21 setembro 2016

Resenha - Os caça fantasmas brasileiros




Dos mortos no massacre do Carandiru ao estilista e polemista Clodovil, são muitos os fantasmas que se comunicam com Rosa – e encontram a paz graças a suas palavras e orientação. Na companhia de seu marido, João Tocchetto de Oliveira, ela viaja o Brasil com a missão de resolver histórias de assombrações.
Desde 1996 os dois são conhecidos como os caça-fantasmas brasileiros e solucionam casos sobrenaturais, sejam eles com entidades mal resolvidas, espíritos ou fantasmas.
“Sempre seguindo nosso lema: respeito ao sobrenatural, sem julgar nem afrontar.”
A dupla já contabiliza mais de seiscentos casos resolvidos e documentados. Neste livro, narram os principais deles. São histórias em manicômios, hospitais, cadeias, escolas e cemitérios, seja num casarão do bairro do Bixiga em São Paulo ou num presídio abandonado no Rio Grande do Sul.

Título: Os caçadores de fantasmas brasileiros
224 páginas || Skoob  || Cortesia: Editora Planeta  || Onde Comprar
  








    
Desde pequena eu tenho fascínio por histórias de terror e tudo que envolve o sobrenatural. Acho bem legal histórias de assombrações e lendas urbanas e foi por esse motivo que resolvi solicitar esse livro. Foi uma leitura a título de curiosidade mesmo e para saber quais lugares do nosso país são assombrados e mais sobre as atividades paranormais que as pessoas dizem ter neles.

Enfim esse livro traz relatos de Rosa uma paranormal que junto com seu marido João vão por aí a fora para desvendar misteriosos casos de assombração e de lugares e pessoas que já não conseguem mais viver em casa devido a essas atividades sobrenaturais que as assustam.

O trabalho deles é basicamente chegar no lugar e investigar o que acontece ali conversando com os espíritos e os convencendo a ir embora, apesar de que o casal jure ser verdade tudo que relatam, confesso que eu sou uma pessoa cética em relação a essas histórias. Até porque em minha concepção ao trabalho mediúnico de conversar com espíritos e ajudá-los deve ser algo muito mais trabalhoso do que somente ir em um lugar e falar - olha vocês precisam parar de assombrar aqui - como nos relatos Rosa faz.

O livro conta com 30 casos bem repetitivos na forma que ela lidou com eles só mudando os lugares, e os propósitos dos espíritos. Achei interessante mais pelo conhecimento cultural de alguns lugares como museus e edifícios. Ela também nos dá uma aula de história explicando o passado deles e de como eles realmente viveram. Achei incrivel descobrir que o edifício Mirante do Vale que eu trabalhei por dois anos já foi palco de assombração. Bem que sempre imaginei que tinha algo lá. (risos)

O casal Rosa e João também tem um canal no YouTube onde documentam todas essas investigações paranormais e já apareceram muitas vezes na TV para casos mais famosos. Se você tiver curiosidade como eu pode dar uma espiadinha - Clicando aqui !

Como eu disse inicialmente foi um livro que li a título de curiosidade e o que posso dizer é que não foi uma leitura ruim, mas também não foi o tipo de leitura que me prendeu do inicio ao fim. Acho que o fato de eu ser cética nessas histórias talvez tenha contribuído para eu não ter ficado tão empolgada assim. Só que para quem gosta desses assuntos, tenho certeza que vai curtir o livro pelo fato do conteúdo histórico dele ali. E para quem acredita talvez seja uma leitura mais interessante também.

Os capítulos do livro são curtos e cada um dedicado a um relato diferente. Alguns são bem interessantes, outros nem tanto. Acho que isso vai de acordo com a fé e a crença de cada um. Não encontrei problemas de revisão e a escrita é simples e fluída. Os relatos são bem repetitivos mais a própria Rosa explica o motivo disso durante o livro.

A diagramação está impecável. A capa ilustra o casal em um lugar sombrio com um fantasma ao redor para criar um clima maior para o livro.

Eu recomendo esse livro para quem como eu gosta de saber mais sobre histórias paranormais e que tenha curiosidade em saber como um casal de caça fantasma trabalha. Esse livro tem que ser lido sem grandes expectativas, pois ele é gostoso para se passar o tempo. Quem sabe lendo vocês descubram que já passaram por algum lugar mal assombrado assim como eu (risos)

26 comentários:

  1. Olá
    Eu não conhecia esse título, mas parece ser interessante sim, especialmente porque eu adoro ler histórias relacionadas e saber mais sobre histórias de caça fantasmas e afins. Adorei a capa e imagino que os detalhes devem ser bem divertidos e ao mesmo tempo empolgantes.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, não conhecia o livro e acho que sou um pouco como você: meio cético em relação à histórias assim. Não sei se seria um livro que leria por livre e espontanea vontade. Fora que nem sei se gostaria do livro, mesmo lendo ele para passar o tempo e ler sem expectativa nenhuma.

    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Camila,

    Olha não sou nada cética em relação a isso. Mas as vezes tem coisa que acho meio charlatã demais é claro. Não leria esse livro, acho que passei dessa faze, hoje estou muito visual, principalmente se esse for o tema.
    Mas o acho super valido, pois sempre via essa abordagem mais vinda lá dos EUA, inclusive tem ou tinha um programa muito massa de um grupo que investigava casos sobrenaturais.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  4. Oi Camila,

    Eu adoro quando descubro lugares que são teoricamente sobrenaturais ou alguma atividade paranormal. Não acredito em espiritos, mas gosto de saber, é sempre divertido. Eu leria o livro mais pela temática, pois o lance de 30 contos repetitivos me deixou meio frustrada, queria coisas mais diferentes. Enfim, adorei a resenha.

    bjs =)

    ResponderExcluir
  5. Oi, Camila. Ao contrário de você, esse tema nunca me despertou interesse para a leitura mas eu gosto de ver vídeos parecidos com o que o casal faz, inclusive tem um casal americano que faz o mesmo trabalho (esqueci o nome deles agora) e eu já vi alguns vídeos deles. Depois eu vou lá dar uma olhadinha no link que você deixou. Sobre esse livro, eu fiquei curiosa para ler, não gosto de ler coisas de fantasmas ou terror, mas certas obras me deixam curiosa e foi o caso desse livro.

    ResponderExcluir
  6. Oi Camila, tudo bem, petit?
    Não conhecia o livro e menos ainda tinha ouvido falar desses dois investigadores paranormais. Confesso, porém, que acho muito legais histórias assim e talvez um dia desses, quando tiver acesso a ele, eu dê uma conferida. Porque com certeza algo assim não é para se ignorar.
    Oi florzinha, tudo bem^? ^^.
    Ando lendo algo sobre essa série e até o momento, só coisas positivas dela, dando especial destaque à mitologia egípcia colocada na trama.
    Mas é como diz a "regra Star Wars": a segunda parte sempre desce a ladeira, kkkkkkkkkkkkkkkkk.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky.
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Embora goste bastante de obras que abordem o tema sobrenatural, essa especificamente não me chamou a atenção pelo fato de serem relatos bem repetitivos dos 30 casos e como o casal trabalhou com isso.
    Não costumo acompanhar nenhum canal, mas darei uma espiadinha por causa da curiosidade rsrs
    A capa é bem interessante, mas não tenho a obra como meta de leitura.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    eu sou aquele tipo de pessoa que tem curiosidade sobre o sobrenatural, mas ao mesmo tempo tem medo. É uma pena você não ter se agradado tanto pela história. Pra mim o livro não me interessaria muito, mas para quem gosta do gênero pode dar uma chance, quem sabe a opinião seja diferente né.
    Adorei a sua resenha, expressar a nossa opinião sincera é sempre muito louvável.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  9. Não me interessei pela leitura não, principalmente por você ter dito que os casos relatados são bem repetitivos, mesmo que haja uma explicação pra isso. Fora que também tenho uma visão diferente a respeito de mediunidade e como lidar com espíritos que estão por aqui por algum motivo, então acho que também ficaria meio cética. Tive que rir quando você disse que descobriu que um edifício em que trabalhou foi palco de assombração, provavelmente eu não gostaria de descobrir algo assim... Rs

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    Adoro o tema, mas a ideia central do livro não me agradou, sinto que ele é maçante para a leitura, parece que o estilo "caça- fantasma" deixa a história muito fantasiosa, mas foi bom saber seus comentários sobre o livro, pois não conhecia a obra.
    Beijos,Lari.
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Olá. Nunca tinha lido e nem ouvido falar desses caça fantasmas aí. Confesso que sou cética e até um pouco medrosa com coisas paranormais e somado ao que você fala que a leitura por vezes é repetitiva, não sei se esse é um livro que eu leria. Mesmo assim, amo o jeito que você resenha seus livros.

    ResponderExcluir
  12. Olá!! :)

    Eu não conhecia o livro mas confesso que não faz muito o meu género... Eu, ao contrario de ti, nunca tive interesse nessas historias mais de terror e sobrenatural...

    Mas ainda bem que gostaste... Quer dizer, e uma pena que não te tenha prendido muito também... E e por essa razão que não lerei! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Camila, tudo bem?
    Uau, não sabia que essa profissão existia de verdade e fiquei chocada em perceber que o livro se trata de caça-fantasmas brasileiros. Quando penso em lugares assombrados, Brasil é a última coisa que passa pela minha cabeça, haha.
    Como você, eu também sou bem cética quando o assunto é trabalho mediúnico e leria somente por diversão mesmo, para passar o tempo, pois não acredito nem um pouco nas coisas. Que bom saber que Rosa explica o motivo dos relatos serem tão repetitivos, pois acho que nenhum leitor gostaria disso.
    Imagino que você deve ter ficado bem surpresa em saber que o lugar que trabalhava era assombrado, eu com certeza não saberia o que pensar!

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Eu acompanho o canal deles e apesar de achar interessante por conta também das histórias, ainda não vi nada muito surpreendente.
    Como você, também sou meio cética a respeito desse assunto - mesmo adorando o tema - e não consigo acreditar muito em tudo que eles fazem e dizem ouvir. Mas acho bem impressionante o trabalho de pesquisa que eles fazem a respeito do local e do "fantasma".
    Imagino que a leitura seja rápida e descobrir lugares assombrados (como você mesma disse...), principalmente se for algum que conhecemos ou já passamos, rsrs.
    Gostei bastante da resenha, bem sincera. Parabéns!
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oie...
    Confesso que não acredito muito nessas coisas também, porém, fiquei com uma pontinha de curiosidade de ler, só para conferir essas histórias paranormais. Gostei de saber que a edição está ok, porque, detesto erros de revisão.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oi Camila!! Tudo bom?

    Cliquei no link para saber mais kkk, ohhhh curiosidade. Enfim, não solicitaria esse livro por "N"motivos e embora seja medrosa, o que é bem contraditório o que vou confessar, também sou cética. Filmes de terror em minha humilde concepção são apenas para nos dar uma adrenalina e o mesmo ocorre com os livros. Embora, acredite que tenha um mundo sobrenatural esse é um assunto que requer cuidado e muito estudo e acredito que não seja tarefa fácil expulsar espíritos... O que quero ressaltar é que essa parte de mediunidade não é um assunto cotidiano, então acredito que muitas pessoas usem desse assunto para se promover. Sei que a leitura para você foi média, e espero uma melhor aquisição na próxima solicitação. Bem, vou assistir os vídeos e ver se vejo veracidade nesse casal Beijo!!

    ResponderExcluir
  17. Olá, que livro mara, me lembrou um pouco o casal do filme "invocação do mal", só que eles faziam bem mais do que só conversar com os espiritos, quem assistiu sabe né KKK, eu sou muito ligada a esses assuntos sobrenaturais, pois acredito e já presenciei aparições mas tenho medo de pesquisar sobre pois dizem que quanto mais você souber do assunto pior fica, mas o livro me deixou curiosa, irei procurar para ler sim, beijos

    ResponderExcluir
  18. Olá Camila, tudo bom?
    Então, sou tão cética quanto você no que se trata desse trabalho de mediação. Se fosse só falar para o espírito: "olha, você já devia ter ido", seria muito fácil né? Mas me divirto vendo esses relatos - nos quais não acredito - então acho que acabaria curtindo um pouco a leitura. Acho que já vi esse casal no Ratinho, quando o apresentador sismou q tinham fantasmas no set dele! haha, então, anotei a sugestão de leitura aqui, mais a título de curiosidade mesmo.


    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  19. Olá!!!
    Não conhecia esse livro e como vc tenho curiosidade sobre o assunto,tem um canal de tv a cabo que passa um programa semelhante ao do livro em que 5 pessoas visitam lugares mal assombrados..
    E por ter curiosidade no assunto coloquei esse livro na minha listinha :)

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/09/resenha-pecados-no-inverno-lisa-kleypas.html

    ResponderExcluir
  20. Oii,
    Eu adoro ler historias de terror, mas esse negócio de coisas de verdade já não é comigo não, eu morro de medo!!!! Vou dar uma olhada no canal deles pra ver mais ou menos como é. Mesmo tendo medo adorei a ideia de publicarem um livro falando sobre caça fantasmas brasileiros, quase sempre são americanos.

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Olá amore,
    Nossa que livro um tanto quanto interessante – tirando o medo rsrsrs.
    Até curto histórias paranormais, no entanto, estou numa outra vibe nesse momento... ainda assim anotei a dica aqui pra um outro momento!
    Beijokas!!!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  22. Olá Camila,
    Não me lembro de ter lido nada com essa temática mais paranormal e relato de acontecimentos. Achei a obra interessante, mas repetitiva e até cansativa. Não sei se teria a necessidade de escrever um livro com 30 relatos que são, praticamente, a mesma coisa. Entretanto, é interessante que você tenha conhecido lugares pelos quais a paranormal passou.
    Vou deixar a dica passar.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  23. Olá!!

    Ai meu Deus! Eu ainda estou aqui julgando se devo ler esseovro ou não. Hahaha
    Eu sou muito cagona, morro de medo de qualquer coisa, mas por outro lado, esse enredo me lembra muito do seriado Supernatural e esse seriado é o amor da minha vida.
    Eu não conhecia esses dois aí, mas achei interessante esse trabalho deles. Fiquei curiosa quanto ao conteúdo histórico ao qual você se referiu.

    Bem, vou deixar a dica anotada. Obrigada!!
    Ingrid Cristina
    Plataforma 9¾

    ResponderExcluir
  24. Oie
    Tudo bem?
    Então eu não conhecia o titulo apesar de amar terror e livros paranormais eu prefiro os de ficção até por não acreditar muito em algumas coisas que ouço por ai assim como você eu sou meio cética concordo com tudo que você comentou acho que SE existe um espirito assombrando algum lugar ia ser preciso muita mão de obra eu por exemplo se eu morrer e voltar para assombrar alguém não vai ser um papinho que vai me tirar de lá. (zueira)
    Eu provavelmente não faria a leitura desse livro nem a titulo de curiosidade mais como eu nunca dispenso uma leitura quem sabe neh?
    Adorei o post
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  25. Oi, já vi o casal em alguns programas no SBT se não me engano. Eu não sou cética não, acredito nessas paradas de espírito, muito mesmo, por isso esse não é um livo que eu leria, corro de filmes e livros no tema, porque sempre fico vendo coisas depois por dias, sério. Então passarei a dica por hoje.

    bjs

    ResponderExcluir
  26. Olá,

    Eis aí um sobrenatural que não me chama nem um pouco atenção: fantasma! Além disso, achei a capa muito estranha e a premissa não me agradou. Sou bem incredúla para essas coisas e por isso deixarei a dica passar.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir