01 setembro 2016

Resenha - O Despertar do Lírio




Lilian Radcliffe é uma jovem viúva e está feliz com sua vida isenta de emoções. Culpa do luto que não larga? Lilian jurou fidelidade ao marido no leito de sua morte.
Paralelo a isso, conhecemos Simon Thorn, homem frio e libertino, dono da maior casa de jogos de Londres. Ele está a um passo de realizar seu plano de vingança contra o culpado pelo título de assassino que recebera anos atrás. O problema é que o canalha está morto e ele terá de usar a sua viúva recatada a fim de atingir seus objetivos.
De um lado, ela precisa manter sua honra intacta; de outro, ele quer seduzi-la e desmoralizá-la. No entanto, Lilian nunca se sentiu tão vulnerável e atraída por um homem. E Simon, por sua vez, demonstra reações ao lado dela das quais nunca imaginara ter. A vingança e a honra se abalam quando nasce entre ambos uma paixão incontrolável. Mas, para ficarem juntos, terão de enfrentar segredos e mágoas profundas, um castelo trancado há seis anos, palco de uma morte misteriosa e, sobretudo, encarar os fantasmas do passado que assombram suas consciências.

Livro: O Despertar do Lírio
382 páginas || Skoob || Cortesia: Editora Novo Século || Onde Comprar










Lilian é uma jovem viúva de 22 anos que prometeu fidelidade ao marido no leito de morte dele. Ela não fez isso por terem sido loucamente apaixonados, mas por acreditar que o relacionamento dos dois foi tudo o que uma dama poderia esperar de um casamento. Alguns anos depois dessa perda, ela ainda guarda meio-luto e ficou conhecida na sociedade inglesa por ser um exemplo de seriedade e boa conduta, sendo procurada para aconselhar diversos tipos de problemas.

E para aconselhar Anabela, uma jovem que se tornou sua amiga, que Lilian acaba indo para uma festa campestre, onde também estará o temido barão assassino, que além da fama que seu apelido confirma, também é um dos maiores libertinos da Inglaterra. Ele não está ali por acaso, mas para vingar-se de Rafael Radcliff, ou da pessoa mais próxima dele, que por acaso é uma jovem viúva que preza, mais do que qualquer coisa, por sua honra.

Nesse terceiro livro da Babi A. Sette, segundo da série As flores da temporada, conhecemos Lilian e Simon, duas pessoas que já passaram pela experiência do matrimônio, mas que fora isso têm pouco em comum. Mais uma vez me surpreendi com as inovações que apareceram no enredo, que é mais enxuto que A Promessa da Rosa, e é tão delicioso de ser lido quanto o primeiro livro.

Em “O despertar do lírio” vemos algo um tanto inusitado em romances de época, ao menos entre os que eu li, que é o fato de ambos os protagonistas serem maduros. A experiência de Lilian com o matrimônio, principalmente, e também com tudo que sua família já tinha passado, se mostrou muito importante para a construção da personagem. Ela mostrou a força de uma mulher de superar os obstáculos de um relacionamento sem amor, ao mesmo tempo que demonstra uma fragilidade que me fez torcer por sua felicidade desde os primeiros momentos.

O senso de honra da protagonista é algo que ficou bastante marcante e a autora soube trabalhar bem a evolução de Lilian nesse aspecto e também quanto à autoestima, dois pontos bem pertinentes para a época. No geral, essa personagem me agradou mais do que a impetuosa Kathelyn do primeiro livro, e mostrou que nem sempre é fácil se jogar em um sentimento novo, mas que pode valer a pena se arriscar.

Simon já demorou um pouco mais para me conquistar, já que logo no início seu objetivo era se vingar de Lilian por causa do marido dela, sobre assuntos que a própria não tinha nem ideia. Achei que a história dele caiu um pouco mais nos clichês dos romances de época, mas mesmo assim o personagem foi muito bem desenvolvido e tenho que admitir que no final já estava tão encantada com ele quanto a Lilian.

Os personagens secundários também tiveram papéis importantes, sendo que os que mais se destacaram foram Anabele e o filho de Lilian, que não apareceu tanto, mas realmente fez diferença. Além disso, foi possível revisitar alguns personagens de “A promessa da rosa”, inclusive os protagonistas, foi ótimo ver um pouquinho do que aconteceu com eles depois do fim do livro.


O enredo foi todo muito bem desenvolvido, prendendo o leitor desde o inicio e com um equilíbrio perfeito entre momentos de romance e de certa tensão, com alguns mistérios bem explorados. A narrativa da Babi estava mais enxuta nesse segundo livro, com um pouco menos de reviravoltas do que no anterior, passando mais veracidade e mostrando o amadurecimento da escrita da autora. Só tenho elogios sobre o ritmo da leitura e o enredo como um todo, que me convenceram que a Babi está se tornando uma das autoras de quem eu leria até a lista de compras!

A narrativa de “O despertar do lírio” é toda em terceira pessoa, acompanhando Lilian na maior parte do tempo, mas passando para Simon em alguns momentos. A leitura é fluida e o estilo está competindo de igual para igual com as autoras estrangeiras consagradas por seus romances de época.

A diagramação da Editora Novo Século conseguiu chamar ainda mais atenção para o livro, principalmente pelo trabalho incrível da capista, que mostra um fundo em um tom rosa escuro com uma modelo deitada em um vestido longo feito de flores. O acabamento é fosco, a não ser no título. As páginas são amareladas e a fonte é bastante confortável. Não encontrei erros de revisão.

Recomendo a leitura!


Resenha postada pela Colaboradora Eve ( Não faz mais parte da Equipe )

19 comentários:

  1. Olá
    Adorei sua postagem! Estou muito curiosa para ler esse livro, especialmente por já conhecer a escrita da autora e ser uma grande fã dela. Seus comentários me deixaram bem motivada para adquirir meu exemplar logo.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Eu acompanho quase e tudo que é post relacionado aos livros da Babi, pois acho seus livros bem bacanas. Ainda não li esses dois primeiros livros da Série Flores da Temporada, mas pretendo ler o mais breve possível. Achei também bem inovador o fato dos dois protagonistas já serem bem experiente. Gosto quando o livro traz mais de um ponto de vista, acho mais legal. Adorei essa capa também é a diagrama cão deve ser realmente um show! Até mais vê
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Eu nem sabia que a Babi tinha lançado outro livro, caramba! Amo essas capas, sempre envolvendo flores ou algo histórico, acho esse cuidado com as capas algo digno de reconhecimento, nem havia lido o titulo e já sabia quem era a autora haha Dela só li um livro e me conquistou tanto, é uma leitura longa mas que flui tão bem que ganha nosso coração.

    ResponderExcluir
  4. Nunca li nada da autora e com certeza não foi por falta de indicações e elogios. Apesar de adorar romances, li pouquíssimos neste estilo e acho que quero entrar de cabeça neste gênero por este aqui. Acho que vou adorar!!! Espero poder fazer isso em breve. Adorei saber que existe um bom equilíbrio entre o romance e os momentos tensos.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    A capa realmente é um charme à parte né! Linda a forma como a capista a desenvolveu.
    Achei bem interessante a premissa do livro e toda a discussão em cima de honra que o livro nos trás. Fiquei bastante curiosa para me aventurar na trama e conferir o enredo bem desenvolvido.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Essa capa é maravilhosa, me chamou a atenção só por causa disso. Eu amo romances de época e estou muito curiosa com essa série da Babi, pretendo comprar o primeiro livro em breve. Achei interessante isso de o cara querer se vingar por uma coisa que o marido dela fez, coitada.
    Pretendo ler esse volume muito em breve e pela sua resenha, tenho certeza que vou amar!
    Beijos.
    https://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá Eve,
    Estou louca para ler os livros da autora, mas ainda não tive oportunidade. Achei meio macabro a Lilian prometer fidelidade ao marido no leito da morte, mas acho que consigo entendê-la. Acho que os dois protagonistas merecem ficar juntos. Fiquei bem curiosa em relação a alguns pontos e vou subir o livro na lista de prioridades.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  8. Oie
    Eu adoro romances de época e sinto falta de personagens maduro na maioria dos gêneros e não só neste.
    Adorei sua resenha fiquei bem curiosa e cheia de vontade de saber um pouco mais sobre esse casal que parece ser lindo e com uma historia magnifica assim como a maioria dos romances de época que nos arrancam suspiros.
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  9. Não gostava tanto do gênero, mas agora tô dando mais chances a eles então esse livro, tanto por ser da Babi (que faz tempo que tô querendo ler), e por ser um livro que equilibra muito bem o romance e mistério que nele contém!
    Bom saber também que a escrita da autora é boa e flui bem, é um dos pontos no livro que mais prezo!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  10. Eu amei essa capa, ficou muito bonita.
    Não curto muito livros de época, mas em sua maioria as capas são muito bonitas.

    Ouço todo mundo falar muito bem a Babi, mas nunca li um livro dela, quem sabe eu não começo por esse? Adorei a sua resenha e a descrição do personagem. Amo heroínas fortes e a frente do seu tempo.

    Bjs
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  11. Eu sou louca para ler qualquer livor da Babi, essa capa está maravilhosa e o enredo me atrai muito. Gostei bastante de saber que a narrativa da autora melhorou no segundo livro e de ver seus comentários positivos sobre a obra.

    ResponderExcluir
  12. Tanto a capa quanto a premissa desse livro me parecem ser interessantes. Há tempos não leio um romance de época, e tinha selecionado os da Julia Quinn, mas agora vou pensar em dar uma chance a esse da Babi. Gostei de saber que os personagens são maduros, canso de ler livros com imaturidade e outras características de personalidade que me desagradam.

    ResponderExcluir
  13. Heey Eve, tudo bom? Adoreei sua resenha! Eu quero muito começar a ler essa serie, e talvez comece por esse mesmo, pois a premissa me chama bastante atenção. Fico feliz em saber que gostou tando! Espero ler logo e gostar muito também. Ah, essa capa é maravilhosa <3
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  14. Gostei muito dos comentários a respeito da obra, apesar de alguns aspectos clichês acredito que isso não atrapalhe o bom desenvolvimento da trama. É bom para nos conscientizar que mesmo uma personagem conservadora como Liliam tem seus problemas internos e teme o julgamento da sociedade aristocrática inglesa.
    Pelo que percebi a obra tem muito a agregar e os valores transmitidos são bem envolventes. Vou me aprofundar mais um pouco para ter certeza se a adicionarei na minha lista de desejados. Obrigado por compartilhar sua experiência conosco.
    Sucesso!
    Filipe Penasso - Pena Pensante

    ResponderExcluir
  15. Oieee! Você já leu os livros da série as quatro estações do amor??? Juro que li tua resenha duas vezes pra ver se tinha ligação pq também tem um casal protagonista que se chama anabelle e simon,e o enredo é parecido kkkkk dps que vi que era lilian, mas nosegundo livro da mesma série tbm tem uma lilian, fiquei aqui: como assim? São editoras diferentes, porque não to me encontrando? kkkkkkkkkk acabou que chamou minha atenção e com certeza vou dar uma conferida no primeiro livro pra ver se eu curto a série! Bjãoo

    http://porredelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Eu não costumo ler esse gênero literário, mas algumas obras chamam a minha atenção e essa é uma delas. Achei a premissa interessante e fiquei curiosa para saber o motivo do cara querer se vingar e como tudo vai se desenrolar. Além disso gostei de saber que os personagens são maduros e pelos seus comentários sobre a protagonista, ela tem tudo para me agradar.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  17. Olá!

    Antes de qualquer coisa, preciso dizer que amei essa capa, achei ela muito linda e cheia de delicadeza. Um primor numa estante, com certeza. Eu confesso já ouvi falar da autora e de seu livro, no entanto, ainda não tinha lido nada dele, nem mesmo uma resenha. Fico feliz em ler essa matéria e perceber que o livro tem essa trama tão envolvente e essa pegada de época. Com certeza esse enredo me agradou muito e seus comentários me deixaram muito motivada a lê-lo.
    Muito obrigada pela dica.

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  18. Amei sua resenha Eve, pena que não faz mais parte da equipe. Sobre o livro, eu quero ler desde que vi o lançamento, pela capa e pela escrita tão bem comentada dessa autora tão talentosa e que pelo que percebi, sabe inovar em seu enredo, como colocar personagens maduros e decididos em um romance de época, gênero que adoro mas que normalmente segue um padrão de personalidade. Espero que a minha experiência de leitura seja tão boa quanto e que consiga me envolver na narrativa.

    ResponderExcluir
  19. Eu me apaixonei por essa capa, achei ela tão linda que quero na estante só por ela. Mas, como não era de ficar surpresa, ler a resenha me deixou com a maior certeza de que não será apenas um livro bonito na estante.
    Gostei de saber que a narrativa da autora prende e que a mistura entre romance e tensão está bem colocada, além de ter uma história linda! Fiquei encantada pela forma como você falou da história e acredito que vai valer a pena dar uma chance e colocar ele no topo dos desejados para ler o quanto antes.
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir