10 agosto 2018

- Indicações de Contos -


Sabe aquela hora em que você quer ler alguma coisa, mais esta com aquela preguiça? Pois é, ás vezes, começar um livro novo com 500 páginas parece um tanto desanimador, e para solucionar isso, resolvi trazer a indicação de alguns contos!!!


Isso mesmo, um conto, é aquela história curta, porém que tem um início, meio e fim. É um ”recorte literário”, um jeito mais rápido e intenso de se conectar à literatura!


Eu particularmente gosto muito de contos, apesar de não ser um gênero que traga muito desenvolvimento e profundidade, por ser algo curto, eu acredito que é de extrema importância para o meio. 

Um conto me traz a sensação de visita  para aquele momento ímpar de uma história que parece que nunca mais vai voltar, me traz aquela sensação nostálgica de quando a nossa avó pedia para que nos sentássemos, pois ela iria contar uma história. É um gênero que eu acho que deveria ter mais espaço e mais divulgação, pois tem muito a contribuir.



Mas chega de enrolação e vamos às indicações do dia:


1 – O Gato Preto (Edgar Allan Poe): um super clássico do gênero de horror, este conto consegue provocar sensações aterrorizantes em nós leitores. Basicamente nosso narrador se vê atormentado por seu gato, e acaba praticando atos terríveis contra ele, que com certeza irão gerar consequências aterradoras. Poe tem um estilo bem diferente de tratar do terror, e isso se percebe claramente neste conto dele. O psicológico é o fator chave nesta história e o protagonista toma atitudes de dar medo, afinal é uma pessoa normal, que de repente é envolvida naquilo tudo.  Este é um ótimo exemplo de como um conto consegue instigar quem o está lendo, uma aula de narrativa. Super recomendo!



Este conto, pode ser encontrado facilmente nestas edições:




Esta de Capa preta é bem comum em sebos e bem baratinha, e fácil de encontrar até pela Estante Virtual. Já esta outra de capa roxa, é bem recente e é um relançamento da Cia das Letras. A tradução é uma das melhores consideradas até hoje. Esses livros são fáceis de se encontrar em livrarias como Saraiva e Amazon. Estas duas antologias além de O Gato Preto, trazem diversos outros contos sensacionais de Poe, vale muito a pena conferir!










2 – Antes do Baile Verde (Lygia Fagundes Telles): este conto atinge em cheio nossas emoções. Eu o considero praticamente um raio-x da alma humana. Uma moça cujo seu pai está de cama, esta toda eufórica se preparando para um baile de carnaval junto de sua amiga. As duas jogam um pouco de conversa fora sobre temas banais, mas o problema maior é que ninguém pode ficar com seu pai para ela ir ao seu tão aguardado baile. Então ela trava todo um conflito interno cujo tema principal é a culpa. Excelente conto e bem profundo, apesar de ser bem curtinho! Não deixem de ler!!



Este conto pode ser encontrado facilmente nesta edição:





Este livro além deste conto, traz diversos outros da Lygia, e eu recomendo bastante. Ainda é bem fácil de encontrar em qualquer loja física ou virtual. Os contos são com temas bem variados e a escrita da autora é bem acessível apesar de se tratar de uma autora mais antiga! Vale a pena dar uma chance!








3- As ruínas circulares (Jorge Luís Borges): este é para os fortes! Borges definitivamente não é um autor fácil. Na maioria das vezes, seus contos são carregados de simbolismos e neologias que dificilmente em uma leitura rasa, nós leitores vamos conseguir captar o que ele quer dizer. Mas meus amigos, no final quando você entende ao ponto que ele quer chegar, é uma coisa bem de “explodir cabeças”!! O conto é bem onírico e conta a história de um ser que cria outro por meio do pensamento. Nos leva a situações um pouco sombrias, e o final é chocante. Recomendo muito após a leitura, pesquisar um pouco sobre o conto, acredite vai valer MUITO a pena!



Este conto pode ser encontrado facilmente nesta edição:





Uma das antologias mais famosas de Borges, Ficções além do conto acima, possui diversos outros contos famosos do autor. É um livro bem difícil para quem não é acostumado com o autor, mas é um ótimo ponto de partida para quem se interessa por Borges. Acredito que Borges não seja o tipo de autor que agrade a todos, mas vale muito a pena dar uma conferida em um de seus contos para tirar suas conclusões!!






É isso pessoal, estes são os 3 contos que tenho para indicar por hoje, que fazem parte dos meus preferidos da vida! Espero no futuro poder trazer mais indicações como estas e espero que apreciem a leitura!!!

E vocês o que acham do estilo literário Contos? Gostam? Não curtem muito? Tem uma certa resistência para ler? Comentem ai o que acham e se já leram algum destes contos!! Ahhh e já ia me esquecendo, me indiquem seus contos preferidos também!!!


Inscrições Abertas - Participe !

9 comentários:

  1. Oi, Eduardo,

    Não sou muito de ler contos (já fui), mas é sempre bom variar um pouco, de vez em quando.

    O conto "O Gato Preto", me deixou intrigada, pois é espantosa a proposta do mesmo!

    ResponderExcluir
  2. Poe é clássico e como clássico, merece sempre ser lembrado em primeiro lugar, quando se pensa ou se fala em contos, gênero que amo de todo o meu coração!
    Lygia é outro ícone da literatura e até hoje seus contos, crônicas e textos são mencionados e isso é maravilhoso.
    Borges vou confessar que não tenho muito contato, apesar de o considerar ótimo!
    Vou citar o livro Contos Amargos, de um "bando" de autores nacionais que é um dos meus livros favoritos na vida,não só por trazer inovação, mas por ser recheado de tanto sentimento que fica complicado escolher o melhor.
    Raphael Montes também acabou escrevendo O Vilarejo que considero uma seleção de contos fabulosa e é de terror(adoro)
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Já li o conto O Gato Preto e foi aterrorizante de um jeito bem único, gostei muito. Não li nenhum dos outros mas fiquei interessada. Adoro contos apesar que não tenho lido tantos nos últimos anos.

    ResponderExcluir
  4. Eduardo!
    Costumo sempre intercalar os livros maiores, mais densos e de leituras 'pesadas' com livros de contos ou poesias, dão sempre uma aliviada e mantém uma leitura mais tranquila.
    Gostei muito das indicações, bem como da aula de português, gratidão!
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  5. Olá Eduardo!
    Adoro contos, estou sempre lendo o gênero...
    Tenho curiosidade em ler algo do Poe, ouço flar mto bem...Espero ler em breve.
    Dicas anotadas!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Olá! Contos são sempre bem-vindos, principalmente depois de uma leitura mais pesada, eu particularmente curto bastante, mas não leio tantos assim quanto eu gostaria. O conto mais recente que me lembro de ter lido foi Nada Escapa A Lady Whistledown, e claro que recomendo. Esses citados, confesso que não conhecia, mas fiquei bem interessada em saber mais sobre O gato preto, afinal tenho certo receio com o gênero terror e acho que é um bom começo para me aventurar, além claro, do Borges, pois nunca li nada do autor e fiquei curiosa com tantos elogios, sem dúvida vou querer conferir.

    ResponderExcluir
  7. Olá Eduardo. Não costumo ler contos, eu tenho implicância com histórias curtas demais. Mas como disseste é uma boa opção para um momento em que não queremos uma leitura longa. Dessas tuas indicações li o livro do EA Poe e considero O Gato Preto o melhor. Esse do Borges me fez ficar irritada, não entendi nada, passei o livro adiante, acho que é o tipo de escritor que exige várias releituras. .
    O da Lygia Fagundes Telles me deixou interessada, nunca li nada dela. Boas indicações, vou procurar o livro da Lygia.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Eduardo!
    Assim como você também gosto muito de contos, e concordo com você, esse gênero deveria ter mais espaço e mais divulgação, pena que há tanto proconceito em relação a esse gênero...
    Em relação as suas indicações... Amo os contos de Lydia Fagundes Telles, não conhecia Antes do Baile Verde, mas já estou anotado na minha lista!
    Abraços, valeu pela indicação!

    ResponderExcluir
  9. Oi Eduardo! Eu nunca fui de ler contos, prefiro histórias com mais detalhes hehe Os contos nunca foram capazes de me prender por inteiro. Ja ouvi falar muito bem desse conto do Poe, quem sabe algum dia não mude de opinião né? haha Adorei o post!

    ResponderExcluir