13 fevereiro 2015

Resenha - Geek Girl - Desastre Fashion





Meu nome é Harriet Manners e eu (ainda) sou uma geek!Ter entrado por acaso no mundo da moda não transformou Harriet em uma modelo perfeita da noite para o dia. E nem acabou com seus problemas. Na verdade, parece até que as confusões só aumentaram. Annabel, sua madrasta, está grávida e talvez o bebê tenha tirado literalmente de Harriet seu espaço na casa e até o carinho dos pais. Sua melhor amiga, Nat, foi despachada para a França pela mãe, arruinando os planos das duas adolescentes para o verão. E Harriet ainda luta para não pensar em Nick, mas tirar alguém da cabeça não é tarefa simples.Então, quando surge uma oportunidade de estrelar uma campanha exclusivíssima no Japão, é hora de sacudir a poeira e dar a volta por cima. Mas será que vai dar certo? Pelo jeito, não... A avó de Harriet, escalada para acompanhá-la à Terra do Sol Nascente, praticamente some quando as duas chegam lá. Suas companheiras de apartamento parecem legais, mas a maquiagem esconde segredos e sentimentos que não podem ser revelados. Para completar, Nick está no Japão e aparece em todos os lugares aonde Harriet vai. E ele continua lindo!Harriet está carregando um peso enorme nas costas, mas precisa ser delicada como uma flor de cerejeira se quiser pôr ordem no caos que se instalou em sua vida. Será que a geek favorita de todos vai mostrar do que é capaz? Aperte os cintos e embarque para o outro lado do mundo em uma história para lá de bacana!


272 páginas || Skoob || Cortesia: Editora Fundamento ||
Classificação: || OndeComprar ||









Porque a transformação é assim: não há como parar. Uma vez que o girino adquire pernas para saltar da lagoa, tudo muda. Assim que a lagarta ganha asas, ela voa.E uma vez que você tenha mudado, não consegue voltar atrás.Mesmo se quiser.
Me utilizando de uma frase do livro para ilustrar as coisas "A geek está de volta!!!", então acho que com isso fica claro que Harriet Manners já fez uma aparição por aqui e a fez muito bem por sinal, a resenha de Geek Girl se encontra aqui, mas sinceramente? Não acho que atrapalhe ler está resenha, só acho que vai atiçar a curiosidade, graças a Deus que não há nenhum segredo obscuro na vida de Harriet que mereça ser nomeado de grande spoiler.

Faz seis meses e sete dias que Harriet Menners trabalha como modelo para Yuka Ito. Faz dois meses que os melhores 182 dias de sua vida passou - o seu Menino Leão sumiu e ainda não voltou. Faz poucas horas que a sessão de fotos acabou, que ela foi pega estudando física e que saiu correndo com o rosto dourado para fazer a prova mais importante da sua vida. Faz poucos minutos que essas mesmas provas acabaram e o Verão oficialmente começou, seu plano será colocado em ação imediatamente... E faz poucos segundos que tudo ruiu, Nat - sua co-pilota - vai para a França, pois está de castigo.

Por algum motivo as coisas ultimamente parecem estar fora dos eixos, tudo parece gravitar para longe de Harriet; Nick viajou a trabalho pedindo um tempo e nunca mais deu as caras; seus pais estão vidrados na criança que ainda nem nasceu mas já ocupa muito espaço - Harriet inclusive não consegue entender isso, mas os portões de segurança sugerem que ela tome cuidado com seu quarto, ele pode ser roubado -; Nat vai para, exageradamente falando, para o outro lado do mundo e Toby - aquele que poderia muito bem sumir de vista - estará o verão inteiro livre; e claro, não há nenhum trabalho legal a ser feito, tudo o que lhe resta é mofar embaixo de sua coberta.

Mas Wilbur, sua fada madrinha, decidi agir e ao invés de uma carruagem de abóbora e sapatinhos de cristal ele lhe dá o melhor emprego do mundo, fotografar no Japão, durante um mês inteirinho ela poderá estar no lugar que fica no topo de sua lista de lugares a serem visitados! Ela mal pode esperar para partir com seus pais... Mas Annabel não pode viajar por conta da gravidez, então como ela vai? Será que ela consegue convencer os pais?  
Eu estou com quase 16 anos. Nessa idade, Isaac Asimov estava na universidade, Eddie Murphy estava fazendo apresentações de comédia em Nova York, Louis Braille tinha inventado a escrita que leva seu nome, o campeão de xadrez Bobby Fischer era um grão-mestre internacional, e o Harry Potter já estava a caminho de salvar todo o mundo mágico.
E lá vai Harriet, com sua apresentação de slides, tentar convencer seus pais de que ela pode e deve ir para o Japão sem a presença deles, pois ela é responsável e sensata e muito adulta. Acontece que não é bem assim, Harriet não está pronta para isso e por esse motivo Annabel chama sua mãe para cuidar e zelar por Harriet durante sua estada no Japão.

Mas assim que elas pisam no país, sua avó some e ela se vê sozinha com duas super modelos, mega lindas, ultra simpáticas, ela não sabe o que fazer, de repente tudo que estava dando errado está dando certo. Ela vai ter o verão perfeito, fez duas novas amigas e o melhor: Nick entrou em contato, ele quer conversar!!!
— Não, Rin, você não é péssima — Poppy ri. — Rin é obcecada pela Austrália e por isso está aprendendo inglês o mais rápido possível. Ela quer se mudar para lá. Meu namorado diz que ela deve ter sido um coala em uma vida passada.— Um belo dia — fala Rin com uma voz sonhadora —, vou me mudar para Sidney, vestir roupa de surfista, fazer churrascos grandes e queimar linguiças. Eu vou ser uma motoqueira banana! 
Porém quando Nick aparece em sua porta, o que é uma grande surpresa, ele não vem buscar Herriet para um passeio, mas sim Poppy. Quando sua primeira sessão de fotos se encerra, ela estragou um vestido peça única e deixou Yuka muito, muito brava. Quando ela percebe, alguém está sabotando seu cronograma. No fim, será que ela terá seu melhor verão? 
— Nat... eu não tinha nem mesmo a habilidade teatral necessária para interpretar uma árvore no teatrinho do 2(undo) ano quando encenamos A Branca de Neve, lembra?Nat ri.— Você caiu do palco e ficou lá deitada, balançando seus galhos até seu pai aparecer para erguê-la. Foi hilário.
O livro segue o mesmo ritmo do primeiro, ou seja, capítulos curtos, primeira pessoa e muitas risadas! Sério, amo a Harriet, ela consegue me fazer gargalhar. E me encantar também, afinal de alguma forma ela é tão brilhante e de por outro lado tão ingênua. Aiai, ela é muito meiga gente.

Nesta sequência, que não deixa em nada a desejar, Harriet passa por várias transformações e descobertas e ver isso acontecendo é muito nostálgico, afinal essas são algumas das fases de medos e experiências, tudo bem que não são exatamente iguais, pelas quais nós passamos, sejamos meninas ou meninos!

Os personagens secundários continuam sendo muito - ma-ra-vi-lho-sa-men-te - explorados, não me senti em falta com nenhum deles e mais ainda, foram eles que deram um toque a mais na estória. A Nat é como o Robin, sem ele falta algo para o Batman. Nick tem concorrência agora, afinal Toby sabe ser bem surpreendente - fiquei embasbacada com essa cena. Wilbur continua protagonizando com roupas estranhas! E os pais dela com certeza estão tão loucos e unidos quanto no primeiro livro.
— E Zeus?— Zeus? Como o arremessador de raios, pai grego de deuses e homens?— Como o cachorro mais alto do mundo. Um grande dinamarquês. Ótimo olhos.Annabel cai na risada.
Amei de paixão todas as referências a outras obras ao longo da leitura e ela citou Hachiko!!! Eu quis chorar com isso, se não conhecem procurem por um akita chamado Hachiko, ou pelo filme Sempre ao seu lado, muitas lágrimas derramadas. Mas voltando, eu mais que recomendo o livro, acho que deu para perceber isso, para todos aqueles que querem se encantar, sorrir, rir e pensar que não precisamos de grandes historias de heróis fantásticos para nos sentirmos encantados, Harriet faz isso com um senso de moda estranho, curiosidades acadêmicas pouco conhecidas e uma vontade de ser grande que nos inspira a querer mais das nossas vidas, pois elas são comuns mas podem ser únicas.


34 comentários:

  1. Ainda não li o primeiro livro mas tenho muita vontade de ler. Adoro livros que me fazem rir e esse pelo jeito é um deles. Assim que der vou ler.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Sil.
      Se você gosta de livros que te faram rir esse tem que entrar para a sua lista, leia sim e depois me conte o que achou sim?!
      Bjs

      Excluir
  2. Oi Agatha..
    Que legal que gostou assim deste livro também. Tenho curiosidade me conhecer a Geek, mas é um livro que não é prioridade de leitura para mim no momento. Mas está anotado os livros.
    Chorei com Sempre ao seu lado, queria chorar mais daquele jeito não Agatha..rs
    Mas o bom é que parece que os personagens não tiveram grandes mudanças, e o livro parece ser divertido no fundo.


    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leticia
      Sim, fico feliz em ter gostado tanto quanto do primeiro, fico muito triste quando o segundo livro não mantém o ritmo do primeiro.
      Até eu que não costumo chorar chorei que nem criança nesse filme Leticia, foi meio desesperador não? E fique tranquila, você não vai chorar daquele jeito com o livro e ele é mesmo divertido.
      Bjs

      Excluir
  3. To em um desses momentos em que o que eu mais preciso é um livro pra fazer rir, descansar pra depois voltar pra literatura mais pesada...
    Gostei bastante da temática deles, vou atrás!
    Beijoss
    http://www.vidaemmarte.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kathleen...esse é o livro certo então, cutinho, leve e mega divertido. Super recomendo.
      Bjs

      Excluir
  4. Oi Agatha, será que sou eu me identifiquei com as coisas não dando certo para Harriet? Se alguém pode dizer que as coisas não dão certo é ela, nunca tinha lido nada sobre a série porém a sua resenha me deixou ainda mais curiosa para conhecer tudo que envolve essa geek.
    E que espécie de avó é essa que some e deixa a neta, motivo para qual ela está lá, sozinha? Se nem a família está do lado dela, imagina as garotas ambiciosas do mundo da moda! Adoro livros que façam rir e por isso estou acrescentando esse e o primeiro para minha lista de desejos!
    Ótimo trabalho, beijos
    brookeandbelle.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Brooke.
      Kkkk, uma avó muito doida e meio hippie? Talvez.
      Olha, sugiro que você leia e mate sua curiosidade, assim como suas dúvidas, mas não se esqueça de ler o primeiro antes hein?!
      Bjs

      Excluir
  5. Oi Agatha!
    Nossa, já perdi a conta de quantas resenhas super positivas sobre esse livro. Está todo mundo lendo e todo mundo amando, e quero logo fazer parte desse "todo mundo" haha. Adorei a resenha.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Gustavo.
      Olha menino, devo dizer que só a premissa é bem positiva, e foi só ela que me levou a comprar o livro, mas venha, sim, fazer parte do "todo mundo' que ama esse geek!
      Obrigada, fico contente que tenha gostado.
      Bjinhos

      Excluir
  6. Oi Agatha, uma resenha deliciosa!
    Fiquei com muita vontade de conferir o livro.
    Já conhecia a série, mas ela ainda não tinha despertado meu interesse. Sua resenha me deixou animada para ler.
    E Hachiko é um filme lindo e emocionante mesmo.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Lia.
      Menina que bom que te deixei com vontade de conhecer, mesmo. Alcancei meu objetivo rsrs.
      Hashiko é lindo e tocante, simples assim.
      Bjos e espero que leia e goste :D

      Excluir
  7. Oi Agatha, parabéns pela sua resenha, adorei como sempre! Desde sua resenha do livro anterior fiquei com mais vontade ainda de conferir esses livros, parecem muito divertidos, bem do jeito que eu gosto. Acredito que se tiver a oportunidade irei ler, com certeza!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Kétrin, obrigada!!!
      Bem, se gostou só posso torcer para essa oportunidade aparecer logo não?
      Torcendo aqui menina.
      Bjinhos

      Excluir
  8. Lendo seu post fiquei muito curiosa para ler Geek, vou botar na minha lista haha
    tem uma tag para tu lá no blog, se chama "7 coisas" Obg pela atenção, sucesso!
    http://faladaay.blogspot.com.br/2015/02/tag-7-coisas.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Daay.
      Espero que leia e goste e pode deixar que estarei respondendo a Tag assim que possível.
      Bjokas

      Excluir
  9. Ainda não li nem o primeiro livro, mas tenho muita curiosidade em ler essa série.
    Parece muito boa e divertida.
    Ansiosa por essa leitura e conhecer mais.
    Adorei a resenha.

    http://lisos-somos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Déborah.
      Espero que leia logo e goste tanto quanto eu.
      Bjs

      Excluir
  10. Olá! Confesso que não conhecia esse livro, e lendo a resenha e vendo os outros volumes não senti muita vontade de lê-lo não. Mas parece até ser boa, mas não despertou meu interesse rs


    Beijinhos,

    Bia - Blog Escrevendo Mundos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beatriz.
      Que bom que despertei seu interesse, a série é muito boa mesmo, eu pelo menos adoro.
      Bjinhos.

      Excluir
  11. Olá, Agatha. Tudo bem?
    Esse livro me parece bem divertido, mas achei o nome meio enganoso, ele não parece ser quase nada geek.
    De toda forma, adorei a dica.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de fevereiro. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, estou bem sim e você?
      Olha o livro é sim bem divertido e não posso dizer que conheça todos os costumes e macetes geeks, mas pode apostar que essa menina faz inúmeras referências e que sua cabeça funciona de uma maneira pouco convencional, assim não acho que o nome seja enganoso se tratando de uma geek.
      Fico contente que tenha curtido e obrigada!
      Bjs

      Excluir
  12. Oie, Agatha!
    Já li a outra resenha e mesmo não gostando de romances, ainda que sejam mais comédia do que romance, fiquei muito atraída por esse. É que ele parece bem gostoso de se ler, garante boas risadas. Além disso, na minha opinião é fino! E ja prevejo lágrimas na referência ao Hachiko também ):
    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Celly.
      Fiquei surpresa por não gostar de romance, mas como você diz tem mais coisas além disso e é engraçado, é um livro sobre vida e adolescência, bem tranquilinho e finoooo!!!
      Awn a referência a ele é muito meiga.
      Bjinhos

      Excluir
  13. Adorei a resenha. Eu já lido em outro blog sobre essa leitura e gostei muito da história. A personagem parece ser alguém com quem eu me identifico e é provável que eu leia em breve. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Gleyse.
      Que bom que gostou, espero que adore quando ler.
      Bjs

      Excluir
  14. Oi, tudo bem?
    Já ouvi falar MUUUUUUITO dessa série, mas nunca me interessei em ler nenhum, sempre tem um livro que passa na frente deles ahahha
    Gosto dessa idéia de ser um livro engraçado e leve, daqueles que você sabe que não vai chorar no final e pode ler sem medo, só ler por prazer!
    Quero separar um lugarzinho pra ele na minha lista de futuras leituras!
    Beijos!

    http://lumartinho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu.
      Nossa menina, li sem medo mesmo, meu único problemas era secar as lágrimas causadas pelo riso - sim eu choro de rir -, então espero que esse espacinho surja logo!
      Bjinhos

      Excluir
  15. Oi Agatha, tudo bem?
    Eu fiquei mega curiosa para ler Geek Girl desde o seu lançamento e as suas resenhas só me fazem ter certeza de que eu irei gostar do livro e com certeza espero lê-lo logo logo.
    Beijinhos,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Andy.
      Estou bem amiga e você?
      Espero que leia sim, pois eu bem sei que temos gostos parecidos e aposto que você vai amar!!!
      Bjokas

      Excluir
  16. Eu fiquei curiosa com o primeiro livro quando ele chegou na livraria mas não li ainda.
    Legal ver que o segundo segue na mesma onda e que não decepciona... é tão comum a "maldição do livro dois" que sempre pego um segundo livro de série com receio...rs

    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Lica.
      Te entendo, mas fique despreocupada que o segundo livro não deixa na mão!
      Espero que leia logo e que goste!
      Bjs

      Excluir
  17. Oi Agatha!
    Não li oi primeiro livro ainda, mas tenho muita vontade de ler. Ainda mais com tantos elogios.

    B-jusssss ♥
    http://www.quemlesabeporque.com/

    ResponderExcluir
  18. Não li o primeiro livro mas estou morrendo de curiosidade. Minha amiga tem e eu só vejo elogios, espero poder ler em breve! Parece ser um livro bem leve, legal, engraçado e descontraído. Só espero não me decepcionar!
    Beijos,

    http://our-constellations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir