25 outubro 2015

Resenha - A Ordem





O ano é 1666 e a Europa está sendo varrida por uma onda de desgraças: a guerra, a fome e a peste assolam diversos territórios. Algumas pessoas acreditam que tantos males são causados por forças sombrias e malignas e que bruxas e demônios não são apenas fantasia.
Por isso, ordens de caçadores de bruxas são criadas. E o jovem Jakob sonha em se juntar à tropa de elite e lutar batalhas épicas, como fez seu pai, que ele nunca conheceu. Mas logo Jakob vai descobrir que lutar contra o mal é bem mais difícil e assustador do que ele imagina.
Embora ainda seja apenas um aprendiz, a primeira missão de Jakob é acompanhar os mais experientes integrantes da ordem a um castelo abandonado. Eles devem resgatar uma relíquia bíblica uma das trombetas usadas para destruir a cidade de Jericó , um artefato divino, capaz de liquidar qualquer criatura maligna.
A tarefa, porém, não será fácil. No castelo, poderosas bruxas, surpresas inesperadas e inimigos mortais podem derrotar tanto caçadores acostumados a ver o mal sem disfarces quanto um jovem corajoso, porém inexperiente, como Jakob. Será ele capaz de cumprir sua primeira missão?
Este é apenas o começo de uma aventura de tirar o fôlego! Descubra A ordem secreta!

Livro: A Ordem Vl.1
208 páginas || Skoob || Cortesia: Editora Fundamento || OndeComprar


"Posso fracassar nessa empreitada e quebrar a cara. Mas me amaldiçoarei se desistir antes de dar o melhor de mim..."







Jakob é o mais novo membro que já ingressou na ordem e isso lhe custa cada gota de sua paciência e persistência, não é fácil andar com os mais experientes membros da ordem mais lendária da Europa sendo você o mais novo, pois segundo eles a ordem não é berçário, queria ele poder mostrar o que o "bebê" sabe fazer.

Contudo ele está determinado a ter sucesso nessa missão, mesmo que ela pareça impossível e mesmo que os irmão o tratem pior do que aos cavalos, ele vai provar seu valor como aprendiz e voltar para casa em glória e pronto para ser um irmão.

Porém ir atrás de uma das relíquias bíblicas mais poderosa num castelo aparentemente abandonado não será tão simples quanto parece, o caminho reserva muitos espaços para os seres malignos e as bruxas farão tudo que está ao alcance delas para derramar o sangue dos irmãos e impedir que a ordem pegue uma das trombeta usadas na destruição de Jericó, pois assim que o fizerem os seres das trevas estão fadados a morte e destruição.

O livro, fininho, é narrado em primeira pessoa por Jakob e passa em sua maior parte do tempo sendo um monólogo gigante onde Jakob nos conta o que está acontecendo e nos contextualiza em seu mundo cheio de dogmas católicos, bruxas, demônios e muitas lutas de homens mal humorados.

Devo já deixar aqui claro que esse não é muito meu tipo de livro, pois apesar de eu amar aventuras, e muito sangue de vez em quando - tipo quando estou lendo Game of Thrones -, não é o tipo de livro que eu leia sempre, e também é um gênero que tem que ter determinadas características presentes para me interessar e cativar.

E okay, Jokob tem suas doses de brilhantismo e ironia que deixaram a leitura bem mais tranquila, porém eu senti falta de romance neste livro, e de mais falas, há capítulos que são quase todos de pensamento e narrações do protagonista.

Mas isso não é negativo para todos, acho inclusive que muitos meninos vão adorar esse tipo de leitura, tem muita ação, batalhas e muitos homens matando bruxas que parecem demônios, fãs de RPG's como The Walking Dead, God of war podem gostar bastante desse livro e todos os fãs de filmes como João e Maria, Caçador de Bruxas e outros nessa linha meio medieval/guerra santa.

Contudo, se você é uma grande fã de romance, não curte tanto derramamento de sangue e adora boas conversas, eu não recomendo a leitura, nem para arriscar, pois é bem diferente e você pode acabar decepcionado e sair criticando o livro, mas a culpa não é dele por não ser o seu tipo de livro. E parabéns para a Fundamento pelo trabalho impecável na edição, está lindíssimo o livro - Como sempre!!! -



24 comentários:

  1. Nossa, adorei a sua resenha.
    Gosto de arriscar e ler outros tipos de gêneros.
    Com certeza vou ler!

    Beijos, adoro seu blog♥

    http://apaixonadaporleiturass.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie, Agatha.
    Apesar de você não ter gostado tanto eu acho que esse livro faz bastante meu estilo, embora provavelmente sentirei uma falta de romance também.
    Ainda não tinha ouvido falar e adorei o enredo.
    Espero poder ler em breve, pena que ainda não tem ebook dele.
    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/10/resenha-para-continuar.html

    ResponderExcluir
  3. Oi Agatha!
    Nada contra o livro não tem romance, mas acredito que ficaria frustrada com a leitura quando encarasse esses capítulos apenas com as divagações do protagonista. Simplesmente eu fico com sono ahahah
    Sério, a história tem que ter algo a mais para me prender, e só os pensamentos do personagem não me convencem ahaha
    Mas gostei da dica, e vou indicar para algumas pessoas ;)
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  4. Oiee.
    Olha, vou ser sincera, livros que parecem um monologo não é muito comigo. Li um assim uma vez e desisti no meio, se a narrativa não for interessante, não vai para frente :(

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  5. Olá, eu não conhecia o livro e pela sinopse eu não fiquei interessada em ler, depois que vi a sua resenha eu posso dizer que não é o estilo que me agrada, a história até parece ser boa para quem gosta do gênero mas eu não me arrisco a ler, sua resenha ficou ótima e soube mostrar todos os pontos do livro. Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, Agatha!
    Livros cheios de monólogos não são minha praia. É uma pena porque curti muito a premissa da história.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  7. Oie, Agatha!
    Eu preciso dizer que amei esse mapa e a diagramação muito linda com esses arabescos?! Pois é. Eu gostei demais!! Amo ficar olhando a diagramação, a fonte, o espaçamento e essas coisas ahah. Coisa de gente meio anormal. Eu gosto desse gênero literário, matança às vezes, muita ação, medieval e tals. Já li um livro parecido com o que descreveu sobre ser um monólogo, tipo, tinha zero diálogos, o autor só mencionava o que os personagens diziam, não tinha a pausa do travessão para introduzir a fala. O livro foi: Cem Anos de Solidão. A priori eu achei estranho o jeito que o livro trazia as estórias, não era linear e era um pouco complexo.
    Enfim, eu gostei da proposta do livro, logo quando vi 1666 na sinopse corri para ler de uma vez a sua resenha.
    Quero conferir essa obra. Achei a capa muito atrativa!!
    Beijin...
    http://piecesofalanagabriela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito da premissa do livro, o período me atrai, a história como um todo também me atrai muito. Apesar do monólogo, que não sou muito fã, daria uma chance à leitura.
    Bjim!

    Tammy
    Livreando | Facebook

    ResponderExcluir
  9. Olá Agatha,
    Como boa fã de romance e diálogos, acho que esse não é o livro pra mim.
    A premissa é bastante bacana, mas, sabe quando parece faltar algo? Gostei bastante da sua resenha, bem sincera, mas não pretendo/quero ler.
    Beijos
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Eu não conhecia esse livro, mas amei a capa! Eu amo romances, mas também gosto de uma boa sangrenta, então acho que eu ia gostar de Ordem! Ótima resenha!

    Beijos!
    Visite o Mademoiselle Loves Books

    ResponderExcluir
  11. Oi, Agatha!
    Gostei da sua opinião. Embora o livro não a tenha agradado inteiramente, achei legal você mencionar que pode não ser o seu público adequado. Eu acho que, pelo visto, essa é uma obra bacana para leitores jovens e homens. A capa é bela e a narrativa sem muitas falas não me deixaria menos interessada.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oláá
    Não é um livro que chama minha atenção ou que curta o gênero mas parece ser uma leitura bem legal para quem gosta desse tipo haha ótima resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Agatha!!

    Só de ler sua resenha e logo no ínicio mesmo eu já percebi que não é meu estilo de livro. Então não leria..
    Parabéns pela resenha sincera! Adoro isso!

    Beijos Mila
    Daily of Books

    ResponderExcluir
  14. Oi Agatha, sua linda, tudo bem
    Que pena, no início da sua resenha, eu já estava super empolgada, pois o livro tinha tudo o que eu gosto, mas realmente, um texto escrito na forma de monólogo em sua grande parte, não sei se me agradaria, nunca li um assim, para ser sincera. Mas fiquei em duvida pois tem muita aventura, ação e fantasia também. Acho que só lendo. Gostei muito da sua resenha.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oieeee. Olha, também não é meu tipo de livro e acredito que seria realmente mais voltado para os homens. Mas achei legal ter fotos e a capa me lmebrou um mosqueteiro na verdade. Não sou muito chegada em fantasia assim e se você diz que ele é muito descritivo me deixa mais angustiada ainda....

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  16. Este gênero realmente não faz meu estilo mais procuro sempre dar uma chance , achei a historia interessante , mais sou viciada em romance e é bem difícil para mim sair de minha área de conforto, acredito que este livro certamente agradaria mais ao publico masculino e para quem gosta do gênero. Enfim não sei se o leria , talvez em um outro momento...
    Gostei muito de sua resenha

    ResponderExcluir
  17. Olá, Agatha.
    Antes de ler a resenha, sempre fico admirando a capa e quando vi aquele chapéu ali, já me interessei. Adoro livros de bruxas. Mas depois lendo sua resenha e vi que a maior parte do livro é um monólogo, perdi um pouco a vontade de ler, não gosto muito de livros assim. Mas fiquei na duvida agora hehe. Eu ainda não conhecia esse livro e vou procurar saber mais sobre ele. Parabéns pela resenha.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem? :)
    Amei a capa e só aí fiquei super curiosa, mas quando li "mundo cheio de dogmas católicos, bruxas, demônios e muitas lutas de homens mal humorados" então sem dúvida eu quero ler ehehehe
    Beijo
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  19. Olá Agatha! Amei sua resenha, parabéns! Gosto de livros que tenham histórias medievais, lutas por honra, templários...Também sou fã de Game of Thrones então, já dá para saber que curto bastante essa temática! O livro parece ser bem esse tipo de leitura que eu gosto e espero poder ler! Beijos!

    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi amada!
    Pela parte do sangue nem me assusta, gosto de livros que tenham uma história bem elaborada, então a parte dos diálogos é essencial e também adoro um bom romance, para mim balancear uma boa história desse estilo tem que ter uma mistura e sangue e romance. Anotei a dica, mas acho que teria que estar bem no clima para ler e esse e não esperar demais tmbm! Ótima resenha! Beijos
    Paulinha
    http://overdoselite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Eu comecei a ler a resenha já achando que o livro não era bem meu tipo de leitura, mas que de repente seria interessante dar uma chance. Aí você diz que sentiu falta de romance e diálogos e eu fiquei pensando, será que devo arriscar?
    Tive a certeza de que esse livro não é mesmo para mim com o final da resenha, então vou seguir sua dica de que se não é meu estilo é melhor nem arriscar.
    Só mais uma coisa... adoro o cuidado que a Fundamento tem em grande parte de suas edições :)

    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  22. Olá! Eu fiquei em dúvida sobre solicitar ou não a obra, mas depois de ler essa resenha fiquei muito empolgada para ler! Eu adoro esse tipo de trama, mesmo sendo diferente, sei que vou adorar! Não gosto de livros com poucos diálogos, mas vou dar uma chance mesmo assim!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  23. Oi Aghata, tudo bem??
    Eu não costumo ler muitos livros de fantasia... eles não chamam muito a minha atenção... esse em especial que é mais monologo, já pensei no meu cansaço rs... de qualquer forma tem muita gente que curte essa temática e apreciadores apreciarão... xero!!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Oi Agatha, tudo bem?

    Gostei bastante da sua resenha, e apesar de amar fantasia, não gosto muito dessa parte medieval. E o livro parece cansativo as vezes, quase sem nenhum diálogo. Mas achei o Jakob cheio de personalidade e disposto a mostrar seu valor e do que ele é capaz.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir