08 outubro 2018

Luz, Câmera e Ação [59] - Para todos os garotos que já amei


Título: Para todos os garotos que já amei
Data de lançamento: 17 de Agosto de 2018
Netflix
Direção: Susan Johnson
Elenco: Lana Condor, John Corbertt, Noah Centineo, Janel Parrish e mais
Gênero: Comédia/ Drama/ Romance
Duração: 1h 39 min


Lara Jean Song Covey (Lana Condor) escreve cartas de amor secretas para todos os seus antigos paqueras. Um dia, essas cartas são misteriosamente enviadas para os meninos sobre os quais ela escreve, virando sua vida de cabeça para baixo.
                             


  LOi, gente, tudo bem com vocês!?

A resenha de hoje é desse filme super fofinho que saiu na Netflix, Para todos os garotos que já amei. Ele é uma adaptação da trilogia dos livros da autora Jenny Han e eu confesso que não li nenhum dos livros em questão, mas gostei bastante do filme.


Lara Jean é a típica adolescente americana e como tal ela tem seus amores juvenis como qualquer garota normal, mas o que ninguém sabe é que ao longo de sua vida Lara Jean escreveu cartas para todos os garotos que já amou, mesmo que nenhuma dessas cartas tenham sido enviadas aos seus destinatários. E a partir do momento em que esses rapazes começam a receber as cartas endereçadas a eles é que sua vida virará de cabeça para baixo. Alguém bem próximo a Lara Jean resolve enviar essas cartas à sua revelia e então as confusões começam a se tornar recorrentes em sua vida.


A adolescente mora com o pai e as duas irmãs - a mais velha chama-se Margot e a caçula Kity. As três são muito unidas e confidentes, sendo que entre Margot e Lara Jean ocorre uma afinidade maior, já que a diferença de idade entre elas não é muito grande e as três têm um relacionamento muito bonito e próximo com o pai, visto que a mãe faleceu há alguns anos.

De um dia para o outro Lara Jean se vê perseguida e confrontada por alguns dos meninos que receberam suas cartas e um em especial é exatamente o garoto que ela ama no momento. Só que em cima desse sentimento tem um fortíssimo agravante, pois o menino é comprometido com alguém bem próximo a ela e de forma alguma Lara Jean quer magoar essa pessoa.

Sua vida está passando por algumas mudanças e uma delas é justamente a ida de Margot para uma faculdade que fica bem longe da família e Lara Jean não sabe como contar à irmã as loucuras que estão acontecendo em sua vida por causa do envio de suas benditas cartas e é justamente por causa disso que ela se aproxima de Peter, um dos garotos que ela amou no passado. A partir desse momento eles firmam um "compromisso" que pode levá-los a descobrir um sentimento muito maior e mais bonito do que eles poderiam sequer pensar ou imaginar.


Se vocês leram os livros, mas não assistiram ao filme está aí uma ótima oportunidade para remediar esse fato. Ou então, façam como eu, assistam ao filme mesmo sem  ter lido os livros. Vocês não vão se arrepender.

Ahhh! É muita fofurice esse filme, gente! Eu amei (risos)!
A história é leve, divertida e despretensiosa, percebe-se que a intenção do filme foi divertir e encantar às pessoas e eles a meu ver conseguiram fazer isso muitíssimo bem.

Gostei muito do personagem da Lara Jean e de suas duas irmãs também, mas a mais sapeca e esperta de todas ali é a Kitty, sem sombra de dúvidas e vocês casos já tenham assistido sabem exatamente do que eu estou falando.

O relacionamento das três irmãs é muito meigo e bonito de se ver, sem contar o pai delas que é o personagem mais engraçado de todos. Eu dei boas gargalhadas com ele e o ator que o interpreta (John Corbett) está maravilhoso no papel. As atrizes que dão vida a Lara Jean, Margot e Kitty também estão muito bem em seus respectivos personagens e o entrosamento entre elas foi outro ponto a favor do filme.


Gostei bastante da forma como a história se desenrolou, porque mesmo não tendo lido os livros fiquei sabendo por uma fonte fidedigna (minha filha) que em alguns aspectos o filme se parece com os livros, mas por se tratar de um filme outras tantas situações foram deixadas de fora e algumas não aconteceram da mesma maneira que nos livros. Mas acredito que isso seja extremamente compreensível, já que a diretora e a equipe tiveram somente 1h e 39 min para contar a história de vida de Lara Jean, os garotos que ela amou e também de sua adorável família. É natural que algo fique inevitavelmente de fora, porém como um todo e sem julgar o filme pelos livros (já que eu não os li) posso dizer que gostei bastante do filme e do final mais ainda.





Inscrições Abertas - Participe !!



5 comentários:

  1. Ah, super recomendo os livros!
    São fofos, e tem uma evolução muito bonita.
    Realmente o filme não ficou 100% igual ao livro, mas conseguiram deixar lindo e divertido.
    Amei os atores escolhidos, a interpretação deles ficaram maravilhosas e isso deixou o filme mais apaixonante.
    E Noah... Aiai 😍
    Lara é uma personagem na qual me identifico muito.
    Agora estou esperando pela continuação, porque aquele final só me deixou na expectativa.
    Amei, mas leia os livros também. Haha...

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ah, este filme!!!
    Acabei vendo ele assim que foi lançado e ouso dizer que foi uma das grandes surpresas deste ano!
    Eu li dois livros da trilogia e adorei a forma com que foram escritos. E confesso que estava com medo da adaptação,mas foi muito gostoso ver na tela a história ali, certinha!
    Família, amores, amigos. Tudo retratado de forma simples e singela.
    Um filme mais do que recomendado!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Eu não resisti e assisti o filme.
    Concordo que o filme é perfeito para quem busca diversão de forma meiga, suave e também dar boas risadas.
    O que mais me encantou nessa história foi o relacionamento das irmãs, achei muito bonita a amizade delas, o amor que transparece.
    A Lara Jean é uma querida e não por acaso vive como grande parte dos adolescentes, numa mistura de dúvidas e certezas. Quem não assistiu está perdendo.

    ResponderExcluir
  4. Olá! Ainda não vi o filme, e nem li os livros (fiquei até com vergonha agora), mas a história parece bem fofa e divertida, cheia de clichês (que eu adoro!), acredito que a falta de algumas cenas que tinham no livro, mas não aparecem no filme, seja um incentivo a mais para que possamos ler o livro (afinal, o livro é sempre melhor que o filme né Brasil). Quero me programar para poder ler os livros e assistir ao filme o mais breve possível.

    ResponderExcluir
  5. Assim como tu, eu também ainda não li nenhum dos livros que deram a base para o filme, mas adorei a adaptação. Acho que ela foi muito feliz em retratar a personagem da protagonista e a aura adolescente que a história tem em si. Eu me identifiquei com a Lara em vários momentos do filme e ri demais com algumas situações. Achei o relacionamento da irmãs lindo de morrer e o casal protagonista me conquistou aos poucos, no final eu já suspirava com e por eles. Com certeza uma comédia romântica que eu indicaria!

    ResponderExcluir