14 setembro 2016

Resenha - A Fronteira - Enigmas de Outrora




 O jovem príncipe Nicholas, impulsionado por forças desconhecidas e perturbado por enigmáticos sonhos e visões, tem de partir de sua terra, Benedictio, para enfrentar os assombrosos mistérios e incontáveis perigos de um continente amaldiçoado, Sprevit. Para isso, terá de atravessar uma imensurável e abissal fronteira no centro do oceano. Nesta mortífera aventura, ele contará com a ajuda de um grupo muito peculiar de amigos. Infindáveis batalhas os esperam, bem como terríveis segredos sepultados há centenas de anos. O risco se torna ainda maior quando repentinas traições vindas de dois confusos triângulos amorosos surgem entre eles, colocando tudo a perder. Prepare-se para uma aventura muito além da imaginação, num mundo repleto de criaturas fantásticas, mistérios e magia.




 Título: A fronteira - Enigmas de Outrora
484 páginas || Skoob  || Editora: Novo Século || Cortesia: Autor Parceiro  || Onde Comprar









Nicholas é um jovem príncipe que vive em um continente chamado Benedictio que é um lugar repleto de criaturas diferentes e das mais diversas formas de vida. Alguns acontecimentos do seu passado e principalmente de sua infância voltam para ele em formato de sonhos que logo vem a perceber se tratar claramente de visões do que aconteceu, porém, esses sonhos o perturbam e o deixam angustiado em busca de respostas sobre o que realmente acontece em um ataque que ele viveu na infância. E é na busca dessas respostas que ele junta seus amigos para partir em missão e descobrir mais sobre tudo.

"A lealdade supera todas as provações,Inclusive a morte"

Esse é o primeiro livro de uma série, onde  o autor buscou dar mais explicações e detalhes sobre o universo que ele criou. Alterando passado e presente da vida dos personagens para que a gente possa entender aos poucos o que está acontecendo ali. E por conta disso, achei a leitura um pouco arrastada e cansativa e por diversas vezes tive que parar a leitura. Outro ponto que não gostei muito foi o excesso de descrição de cenários. Eu particularmente não gosto de leituras muito descritivas, embora para algumas pessoas isso possa ser um ponto positivo.

Nesse universo criado pelo autor existem três reinos principais um de humanos, outro de lagartos e outro de elefantes ( aqui eles são racionais) e os três reinos convivem bem, inclusive na turma de Nicholas que contém amigos de todos os tipos.

A hora mais temível dos habitantes desse continente também conhecida como o quarto período da noite é a hora que monstros chamados carniceiros saem dos seus esconderijos destruindo tudo que encontram no caminho e não deixando uma alma viva se quer para contar a história. Eles são cruéis e aterrorizantes e o Nicholas escapou da morte desses terríveis seres duas vezes na sua infância.

Quanto aos personagens, percebi que o livro é toda uma preparação e vai nos apresentando diversos personagens que são amigos de Nicholas para missão que irá acontecer.

Conhecemos a jovem e bela Alyce por quem ele é apaixonado desde a infância. Os jovens Laerte e Alex que são grandes amigos, ambos possuem dons como teletransporte, telecinesia e possuem uma paixão em comum por Anne que pode acarretar em um grande problema na amizade dos três. Temos também os dois lagartos irmãos gêmeos que embora idênticos nas aparências tem personalidades opostas um sendo infantil e cheio de brincadeiras sem graças e o outro mais reservado e sério. Para completar o time que sai em missão temos o elefante Mazalor que é engraçado, divertido e beberrão.

Resumindo... O livro acaba basicamente com eles partindo em missão, por isso, acaba ficando muita coisa esclarecida. Mas para mim ficou quase que tudo em aberto. Só que creio que o autor fez isso para deixar ganchos para os próximos volumes da série.

A escrita é bem cansativa alterando ora em uma escrita mais poética e outra mais despojada e moderna. Sendo sincera, mas até as últimas sem páginas do livro eu ainda não tinha visto qual o propósito da história. Acho que se o autor tivesse feito uma história com menos enrolação ela teria tudo para ganhar mais pontos comigo uma vez que amo fantasia e mistérios. Apesar de tudo eu ainda fiquei com vontade de ler o segundo volume e saber se o jovem príncipe vai conseguir suas respostas e assim também esclarecer os milhares de pontos de interrogação que ficaram na minha cabeça. Só espero que o próximo volume seja mais objetivo e fluido.

Apesar de tudo, o autor conseguiu despertar minha curiosidade para o próximo volume. E quanto as cenas de ação, embora poucas, foram super bem elaboradas e foi o que acabou salvando o livro.

A diagramação foi feita com carinho pela editora embora eu tenha achado as letras em alguns trechos muito pequenas o que as vezes pode causar incômodo ao leitor e também encontrei erros de revisão e de ortografia porém nada que comprometesse o entendimento da leitura.

Enfim como essa resenha é uma opinião pessoal minha do que achei do livro eu não vou recomendar ou não recomendar a leitura pois acho que a experiência de leitura de uma história é diferente para cada leitor. Se você gosta de fantasia e procura um universo diferente e com seres diferentes talvez o livro possa agradar. Por isso BOA LEITURA para todos!

23 comentários:

  1. Olá Camila
    Confesso que a sinopse não chamou a minha atenção, e nem a capa por mais que curta o gênero em destaque. Sua resenha também indica que para mim não seria uma leitura muito positiva. De qualquer maneira, adorei poder conferir seus comentários por aqui.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Esse não é um genero que me agrade e que pena que não te agradou também ): Escrita arrastada é um dos grandes problemas que fazem o leitor desistir de uma história que pode ser incrivel! A premissa da história parece ser ótima, quem sabe o proximo volume nos surpreenda com algo mais positivamente.

    ResponderExcluir
  3. Eu gosto de fantasia, e quando a descrição chega a incomodar é porque passou da medida. Um grande problema com algumas trilogias é que alguns autores querem deixar muita coisa em aberto para levar o leitor ao próximo volume. Gosto de estórias que se fecham e a deixa para um próximo livro seja inteligente o suficiente para não frustrar o leitor. Acho que no segundo volume vai rolar uma química boa rsrs.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  4. Ainda não conhecia o livro e fiquei um pouco desanimada em conhecer a história em função dos apontamentos que você fez. A questão da escrita ser cansativa é o que mais me desmotiva a encarar o livro. Vou procurar mais opiniões sobre a obra e quem sabe no futuro, eu dê uma chance.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá Camila,
    Adoro livros do gênero, mas não fiquei interessada nessa obra.
    Apesar de não curti muito partes descritivas, acho que elas são essenciais para que o leitor entenda o enredo, mas nesse livro, parece que tudo ficou em demasia. Também não gostei de saber que a escrita do autor alterna tanto assim.
    Espero que os próximos volumes te agradem, mas vou deixar a dica passar.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  6. Olá!! :)

    Eu não conhecia o livro mas confesso que depois de ler a tua resenha não me interessei nada... ahah :)

    Eu também adoro fantasia e mistério... mas realmente e horrível quando não encontramos um propositp no livro e este vai sendo enrolado ate ao final... E claro quando a escrita não e boa..!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Eu não conhecia o livro mas pela sinopse parece algo que eu curtiria. Porém como você não gostou muito, acabo ficando com um pé atrás.
    Talvez eu dê uma chance por gostar do gênero, mas sem muitas expectativas. Porque concordo com você, apesar de gostarmos ou não de uma história, outras pessoas pessoas vão ter uma opinião diferente da sua. Só dando uma chance para o livro mesmo...
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Não conhecia o livro e confesso que logo de cara a sinopse não me atraiu, mas o que me desanimou mesmo foi saber que a narrativa é descritiva ao extremo e eu fujo de narrativas assim, pois para mim elas deixam a leitura muito lenta e desanimada. Por isso vou passar a dica desta vez.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Gosto bastante do gênero e achei a premissa bem interessante.
    A forma como os personagens vão sendo apresentados gradativamente me agrada.
    Fico triste pelo fato de até as 100 páginas você não ter visto o propósito do livro e já fico desanimada por saber da enrolação e pela quantidade de descrições, pois isso me incomoda bastante e não prende minha atenção.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    Nossa, o livro não me chamou a atenção. E ainda quando diz que a narrativa é cansativa, já fiquei mais desanimada para a leitura. Acho que vou deixar apara um outro momento, quando tiver mais informações de outros livros da série, para poder decidir se confiro ou não.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  11. Oi, Camila. Eu ainda não conhecia o livro mas já não me interessei pela leitura. Gostei muito na sua sinceridade com essa resenha. Eu até achei o enredo um pouco (um pouco) interessante, talvez se a escrita do autor não fosse cansativa a história ficaria mais fácil para realizar a leitura. Pode ser que nos próximos volumes a trama melhore e a escrita do autor dê uma melhorada, não digo que seja ruim (até porque eu não li) mas digo melhorar para o entendimento do leitor.

    ResponderExcluir
  12. Oi, flor.
    Que pena que o autor parece ter "perdido a mão" no enredo... Acho que ele se concentrou em apresentar o contexto no qual a história se passaria e esqueceu de dar um desenvolvimento real aos acontecimentos. Enfim, não pretendo ler porque as fragilidades que você apontou certamente também me incomodariam.

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  13. Amei a capa, estava amando a sinopse, até que cheguei na parte dos dois confusos triângulos amorosos... Odeio triângulos, dois ainda? Me desinteressei imediatamente. Aí você ainda fala da leitura arrastada e cansativa, e descubro o pior de tudo: tem um reino de lagartos. Eca! Foi aí que descobri que nunca leria, morro de nojo. Definitivamente não é pra mim esse livro.

    ResponderExcluir
  14. Olá! É ruim quando lemos e livro e sentimos que ficou coisa em aberto, mesmo que seja desejo do autor para deixa caminho para outro volumes. Não gosto de escrita cansativa, poética de época. O livro parece ser interessante, mas não sei se leria ele. Ótima resenha. Beijos'

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem? Gosto do gênero, mas logo de cara não fui com a premissa e sua resenha acabou me confirmando isso. Acho complicado quando um livro desse gênero é muito arrastado com uma narrativa cansativa, desanima muito a minha vontade de continuar lendo e acabo deixando de lado. Melhor nem tentar! Obrigada pela sinceridade, beijos.

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    eu sinceramente fiquei perdida no meio da história. Só de você falar que a escrita é cansativa e que o autor fica alternando em dois estilos de escrita já me desanima profundamente na leitura. Esse não é o estilo de livro que gosto e ainda com tantos pontos negativos me deixam sem interesse pela história.
    Gostei da sua honestidade.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  17. Oi Camila,
    É bem complicado quando lemos um livro que caminha para chegar a lugar algum, eu particularmente me irritaria ao fim dessa leitura. O livro parece ter elementos bons para uma boa história, pena que o autor não soube desenvolver por completo.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  18. Oi Camila.

    Este livro não faz muito meu estilo e não sei se leria por agora esta obra, caso tivesse oportunidade.

    Leituras mais densas como esta não é algo que procuro. Mas parece que o objetivo da historia é bem legal, mesmo o autor não conseguindo desenvolver muito bem.

    Gostei da sinceridade. Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  19. Confesso não me empolgar muito com livros desse gênero ainda mais quando a narrativa é cansativa e autor quer cria a narração delongada, creio que esta tentando aumentar a estória sem precisão, infelizmente é algo que não quero ler por agora.

    ResponderExcluir
  20. Oi, Camila

    Que pena que a leitura foi cansativa para você. Eu já havia lido uma outra resenha sobre esse livro, mas para falar a verdade eu nem lembro se a pessoa gostou ou não.
    Às vezes acho que os autores pecam demais ao fazet do primeiro livro uma apresentação infinita da proposta da trilogia/saga/série. Espero que a continuação te agrade. Eu acho que não leria, nem é por causa das suas ressalvas, é por ele não fazer meu estilo mesmo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Oi oi Camila,
    Gostei da resenha, você foi sincera e não deu nenhum SPOILER.

    O livro lembra minha infância, quando eu amava estrelas (apesar de tudo ainda amo), e sempre assistia filmes e lia livros com esse enredo
    A história é linda e os personagens são dignos para virar um filme/desenho. Vou procurar o livro e assim que ler eu venho aqui e te falo o que achei.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  22. Olá. O que mais gostei de sua resenha foi a sinceridade. Amei!

    ResponderExcluir
  23. Oi, tudo bem?

    Não gostei muito do rumo que a historia vai tomando ao desenrolar do livro - sem mencionar que achei confusa -, e, quando você falou que o autor descreve muito as cenas, eu vi que esse não é um livro que eu leria. Como eu falei, achei um pouco confuso o desenrolar da historia.

    Abs.

    ResponderExcluir