02 junho 2015

Resenha - Navegue a Lágrima





Uma casa de praia, num idílico balneário no Uruguai, é o cenário de duas histórias de amor e perdas, separadas no tempo. Consumida pelo luto, a editora Heloísa escolhe se afastar da cidade onde morava e levar uma vida de isolamento na residência de veraneio que pertenceu à Laura Berman, uma escritora consagrada.
Entre muitos drinques, cercada de pertences e memórias dos antigos moradores, Heloísa começa a ser visitada pelas lembranças guardadas entre aquelas quatro paredes: a correria de crianças, dias de sol preguiçosamente passados à beira da piscina, o romance terno de Laura e seu marido Leon. Se é delírio ou magia, a nova moradora não consegue distinguir. Aos poucos, enquanto revira baús, ela mergulha no universo conflituoso da escritora, descobre pequenas traições cotidianas e o inexorável desgaste realizado pela passagem do tempo nas relações mais sólidas. Essa compreensão permite que, lentamente, Heloísa consiga enfrentar seus próprios fantasmas e desvelar a história de uma grande paixão.

Livro: Navegue a Lágrima
208 páginas || Skoob || Editora: Intrínseca || Formato: Ebook || OndeComprar ||








Por quanto tempo pode navegar no tempo uma lágrima, um sorriso, um amor? Por quanto tempo permanecem as lembranças dos momentos já vividos? Quantas vezes paramos para prestar atenção na vida daqueles que estão ou estiveram no mesmo lugar que nós? São perguntas para as quais é impossível obter respostas. A única coisa verdadeira é que o tempo passa. Passa nas batidas do relógio, mesmo que imploremos para que ele permaneça fixo em determinado minuto. É verdade que a lágrima seca, sempre. E que os sorrisos surgem. E ainda é verdade que as lembranças são os bens mais preciosos.

"Eu não sei bem o que imaginara ao me mudar para longe - além, é claro, da premente necessidade de sossego e tempo para colocar as ideias em ordem depois de tudo que eu tinha experimentado recentemente. Entretanto, acho que criei a ficção de que, com a minha ausência, as coisas na cidade nunca mais seriam iguais. Uma tolice, eu sei."

Heloísa é uma editora que passou por uma grande perda. Fugindo da cidade, das lembranças e querendo um tempo para ficar sozinha ela se muda para um balneário no Uruguai, para uma antiga casa de verão de uma escritora e sua família.

"Entendam, ainda posso farejar a felicidade daqueles dois. Eles tiveram de tudo, do bom e do ruim, no entanto, a felicidade deles parece que se refugiou aqui, nesta casa à beira-mar, entre as paredes de tijolos, nos nichos das estantes, no jardim..."

Enquanto luta com seus próprios problemas, Heloísa através de objetos, fotos e sua própria imaginação começa a recriar momentos vividos pela escritora, Laura, por seu marido e os dois filhos. Em alguns momentos, os encontra como se fosse uma observadora anônima. Os ouve,. Quase pode tocá-los. Não sabe se é invenção, uma viagem no tempo, só sabe que essas visitas esporádicas e surpreendentes, esses vislumbres de outras vidas também a ajudam no seu período de superação.

"Porque a felicidade - e esta história, creio, versa um pouco sobre isso, sobre um tempo especial da vida em que todas as coisas parecem perfeitamente encaixadas, unidas com graça, elevadas por uma simbiose perfeita -, bem, a felicidade é sutil, é discreta e delicada feito um beija-flor, esse passarinho que consegue a proeza de bater asas até oitenta vezes em um único segundo. Assim é a felicidade, essa transformadora dos dias, hábil artesã das coincidências."



[- Minhas Impressões -]



Bom. Em primeiro lugar preciso dizer que eu sou extremamente fã dessa escritora. Conheci as obras de Letícia lendo A casa das sete mulheres, que na minha opinião é uma obra incomparável. E logo depois já li ao menos mais cinco livros dela. É uma história poética, reflexiva. Não espere ação. É um livro para tocar fundo no leitor, o que os quotes já indicam. Esse livro possui trechos lindos, difícil selecionar o melhor.
É narrado em primeira pessoa, por Heloísa. Consegui me sentir inserida dentro daquele contexto, no Uruguai. Mais uma característica de todas as histórias da Letícia. Geralmente se passam perto de praia ou de ambientes com água, ou no Uruguai ou no sul do país. E é possível ao leitor em certos momentos sentir o cheiro da água, do sol, do verão, e ouvir o riso das crianças e a conversa dos adultos.

O livro mereceu cinco estrelas, com toda certeza. Não encontrei nenhum ponto negativo, exceto o tamanho, que acho que poderia ser de quinhentas páginas sem que eu me sentisse entediada. Uma das coisas que mais me chamou atenção foi o fato de haver uma diversidade de lembranças, e eu adoro tudo isso de preservar, recordar, coisas que sobrevivem ao tempo, e no livro podemos encontrar muito as recordações da própria Heloísa e também os objetos, livros e fotografias da vida que Laura e a família levaram naquela casa. A personagem que mais me fascinou foi Laura, a escritora que foi dona da casa para onde a narradora se muda. Em Laura reconheci uma dezena de características da própria autora. Talvez seja uma leve impressão mas senti que ela deu um toque autobiográfico nessa personagem mais que especial.

O título, Navegue a lágrima, é mais um toque poético e achei bem adequado, embora ele não se encaixe em algo concreto do livro, porém com uma análise da obra no geral é possível compreendê-lo. É uma história sobre perdas, felicidade, e destino. Sobre tudo se ajeitar no final, mesmo que não seja da maneira que esperamos.

Indico para todos aqueles que gostam de ser verdadeiramente tocados por uma história. Que gostam de se sentir ao lado dos personagens, que ao finalizarem a última página ficam se perguntando onde está a continuação do livro.

46 comentários:

  1. Tamara eu precisava vim comentar a sua resenha, porque sinceramente tenho que confessar que eu tinha uma outra impressão sobre esse livro e depois de ler sua resenha que ficou absolutamente incrivel eu fiquei super curiosa para ler. Eu não sei, ainda no começo me deu um pouco de receio, mas quando é aquele tipo de livro que nos fazem refletir eu gosto bastante viu?! Acho que com certeza darei uma chance, porque eu achei que você abordou muito bem sobre o livro e principalmente seu ponto de vista me deixou encantada. Você escreveu muito bem amiga. Continue assim! Espero ter a oportunidade de ler em breve! =]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil!
      Fico muito feliz de que tenha gostado da resenha.
      E sim, com o livro dá para ter várias reflexões.
      Espero que possa ler em breve e que goste :)

      Excluir
  2. Desde o título o livro passa esse toque poético que você passou na resenha. É maravilhoso quando um livro consegue nos tocar tanto e mexer com a gente dessa forma. Gostaria de ter a oportunidade de lê-lo em breve. Achei interessante essa premissa de Heloísa visualizar a vida de Laura, fiquei um pouco intrigada com isso.
    Fico feliz que tenha gostado!! Beijos

    Quer falar de livros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      É realmente bem interessante isso de Heloísa visualizar a vida de Laura. E fica aquela curiosidade para o leitor, o que realmente aconteceu? Imaginação? Magia? Esse livro com certeza me marcou muito.

      Excluir
  3. Oi Tamara!
    Eu não conhecia esse livros ou mesmo a autora, mas fiquei curiosa sobre Navegue na lágrima. Pelo título imaginei algo bem diferente, mas gosto de romances que misturam passado e presente, sem contar que pelos quotes já percebi que vou gostar bastante da escrita da autora.
    Bjs
    sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Evelise.
      É, todos os livros da autora seguem esse ritmo de escrita poético.
      E com certeza, os quots são um melhor que o outro.
      Espero que goste.

      Excluir
  4. Oi Tamara!
    Adorei sua resenha, acho sua opinião bem forte e delicada ao mesmo tempo e isso me deu gosto pelo livro mesmo achando que não se encaixa nos meus gostos literários!
    Não conheço a autora, mas agora fiquei curiosa pra ler algo dela!
    Beijos, Tabatha
    http://aproveiteolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Tabata!
      Fico muito feliz que gosta das resenhas e da minha opinião. Sempre tento transmití-la mas deixar também o leitor tirar suas próprias conclusões.
      Tomara que possa conhecer a escrita da Letícia em breve. Indico todas as suas obras.

      Excluir
  5. Oi Tamara!
    Sabe, este sem duvidas parece ser aquelas leituras delicadas e fortes que a gente sempre acaba se identificando. Fiquei super curioso não só com esse, mas com diversos outros lançamentos da Intrínseca para este mês e quero ler <3

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, David!
      A intrínseca sempre tem ótimos lançamentos.
      Quais lhe interessaram nesse mês?
      Para a minha listinha já entraram vários também.

      Excluir
  6. Oi, tudo joia?
    Uau, esse livro me parece ser simplesmente incrível e ter uma história que te prende do início ao fim, adoro livros assim. Fiquei com muita vontade de ler agora, principalmente por sua opinião ter sido tão positiva.
    Confesso que ainda não li nenhum livro da autora, mas agora com toda certeza lerei !!

    Beijos
    http://intoxicadosporlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Joice!
      Fico feliz que o livro tenha lhe interessado. Espero que possa em breve conhecer algo dessa autora, tenho certeza que vai gostar.
      Compartilhe sua opinião.

      Excluir
  7. Olá =)

    Sabe aqueles livros que parecem uma coisa e são completamente diferentes do que você esperava? Aconteceu com esse livro. Fiquei bem curiosa para lê-lo é um livro que me chamou bastante atenção. Parabéns pela resenha!

    Beijos
    www.estantedarob.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Roberta.
      Fico feliz de que tenha gostado da resenha, e espero que possa ler esse livro em breve.

      Excluir
  8. Olar, não conheço esse livro. Quando vi a capa e a sinopse, imaginei: OMFG, HERE COMES ANOTHER CHICK-LIT. Só que sua resenha conseguiu minha surpreender e muito, agora eu to com vontade de ler e provavelmente vou falir, pq minha lista tá enorme.

    Beijos, Ahri Prado.
    cadeatoalha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      É, as coisas as vezes enganam. Nada de chicklit nesse livro.
      E também acho que vou falir com tudo o que eu quero, risos.

      Excluir
  9. Que resenha ótima, fez eu me interessar muito mesmo pelo livro. Ultimamente tenho conhecido vários autores nacionais (já que a maioria dos livros que já li são de autores gringos), e isso tem sido muito bom. Dá aquela sensação de proximidade com os personagens. Espero mesmo ver a história da Heloísa e essas "visões" que ela tem da Laura. Muito top! :D

    http://www.thaisnacidade.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Taís.
      Fico feliz de que gostou da resenha.
      Também tenho dado alguns mergulhos na literatura nacional e tenho gostado da experiência. Temos autores fantásticos por aqui.
      Espero que goste do livro.

      Excluir
  10. Oiii Tamara.
    Tenho que confessar que pela capa nunca leria esse livro, mas adorei sua resenha.
    Ainda assim, acho que por agora não vou ler... Mas fiquei aqui pensando: o livro deve ser MUITO bom, pois você gostaria que o livro tivesse 500 páginas srsrsr.
    Amei a resenha.
    Beijos

    http://colecoes-literarias.blogspot.com.br/2015/06/parceria-debora-knittel-erica-falcao.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie.
      Fico feliz de que gostou muito da resenha.
      É ótimo esse livro.

      Excluir
  11. Olá,
    Já tinha visto essa capa mas lembro de não ter animado em ler, lendo a resenha me animei mais, parece ser muito bom.
    Abraço!
    Leitura Fora De Série

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Guilherme. Parece que várias pessoas não se atraíram pela capa ou tiveram uma impressão diferente do que o livro é.
      Espero que goste de lê-lo.

      Excluir
  12. Gostei muito da tua resenha! Não conhecia o livro e nem a autora e gostei bastante. Você escreve muito bem, como citado a cima, você é delicada, mas se impõe nas suas opiniões. :) beijos!!

    http://anneandcia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz de que gostou da resenha. Em breve trarei mais coisinhas da intrínseca.

      Excluir
  13. Sua resenha está magnifica um livro que, se eu fosse julgar pela capa e titulo não leria. Esperava uma historia totalmente o oposto da que você resenhou, estou olhando com outros olhos para essa obra pode ter certeza.

    Bjuus!

    http://livrosseriesecitacoes.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que consegui fazer você olhar com outros olhos para o livro. Fico muito feliz com isso.
      Espero que possa ler e se deliciar com ele.

      Excluir
  14. Oi Tamara, tudo bem?
    Sua resenha nos mostra o quanto gostou do livro. Eu ainda não li nada da autora. Assisti a minissérie A Casa das Sete Mulheres, e gostei muito. Tenho vontade de conferir o livro.
    Uma linda resenha. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lia.
      Eu também gosto muito da Minissérie A casa das sete mulheres, mas o livro com toda certeza é bem mais completinho. Me tornei fã da Letícia através dele.

      Excluir
  15. Oie Tamara =)

    Já li A Casa das Sete Mulheres e sou completamente apaixonada pela minissérie. Confesso que apesar de já ter visto a capa desse livro em alguns blogs, ele não tinha me chamado muito atenção até o momento.
    A premissa parece interessante. Se tiver oportunidade vou querer ler sim =)

    Beijos e um ótimo feriado;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Que bom encontrar mais uma apaixonada por A casa das sete mulheres.
      Espero que possa ler esse livro também, tenho certeza de que vai adorar.

      Excluir
  16. Olá
    eu ainda não tinha visto esse livro, e olha que ela é de Intrinsica rsrs, achei a capa muito linda, sem falar que a premissa me chamou muito a atençaõ
    Bjks
    Passa Lá No Meu Blog - http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Ola!
    Esse livro parece muito interesante. Tenho vontade de fazer leitura de ele.
    Gostei muito da sua resenha.
    Beijos e boas leituras!
    http://abracalibro.blogspot.com.es

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, fico feliz de que tenha gostado da resenha. Quando ler o livro compartilhe sua opinião conosco, vou adorar.

      Excluir
  18. Oi, Tamara!
    Ainda não conhecia o livro, mas depois de sua resenha maravilhosa, fiquei interessadíssima.
    Adoro livros que nos tocam profudamente e nos fazem refletir sobre várias coisas.
    Com certeza vai para a minha lista de desejados.
    Beijos

    Construindo Estante || Curta a fan page
    #MêsDosNamorados do Costruindo Estante. Concorra a 1 vale presente de R$ 50,00 da Saraiva.
    Participe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Que bom que consegui despertar a sua curiosidade. E fico feliz por você ter gostado da resenha.

      Ótima leitura!

      Excluir
  19. Oi tudo bem?
    Amei a resenha e fiquei muito curioso para ler esse livro, só a capa que não me atraiu muito :(
    http://literaturaparaosaber.blogspot.com
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vinícius!
      Fico feliz por ter gostado da resenha.
      Quando ler, compartilhe sua opinião, vou gostar muito de conhecê-la.

      Excluir
  20. Olá Tamara, amei sua resenha acho que ela ficou bem clara para o meu entendimento e confesso que gostei desse livro fiquei bem curiosa para lê-lo ainda não conhecia o título e nunca li nada da autora, mas sei que a intrínseca sempre arrasa nos seus escolhidos. Ameiii
    Parabéns!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Fico bem feliz por você ter gostado da resenha. E a intrínseca arrasa nas suas escolhas sim, e o catálogo nacional é sempre fantástico.
      Boa leitura.

      Excluir
  21. Olá! Tudo bem?

    Eu não conhecia a autora. E nem nunca li A Casa das 7 Mulheres. Navegue a Lágrima parece ser lindo! Eu já estava com vontade de lê-lo e depois da sua resenha, essa vontade de multiplicou dezenas de vezes!

    Navegue a lágrima é mesmo poético, dá pra notar isso pelo título. E outra coisa poética é sua resenha. É difícil eu gostar de alguma resenha, mas, a sua eu amei. Ela está muito linda e muito bem escrita. Parabéns! :)

    Coloquei o livro nos meus desejados! <3

    Beijos e muito sucesso!
    www.dreamsandbooks.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Fiquei muito feliz com o seu comentário. Que bom que gostou da resenha...
      E tomara que tenha o livro logo para poder se deliciar com ele. Eu também assim que descobri o lançamento, ainda no início desse ano pela página da autora, fiquei querendo muito, e ele finalmente chegou, suprindo todas as expectativas.
      Boa leitura!

      Excluir
  22. Não conhecia a autora. Tenho sérios problemas em visitar blogs literários, pois sempre surge algum escritor que eu não conheço e sinto que necessito conhecer urgente, a sua resenha me fez ter esse sentimento e pretendo buscar o livro. Me pareceu poético e ao mesmo intenso.
    Já estou seguindo o seu blog, abraço!
    (Poderia comentar o meu blog? Estou começando agora. http://entremundosliterarios.blogspot.com.br/)

    ResponderExcluir
  23. Oi Tamara,
    Não conhecia esse livro, mas adorei sua resenha. Gosto de histórias emocionantes e com recomeços e acho que essa é uma boa dica!
    Beijos,

    http://versosenotas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Adoro livros tocantes <3 nunca tinha ouvido falar desse...e adorei a capa. Vou procurar ele pra ler *_*

    ResponderExcluir
  25. Opa, interessante. A Letícia também é minha escritora brasileira preferida. Adoro "A Casa das Sete Mulheres" e "Um Farol no Pampa", mas ainda estou sem disposição para me envolver com "Navegue a Lágrima". É que leio tantas coisas dela que estou apta a reconhecer os tiques e vícios dela de escrita (o que foi um problema na época em que li "Sal", então isso significa que preciso de mais tempo antes de tentar a leitura deste.

    http://garotadabiblioteca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir