21 março 2015

Primeiras impressões - A mais pura verdade



Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha.Mas, em certo sentido um sentido muito importante , Mark não tem nada a ver com as outras crianças.Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram.Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier.Nem que seja a última coisa que ele faça. A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável.




224 páginas || Cortesia: Editora Novo Conceito ||
|| Classificação: ||




O que posso dizer sobre esse livro?

Bem, com toda certeza posso afirmar que a capa, que é linda e azul por sinal, não revela em nada a profundidade do enredo.


Mark tem um sonho, o melhor cachorro do mundo e pouco tempo de vida... Sim, é isso, ele está morrendo, tem apensas doze anos mas já está morrendo, e ele não consegue conceber a ideia de partir sem ter realizado seu sonho: escalar a maior montanha dos Estados Unidos, em Paradise.

Porém ele sabe o que seus pais dirão, sabe que ele não está em condições para isso, sabe que aos olhos dos outros ele é somente uma criança doente e magrela e é por isso que ele decide embarcar em uma jornada sozinho, uma jornada só de ida, uma jornada da qual ninguém saberá o destino, a não ser Jessie, mas Jessie é sua melhor amiga, ela sabe de tudo.

Agora o que eu achei certo? Okay, vamos lá, vou lhes contar detalhe por detalhe o que aconteceu e tudo o que resultou para a leitura desse livro (ou melhor dizendo, desta entrada... sabe naqueles restaurante chiques que antes do prato principal eles servem uma salada que chamam de entrada? Bem, posso dizer que eles me deixaram com fome).

No início eu olhei para a capa e vi aquele cachorro latindo, a primeira coisa que eu pensei "Cara, será que o cachorro fala? Ou será que esses raios representam seu latido super sônico?", sim, eu tenho mesmo esse tipo de pensamentos, mas não me culpem, culpem o fato de eu ser uma ótima irmã que assiste inúmeros filmes infantis, incluindo Bolt, em que animais sempre falam. E como eu sou persistente e a capa do livro é azul - o que sempre me incentiva a ler - eu fui ler a sinopse e quando li pensei "Putz, tenho certeza que esse menino vai morrer, que o cão vai entrar em depressão e que depois eu vou entrar também e me afogar em chocolate e ter crise alérgica por conta de tristeza!", eu simplesmente me senti desmotivada e despreparada para tal leitura, não queria ler outro livro sobre outra criança com câncer, é triste e de tristeza eu já tenho uma cota bem cheia.

Entretanto, e por conta do destino, Deus, acaso ou dos pensamentos positivos da Sil, eu tive que sair fim de semana, era uma viagem longa de trem e eu tinha que levar, com toda certeza alguma coisa para eu ler, porém não podia ser pesado (minha mãe briga se eu levo livros pesados na minha bolsa, por conta de futuros problemas na coluna, o que complica minha vida de leitora claro, mas preserva minha saúde e por isso não reclamo, muito), e tcharam, eu tenho um livro fininho e que eu preciso ler em algum momento, vai me deprimir? Sim, mas o trem me deixa feliz, com a sensação de que tudo passa então vai você mesmo e adivinhem?

As páginas acabaram rápido demais e tudo o que minha mente me permitiu formular foi "Eu quero mais.", o que foi um choque para minha pessoa, pensem, eu estava relutante, pensando que ia chorar, encontrar só pena, tristeza e autopiedade mas nas poucas páginas que pude ler percebi que é uma aventura e tanto de um menino com pensamentos puros, sinceros e triste mas determinado a fazer o que deseja sem temer a morte. Percebi que o protagonista é divertido e sincero e que ele possui o que chamo de alma velha, às vezes quando temos grandes fardos as pessoas nos olham com pesar, tentam sempre nos ajudar quando tudo que precisamos é que acreditem que somos capazes, Deus não dá um fardo maior do que podemos carregar não? Minha mãe sempre diz isso, e eu acredito, assim, só posso dizer que a força do Mark me conquistou, me conquistou porque pensei "Quero ter essa determinação para seguir minhas crenças e alcançar meu sonho". Espero poder conferir logo como essa estória e ver como ela realmente termina.

36 comentários:

  1. Amiga Agatha eu gostei da maneira como você desenvolveu o seu texto, porque já estava cansada de ler sempre as mesmas coisas sobre as primeiras impressões sobre o livro e a maneira como você apontou algumas coisas deixou bem descontraído. Espero que os leitores gostem, até porque eu gostei. Ficou diferente =x Talvez mês que vem eu venha a ler o livro e qualquer coisa te mando pra vc ler também tá? Pra vc n ficar na vontade hehehehe...Parabéns linda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Sil.
      Que bom que gostou Sil, até porque foi você que me despertou a ideia de fazer assim.
      Bjs e obrigada!

      Excluir
  2. Oi Agatha, eu já li o livro e me apaixonei pela história e pelos personagens, acabei o livro em meio à lágrimas, é uma história muito comovente que nos faz refletir sobre a vida. Tenho certeza que você vai amar o livro por completo!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Kétrin!!!
      Menina eu estou com receio, não quero chorar!! Mas pretendo ler até o fim mesmo rsrs, espero gostar muito.
      Bjs

      Excluir
  3. Oiiii, adorei ver mais um opinião sobre esse livro, que promete muitas coisas
    espero poder um dia compra ele, porque eu me apaixonei pela contracapa desse
    livro, muito fofa a diagramação da cpa...
    bjks

    Dá Uma Passadinha Por Lá: http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Netinho.
      A diagramação está fofa mesmo, espero que você possa ler logo!
      Bjokas

      Excluir
  4. Oi Agatha, me identifiquei com o seu pré conceito sobre o filme, estava crente que se tratava de um livro chorante e talz e no momento não estou afim desse tipo de leitura, sabe. Quem sabe mais para frente eu leia esses primeiros capítulos disponibilizados pela editora.
    Beijos,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Andy!!!
      Menina eu bem sei como é isso, não estou muito preparada para chorar não kkkkk, ainda sim recomendo a leitura viu? Até porque até agora não vi nada que me fez querer chorar, apesar de ter situações tocantes.
      Bjinhos

      Excluir
  5. Agatha, eu senti um vazio quando terminei de ler os primeiros capítulos.
    Fiquei com um misto de sensações e querendo ler o restante.
    Beau é muito amor, apaixonante.
    Preciso ler o restante e espero que você consiga também.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Déborah.
      Ai foi triste chegar ao fim, eu queria muito saber o que ia acontecer e não tinha mais páginas kkkk, cogitei inclusive ir na Saraiva e sentar lá e terminar!
      Adorei o Beau, mas amei o Mark, adorei mesmo esse menino.
      Bjs

      Excluir
  6. Eu acabei de receber o livro e já estou lendo. Realmente é um livro que é bem mais do que a gente imagina. Não é só tristeza e câncer. É mais que isso. E adorei a sua descrição do prato principal em restaurante chique. Mas quando eu li o livreto fiquei com fome e muita mesmo! haha
    Beijos
    Lendo & Apreciando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kamilla!
      Menina, eu amo fazer comparações, sério, kkk.
      Que bom que ficou com fome, isso significa que o livro é tão bom quanto imaginei.
      Bjs

      Excluir
  7. Eu sou encanta por esse tipo de livro <3 Eu imaginava que ele seria mais dramalhão e fiquei feliz em saber que não é assim. E adoro "almas velhas" <3

    Beijos
    Passaporte Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Jheyscilane.
      Como não amar "almas velhas"? Pessoas que a possuem são tão mágicas!
      Bjs e fique tranquila que não parece ser dramalhão.

      Excluir
  8. Oi Agatha...
    Senti a mesma coisa que você, e queria mais..rs
    Sera uma das minhas próximas leituras, enquanto os primeiros momentos estão na frescos na minha memoria, e a curiosidade também é muita.
    Mas sobre a capa, já pensei algo diferente quando comecei a conhecer a historia um pouco melhor. Estou imaginando se o menino vai se perder do cachorro, porque um parece chamar o outro e parece que tem essa rachadura separando eles...sei lá...acho que eles irão se perder... ai que aflição...não quero que isso aconteça...rsrrs Ai preciso ler logo!

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Leticia.
      Nossa tomara que isso não aconteça! Tipo seria horrível se eles se perdessem, mesmo, to até triste agora, ai, será que o autor seria malvado assim?!
      Bjs e espero que acabe tudo bem na medida do possível e realista rs.

      Excluir
  9. acho a proposta inusitada no bom sentido e portanto me deixa curiosa! a NC segue fazendo um ótimo trabalho com a divulgação de prévias, isso deixa o pessoal mais curioso e assim pode ir matando a ansiedade por um lançamento ^^
    Quando der, de uma passada no blog, adorarei sua visitinha!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaila.
      Concordo contigo menina, eles tem feito um ótimo trabalho de divulgação! E deixado muitas pessoas curiosas diga se também kkk.
      bjs

      Excluir
  10. Tô esperando o meu livro chegar :( Deu problema com os correios e a caixa voltou pra NC. Tô doida pra ler
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Odeio quando os correios não nos trazem nossos livros, só posso dizer "Fique calma e aguarde!".
      Bjs

      Excluir
  11. Oi, Agatha! Oi, Sil! Tudo bem com vocês?
    Então, eu não tenho parceria com a NC e não fui uma das felizardas que ganhou essa amostra do "A mais pura verdade", mas estou bem ansiosa para conferir o livro! Primeiro pela temática que, mesmo passando essa ideia de que irei sofrer e muito, parece que trama irá me emocionar e eu gosto disso. Outro fator, ainda mais importante, são todas as primeiras impressões que li. Nenhuma delas foi negativa e isso aumentou 100% as minhas expectativas, espero poder compartilhar desse impacto positivo que essas poucas páginas causaram nas pessoas com o livro completo! E essa capa gracinha <3 Quero logo na minha estante!! Bjs
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jéssica.
      Menina, primeiro te desejo sorte para a próxima seleção e segundo espero que você possa comprá-lo logo para que ele possa enfeitar sua estante!!
      Bjs

      Excluir
  12. Oi Agatha!
    Eu amei a amostra do livro e amei ainda mais o livro.
    Mark é um garoto muito especial, apesar de egoísta, o livro passa muita coisa importante no fim, muitas mensagens lindas!!
    Espero que você ame quando ler ele todo!
    Beijos

    LuMartinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Lu.
      Eu também espero poder lê-lo logo mas com a lista de leitura e metas que tenho to vendo que vai ser difícil ler ele nos próximos meses kkk.
      bjs e que bom que gostou do livro.

      Excluir
  13. Olaa, tudo bom?
    Que bom que você teve ótimas primeiras impressões de A mais pura verdade. Espero que o restante do livro te surpreenda. eu também quando saio a viajar levo livros menos pesados, para poder levar mais aheuaheua Beijos,
    http://www.entreleitores.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jessica!
      Kkkkk sim, livros leves para dar o peso de um, conheço essa tática, espero que eu ame também!
      Bjs

      Excluir
  14. Oi Agatha,
    Se você gostou da prévia, vai amar o livro completo.
    Eu gostei muito. Ainda não consegui fazer a resenha, mas já adianto que dei 5 estrelinhas.
    A história de Mark é tão comovente quanto exemplar. E Beau é o cachorro mais fofo do planeta. Preciso admitir. <3 PS: A Jessie tem um papel muito importante na história, preste ainda mais atenção nela ;)

    Beijo,
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Mari.
      Assim que eu vi aquela menina, Jessie, já soube que ela era importante para ser sincera kkk. Espero amar mesmo e que eu possa começar a usar ele como exemplo.
      Bjokas

      Excluir
  15. Ri muito com seus pensamentos antes de começar a leitura. As vezes isso aconteceu comigo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Gostei muito da forma que você falou sobre esse "aperitivo", focando na sua visão da estória, mas sem entrar em detalhes nela. Isso só me deixa com mais vontade de ler esse livro. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk oi Gleyce.
      Ai que bom que você gostou e riu, acho que meu intuito era provocar mesmo que alguns sorrisinhos rs.
      E não gosto de dar spoilers, a não ser que a pessoa mereça, mas aí eu faço proposital mesmo muamuamua.
      Bjs e espero que possa ler logo e se encantar com esses personagens.

      Excluir
  16. Oieee
    Confesso que pensei a mesma coisa que você, sobre o cãozinho ficar deprimente e o menino morrer.

    O livro é lindo, comovente, triste, feliz, te tira dos eixos e te deixa com o coração na mão.
    Eu Amei.

    Beijos
    Paraíso das Ideias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tatiana.
      Infelizmente não tem como não pensar pois esse é o senso comum, mas fiquei feliz de estar superando alguns de meus preconceitos e de o livro me surpreender.
      Bjs.

      Excluir
  17. Oi Agatha!
    Esse livro tem sido muito bem avaliada nas resenhas que leio dele, e por isso nem li a "amostra grátis" porque tinha certeza de que ia querer mais, kkkk
    Como sempre, seu texto ficou ótimo!

    B-jussss!
    http://www.quemlesabeporque.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Nina.
      Obrigada, que bom que você gostou, mesmo, isso me deixa feliz.
      E olha, se eu tivesse o livro mesmo em mãos eu com certeza teria lido ele num fôlego só.
      Bjs

      Excluir
  18. Oi, Agatha!
    Eu adorei a prova! Assim como você, pensei que encontraria um sick-lit melancólico, mas o Mark é um garoto que – apesar de doente – é corajoso e determinado. A força pessoal dele me encantou e encheu meu peito com uma compaixão enooooorme! Eu sofri com ele, flor… Quis pará-lo e levá-lo para casa, para que não sofresse a solidão que estava sentindo. Mas também quis ajudá-lo a chegar onde queria, porque ele merece realizar seu sonho. :)
    Enfim, adorei a prova e espero que logo você e eu possamos ler o livro inteiro! (haha)

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Francine!
      Eu também quero que nós possamos o ler logo, mas como já disse anteriormente, nem sei se consigo fazer isso nos próximos meses, mas espero poder e logo, kkk.
      E eu também me senti assim, em dúvida sobre cuidar e ajudar a chegar no topo... mas é assim né, ás vezes amar é deixar quem amamos escolher seu caminho, mesmo que perigoso.
      Bjs

      Excluir