24 março 2015

Resenha - Tudo que um geek deve saber



O que significa ser um geek?Por intermédio das suas reflexões e da viagem que decidiu fazer, Ethan Gilsdorf conta não somente a sua história, mas a da cultura pop. Jogador, na adolescência, de Dungeons & Dragons e fã de J. R. R. Tolkien, ele pegou a estrada para ir ao encontro de sua família . Nesse incrível tour, o autor viaja para a cidade natal do criador de D&D, Gary Gygax, veste uma fantasia para participar de um RPG e usa trajes medievais para encenar uma guerra em um encontro de nerds.Ao longo de sua jornada, Ethan ainda visita as obras do castelo francês Guédelon, uma incrível fortaleza medieval que está sendo construída hoje com os mesmos recursos utilizados no passado, e viaja para a Nova Zelândia, onde conhece as locações das filmagens de O Senhor dos Anéis. Acompanhe Ethan Gilsdorf nesta jornada sem precedentes, que traz para a realidade a paixão pela fantasia e pelos jogos.
 432 páginas | Skoob ||  Cortesia: Novo Conceito ||
|| Classificação:  || OndeComprar ||










Ethan Gilsdorf nem sempre conheceu D&D(Dungeons & Dragons), nem sempre foi um menino tímido e retraído, nem sempre sentiu que a realidade era dura e cruel demais para um menino de doze anos... Houve uma época antes do aneurisma, uma época em que sua mãe era a melhor do mundo, uma época em que as festas eram as melhores, jogos eram feitos e todos diziam que ela era demais, mas então ela foi para o hospital, com o maldito aneurisma e quando voltou... Quando ela voltou ela passou a ser conhecida como a monster e de repente tudo que Ethan e seus irmãos queriam é que ela não estivesse ali.

''Eu logo percebi que a Monster não era nenhuma donzela em perigo. Eu não podia salvá-la. E também não podia domar essa criatura. Eu queria muito que os goblins trocassem essa Nova Mãe pela Antiga, que desfizessem o feitiço que lançaram sobre ela, mas a maldição persistiu.''

Mas então como que um milagre para seus dias terríveis dentro de casa, JP apareceu e com ele vieram os RPGs e somente a ideia de se imaginar em outro lugar durante horas lhe agradou imensamente, qualquer coisa era melhor do que lidar com essa figura que era sua mãe mas que ele tinha que ajudar a cuidar. E num passe de mágica ele estava dentro, ele agora era um cavalheiro enfrentando monstros e lançando feitiços. Ali ele podia controlar as coisas, ali havias regras e livros e dados, nada de fato estava fora do controle.

"A lição de tudo isso? A vida real, até aquele momento, havia me ensinado que no mundo adulto o destino era caótico e incerto. As diretrizes para o sucesso eram arbitrárias. Mas no mundo do D&D, pelo menos, havia um manual."

Entretanto ser um geek na década de oitenta não era bem visto, principalmente pelas garotas e assim aos poucos ele deixou isso para trás, ou pensou ter deixado.

"Talvez eu não fosse capaz de admitir para mim mesmo que ainda precisava da muleta escapista de uma vida de fantasias para conseguir me arrastar pelo mundo real."

Afinal, se ele tivesse mesmo deixado isso de lado, agora ele teria uma vida normal, teria uma família, emprego fixo e acima de tudo não sentiria esse chamado ao fundo, quase uma convocação para voltar, certo? E foi por conta de dúvidas assim, que ele decidiu descobrir o que é ser um Geek no século 21, um século que está aberto a todos as tribos, que a cada dia valoriza mais e mais esse público.

Fantasia não é uma coisa barata.

Meio auto biografia, meio relato e meio observações sagazes o livro vai seguindo um ritmo que te prende e que no meu caso me surpreendeu com vários "Ah. Meu. Deus. Eu estou entendendo isso!!! Eu sou mesmo um pouco Geek!", porque entendam, se você não conhece referências como Tolkien - Senhor dos Anéis -, RPGs, elfos, guerras, jogos de tabuleiro sobre estes, e até mesmo alguns jogos de vídeo game você irá sim ler o livro, mas será como se estivesse vendo um filme, entendesse a ideia, mas eles estivessem falando em um idioma que você não compreende. E quanto a minha reação...

Bom, eu já fui chamada de muitas coisas, nerd, rata de biblioteca, cdf, e outros nomes estereotipados que não vem ao caso, mas nunca antes de geek, a minha imagem de geek não combina com o que eu sou, então imaginem a minha surpresa quando a Sil me disse: "Estou te enviando esse porque você é geek..", não exatamente com essas palavras claro, mas a questão é que eu fiquei chocada, sem ofensas geeks do mundo, mas é a real, no início até fiquei relutante em ler o livro, mas então lá estou no Conjunto Nacional e me pego contemplando uma coleção maravilhosa de quadrinhos que me lembraram Sandman e fiquei "Céus eu preciso entrar nessa loja!", ironia a loja se chamar geek.etc.br? Talvez, porém foi ali que eu descobri que sim, sim, admito, sou meio geek também e eu estava errada em defini-los, pois ser geek não é só ser viciado em RPG, vai além, e eu me enquadro nesse além, pois por mais que eu nunca tenha jogado D&D minha vida é permeada de referências que remetem ao mundo geek e Tolkien fundamentou minha base para fantasia e que por mais que eu nunca tenha fugido da realidade usando lápis, papel, dados e personagens criados para derrotar monstros numa masmorra eu sempre me utilizei da imaginação para criar mundos onde eu sou capaz de tudo. Doideira? Talvez, mas ninguém nega minha criatividade e genialidade, pois por mais que nós neguemos todos temos nossa loucura, alguns só optam por se orgulhar dela.

"Eu digo que a Fuga é uma das principais funções dos contos de fadas, e, como não os desaprovo, é patente que eu não aceito o tom de escárnio ou pena com o qual a palavra 'Fuga' é frequentemente usada hoje em dia" - J. R. R. Tolkien

Assim recomendo o livro para quem goste deste mundo, para quem deseja conhecer um garoto que foi salvo pela fantasia de uma realidade triste e de como ele encara o que se tornou por conta dela, de um homem disposto a ir a fundo nessa empreitada de desvendar o universo Geek do século 21 a ponto de visitar locais, ir a feiras renascentistas, estudar Tolkien e conhecer fundadores do D&D, esse livro fala sobre descobrimento, aceitação e orgulho de ser o que é, mesmo que em alguns momentos te cause vergonha, te taxem, não te respeitem e principalmente: te condenem.

57 comentários:

  1. Oi Agatha...
    Ainda não conhecia este livro. Gostei da trama, apesar de não ser o tipo de livro que me interessaria logo de cara.
    hahha...Geek é uma pessoa obcecada por tecnologia, você não tem cara mesmo.. Bom, não sei..rs... Eu sei que eu não sou...hahah
    Adorei a resenha Agatha...

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Leticia
      Então menina, já eu achava que geek era alguém totalmente obcecado por filmes em preto e branco, cultuando os clássicos e tals kkkk, mas descobri que é bem diferente e que existe muitos tipo, e apesar de adorar as inovações tecnológicas e imagens em alta definição e gráficos de vídeo games, não sou to tipo que de fato entende sobre o funcionamento deles.
      Bjs e obrigada.

      Excluir
  2. Oi flor gostei da sua resenha, muito bem escrita.Quando vi o lançamento desse livro,ate me interessei,mas agora depois de ler mais sobre, não irei ler não, estou mais pra uma Dork do que pra uma Geek.

    Bjs

    Http:ateliedoslivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Simeia, menina devo te dizer que fui procurar essa definição kkkk, bem, mesmo que não leia acho que te ajudei então.
      Obrigada e bjs.

      Excluir
  3. Oi Agatha!
    Tenho esse livro na estante e juro que tinha um visão completamente diferente dele. Imaginei que fosse algo mais como uma análise de itens geeks ou coisa assim. Mas lendo sua resenha vi que não é bem assim, é meio biografia, né? Acho que vou dar uma chance, afinal o mundo geek é muito divertido.

    B-jussss!
    http://www.quemlesabeporque.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ho Nina.
      Não é análise não menina, e sim é em parte biografia, espero que você goste caso leia, eu pelo menos tirei algumas coisas importantes para mim.
      bjokas

      Excluir
  4. PRECISO desse livro, pois i'm Ethan. Sou jogadora de RPG, sou viciada em Tolkien, estou em meio a tecnologia, a games, livros, séries, filmes... Hahaha meu deus, me dou conta de que sou uma nerdona mesmo. Com certeza quero esse livro. <3 Ótima resenha, linda. Beijos!

    http://anneandcia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Anne.
      Kkkkkkk, obrigada e corre então, eu vi, não lembro em que site, que está em promoção! E nada contra os nerds, eu mesma sou uma e com orgulho kkk.
      Bjokas linda.

      Excluir
  5. Amiga olha para começar quando esse livro chegou para mim, eu dei uma folheada e sinceramente vi que não era para mim, porque também não iria entender nadinha do que se tratava. Então acabei optando por mandar pra você, porque você é mais atenta as leituras e tinha certeza que você iria desenvolver muito bem essa resenha. Não me enganei né? Adorei a sua resenha. Continue assim =]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Sil.
      Obrigada pela confiança e que bom que atendi as suas expectativas, espero continuar assim!
      Bjinhos

      Excluir
  6. Oi Agatha,

    Este não é meu mundo e acho que nunca será hehe
    gostei muito da resenha e de poder saber um pouco mais sobre esse mundo geek!

    Beijinhos Mila
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mila.
      Obrigada e mesmo não sendo seu mundo você se deu a oportunidade de conhecer, então parabéns.
      bjs

      Excluir
  7. Olá! Tudo bom?
    Li um livro sobre geeks e adorei, conhecia várias referências, então aproveitei bastante a leitura.
    Adorei saber que esse livro tem um pouco de autobiografia, é bacana saber sobre histórias reais.
    Adorei a resenha!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Dessa.
      Menina, então, eu já tinha lido alguns livros com personagens que eram geeks, e vi um ou dois filmes sobre o assunto e posso dizer que gostei bastante.
      bjs e obrigada!

      Excluir
  8. Agatha, eu preciso desse livro.
    Eu nunca me achei geek, mas meu noivo sempre me chamou de coisas do tipo e já faz um tempinho que aceitei a ideia, pois amo jogar D&D, Tolkien, quadrinhos e etc.
    Sou geek e adoro ser. Pois envolvem assuntos muito legais e a imaginação é milhões de vezes melhor que a realidade.
    Estou louca para ver o que ele fala sobre esse mundo que me identifico tanto.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Déborah.
      Sabe o que eu mais gosto no quesito imaginação? Poder fazer de tudo, nada é impossível na nossa mente, é mais ou menos como o filme A Origem, só que no nosso caso nem mesmo as leis da física nos impedem!!!
      Bjs e que bom que gostou da dica, espero que ame o livro, até porque não tem nada de errado em ser geek.

      Excluir
  9. Olá!

    Sensacional toda a ideia de estarmos no século 21 e abertos a diferentes grupos, com diferentes características, personalidades e ideais. Pena que não são todos que acompanham o tempo. Não que todos nós fossemos assim. Mas que muitos não estão abertos à mudanças.
    Gostei bastante da sua resenha que acabou me surpreendo bastante. Pensei ser um livro um tanto quanto banal, mas, pelo que contou, a fantasia se misturou com a realidade de uma forma grandiosa que acabou ajudando e criando toda uma história real.

    Beijos literais,
    Luiz Henrique (Luke)
    instanteliteral.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Luke (Deixa eu perguntar, é por causa de algum personagem o apelido?)
      Primeiro obrigada, fico contente que tenha se surpreendido porque eu mesma ao ler me surpreendi e isso é muito legal, adoro quando um livro supera minhas expectativas.
      E sim, o livro é bem mais do que aparenta e mescla com proeza realidade e imaginação, afinal é uma história real, e acho super bacana esse ideal em que há aceitação de costumes.
      Bjs

      Excluir
  10. Oi, Agatha! Eu gostei da sua opinião. Não esperava que o livro fosse assim e, confesso, não tinha me interessado em lê-lo porque não gosto de nenhum estereótipo. Mas a sua opinião me atraiu… Parece que vale a pena conferir a história desse livro e, quem sabe, refletir melhor sobre esse grupo que está recebendo cada vez mais atenção.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Francine.
      Então menina, eu também não curto muito estereótipos, nem tanto pelo que eles representam mas sim pelo apelo cruel com que se utilizam deles, isso me irrita, mas eu descobri nesse livro que devemos lidar com isso e que nem sempre o que pensamos é a realidade.
      Bjinhos

      Excluir
  11. Oi Agatha!
    Confesso que me animei bastante com esse livro no começo, mas quando visitei a livraria e o vi lá, não senti mais tanto vontade. Assuntos geek é minha paixão, mas achei o livro longo demais acredita D: Além disso, a sinopse em si não me pareceu tão chamativa, embora sua resenha diga exatamente o contrário. Ainda vou ler, mas não no momento porque estou realmente atolado de livros novos da Universidade. Mas quem sabe eu me aventure ainda este ano.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie David.
      Então, confesso que no inicio não esta lá tão animada, mas conforme a leitura foi fluindo eu percebi que era bem proveitosa.
      Espero que quando o ler, goste viu?
      Abraços

      Excluir
  12. Ótima resenha, Agatha! Eu não conhecia e o livro e fiquei muito interessada. Gosto bastante do universi geek e acho que curtiria a leitura!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Carla.
      Obrigada e que bom que gostou além de se interessar pelo livro.
      Bjs

      Excluir
  13. Oi Agatha!!
    Vou concordar com o quote do livro, fantasia não é nada barata. Os jogos, os RPGS, nada é barato, acho que o povo tira proveito de nós, nerdinhos hahahah!
    Mas, acho que o segredo é não contar pra ninguém e curtir o que você gosta do seu jeito com amigos que te entendam. Adorei a sua resenha, já tinha visto uma resenha desse livro, mas ela não abordava os pontos que você abordou no ultimo parágrafo. Muito boa resenha!!
    Beijos

    LuMartinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Lu.
      Como vai menina? Então, eu também concordo, quero uns bonequinhos e cada um custa 90 reais, ou seja, não compro ou fico pobreeeee, mas beleza, tenho outros meios kkk.
      Obrigada, fico contente que tenha gostado.
      Bjokas

      Excluir
  14. Fiquei em dúvida sobre esse livro. Não sei se me identifico tanto com o personagem, apesar de também me sentir um pouco geek... não tanto quanto você, é claro kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Como você não entrou em detalhes do enredo, não sei se vou gostar ou não da leitura. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Gleyse, é complicado entrar em mais detalhes, pois aí eu posso soltar spoilers entende? O livro é uma biografia e é legal poder ir acompanhando o autor, muito mesmo, e foi por isso que não me estendi, mas acredito que você não precisa ser geek para gostar, se estiver disposta e mente aberta acredito que seja uma boa leitura sobre se conhecer.
      Bjokas e espero ter ajudado aqui rsrs.

      Excluir
  15. Não parece ser meu tipo de livro, apesar de ser bem nerd não gosto de ler sobre o assunto HSAUSHSA Mesmo assim, adorei a resenha

    Beijoos,
    Sétima Onda Literária
    Tem post novo sobre "A Playlist de Hayden" novo lançamento da Novo Conceito, sobre bullying e música boa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Mandy.
      Que bom que gostou da resenha, de verdade, e vai que mais para frente você sinta que possa ler.
      Bjs

      Excluir
  16. Eu adoro esse universo geek e até tenho um manual do amor nerd. Tava muito afim desse livro e depois da resenha acho que vou gostar bastante. Já quero! <333

    Beijos!
    http://www.prateleiracolorida.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Beatriz.
      Que bom menina que gostou! Espero que ele vá além das suas expectativas e que você ameeee!
      Bjokas

      Excluir
  17. Oi Agatha!

    Não sou geek e nem sei o que é RPG, mas tô querendo ler ele desde que lançou. Sério, algo na história me atrai muito - além do fato de ser narrado ao estilo autor/personagem.

    Adorei sua resenha e apesar das 4 estrelas, continuo querendo ler :3

    Bjs!

    http://leiturasilenciosaoficial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jhonatan.
      Que bom que gostou e nem se intimide pelas minhas quatro estrelas, eu sou doida em minhas classificações kkkk, elas tem todo um esquema do mal e tals.
      Espero que goste.
      Bjs e obrigada. ^o^

      Excluir
  18. OI Agatha, tbm finalizei a leitura esta semana do livro e me senti super envolvida, apesar de ter demorado um pouco para entrar no clima, mas logo que vi vários elementos que eu amo, principalmente o WoW surtei ^^ já um dos meus queridinhos!

    Beijos Joi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Joi.
      Então, foi bem assim, logo que se encontra algo que você reconhece a leitura deslancha e apesar de não ser um dos meus favoritos tem um quotes bem legais que eu amei!
      Bjs

      Excluir
  19. Já li outras resenhas do livro e todos dizem que o livro é ótimo. Desde o lançamento fiquei super curiosa para ler. A coisa é que não sei se vou me identificar com o personagem mas mesmo assim quero dar uma chance. Beijos!

    http://alguns-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Wandressa, olha tenho que te dar os parabéns por se ariscar, de verdade, então só posso te desejar uma boa leitura!
      Bjinhos e espero que aproveite.

      Excluir
  20. Oi, Agatha!
    Tudo bem?
    Eu ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro. Achei a capa fofa. rsrs
    Eu acho bem bacana os assuntos do mundo Geek, mas não faço parte desse mundo.
    Não saco nada de jogos e etc. Mas a história parece ser muito bacana e repleta de aventuras. Parece um bom livro.

    Beijinhos
    Jaque - Meus Livros, Meu Mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo sim Jaqueline e com você?
      Olha, eu acho que já disse isso em outras respostas kkk, mas vou repetir de novo, é um bom livro sim, cheio de pensamentos sobre a vida e como encarramos tribos e tals.
      Bjs

      Excluir
  21. Oi Agatha, tudo bem?
    Adorei sua resenha! Achei muito interessante a maneira que você começou a ler esse livro, com relutância por achar que não iria te agradar e fico feliz que a Sil de alguma maneira tenha te ajudado a descobrir esse lado seu que nem mesmo você conhecia ainda.
    Eu acho que não sou uma Geek, então tenho certeza que esse livro não representaria pra mim o quanto representou para você, mas achei a premissa dele bem interessante e acho que é u ma leitura que vale a pena para qualquer um independente de rótulos.


    Beijão ;*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo sim Maiara e contigo?
      Obrigada e eu também gostei da Sil ter me enviado o livro, essa menina tem me feito ler muitas coisas que estão fora do meu campo seguro por assim dizer e eu só tenho me surpreendido, só agrega no fim das contas.
      Espero que caso leia o livro seja pelo menos bom, para mim ele teve seu papel e agora mesmo que passe o tempo sempre vou lembrar "Ah é aquele livro que eu percebi que eu era mais geek do que imaginava!", rs.
      Bjokas e eu concordo que valha a pena.

      Excluir
  22. Olá Agatha!
    Fiquei muito curiosa para conhecer a história de Ethan e ver como se desenvolve a história e como a fantasia o salvou de sua triste realidade.
    Acho que tenho um lado meio geek também, até um tempo atrás jogava RPG online. rs
    Parabéns pela resenha! Está ótima!
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Li.
      Obrigada primeiramente e olha é muito comovente por assim dizer como ele se "salva".
      Bjs

      Excluir
  23. ameiiii o livro <33 achei a minha cara porque adoro esse universo de games, nao sei se me encaixo no termo Geek (tbm ja fui chamada de nerd) mas enfim, gostei!

    http://www.jacknuit.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Oláaa Agatha!!
    Achei esse livro bem fofinho, então eu o leria com o maior prazer, já que gostei da trama. Apenas estou com medo de ficar meio perdida por ser geek. Nunca fui nerd e nem nada, heheh Mas meu namorado é costumado a jogar esses jogos, e eu sempre fiquei curiosa a respeito, então acho que posso gostar. Adorei a resenha, não conhecia o livro!
    Beijos!!

    http://our-constellations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Ana.
      Menina, se você o leria e se tem curiosidade não perca tempo kkk, apesar que você deve ter uma lista né?
      Bem, espero que quando o ler goste.
      Bjokas

      Excluir
  25. Oi Agatha,
    tudo bom? Achei que o livro fosse mais como um, digamos... manual de itens geek, mas pela tua resenha não é nada a ver com isso. Mas mesmo assim, tenho medo de lê-lo e acabar não entendendo praticamente nada, mesmo que eu ja tenha entrado nesse meio Geek ai.
    Mas gostei da tua resenha, porque super entendi do que se trata a história. Beijos,
    http://www.entreleitores.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Jessica.
      Olha não tem como te dizer "Relaxa que você entende sim", porque não...vai muito de pessoa para pessoa e de toda a bagagem que ela carrega.
      Mas fico contente e satisfeita em ler que você entendeu e gostou, era esse o intuito.
      Bjinhos

      Excluir
  26. Olá!

    Eu não conhecia "Tudo que um geek deve saber", mas adorei sua resenha. Fiquei com muita vontade de ler o livro, uma vez que gosto desse universo geek, embora eu não seja geek rsrsrs.
    Já entrou para minha lista de desejados.

    Abraços!
    http://tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Oie Agatha
    pirei na sua resenha. Primeiro porque eu imaginava que o livro fosse tipo auto ajuda, mas pelo visto a história é super envolvente, ainda mais por ter traços autobiográficos, o que eu amo.
    Menina, tu me convenceu a ler livro pra jhá
    bjos
    www.mybooklit,com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Jacqueline.
      Kkkkk que bom, nossa amei, sério. Era esse o intuito. Espero que você ame então, de verdade e de auto ajuda não tem nada, fique tranquila.
      Bjs

      Excluir
  28. Oi Agatha ...
    Já tinha visto outras resenhas do livro. Gostei da trama, apesar de não ser o tipo de livro que me interessaria logo de cara, adorei sua resenha, muito bem elaborada.

    Beijos

    Paraíso das Ideias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Tatiana.
      Obrigada e fico contente que tenha gostado.
      Espero que o livro te agrade.
      Bjs

      Excluir
  29. Olá!

    Já vi varias resenhas sobre esse livro,e ainda tenho muitas dúvidas, só lendo mesmo para saber!

    Abraços, Heitor
    shakedepalavras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  30. Hahahah, quero muito ler esse livrooo *---*
    Sou completamente geek, e não tenho vergonha nenhuma de admitir! Com certeza será uma daquelas leituras em que me identifico muito com o protagonista xD
    Adorei a resenha, bom saber que encontrou sua geek interior ;P
    bjoss

    casteloanimado.blogspot.com

    ResponderExcluir