17 setembro 2014

Especial - Conhecendo os Autores... [3]





Olá meus amores,

Hoje estou vindo trazer aqui a coluna Conhecendo os Autores, onde já coloquei duas postagens sobre a autora Cassandra Clare e o autor Rick Riordan, mas dessa vez vou abrir com CHAVE DE OURO para apresentar também Autores Nacionais que estão começando a entrar nesse nosso mundo literário e eu espero que vocês gostem, porque eu resolvi vim apresentar para vocês uma autora super fofa que conheci meio que por acaso na Bienal de São Paulo.

O nome dessa Linda é  Iris Figueiredo =]


EU SEI QUE A POSTAGEM ESTÁ BASTANTE GRANDE, MAS LEIAM, PORQUE VOCÊS VÃO GOSTAR !!


Mas antes quero contar como foi esse nosso encontro inesperado...

Estava euzinha passando pelo corredor da Bienal olhando os estandes, carregando mala e sacola cheia de livros quando uma menina linda (Iris Figueiredo) me chama atenção me perguntando se eu já conhecia seu livro ''Confissões Online'', então, eu educadamente digo que não!

Ela me entrega o seu livro em mãos para que eu possa dar uma olhadinha na sinopse enquanto ela conta um pouco sobre do que se trata a história e sobre a sua personagem principal, então, depois de terminar de me contar sobre o livro, não dá outra né? Eu acabo comprando e ficando bastante interessada em ler, até porque além de ela ter sido super atenciosa, ela também foi bastante simpática autografando meu livro e tirando foto comigo.

Uma pessoa que no meu ponto de vista foi bastante carinhosa e atenciosa.
Adorei de verdade mesmo tê-la conhecido e de ter trazido o meu livro assinado por ela.





Mas na verdade não foi só isso que me chamou atenção para eu ter resolvido comprar o seu livro, até porque o que me surpreendeu foi o jeitinho que ela se apresentou para mim. O jeito com que ela veio falar comigo sem ao menos me conhecer. Achei isso fantástico, porque poucos são os autores que fazem isso nos estandes.
Fiquei bastante surpresa, porque ela estava sozinha ali apresentando seu livro para as pessoas que passavam e sempre com aquele sorriso lindo no rosto e com toda boa vontade do mundo contando a história de sua personagem que pelo que percebi apronta cada uma (risos). Simplesmente ADOREI !!


************

Mas eu tenho que confessar que eu estava passando por ali para ir mesmo no Estande do Grupo Autêntica para comprar um livro, mas acabei desistindo, porque além de estar com o dinheiro contado, eu fiquei bastante impressionada com tudo que a Iris tinha falado, e por conta disso, acabei me simpatizando tanto com ela e com o seu jeito que acabei trazendo o seu livro embora para casa. (risos)


Fiquei com muita admiração e fiquei muito feliz por tê-la descoberto e estar trazendo aqui para vocês conhecer um pouquinho sobre ela e de seu trabalho, até porque a história de seu livro é super interessante e acho que muitos internautas apaixonados como eu vão AMAR !!!

************

Depois de ter retornado para minha cidade, após o primeiro fim de semana na Bienal de SP, teve uma noite que fiquei sem sono e por curiosidade eu acabei pegando o livro da Iris para dar uma olhada, pois fiquei realmente impressionada com tudo que ela tinha me contado sobre tudo que sua personagem passava durante a história.

Então, comecei a ler sem querer parar. Me surpreendi demais com a narrativa deliciosa que a autora desenvolveu pelos poucos capítulos que li e o pior que ao invés de me dar sono, acabou me deixando curiosa e despertada para ler ainda mais, só que eu não dei continuidade, porque eu tinha alguns livros pendentes para terminar ainda (risos)

No dia seguinte, corri para falar com a autora no facebook e deixei um recado para ela dizendo que havia adorado a narrativa de seu livro. Expliquei que havia pegado ele para dar uma folheada e que adorei, porque não conseguia parar de ler por conta de sua narrativa.

Ela ficou bastante contente por eu ter gostado e me deixou uma mensagem bastante carinhosa me agradecendo e esperando que eu gostasse do restante de seu livro. E aproveitei também para lhe avisar que retornaria no segundo final de semana na Bienal de SP e que com certeza passaria mais uma vez  no estande para lhe dar um abraço novamente e também parar tirar mais fotos, até porque disse que havia gostado muito dela e também por ela ter sido muito atenciosa comigo sem ao menos me conhecer direito.

Uma pessoa Linda e Iluminada que eu desejo TUDO DE BOM nesse MUNDO !!!
Acho que eu ganhei uma BOA AMIGA nesse dia. Um presente de aniversário muito ESPECIAL !!

Tiramos fotos juntas que com certeza será guardado com muito carinho no meu coração e junto das minhas lembranças. =]






Adorei conhecê-la e recomendo para todos os meus leitores que conheçam o seu trabalho, porque ela é uma pessoa linda e que merece ser reconhecida.


************







Vamos então dar uma conferida sobre ela e seu trabalho?




Olá, meu nome é Iris Figueiredo e atualmente tenho 21 anos, estou me formando em Comunicação social com habilitação em Produção editorial pela UFRJ e sou escritora. Apesar de ser editora por formação, atualmente sou funcionária pública e, não muito diferente da minha vida há cinco anos, ainda estou tentando decidir qual será meu próximo passo. Durante três anos trabalhei com o mercado editorial, primeiro como freelancer, depois como estagiária e então como editora assistente.

Moro na região metropolitana do Rio de Janeiro e pelo menos uma vez por mês faço as malas para viajar e divulgar meu livro em cidades diferentes do Brasil, uma das minhas maiores paixões depois de escrever. A literatura me proporcionou unir as duas coisas que mais amo na vida!

Lancei meu primeiro livro, Dividindo Mel, aos 19 anos. Aos 21, publiquei o segundo, Confissões on-line, primeiro da série Bastidores da minha vida virtual. O segundo volume da série será lançado em 2015.

Já coordenei um projeto de incentivo à leitura, fui madrinha do Clube do Livro C&A e acredito na democratização da literatura. Acho que o mundo está repleto de histórias incríveis e todo mundo pode se apaixonar pelas palavras e ajudar à construir um mundo melhor, o importante é encontrar a história que nos envolva da maneira certa.

Também concilio meu tempo fazendo palestras em escolas e tentando transmitir para os alunos um pouco sobre o prazer e importância da escrita e da leitura. Acredito na literatura como algo que transforma vidas, pois a minha foi completamente mudada por causa dos livros!






SUAS OBRAS



Sinopse - Dividindo Mel - Iris Figueiredo

Todo mundo sabe o que é se apaixonar: o frio na barriga, os abraços, os beijos e os sorrisos. Só que ninguém gosta quando o relacionamento dá errado e termina de uma hora para a outra, sem explicações. Melissa sabe muito bem disso.

Afinal, ela nem chegou a duas décadas de vida e possui uma lista de ex-namorados (e alguns ex-qualquer-coisa-indefinida) maior do que gostaria. Mel prometeu para Rebeca, sua melhor amiga, que agora iria focar em seu futuro e deixar os relacionamentos para depois, pois tendiam a terminar mais rápido do que começavam. O que ela não esperava era conhecer, por acaso, um cara maravilhoso que parecia o Príncipe Encantado com quem tanto sonhou.

E, menos ainda, que seu melhor amigo voltaria para a cidade trazendo consigo um monte de lembranças e acontecimentos especiais. E agora, como ficará o já cansado coração da dividida Mel?


BOOKTRAILER










Sinopse - Confissões On-line - Bastidores da minha vida virtual - Iris Figueiredo

Prudência é uma característica que só consta no sobrenome de Mariana Prudente. A menina viu sua vida mudar de cabeça para baixo em poucos meses: perdeu a popularidade, o namorado, a melhor amiga e o grande sonho de fazer um intercâmbio. Agora, Mariana vê seu nome rabiscado nas cabines do banheiro da escola e escuta fofocas sobre ela pelos corredores do colégio e fica sem rumo.

O vestibular se aproxima, sua irmã está enlouquecida por causa do casamento marcado, e tudo que ela quer é não pirar enquanto suporta os últimos meses no ensino médio. Sem lugar para desabafar, Mari vê no ambiente virtual uma chance de descarregar todas as angústias do mundo off-line, criando o vlog "Marinando".

Com sua banda preferida como trilha sonora, ela conta com a ajuda de Arthur e Carina para mergulhar no mundo virtual e esquecer os problemas do mundo real.

Com uma câmera na mão e alguns vídeos na internet, Mariana Prudente vê sua vida mudar mais uma vez, pois chegou a hora de sair dos bastidores e ser a protagonista novamente.


BOOKTRAILER








ENTREVISTANDO * IRIS FIGUEIREDO *


1- Iris como foi o processo de escrita de seus livros, encontrou muitas dificuldades? Você demorou quanto tempo para escrever?

Minha maior dificuldade é encontrar o rumo certo para a história. Costumo demorar bastante para ficar satisfeita, então o processo de pensar e imaginar o livro demora muito mais do que o de escrita. Assim que encontro o ritmo, o processo de escrita é rápido - depois costumo passar bastante tempo mexendo na história e ajeitando, para ficar o mais próximo do que eu acho melhor.


2- Normalmente, por trás de todo autor, existe um bom leitor. Isso é verdade para você? Se sim, quais os livros que marcaram sua vida de leitora?

Pedro Bandeira é um dos autores que me fez ter paixão pela escrita, foram os primeiros livros pelos quais me apaixonei de verdade. Já Thalita Rebouças tem, como escritora, um papel muito importante na minha vida: em 2005, numa Bienal do Livro, lembro que assisti um bate-papo com ela. Depois dessa conversa, fui atrás dela e disse que queria um livro autografado. Ela foi andando comigo e a amiga dela até o estande da Rocco e nós compramos Fala sério, mãe e pegamos um autógrafo. Eu tinha 12 anos e fiquei perguntando algumas coisas sobre a vida de escritora para ela, que foi super atenciosa comigo. Virei fã e foi ali que entendi que poderia ser escritora também. Depois disso só vi as filas para ela crescerem em várias bienais e isso me fez entender que o caminho para viver de escrita é longo, mas vale muito a pena. Então ela foi uma escritora muito marcante para mim por isso. Mas meu livro favorito, aquele que mudou minha vida e o meu jeito de ver as coisas, foi A redoma de vidro, da Sylvia Plath. Só que se você perguntar meu livro de cabeceira, minha resposta sempre será a Bíblia.


3- Como “Dividindo Mel e Confissões Online” surgiu? A história e/ou os personagens são totalmente fictícios ou existe algo de real por trás deles?Todas as histórias são ficção, mas sempre busco inspiração na minha própria vida ou nas histórias que meus amigos contam. Os personagens carregam um pouco do que eu gosto, conheço etc. Acho que é impossível não colocar um pouco de mim nos livros. A história de Dividindo Mel surgiu depois que eu terminei um relacionamento, tive a ideia para o prólogo e então comecei a escrever. Mas não tem nada a ver com minha vida, depois do prólogo é só a Mel. Já Confissões on-line é a história da irmã dela, Mariana, que alguns leitores de Dividindo Mel pediram que eu escrevesse.


4- Quais as dificuldades encontradas durante o processo de criação do livro, da escrita à publicação? Você teve momentos de falta de inspiração, em que “travou” durante a escrita?
Eu sempre travo! Como disse, minha maior dificuldade é encontrar o tom da história, até isso acontecer, vivo travando, jogando rascunhos no lixo etc. A publicação dos dois romances foi tranquila, especialmente no segundo, que contei com ajuda de uma agente literária.


5- Fale um pouco sobre as dificuldades de publicação.


Não tive muitas dificuldades para publicar meus livros. No primeiro, a editora veio até mim perguntar se tinha um texto pronto, então apresentei Dividindo Mel, que a princípio era um livro que escrevi para minhas amigas lerem. O segundo, apresentei para três editoras que solicitaram o manuscrito. Uma delas recusou, outras duas aceitaram. Depois de muita conversa com as duas, acabei escolhendo a Generale pelo que me ofereciam, que era o melhor para mim naquele momento da minha vida. Sei que é um caminho atípico, mas graças a Deus tive sorte quanto a isso, mas costumo dizer que publicar não é difícil, difícil é vender seu peixe quando ele já está no mercado.


6- Qual a sensação ao terminar um livro? E a de receber as críticas, positivas ou negativas?

Eu não tenho problemas com críticas negativas, acho que elas me ajudam a crescer. A partir do momento que o livro está nas livrarias, ele não é só meu, mas de cada leitor, então é normal que alguns não gostem ou não se identifiquem. Acho que desde cedo aprendi a expor meu trabalho - eu fiz balé e jazz até os treze anos, o que me ensinou bastante sobre lidar com críticas, pois as professoras eram sempre muito duras com a gente, mas sempre entendi que aquilo me ajudava a ser melhor na dança. Acho que levei isso para a escrita. Tento pensar sempre que cada leitor, mesmo aqueles que não gostaram, são um presente para mim, por dedicarem parte do tempo para a minha história. Essa é a minha maior dádiva. As críticas positivas me deixam tão emocionada que nem sei como falar! Às vezes fico abobalhada perto de um leitor que elogia meu trabalho, pois é muito gratificante ouvir algo bom sobre aquilo que escrevi. Esses dias uma leitora disse que meu livro havia mudado a vida dela, então eu passei horas chorando de alegria. É por momentos como esse que escrevo, para fazer a diferença para alguém. A sensação de terminar um livro é liberdade. Eu não me sinto em paz comigo mesma até colocar minhas palavras no papel, então sempre que termino uma história, sinto que sou um pouco mais livre, pois contei algo que queria espalhar pelo mundo.


7- Você acha que a Internet e os blogs literários têm um papel importante na divulgação dos livros nacionais?


A internet ocupa um espaço que a mídia tradicional não consegue suprir, por questões de espaço e editoriais mesmo. Os blogs e a internet tornaram meu sonho possível e acredito que hoje seja mais fácil se jogar nesse mundo, pois você vai rompendo as barreiras e colocando sua cara à tapa, divulgando seu trabalho por conta própria e montando seu próprio espaço. Os blogs ajudam muito o autor nisso.


8- Quais conselhos você daria para os que sonham em escrever um livro?

Escreva! Não posso dar outro conselho. Eu acho que as pessoas não podem desistir daquilo que as faz felizes. A gente pode mudar de sonho com o tempo, é normal, mas eu não sou uma pessoa de desistências. Nenhum caminho é fácil, você tem que trabalhar duro para conseguir e ninguém vai realizar seus sonhos por você. O que não dá é para cruzar os braços e esperar que as coisas caiam do céu. Trabalhe bastante para conseguir o que deseja e você terá, sempre.


9- Tem algum outro projeto em mente?

Estou terminando Bastidores da minha vida virtual 2 e pretendo lançá-lo no ano que vem. Depois disso, vou tirar algumas histórias da gaveta e tentar trazer um ponto final a elas. Gosto de me concentrar em um trabalho de cada vez, para estar inteiramente concentrada naquilo.

10 - Iris o I LOVE MY BOOKS agradecer pela sua atenção e também pelo carinho de ter respondido todas essas perguntinhas, mas agora gostaria de pedir para que você deixasse um recadinho para meus leitores =]
Confissões conta a história da Mari, uma menina que está com a vida super confusa. Inventaram uma fofoca sobre ela na escola para ocultarem um segredo, então todo mundo para de falar com ela. Como ela se sente muito sozinha, resolve criar um canal no Youtube para desabafar e essa pode ser a porta necessária para esquecer o passado e realizar sonhos!
Eu quero agradecer pelo espaço para divulgar meu trabalho e pelo super carinho que você demonstra, Silvana! Meu recado para os leitores é para não desistirem nunca dos seus sonhos, por mais loucos que pareçam.

Beijos

Iris Figueiredo





Querem saber mais sobre a Autora e sua Obra?

Acesse:

Blog:
http://literalmentefalando.com.br/
Fanpage:
https://www.facebook.com/litfalando
Twitter:
https://twitter.com/irismfigueiredo
Instagram:
http://instagram.com/irisfigueiredo







Espero que vocês tenham gostado da postagem.
Aguardem que logo estarei trazendo a resenha do livro aqui no I LOVE MY BOOKS.
Não deixem de comentar e dar a opinião de vocês sobre a postagem ok?

Estarei passando em todos os Blogs para fazer minhas visitinhas, embora só passarei naqueles que COMENTAREM DIREITO, porque não vou aceitar mais ''adorei tudo'' ou ''sua postagem ficou muito legal'' - SERÁ DELETADO!!

Acho que um pouco de educação AJUDA né?

Beijinhos e fiquem com Deus!!

17 comentários:

  1. Olá! Nem está tão grande assim! Adoro conhecer autores, é muito legal saber quem está por trás daquelas histórias que tanto amamos!

    http://www.whoisllara.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lara essa autora além de ser um amor de pessoa, o livro dela me chamou bastante atenção quando ela me falou sobre ele. Vale muito a pena vc dar uma conferida. Quem sabe né? Ainda mais com o nosso mercado literário nacional crescendo da maneira que tá. Eu simplesmente adorei e espero gostar realmente da história. =]

      Excluir
  2. Oiii amiga!
    Nossa, que bacana esse encontro hein? É legal saber o carinho do autor com os leitores. Sempre a achei simpática na internet.
    Eu tenho muita curiosidade de ler os livros da Iris, espero em breve poder comprar!
    Adorei as fotos de vocês duas. :D
    Beijos e se cuida
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha amiga eu fiquei sinceramente bastante feliz de ter conhecido ela na Bienal, principalmente porque foi do nada sabe? Eu nem sabia dela. Nem sabia que era autora e nem conhecia nenhum de seus livros. Esses dias que descobri que ela tinha um outro anterior. Até eu fiquei curiosa de ter ele na estante, mas antes, irei ler esse que eu comprei na Bienal e espero poder passar tudo que eu achei para todos os leitores aqui no blog =D

      Excluir
  3. Oi Sil eu acredito que os melhores momentos de nossas vidas acontecem de forma inusitada e seu post acabou de provar isso. Também sou fã de pessoas assim como a escritora Iris, educadas e carismáticas, aliás, já tinha ouvido falar sobre o livro, mas foi maravilhoso conhecer um pouquinho mais da autora. Desejo todo sucesso do mundo pra ela. E para o seu blog também.
    Beijokas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha Neiva realmente ela é uma pessoa bastante educada e muito atenciosa com os leitores, porque eu me surpreendi demais com ela me chamando para apresentar o seu livro e olha que eu nem a conhecia. Fiquei surpresa por conta disso e adorei!
      Espero poder ainda conhecer outros autores assim e também apresentar suas obras nessa coluna, porque tá sendo bastante bacana revelar algumas pessoas que estão iniciando o seu trabalho e que não são tãoooooo reconhecidos como Paula Pimenta ou Bruna Vieira por exemplo. Enfim...

      Excluir
  4. Gente que sorriso lindo o dela! Dividindo Mel está nos meus desejados do skoob há um tempãooooo o.O Ela é muito fofa! Quero ler e ter os dois agora.

    Adoro autores nacionais e quando eles são assim como você falou dá vontade de comprar tudo deles hahahahaha

    Beijos
    Passaporte Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha eu nem sabia do outro livro da autora. Acabei sabendo do livro quando eu fui procurar as coisas para fazer essa postagem e sinceramente tenho que confessar que fiquei curiosa para conhecer a obra também. Mas antes de tudo quero ler esse livro dela para ver se eu irei curtir, mas com certeza irei, até porque depois de ela ter me parado e contado um pouco sobre ele, fiquei bastante curiosa pra saber o que acontece com a personagem hehehehe

      Excluir
  5. Oi Sil, tudo bem?
    Ainda não conhecia a autora, apesar de ter ouvido falar no livro Confissões On-line. Nossa e ela é bem novinha né e já tem dois livros!! E ainda está com um projeto para outros livro. Poxa!!
    Achei ela super simpática pela foto já, e a entrevista revela isso.
    Que bom que ela não teve tanta dificuldade para a publicação do livro, pois hoje não é fácil viu. E concordo com ela que os blogs literários e a internet em geral tem trazido muito retorno para autores nacionais.
    Adorei a entrevistinha e só posso desejar mais sucesso a ela! E adorei o post Sil, muito bom poder conhecer um pouquinho mais de uma autora nacional que com certeza deve ser ótima.

    Se cuida Sil..
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigaaaaaaaaaaaa lindaaaaaaaaaaaaa do meu coraçãooooooooooooo
      Eu fico tão feliz quando vc passa aqui sabia?
      Mas olha, eu tenho que te confessar que adorei conhecer a Iris.
      É uma pena que nesse dia vc não estava comigo, porque com certeza vc tbm iria gostar muito dela. É um amor de pessoa e sinceramente vc tbm ia sair com um livro dela de lá junto comigo hahahaha....Mas enfim...Quem sabe na proxima Bienal a gente se encontra e anda juntas né? Até porque foi uma loucura a gente indo cada uma para um lado hahahahaha

      Excluir
  6. Já conhecia a autora por causa do livro "Dividindo Mel", porém ainda não tive chance de ler o livro dela. Mas assim que eu tiver, com certeza irei ler. Que bom que você gostou dela, realmente parece ser muito simpática.
    http://pactoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha eu não a conhecia como eu disse na postagem, mas fiquei feliz de tê-la conhecido e também de saber um pouco mais sobre ela, porque sinceramente fiquei encantada pelo seu trabalho e espero que ela seja uma das minhas autoras favoritas...vamos ver né?! Mas espero que vc tenha oportunidade de ler o seu livro, porque pelo pouco que li eu gostei, mas quero pegar firme mesmo na leitura pra ver o restante da história

      Excluir
  7. Olá!
    Não conhecia a autora e nem os livros. Achei os livros interessantes, principalmente Dividindo Mel.
    A autora parece ser super simpática.
    É sempre bom conhecer novos autores e suas historias! =)
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha Aline, eu também acho bacana a gente conhecer autores nacionais, até porque o mercado vem crescendo bastante e a cada dia que passa parece que vem surgindo ainda mais pessoas nesse nosso mundo literário. Enfim...Eu achei bacana apresenta-la, porque eu me surpreendi demais ao conhecê-la e achei legal passar um pouco do que vivi na Bienal quando a conheci. Principalmente porque a sua obra me chamou bastante atenção. Espero que vc goste do outro livro dela e tenha a oportunidade de ler também =]

      Excluir
  8. Oiii linda, olha eu aqui de novo,kkkk...
    Adorei a história que você contou de como encontrou e conheceu a Iris, eu adoro quando os autores são simpáticos e atenciosos comigo, principalmente se forem parceiros do blog, mas no seu caso é porque era pra você ler mesmo o livro e conhecer a pessoa fofa que é a autora.
    Fiquei doida aqui pelos livros dela, espero lê-los muito em breve flor...a entrevista ficou show, eu adoro ler entrevistas em blogs, a gente conhece muito de um autor pelas respostas dadas, parabéns pelo post lindo, adorei conhecer autora e obras.

    bjs e aguardo resenha viu?

    ateliedoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga fico feliz que tenha gostado da postagem, porque eu fiz com bastante carinho e passando o máx de informação possivel da autora para os leitores, principalmente porque achei seus livros bastante interessantes e também porque amei conhecê-la. É um amorzinho de pessoa sério. Se vc tiver um dia oportunidade de conhecê-la, vai e se apresenta, porque ela é uma pessoa muito fofa mesmo.

      Enfim...Pode deixar que logo estarei trazendo resenha do livro dela aqui, até porque estou curiosa sobre a história. Só estou mesmo colocando em primeiro lugar os das Editoras pra ficar mais tranquila pra ler os que comprei (risos)

      Excluir
  9. Ei Silvana, deu para sentir pela as fotos a simpatia da Iris. E a medida que fui descendo no seu post e vi o livro "Dividindo Mel", lembrei que já tinha visto falar da autora. Muito bacana, queria ter ido na Bienal, mas não deu.

    Lucas - Carpe Liber
    http://livrosecontos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir