20 março 2017

Resenha - A Viúva


Título: A Viúva
Autora: Fiona Barton
Editora: Intrínseca
Páginas: 304
Skoob / Goodreads
Onde comprar: Saraiva / Amazon

Ao longo dos anos, Jean Taylor deixou de contar muitas coisas sobre o terrível crime que o marido era suspeito de ter cometido. Ela estava muito ocupada sendo a esposa perfeita, permanecendo ao lado do homem com quem casara enquanto convivia com os olhares acusadores e as ameaças anônimas. No entanto, após um acidente cheio de enigmas, o marido está morto, e Jean não precisa mais representar esse papel. Não há mais motivo para ficar calada. As pessoas querem ouvir o que ela tem a dizer, querem saber como era viver com aquele homem. E ela pode contar para eles que havia alguns segredos. Afinal, segredos são a matéria que contamina (ou preserva) todo casamento.Narrado das perspectivas de Jean Taylor, a viúva, do detetive Bob Sparkes, chefe da investigação, cuja carreira é posta em xeque pelo caso, e da repórter Kate Waters, a mais habilidosa dos jornalistas que estão atrás da verdade, o romance de Fiona Barton é um tributo aos profissionais que nunca deixam uma história, ou um caso, escapar, mesmo que ela já esteja encerrada.











Jean Taylor perdeu o marido Glen para um acidente há poucas semanas e após tanto tempo ignorando a imprensa à sua porta, a repórter Kate Waters consegue entrar em sua casa e fazê-la se sentir como se estivesse conversando com uma amiga. Glen odiaria essa atitude de Jean por ceder tão fácil, mas ele não está mais ali para repreendê-la, não é mesmo? Jean finalmente não precisaria mais aguentar os seus absurdos, e a verdade é que estava profundamente aliviada com a sua morte. Agora que o monstro fora reduzido a cinzas, a repórter Kate tem grandes esperanças de conseguir a sua tão sonhada matéria, onde Jean, por fim, iria confessar os crimes de Glen, já que o acidente impossibilitou que a verdade fosse dita. Com o marido morto, a viúva não seria mais controlada e enganada. O que poderia impedi-la de dizer a verdade?

Enquanto Jean reflete se deveria dizer tudo que sabe para a repórter, suas memórias acabam vindo à tona e a levando até seu passado, quando era uma boa cabeleireira e estava nos primeiros anos felizes do seu casamento com Glen. Jean nunca se destacou muito na vida, não tinha grandes habilidades, não se saía muito bem nos estudos e também não era a mulher mais bonita. Quando um homem galanteador e com um bom emprego em um banco aparece em sua vida, conquistando até mesmo os seus pais e suas amigas, acaba-se tornando inevitável para ela se casar muito jovem. Com o tempo, ela vai se adaptando à nova rotina e separação dos “departamentos”, como Glen gostava de dizer. Até que chega o momento em que o casal passa por um grande problema e passam a guardar segredos...

Paralelamente a esse evento, a história volta no passado e conta desde o início sobre a investigação do desaparecimento de Bella Elliott, uma criança de apenas 2 anos. Os personagens que irão fornecer ao leitor os acontecimentos que se sucedem à busca pelo culpado são o detetive Bob Sparkes e a repórter Kate, e através deles vamos acompanhando cada passo da investigação e como ela levou até Glen Taylor. Kate e Bob são muito bons no trabalho que fazem, e por isso acabam mantendo entre eles uma espécie de parceria durante o caso de Bella. Porém, mesmo que a polícia apresente inúmeras provas de que Glen não é exatamente o marido perfeito, incluindo a mídia o tempo todo acusando-o de assassino, Jean não se deixa abalar e permanece com uma confiança cega de que seu marido é inocente e que todos estão apenas atrás do suspeito errado.

“Outros policiais ficaram na casa para me fazer perguntas, para revirar a nossa vida, mas durante tudo isso, girando e girando em minha cabeça, eu continuava pensando no rosto dele e em como não o reconheci por um segundo.”

Eu adoro ler thrillers policiais de tempos em tempos, e quando fui conferir a sinopse de A Viúva, lançada pela editora Intrínseca, minha curiosidade acabou falando alto. E não me decepcionei! A premissa é bastante intrigante, repleta de suspense do início ao fim, e quando acreditamos que não há mais nada a surgir para nos surpreender... a autora tira uma carta da manga! O diferencial do gênero se encontra na protagonista Jean e nos seus motivos para estar do lado do marido enquanto o mundo inteiro o crucifica incessantemente. A autora consegue nos transmitir tanta curiosidade que ficamos a todo momento nos perguntando: e se ele não for o assassino? E se Bella estiver viva? E se Jean tiver colaborado para o seu desaparecimento de alguma forma?

Os capítulos do livro são distribuídos por diversas perspectivas: de Jean (a viúva), Kate (a repórter) e Bob (o detetive). Essas são as principais, mas há uns poucos capítulos que também nos mostram a visão de Glen (o marido) e Dawn (a mãe). Como Jean é a protagonista, a sua percepção é a única que é mostrada em primeira pessoa, e o restante na terceira. Os capítulos vão oscilando entre passado (2006), quando iniciou o caso de Bella que gerou repercussão pelo mundo todo, e presente (2010), quando Jean acaba de se tornar viúva e está prestes a revelar informações preciosas para uma das repórteres mais talentosas.

“A primeira coisa que Sparkes pensou era que Glen parecia um cara comum. Mas monstros raramente parecem com o personagem. Você espera ver o mal irradiando deles – isso tornaria o trabalho policial muito mais fácil, ele costumava dizer. Só que o mal era uma substância fugidia, vislumbrada apenas de vez em quando, e muito mais horrenda por causa disso.”

Os personagens são muito bem construídos e os achei consideravelmente reais nos papeis que representam. Jane é a esposa reservada e de pouca opinião que sempre esforça para ser a esposa perfeita; Bob é o detetive que mergulha tão profundamente no caso que acaba cometendo erros, e conforme o tempo vai passando, começa a se perguntar se não estivera seguindo as pistas falsas o tempo todo ou se acabou deixando passar algo muito importante; Kate é tão habilidosa em ir atrás de boas fontes para escrever suas matérias que vez ou outra supera o detetive, e nos demonstra que o jornalismo, ás vezes, pode ser bastante eficiente e até mudar a vida das pessoas.

Não tenho nenhuma ressalva a fazer sobre a diagramação, ela está incrível em todos os aspectos. A capa é muito bem elaborada e transmite um pouco da pegada da história. Para aqueles que gostam de romances policiais, fica aqui a minha indicação. A Viúva não é uma obra de grandes revelações, mas consegue te prender até o desfecho de maneira bem eficiente. Leiam!

21 comentários:

  1. Olá,

    Eu não conhecia o livro e esse ano comecei a gostar muito de thriller. Achei o trama apresentado na resenha em relação ao livro muito instigante, a sinopse é realmente curiosa e a capa maravilhosa. Sabendo que a escrita da Fiona é muito boa e que ela conseguiu aplicar as doses necessárias colaborou muito para o meu interesse com a obra. O livro já estava adicionado à minha lista de desejados, agora estou mais ansioso para ler! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  2. Ola Amanda
    Eu ja tinha ouvido falar desse título, mas a sua resenha é a primeira que leio a respeito, e fiquei bem curiosa quanto a premissa e ainda mais diante dos personagens. Gosto muito do gênero e pelo que pude compreender a narrativa deve prender mesmo. Também gostei do fato de ter várias perspectivas, acho que valoriza ainda mais a história!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  3. Oi, Amanda!
    Esse é um livro que quero há tempos. No dia internacional da mulher tive a chance de comprar baratinho e optei por deixar passar. Arrependida agora!!! Por que não comprei logo?
    Esses questionamento sobre o tal assassinato ter ocorrido ou não me deixam curiosa e instigada a fazer a leitura. Gosto bastante quando os autores dão espaço para outros personagens falarem. Deixa a gente ainda mais conectada com a história.
    Espero poder ter os livros em mão logo e realizar a leitura.
    Obrigada pela dica!
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Amanda, adorei a resenha. Os livros de suspense que mais gosto são da Intriseca e esse acaba de entrar na lista de desejados, estou animada para essa leitura. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá Amanda,
    Esse livro chama minha atenção desde o lançamento, mas não estou comprando nada, então, estou sem muitas novidades para ler.
    Achei muito interessante sua resenha e fiquei curiosa para saber o que vai acontecer nessa trama, já que adoro o gênero. Gostei, também, da distribuição dos capítulos e de os personagens serem bem construídos.
    Dica anotada.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  6. Oi Amanda, tudo bem ?
    Eu ensaiei a compra deste livro, mas acabei deixando passar. Ainda bem, não gosto de livros de suspense, mas tenho a péssima mania de comprar livro pela capa rsrs.
    No entanto, fiquei bem curiosa com a trama e saber o que aconteceu de verdade.
    Beijos
    www.estilo-gisele.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oie! Tudo bem?

    Já tinha ouvido falar desse livro, mas nunca havia lido uma resenha dele! A proposta dele em si, não despertou minha curiosidade, mas quando você tocou no assunto jornalismo, ai sim senti vontade em realizar a leitura! Vou anotar a dica e quem sabe futuramente o leia!

    Bjss

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Estou interessada nesse romance policial.
    Eu não leio muitos livros do gênero, mas sempre estou procurando indicações. É a primeira resenha que leio do livro, e fiquei empolgada para conferir.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  9. Oi Amanda,
    Fiquei interessada no livro, principalmente porque envolve o desaparecimento de uma criança. Além de gostar também desse gênero e já faz um tempinho que não leio dada assim.
    A principio o livro não tinha chamado minhas atenção, mas sua resenha me deixou bem curiosa para saber como e se será solucionado esse caso.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  10. Já vi essa capa por aí, e apesar de ser um gênero que tô tentando ler mais, esse não me chamou atenção.
    A capa e o título são bem chamativos, mas acho que vou passar sua dica (pelo menos por agora).
    Mas que bom que, mesmo não sendo muito surpreendente, você gostou da obra e deu todas as estrelinhas!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?
    Ainda não conhecia esse livro, mas sua resenha me deixou muito curiosa para ler. Não tenho lido muitos romances policiais, mas achei a trama desse bem diferente e interessante. Gostei de saber também que os personagens são bem construídos e que a autora consegue manter a curiosidade do leitor durante todo o livro.
    A única coisa que me desanimou um pouco foi saber que alguns capítulos são narrados em primeira pessoa e outros em terceira. Não importo quando o autor quer mostrar o ponto de vista de mais de um personagem, desde que seja todos narrando em primeira pessoa ou todos os capítulos em terceira.
    De qualquer forma, gostei muito da sua resenha e fiquei curiosa para conferir esse livro. Vou adicioná-lo na minha listinha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Ainda não conhecia esse livro, mas como gosto muito de policiais, fiquei encantada com a sua resenha. Gosto muito quando o autor mostra vários pontos de vista, então esse seria um ponto positivo para mim. Confesso que pela capa não daria nada para a história, mas me enganei tremendamente.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Oie amore,
    Sendo bem sincera não curti muito o livro não pelo menos pela resenha não me atraiu.
    Passo a dica.
    Beijokas!

    ResponderExcluir
  14. Não costumo ler muitos suspenses, mas esse realmente me chamou atenção! Desaparecimentos sempre dão um plot muito bom em histórias, principalmente se o autor lida bem com seus personagens (o que pelo visto acontece!).
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  15. É muito bacana quando um livro consegue nos manter curiosos do inicio ao fim e sem decair. Não conhecia essa obra mas a capa me chamou muito a atenção, achei super elaborada e condizente com a resenha que você apresentou.
    Adoro seu cantinho.

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Ainda não conhecia este livro. Mas me pareceu ser um suspense policial bem legal e envolvente.
    Não sei porque, mas fiquei com pena da Jean, em tentar ser uma esposa perfeita, e parecer que o marido só a queria enganar...
    Ainda não sei deste fato, mas me pareceu ser assim.
    Ótima dica. Irei anotar.

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Eu também adoro Thriller e romance Policial, é um dos meus gêneros preferidos, então é lógico que eu fiquei super interessada por esse livro. Todo livro que envolve mistérios, me deixa muito instigada e dificilmente eu não curto, então acho que vou gostar bastante esse livro. Obrigada pela dica, vou anotar na lista.
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  18. A capa desse livro é muito bonita!

    A premissa também é muito boa. Não costumo ler muito thrillers policiais, mas este realmente chamou a minha atenção! Gostei de ler suas considerações e seus elogios à obra, fez parecer que jean é uma mulher comum, como todas essas que encontramos por ai! Ótima indicação!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  19. Olá!!
    Thrillers policiais realmente são meus livros favoritos!! Amo todo o suspense e mistério até chegarem em uma solução que nem sempre são uma surpresa, mas costumam nos deixar curiosos durante toda a leitura...
    Ainda não conhecia esse livro, mas com certeza vou procurar ler...
    Um beijo!!

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  20. Oi, amanda, que bom saber que esse livro tem a capacidade de nos prender. Gostei de saber também que é uma trama que nos desperta uma série de dúvidas, e esse tipo de livro me empolga. Além disso, não sei por qual motivo, mas adoro encontrar jornalistas nas tramas policiais, acho que deixam mais empolgante.

    ResponderExcluir
  21. Oi Amanda... confesso que eu vi esse livro em livrarias e tudo mais, mas não tinha lido nenhuma resenha sobre. Ele na verdade não tinha me empolgado e gente... é um thriller? Eu gosto muito disso, fiquei curiosa com a história e por conta disso, sua dica está anotada com sucesso haha

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir