27 outubro 2015

Resenha - Vandré - O Homem que Disse Não





Quem foi Geraldo Vandré? Por que ele se tornou amado pelo público e odiado pelos militares na ditadura? Por que sua canção se tornou um hino - Para não dizer que não falei das flores – Caminhando - jamais esquecida durante décadas? O que aconteceu com ele no exílio e depois que retornou ao Brasil? Gênio? Louco, por causa das torturas?
Nesta biografia emocionante, crucial e NÃO AUTORIZADA, Jorge Fernando dos Santos conta a história da vida e da obra deste artista que se tornou ícone da canção brasileira no auge dos "anos de chumbo", mas acabou se afastando dos palcos, para a perplexidade dos fãs.





Livro: Vandré - O Homem que Disse Não
312 páginas || Skoob || Cortesia: Editora Geração || Onde Comprar



"Penso que ninguém é dono da própria história. Todo acontecimento permite várias interpretações. Por isso uma vida pode merecer diferentes abordagens, pois toda pesquisa biográfica resulta numa espécie de quebra-cabeça no qual sempre faltam algumas peças."







Geraldo Vandré hoje é um homem recluso, longe dos holofotes e que geralmente se recusa a dar entrevistas. Provavelmente você não o conhece, mas possivelmente já escutou uma de suas músicas de mais sucesso: Para Não Dizer que Não Falei das Flores (Caminhando), que se tornou um hino na década de 60 e se enraizou nos corações naqueles que eram contra a política da época.

Com o sucesso e amor do público pela letra marcante veio também o ódio dos militares para com ele.

Por causa de sua canção, Vandré foi obrigado a deixar o país e viver em exílio. Sua estrada longe do país é marcada por mistérios e até hoje ninguém sabe o que realmente aconteceu. O que sabemos é o seguinte: Vandré nunca mais foi o mesmo.

O homem que desafiou as autoridades e colocou o Brasil todo para cantar e pensar hoje já não canta mais. Assim que voltou ao nosso país, logo deixou a música de lado e começou a trabalhar apenas como advogado; evitando sempre falar sobre o que lhe aconteceu.

Perseguições e possíveis torturas podem ter lhe causado danos psicológicos graves, mas ainda hoje nada é certo.

O que aconteceu com Vandré? Ou melhor: quem realmente foi Geraldo Vandré? O que ele fez, como ele era e o que se tornou? Nessa biografia não autorizada escrita pelo jornalista Jorge Fernando dos Santos, iremos conhecer vida e obra - além de fatos marcantes da década de 60 e 70 para a música popular brasileira, crises, mortes e protestos - de um homem esquecido por muitos, mas cuja caminhada ainda dá o que falar.


Com uma história repleta de mitos e boatos, Vandré é uma lenda da música brasileira.

Foi contra a ditadura e ganhou muitos corações. Foi odiado e exilado, se calando desde então.

Amado ou odiado, Geraldo Vandré teve seu brilho, fez seu show e foi aplaudido de pé. Sua canção virou o hino de uma geração e toda polêmica que o envolve ainda causa burburinho e até descrença. Deu apenas uma entrevista depois de 36 anos de silêncio, para o Globo News em 2010.

Nem só de Vandré é formada essa biografia. O autor se atem muito a detalhes históricos que marcaram o Brasil nesse período. São muitas as citações sobre outros cantores de sucesso da época também, e que tiveram igual impacto para aquela geração.

Apesar de por vezes ter sido cansativo, Jorge Fernando mantém o mesmo ritmo do começo ao fim. Foram muitos os trechos que me fizeram pensar "agora podemos voltar ao que interessa?", mas isso não diminui o 'peso' da obra nem o que ela tem a oferecer. Apenas acredito que alguns fatos poderiam ter sido retirados. É legal saber sobre a história do nosso país? Sem sombras de dúvida. Mas quando estava tão envolvida em saber mais sobre aquela figura, tais fatos acabaram por diminuir meu ritmo de leitura. Mas o autor se justifica no livro: "A extensa contextualização se justifica, uma vez que a trajetória do cantor e compositor se confunde com os episódios históricos da sua época."

Quando solicitei o livro para resenha eu conhecia apenas a música de Vandré e exatamente nada sobre sua vida particular ou sua história, mas nutri certa curiosidade em saber mais sobre ele de forma mais "limpa" e filtrada, longe de todas as mentiras e "aumentos" que a internet proporciona junto com a informação dada.


Um trecho de Para Não Dizer que Não Falei das Flores:

''Pelos campos há fome em grandes plantações'
Pelas ruas marchando indecisos cordões
Ainda fazem da flor seu mais forte refrão
E acreditam nas flores vencendo o canhão"



Toda minha curiosidade à respeito do artista foi saciada com este livro. É uma biografia completa, cheia de informações das mais relevantes em meio a muitos fatos históricos. Vandré não é um ídolo meu, nem passei a gostar mais ou menos dele depois da leitura. Tive muitas de minhas perguntas respondidas pela pesquisa precisa e conteudista do jornalista Jorge Fernando dos Santos.

A leitura se tornou ainda mais "precisa" dada a quantidade de imagens e à organização exemplar do livro. Todo o conteúdo está em seu devido lugar e o autor se preocupou em deixar tudo explicado, onde, como e porquês. Ainda no final do livro contamos com Fontes de Consulta, para que o leitor possa fazer as próprias pesquisas, se assim desejar.

A Geração, como sempre, caprichou lindamente na edição. E apesar das páginas serem brancas, são de ótima qualidade; e as páginas como essa ao lado, com imagens, são em papel "revista".

Para os curiosos a respeito da vida e obra do cantor e compositor, é desse livro que vocês precisam! :)

25 comentários:

  1. Olá, Gaby.
    Eu ia dizer que não conhecia a musica, porque não sou muito de ouvir musicas, mas fui pesquisar e conheço ela sim hehe. Mas infelizmente eu não leria esse livro porque não gosto do gênero. Mas vou indicar para uma amiga que sei que ama. E a edição pelo jeito está linda.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia esse homem, mas gostei de conhecer um pouco mais da história dele.
    Adoro biografias e essa parece ter um cunho histórico forte.
    Amei as fotos.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  3. Nunca fui de ler muitas biografias,só li 2 livros e gostei.
    Dependendo da história de vida do autor, eu leio, hehe
    Achei interessante a história do cantor, adorei que o livro também fala sobre a Ditadura.
    Acho que leria esse livro sem problemas!

    Ótima resenha, beijinhos♥
    http://apaixonadaporleiturass.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Gaby
    Pensei que ele já havia morrido hahhaha
    Apesar de ser interessada sobre o que aconteceu na ditadura militar, não curto muito biografias. Por isso, eu passo esse livro. Mas, sua resenha está muito boa.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  5. A minha curiosidade a respeito do Vandré não foi saciada com esse livro não... rs... achei que ele foi muito focado na história da época e até da música, e sim, também achei a leitura cansativa em alguns momentos... na verdade, minha expectativa era de algo completamente diferente, mas entendo que pelo Geraldo ter optado pela reclusão fica difícil desvendar seu passado.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  6. Oi Gaby!
    Biografia não é o meu gênero favorito... já li algumas para conhecer, mas nunca consegui ir até o final. Elas simplesmente não me conquistam...
    Sua resenha está ótima, e é uma pena que não tenha dado as cinco estrelas na nota. E temos que agradecer a editora, pois está publicando ótimas biografias.
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  7. Olááá!
    Nossa... essa biografia parece ser muito boa... admiro muito os artistas que deram praticamente suas vidas, defendendo seus ideais...
    Esse período histórico do nosso país foi muito delicado e acho que temas assim devam estar sempre em discussão.
    Parabéns pelo post! Com certeza, vou ler o livro!
    Beijinhos,
    Alexandra
    http://thebestwordsbr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Gabi
    simplesmente amo biografias e essa desde que vi que seria lançada estou querendo muito ler.
    Eu conheci a música há uns anos em uma novela sobre a ditadura militar, e acho ela linda.
    Estou muito, muito ansiosa para ler esse livro. E adorei sua resenha, escreveu-a muito bem.

    ResponderExcluir
  9. Olá Gabrielly,
    Devo confessar que não conhecia o Vandré até ler uma resenha uns dias atrás.
    Gostei bastante da sua opinião e esse é um livro que leria em algum momento da minha vida que não esse. Biografia é um gênero que gosto de ler, mas pouco e lentamente.
    Acho que a edição está linda.
    Beijos
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  10. Oieeee. Geralmente biografias tendem a ser um pouco cansativas porque falam de uma forma mais densa e isso vai atrasando mais o leitor, parece que as páginas não passam. Pelo menos eu sinto isso. Mesmo com gravuras eu não sei se leria. Acho que é um absurdo um país viver uma ditadura mas acredito que a história precise de algo para ter como exemplo para não passar mais por aquilo.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  11. Oláá
    Sua resenha está ótima,mas não é um livro que elria, pois não chama minha atenção e não é meu gênero favorito.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Ahh Eu tenho problemas com biografias...
    Tenho curiosidade de ler algumas, mas de pessoas que eu realmente ache importantes. Como o Mandela, por exemplo. Martin Luther King e tal. Sou bem chata em relação a isso, por isso passo longe das bios.
    Então, não leria essa história, muito menos pelo que vi do enredo e tal.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  13. Ola Gaby a premissa do livro não prendeu minha atenção, pode ser por eu estar em um momento de romance as biografias não se encaixam agora. Para os fãs do gênero devem gostar ainda mais com belas fotografias. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  14. Eu achava que ele tinha morrido, sério. Embora grande parte da população saiba de artistas que sofreram repressão na época da ditadura militar, pouco se sabe sobre este período de exílio, até aqueles que ao contrario do Vandré, permaneceram expressando sua arte. Eu particularmente questiono biografias não autorizadas, embora já tenha lido várias e gosto do gênero. As suas fotos da diagramação do livro ficaram ótimas e deu curiosidade!!!
    meuamorpeloslivros.blogspot.com.br
    beijos

    ResponderExcluir
  15. oie, não sou muito de ler biografias, mas a vida desse cara me chamou muito atenção de certa forma fiquei curiosa pra saber o que aconteceu com ele, fiquei encantada em saber que ele fazia isso tudo atráves de canções de certa forma gostaria de ler sua biografia e entender mas sobre tempo em que ele viveu.

    ResponderExcluir
  16. Oi,

    Realmente eu não conhecia ele, mas pela sua resenha a historia parece ser bem interessante, embora não curtindo muito livros biográficos ou históricos, essa musica me chamou atenção depois vou tentar ouvir ela :D

    Ps: adorei ele ter ilustrações!

    http://perdidoemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi amada!!
    Essa bio parece estar muito bem caprichada, muito bonita a edição, sou bem chata com o estilo, é bem difícil a biografia que leio e realmente me apaixono, é bem mais fácil se encantar com a ficção, pelo menos para mim, no caro da realidade é mais admiração que foi o caso quando li a bio do Mandela por exemplo!
    Dica anotada e parabéns pela resenha!
    Beijos
    Paulinha - Overdose
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2015/10/semanaproibido-editoravalentina_38.html

    ResponderExcluir
  18. Oi, flor!
    Esse é o momento no qual me envergonho em dizer que não conheço Vandré nem nunca ouvi falar. Que tristeza! D: Mas achei a sua resenha muito interessante, porque retrata claramente como a censura e a opressão provocaram vítimas irreversíveis na nossa história. Uma pena que Vandré tenha abandonado a música. Acho que uma das maiores sequelas da ditadura certamente foi o número de vidas destruídas.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Oiee.
    Vi a respeito desta obra, porém como não faz muito meu estilo de leitura deixei para lé. Sua resenha está muito bem feita e me mostrou um outro lado da obra, mas ainda assim não lerei a trama.

    Beijos da Fê
    As Catarina´s

    ResponderExcluir
  20. Olá,
    Ta aí um livro que eu super leria, adoro biografias e a do Geraldo Vandré me parece ser muito boa, gosto muito do artista, mesmo ele não estando mais nos palcos, por conta de tudo o que a música dele representou na ditadura. O livro em si parece lindissimo, adorei as imagens. Bjus!!!
    http://lendoaestante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Achei que era a única que não conhecia Vandré, mas percebi pelos comentários aqui que não, hahahaha. Mesmo que eu conhecesse não sei se leria a obra, não sou muito fã de biografias. Mas para quem curte tanto o gênero, quando este homem, será uma leitura e tanto!
    www.apenasumvicio.com
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  22. Olá

    Já vi resenhas desse livro e apesar de não conhecer ele direito, acho importante a leitura desse livro,porque ele aborda um período da história brasileira que é muito triste e que por exemplo quem nasceu da década de 90 pra cá o pouco que sabe sobre a ditadura é o que é passado nas escolas, adorei a resenha.

    Bjss

    ResponderExcluir
  23. Olá. Gaby, tudo bem??
    Sinceramente não faço a menor ideia de quem é esse cantor e nem conheço a sua música... li uma outra resenha desse livro em outro blog e foi a mesma sensação de desconhecimento... eu não curto livros biográficos... acho bem cansativos para falar a verdade e ainda mais quando é um artista de quem eu nunca ouvi falar rs.... de verdade não me lembro dele.... mas se a leitura tirou as suas dúvidas e saciou a sua curiosidade é o que importa... Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Olá. Eu amo biografias mas apenas quando conheço a história ou sobre a pessoa e este acho eu nem sei quem é esse homem não, mesmo sendo interessante, não me senti curiosa de ler este livro. Realmente não faz o meu estilo de leitura.
    Beijos e sucesso.

    ResponderExcluir
  25. Oi!
    Sinceramente dizendo não conheço o Vandré e nem a música dele hahahaha.
    Achei o formato desse biografia bem diferente, e se conhecesse mais ele com certeza teria interesse em ler

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir