamentos aterradores.

"Ao se aproximar das árvores e espiar em meio aos galhos nevados, ela ficou paralisada ao ver a criança a apenas uns cem metros dali. A menina estava agachada, de costas para Mabel, cabelos loiros quase brancos caindo sobre o casaco azul de lã. Pensando se deveria chamá-la, Mabel pigarreou e o som assustou a menina. Ela se levantou, pegou um saquinho na neve e saiu correndo. Ao desaparecer depois de dar a volta num enorme abeto, ela olhou para trás e Mabel viu seus olhos azuis brilhantes e seu rostinho pequeno. Ela não tinha mais de oito ou nove anos."

Quando começa a cair a primeira neve do inverno, Mabel sente uma felicidade que não encontrava a muito tempo. Saindo para a neve, logo convence o marido a construir um boneco, mais especificamente uma menininha de neve. Para dar mais credibilidade a tudo, ela coloca sob a menininha luvas e um cachecol.

No dia seguinte, ao acordar, Jack pensa estar delirando. A menininha construída no dia anterior desapareceu, e em seu lugar há apenas um montinho de neve. E na floresta, ao longe, ele avista uma menininha loira correndo, alguém de carne e osso, e além de tudo usando as luvas e o cachecol que a esposa colocara na menina de neve no dia anterior.

"Jack com cuidado seguiu as pegadas dela ravina acima e depois elas desapareceram numa colina recoberta de neve. Não fazia sentido, mas era o que ele via - as pegadas dela não continuavam colina acima ou ao longo do rio; elas margeavam a montanha. Então ele notou o que parecia uma portinha instalada na colina, sob um domo arredondado de neve. Jack se agachou atrás de uma pedra, um suor frio na nuca. Ele podia ir até a portinha e chamar a menina, mas não o fez. O que esperava encontrar? Um monstro de contos de fadas que mantém menininhas cativas numa caverna? Uma bruxa risonha? Ou nada, nenhuma criança ou pegadas ou porta, apenas a insanidade exposta à neve intocada? Talvez fosse isso o que ele mais temia, que descobrisse ter seguido nada além de uma ilusão."

Conforme o tempo passa, a menina começa a aparecer mais vezes e Jack e Mabel encontram-se em meio a um imenso mistério sem que as pessoas que os cercam acreditem na existência da menininha. Além disso, Mabel logo lembra de um livro que fez parte da sua infância, com a história de um casal que queria um filho e criaram um boneco de neve, que se transformou em uma criança de verdade.

Com o livro em mãos, algumas coisas começam a se encaixar, e outras ficam ainda mais confusas.

Seria tudo aquilo uma maluca realidade, insanidade causada por aquele lugar remoto ou algo a mais, além de qualquer explicação?

"Não era necessário entender os milagres para acreditar neles, e na verdade Mabel chegou a suspeitar do oposto. Para acreditar talvez você tenha de parar de procurar explicações e segurar a coisinha em sua mão o máximo possível antes que ela escorresse feito água entre seus dedos."



[-Minhas Impressões-]

Eis aí um livro muito diferente de qualquer leitura que eu já tenha feito e que no entanto me deixou fascinada. A menina da neve é uma história sem grandes impactos, mas são os pequenos detalhes que conseguem fazer com que não consigamos largar o livro. Mereceu certamente cinco estrelas, mas só consegui ter essa certeza no fim do livro, uma vez que ao decorrer da história surge uma ansiedade para saber o desfecho e também um certo medo de como serão resolvidos todos os dilemas.

Não vejo pontos negativos a destacar, mas  talvez algo que tenha sido desnecessário foi o livro com o conto de fadas da infância de Mabel que surgiu, e tudo o que ocorre na vida dela, Jack e a menina de neve é como uma recriação daquela história. Penso que poderia apenas ter acontecido tudo, sem qualquer livro para influenciar.

O que mais me chamou atenção foi a paisagem onde tudo foi criado. O Alasca passou a impressão de ser um lugar totalmente frio e imenso, aquele tipo de lugar que gera uma enorme solidão, ao menos foi o que senti, já que lá naquela época as casas ficavam muito distantes umas das outras e passavam-se semanas até os vizinhos se encontrarem.

O desejo do casal de ter um filho também é tocante, e em diversos momentos consegui sentir a dor deles de algo que faltava, mesmo em meio há tanto amor existente, ainda que este por vezes se perdesse em meio a tanto sofrimento. Com essa história consegui mergulhar nos sentimentos dos personagens e caminhar na neve ao lado deles.

Os personagens, Jack e Mabel são cativantes. Ela uma mulher cheia de alegria que por muito tempo ficou escondida embaixo de uma casca de dor e ressentimento. Ele, um homem calado que sente tudo de forma intensa. Mas a personagem que mais adorei foi Esther, uma vizinha que passa a ter uma participação na vida do casal junto com George, seu marido, e os filhos. E há ainda a menina da neve, uma criaturinha que eu esperava que fosse mais meiga e que não me transmitia tanta confiança, mas é alguém por quem se cria muito afeto mesmo não se sabendo se ela é real.

O livro possui 54 capítulos e um epílogo, e acredito que não poderia ter um fim mais adequado para ele. O título, A menina da neve, tem um tom fantástico e acabou se tornando bastante adequado.
Ao fechar a última página dessa história, me peguei não sabendo se tudo era sonho ou realidade, e acredito que essa foi a intenção mais forte da autora.

Recomendo para todos que gostam de uma bela história com perdas, ganhos e amor. Uma história cheia de sonhos e magia.

43 comentários:

  1. Oi Tamara
    Acabei de ler este livro ontem e realmente me encantei com a história.
    Concordo com você, não vi pontos negativos e confesso que me emocionei em várias partes.
    Fiquei curiosa para ler o conto original.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também queria saber sobre o conto original, será que ele existe mesmo?

      Excluir
  2. Sabe, a sinopse do livro não me chamou tanto a atenção, mas a mefida que vou lendo as resenhas estou começando a dar mais atenção ao livro, parece ser uma história bem bonita.

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Ola Tamara essa capa me conquistou menina, linda demais e fofa, eu imagino a dor desse casal e devem criar esperanças ainda mais com relação ao livro de transformar o boneco em alguém de verdade. Fiquei curiosa com esse desfecho que mereceu 05 estrelas e com a descrição do cenário. Vou ler com certeza. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que você se interessou, espero que tenha uma boa leitura.

      Excluir
  4. Oiii tudo bem?
    Nossa eu adorei a premissa do livro, fiquei bem curiosa com tudo. E louca para saber o final, parabéns pela resenha, está ótima.

    Beijinhos
    Kah Fernandes
    Booksandcarpediem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz em saber que gostou da resenha. Caso resolva ler espero que goste.

      Excluir
  5. Ah! Leio resenhas tão positivas quanto a esse livro que me sinto cada dia mais tentada a lê-lo!
    Adoro frio, mesmo o Alasca parecendo tão triste, frio e inóspito nos anos 20 como disse. A época em que se passa também é um ponto que eu curto muito, tudo isso unido as suas considerações já fizeram o livro ir para a lista de desejos...

    PS - Essa capa é muito fofa, outro motivo pra eu querer ler. ♥

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adoro essa época e o 1920 na sinopse foi o que mais me conquistou, eeee.

      Excluir
  6. Parece ótimo. Adorei a resenha. Já quero ler.
    Beijos ♥
    Blog | FanPage | Instagram | YouTube 

    ResponderExcluir
  7. Olá!

    Esse livro está na minha lista desde o lançamento. Sua resenha me deixou com cada vez mais vontade de ler. Mas, até onde fiquei sabendo, esse livro é baseado em um conto de fadas russo, então pode ser que ele não seja tão desnecessário assim.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim baseado no conto, mas achei que poderia dar mais impacto se as coisas seguissem um curso natural e não tudo que estava previsto no conto. Espero que goste da leitura.

      Excluir
  8. Olá Tamara, tudo bem?
    Adorei a sua resenha, achei ela linda demais. Inicialmente não tinha me interessado pelo livro, pela capa, achei que fosse ser algo mais fantástico, mas me enganei no decorrer da leitura da resenha. Nossa achei a premissa muito boa e fiquei curiosa sobre a menininha de neve que virou de verdade... que mistério ela carregava? Será que a vontade que o casal de ter filho sobrepôs o sobrenatural?
    Adorei conhecer um pouco da história pela sua opinião... resenhas bem escritas e na medida certa, tendem a me encantar demais. Parabéns. Xero!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/2015/11/resenha-197-filha-da-floresta-juliet.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo elogio, DDiana, fico super feliz em saber que você gostou da resenha. Eu também imaginava que fosse ter mais coisas sobrenaturais, mas elas estão na medida certa. Espero que você goste.

      Excluir
  9. Oiie Ta, tudo bem?

    Menina, não vejo a hora de comprar esse livro, estou doida para ler. Adoro histórias que contém perdas, desejos, sonhos, magias sabe? E essa capa? Quando vi a primeira vez fiquei loucamente apaixonada. Estou esperando a BF para vê se consigo comprar. Adorei a resenha, e a sua sinceridade quanto o seu ponto de vista.

    Beeijos

    Amantes da Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie tefa, espero que aproveite a leitura, e torço para que tenha conseguido comprar na Black friday

      Excluir
  10. Meniiiiina, eu quase chorei quando vi que tinha perdido a data de solicitar esse livro T^T Parecia tão bom, e pela sua resenha, vejo que eu iria gostar. Mas... é a vida rsrs Adorei o post. bjs

    Sonhos em Tinta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem sabe você consegue depois, ee, é ótimo, vale a pena.

      Excluir
  11. O livro é fofo desde a capa <3
    Concordo quando diz que o conto citado dentro da história se torna desnecessário mas ainda assim gostaria muito de ler.

    Já salvei aqui. :)

    Um beijo!
    Adriana.
    www.cronicasemeira.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oie, tudo bem?
    Adorei a resenha e a premissa do livro, já vinha querendo lê-lo há algum tempo, agora tenho mais certeza ainda. Sinto que vou me emocionar muito lendo!
    http://www.leituradascinco.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oie, fico feliz que te interessou, espero que goste da leitura.

      Excluir
  13. Oi!!!
    A história me lembrou um filme que assisti não tem muito tempo, sendo que era um menino. Parece ser uma leitura tranquila e gostosa de ler.
    Parabéns pela resenha.

    Beijos Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  14. Olá.
    Tamara, tudo bom?
    Estou com esse livro aqui para ler e será um dos próximos, mas que após sua resenha, fixa a certeza de que irei gostar da história, ainda mais que você deixou a dúvida da menina ser de verdade ou fruto da imaginação do casal.
    Amei a resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico bem feliz que gostou da resenha e espero que goste igualmente da leitura.

      Excluir
  15. Oii!

    Primeira resenha que leio para esse livro e já queria faz um tempo. Acho que essa história parece ser bem sensivel e bonita - pelo seu relato - gostei desse sentimento de saber que parecia tudo como um sonho. Acho que senti isso poucas vezes e sempre foi especial.
    Gostei do seu relato :)


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, que bom saber que a história interessou você. espero que aproveite bastante o livro.

      Excluir
  16. Olá!
    Eu acho que esse livro é meio fantasia misturado com drama. A história parece ser bem emocionante. Na minha visão a Mabel se apega a menina por causa da perda que ela tive, é um escape para o seu sofrimento.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, mabel queria recuperar o que perdeu e quando surgiu uma oportunidade ela quis agarrar com todas as forças. não posso comentar mais para não dar spoilers, mas de certa forma essa perda realmente é suprida.

      Excluir
  17. Olá Silvana, esse livro parece ser muito bom, pelas suas impressões da para ver que é de uma doçura e sensibilidade imensa, vou com certeza procurar para ler, pois adoro livros com histórias assim. Beijos.

    Giuliana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não foi resenhado pela silvana e sim por mim, eee, mas espero que você goste da leitura, que bom que gostou da resenha.

      Excluir
  18. Ooi,
    Eu já tinha lido algumas outras resenhas desse livro mas essa foi a primeira que me fez realmente querer conhecer melhor a história. Coloquei aqui na minha lista de desejados.
    Vitória Zavattieri
    Corujas de Biblioteca

    ResponderExcluir
  19. Olá,

    O que me chamou a atenção para este livro foi a capa, mas a sinopse me deixou meio receosa, e a cada resenha que leio vou ficando mais confusa, sobre ler ou não, cada um tem uma opinião diferente sobre este livro. Mas espero poder ler para poder tirar minhas próprias conclusões. Parabéns, pela resenha, gostei do tom poético que ficou no primeiro parágrafo.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Costumo usar as reflexões no início de cada resenha, obrigada, que bom que gostou. e ainda não vi nenhuma opinião negativa. Espero que goste.

      Excluir
  20. Olá!
    Primeiramente, adorei a resenha!
    Desde que vi esse lançamento, pensei que seria uma história de ganhos, perda e amor. É muito difícil quando desejamos desenfreadamente alguma coisa, não conseguirmos. Gostei muito do seu ponto de vista sobre os personagens e, tenho quase certeza, que amarei muito esse livro.
    A Menina da Neve parece ser uma história marcante e envolvente. Espero ter a oportunidade de ler em breve.
    Beijos
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei saber que você curtiu a resenha. Espero que a leitura funcione para você.

      Excluir
  21. Oii,

    Acredita que estou com esse livro, na minha estante para ler??? Mas li um pouco da amostra que a NC mandou, e achei tudo bem chatinho. Mas com certeza vou ler, para saber se tudo é chatinho mesmo ou se é só no começo. Mas como você deu cinco estrelas, vou dar uma oportunidade para ele!!! :D

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena que você achou o começo chato. Teve uma parte no meio que não achei que iria fluir, mas depois fluiu e mereceu as cinco estrelas. espero que goste.

      Excluir
  22. Oii,
    Acredita que esse livro está na minha estante de livros para ler??? Mas eu cheguei a ler o comecinho pela amostra enviada pela NC e eu achei ele bem chatinho. Mas vou ler ele para ver se vou gostar, e fiquei até empolgada pelas cinco estrelas... rsrsrsrs.

    Beijos

    ResponderExcluir