27 agosto 2018

Resenha - Perigosa Amizade



Livro: Perigosa Amizade
Cortesia: Autora Gisela Bacelar
Editora: Planeta
Ano: 2017
Páginas: 240
Onde Comprar: Amazon

Para fãs de Gossip Girl, o volume zero da elogiada série independente Perigosa amizade, que conquistou mais de 40 mil seguidores no Instagram. Roberta é uma adolescente intensa. Ela é decidida, prática e sabe o que quer. Pelo menos enquanto o coração não resolve entrar na jogada e embaralhar seus sentimentos. Melissa é uma figura. Loira, com os cabelos cacheados, é aquele tipo de menina que já chega logo dizendo: “Ei, você quer ser minha amiga?”. Quando as duas ainda eram crianças, Roberta respondeu que sim. Denis, atacante do time de futebol, é cativante e extrovertido. Ainda é meio moleque, mas começou a chamar a atenção das meninas nos últimos anos. Com tantas mudanças, tem achado cada vez mais difícil sustentar a amizade que construiu na infância com Roberta e Melissa. Matheus tem dezoito anos. Assediado pelas meninas, já acabou o ensino médio e ainda não sabe o que quer fazer da vida. Vive no litoral com o pai que todo garoto desejaria ter: descolado, presente, fazendo todas as vontades do filho... Mas Matheus não é “todo garoto”. Seu melhor amigo, Gabriel, é um cara legal. Sensível, curte tocar bateria. Seu sonho é tocar numa banda de verdade, em shows ao redor do mundo. Para o pai dele, no entanto, isso seria um pesadelo. Como – e quando – seus caminhos irão se cruzar? Em Perigosa amizade: o começo, a escritora e modelo Gisela Bacelar costura o destino desses garotos e garotas, formando uma rede de encontros e desencontros e trazendo à tona assuntos presentes na vida de qualquer adolescente, como o sexo e a perda da virgindade, a aceitação entre amigos e colegas, drogas e álcool e a difícil relação com os pais.




Adolescência, aquela fase complexa por quais todos nós passamos e para alguns é considerada a melhor parte de nossa vida, já por outros é mais uma fase. É inacreditável como cada ser humano reage de maneira distinta nesta fase. Uns vivem ela loucamente, outros são mais reservados; mas uma coisa é impossível de se negar; essa é a fase em que nos descobrimos, o autodescobrimento. A descoberta do primeiro amor que por vezes pode ser algo rápido e fugaz, já para outros é aquele amor para a vida toda. Essa é a fase em que mais somos necessitados de ter atenção, ter amigos, viver rodeados por várias pessoas...

Aqui somos apresentados a uma história simples e complexa na mesma proporção, dado a gama de assuntos que são abordados, alguns polêmicos até demais.

Roberta, Melissa e Denis são aqueles famosos “trios de amigos inseparáveis”, eles mantêm amizade desde o ensino fundamental e pelo visto viriam a ser amigos por muito mais tempo. Melissa é aquela garota sonhadora, que acredita que um dia terá seu príncipe encantado e assim viverá seu felizes para sempre. Roberta, uma garota de atitude e sempre sabe o que quer, nunca se deixou abater por opiniões alheias. E por fim temos Denis, jogador do time de futebol da história e um verdadeiro aspirante a bad boy. Tanto é que em meio a se preocupar com suas conquistas acaba por se afastar de suas amigas ( o que na minha opinião me incomodou, porém é algo tão comum no dia a dia que acabou por não ter um impacto muito grande, só aquele incomodo de leve mesmo). 

Matheus e Gabriel são amigos meio que desde sempre, pois seus pais são amigos de longa data, mas pensem em duas pessoas completamente diferentes e você terá esses dois. Matheus já finalizou o colégio e não pensa em ingressar na faculdade; sua vida se resume e baseia em diversão, mulheres, drogas, enfim só curtição. Já Gabriel ainda se encontra no colégio, é dedicado e ama tocar bateria; sonha em curtir a vida e conhecer o mundo, mas bem, isso esta fora de alcance por conta seus pais que nunca permitiriam isso (pais super protetores que fala?). 

Sara e Jonas, são gêmeos e foram abandonados pelo pai quando ainda jovens e agora tem o fato de encarar que a mão deles entrou em depressão e por conta disso acabou por se entregar para o vicio do álcool. Mas por mais que sejam gêmeos suas personalidades são completamente distintas; Jonas é p rebelde, revoltado e se acha o maior conquistador (imaginem o quão estressante foi lidar com esse personagem); já Sara é uma menina dedicada, esforçada nos estudos e que faz de tudo para aguentar e carregar o fardo da família e ainda cuidar da mãe, com a esperança de que um dia sua mãe consiga abandonar o vicio e assim poder levar uma vida melhor e mais saudável. 

Mas o que esses jovens teriam em comum? Porque conhecer e ouvir suas histórias? Essa é outras perguntas foram as que ficaram rondando minha mente quando iniciei esse livro e devo confessar que cheguei a pensar que não teria as respostas aqui; até que no aniversário de 15 anos de Melissa, vamos começar a ver sutilmente o caminho desses jovens começarem a se cruzar e nos levar a questionar a um: e agora? Fiquei com a famosa sensação de quero mais (risos!) 



[ - Minhas Impressões - ] 

Perigosa Amizade é um livro que nos apresenta a história de dez jovens com vidas distintas (chocada com tanta gente - risos), e nos mostra a fase mais bela para alguns e a mais difícil para outros: a adolescência. 

A adolescência é uma complicada, cruel e por vezes traiçoeira; a fase onde começamos a tomar as primeiras decisões que de fato virão ser cruciais para nosso futuro, que em grande parte virá a definir quem seremos e o que queremos; a fase das descobertas. E é com essa proposta que Gisela Bacelar apresenta Perigosa Amizade, um livro fino, mas extremamente realista, devo confessar que realista demais. 

No decorrer da leitura vamos conhecendo um pouquinho de cada jovem, um pedacinho de sua vida é mostrado para nós leitores e com alguns conseguimos nos identificar logo de cara, já outros podem não nos cativar tanto. Vemos a diferença e ao mesmo tempo a semelhança entre esses jovens, vemos a NOSSA REALIDADE e a REALIDADE de muitos jovens por ai. A escrita da autora é bastante leve e por vezes divertida, mas isso não apaga o fato de que ela esta ali nos mostrando uma verdade; pois posso definir esse livro como em sua síntese algo completamente verdadeiro, tão verdadeiro que chega a ser palpável. 

Acompanhamos distintas realidades de diferentes vidas e de diferentes jovens. Vemos suas decisões e as consequências. Mas para ser bem sincera, creio que senti falta da autora detalhar um pouquinho mais sobre a vida de alguns personagens, quis saber mais e acabou que não tive esse mais; mas bem, esse é o marco zero da série e creio que seja mais um livro introdutório, que serve para nos apresentar cada um.


E como se ser verdadeiro não fosse o suficiente, a autora aborda temas delicados e de suma importância como a sexualidade, a primeira vez e o quanto ela é impacta em nossa vida; uso de drogas, alcoolismo, vícios, a importância da família, amizades, responsabilidades e futuro.... A autora soube construir bem a história, mas sinceramente em alguns momentos eu não conseguia me conectar com a trama (culpa de certos rapazes com umas escolhas que me fez querer sacudi-los e gritar o quão errado aquilo era) e em outros momentos eu praticamente entendia todos ali. 

Então meus caros, não esperem um livro de ficção, um drama, uma romance sessão da tarde; mas sim ver nossa realidade nas páginas de um livro. Uma realidade cruel, mas que ao mesmo tempo é impossível ignorar. Ver a adolescência ser retratada fora de um clichê na qual só vemos o lado bonitinho e cheio de flores e corações me deixou impactada. Eu não estava preparada para esse livro, mas devo dizer que ele atendeu com sucesso minhas expectativas e que nesse momento me encontro ansiosa para o próximo livro da série. 

Devo dizer que essa ansiedade se dá pela falta de aprofundamento na história de alguns personagens, porque foi meio perceptível que a autora deu mais atenção para alguns personagens do que para outros. Um exemplo disso é a Sara, que devo confessar ser minha personagem favorita da história, seguida da Melissa e Roberta. Cada uma dessas meninas me ganhou de uma maneira diferente. Sara que por mais difícil e triste que seja sua realidade é uma pessoa forte, não é fácil ser abandonada pelo pai e ter um irmão rebelde e uma mãe viciada no álcool; Roberta com uma opinião além do forte e que tá nem aí para o que as pessoas falam e pensam me conquistou muito também e a Melissa, ai gente, dispensa comentários. E como se identificar e gostar dessas meninas não fossem o suficiente, nos identificamos também com alguns acontecimentos e até mesmo sentimentos dos personagens. E lamento o fato de não ter conseguido me conectar com nenhum dos meninos. 

Eu espero que nos próximos livros a autora nos apresente um pouquinho mais sobre os personagens e que eles de fato tenham seus caminhos cruzados. 

Enfim, um livro com uma premissa muito boa, mas que no quesito desenvolvimento da história esperava mais sobre o aproveitamento de alguns personagens; acho que foi muito “personagem” para ser trabalhado de maneira individual e acabou que alguns tiveram sua história “apagada” e outros “brilharam” mais. Mas é um livro que recomendo, mas com o alerta de: não leia pensando que é mais um clichê, pois você estará completamente errado. 

Quanto a diagramação, o livro está com uma edição muito bonita. As páginas são amareladas e a fonte é de um bom tamanho facilitando a nossa leitura. Um livro que RECOMENDO sem sobra de dúvidas!

Inscrições Abertas - Participe !


10 comentários:

  1. Oi, Byanca,

    Essa representatividade - altiva - adolescente introduzida no livro, é formidável. É uma tática bem pensada pela autora, em ampliar esse vasto universo adolescente - não focando em um só tema. Então, talvez seja um livro que eu leia futuramente.

    ResponderExcluir
  2. Como nunca assisti a série,não fazia nem ideia dos livros. E para ser sincera,não sei se vou gostar.
    Mesmo gostando de cenários com jovens, ainda mais com tantas diferenças,das descobertas e paixões, vou me deixar conduzir pela série, que nunca consegui ver.
    Quem sabe eu veja a série em alguma outra oportunidade e com isso, me abra mais a ideia do livro, mesmo tendo faltado este aprofundamento nos personagens.
    Talvez eu mude de ideia em outro momento.
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Oi Byanca.
    Realmente tem muitos personagens nessa história rs 10 pessoas com experiências de vida diferentes e suas peculiaridades.
    Achei interessante a autora ter abordado de forma mais real a adolescência desses personagens. Acho que faz com que o leitor tenha mais empatia por certo personagem por se identificar com ele.
    Já quero ler esse livro. Espero que a continuação saia logo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Acho a proposta do livro bastante interessante e original. Entendo a autora ter escolhido não revelar tanto do enredo nesse primeiro livro, como tu mesma ressaltou, é um livro introdutório, que normalmente serve para contextualizar e apresentar as personagens muito mais do que para dissecar a história por trás de cada uma delas. Mas também compreendo que pode ser frustrante querer saber mais da personagem e não conseguir essa informação, principalmente se ela ajuda o leitor a criar uma empatia e identificação. Ainda assim, acho que o livro aborda temas sérios e que precisam ser discutidos, e o fato de deixar o gostinho de quero mais já é um ponto positivo da escrita da autora.

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Ainda não conhecia essa autora. O assunto parece ser bem interessante, acho que não só para adolescentes como também para os pais, para ajudar a entender o que pensam , mesmo sendo uma ficção ,esses problemas apresentados no livro são comuns à muitos jovens nessa fase da vida. Também acredito que são muitos personagens, mas ainda bem que dois tem problemas mais reais e comuns que os outros, acredito que Sara e Jonas estão mais de acordo com a realidade, não que os outros personagens não tenham suas questões para resolver. Acredito ser uma leitura bem ágil e curiosa, pena não haver esse aprofundamento dos personagens, deve ser proposital ,afinal outros livros devem ter essas respostas.

    ResponderExcluir
  6. Olá! Achei interessante o enredo do livro, acho que é possível se identificar com diversas situações que ocorrem com os personagens, já que a adolescência é uma época bastante intensa e sem dúvida uma fase de descobertas. Eita que achei que tem muitos personagens também, espero que isso não atrapalhe muito o enredo, afinal com tantas pessoas para contar a história sempre acaba perdendo algo, talvez focar em menos personagens ajudaria na construção da história. Bacana que a autora trouxe uma escrita leve, mas que não deixa de “cutucar a ferida” que é essa fase e as diversas situações em que muitos jovens se encontram e por muitas vezes não sabem o que fazer. Sara também já ganhou minha torcida e é pela história dela que eu quero muito conferir o livro.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Byanca!
    Nossa, Perigosa Amizade apresenta a história de 10 jovens?! Sinceramente, não curto histórias assim, e nem história sobre jovens adolescentes e que retrata a realidade cruel... Por isso eu não leria esse livro, mas espero que a autora realize suas expectativas em relação aos próximos livros da série apronfundando mais nos personagens que ela deixou de lado... Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Byanca!
    Acredito que é um livro bem interessante, voltado mais para os problemas adolescentes e ao mesmo tempo, trazendo a diversidade através de vários personagens bem definidos, pelo jeito.
    Pode ser um bom livro, porém para mim, quando tem muitas personagens, acredito que fica complicada a leitura e a identificação.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  9. Já tinha ouvido falar do livro e isso me recorda recorda algumas fanfics de personagens originais que li quando adolescente até. Não sei se esse livro se encaixa na minha vibe de hoje, acho que premissa interessante e gosto que retrata a realidade dos adolescentes e tantas questões que nos rodeia durante esses anos. Livros assim são importantes ainda mais para adolescentes que podem estar passando por momentos parecidos com os dos personagens. Um dia quem sabe leia, porque realmente parece bom.

    ResponderExcluir
  10. Oi Byanca!
    Li poucas resenhas desse livro, confesso que no comecinho eu estava curiosa pra ler mas depois deu uma diminuída, acho que por conta do desenvolvimento do enredo, não sei...
    Tá na lista, só espero qdo surgir oportunidade, gostar da leitura.
    Bjs!

    ResponderExcluir