27 junho 2016

Resenha - Você se lembra de mim?





Alana é uma mulher independente que não acredita no amor e tem na profissão sua única razão de viver. Jornalista freelancer, é enviada a Nova York para escrever uma reportagem sobre a metrópole, onde conhece o atraente Joel Parker. Quando ela descobre que aquele homem bonito e sedutor que tem lhe feito companhia nos últimos dias é um militar, como seu pai uma lembrança que ainda a assombra , a jornalista desaparece sem deixar vestígios. Apesar de resoluta em sua vontade de se afastar do capitão da Marinha americana para não repetir a história de sofrimento de sua mãe, ela não conseguirá aplacar o desejo de seu coração por Parker. Quem vencerá essa disputa entre razão e emoção? O passado de sua mãe irá assombrá-la ainda mais ou irá ajudá-la a esclarecer muitas questões mal resolvidas?


Livro: Você se lembra de mim?
496 páginas || Skoob || Cortesia: Editora Planeta || Onde Comprar









Em ‘’Você se lembra de mim?’’ acompanhamos a trajetória das irmãs Carmen e Loli, que em 1960 saem da Espanha em busca de emprego na Alemanha principalmente para terem a própria independência financeira, apesar de nunca ter lhes faltado nada na vida, porém precisavam mais do que tudo mostrar para o pai, Miguel, que eram capazes de se virar sozinhas e de resolver qualquer problema ou dificuldade que surgissem nessa nova caminhada que estava para começar em suas vidas.

‘’Miguel não sabia se o haviam ouvido ou não; com o coração apertado, viu suas duas meninas, aquelas menininhas que havia visto se tornarem mulheres, saindo do seu lado para começar uma nova vida.’’

No caminho fazem amizade com Teresa, uma moça que também é espanhola e que está indo para o mesmo destino com a mesma finalidade das duas, logo em seguida conhecem Renata, uma moça bastante diferente delas que vivia na pensão de moças no qual as três passariam a viver. Então com o passar dos dias, as quatro além de trabalharem e viverem no mesmo lugar, acabam se tornando grandes amigas e a partir daí, elas começam a passar por muitas dificuldades e constrangimentos que qualquer pessoa pode passar em um lugar completamente desconhecido, apesar de Carmen sempre se mostrar bastante decidida e sempre tentando dar a volta por cima em algumas situações complicadas e às vezes divertidas. Também é uma pessoa sensível do tipo que escreve em seu diário todos os momentos importantes e marcantes da sua vida para que um dia possa guardar e recordar.

Só que além das situações que passam, as meninas trabalham e se cansam muito durante toda a semana, então, elas aproveitam os dias de folga para se divertirem em alguns bailes. Então um certo dia, elas saem todas a noite para poder badalar um pouco e chegando ao local, cada uma vai para um lado conhecendo pessoas novas e fazendo amizades, claro que o grande risco de encontrarem algo mais forte existe e é inevitável, porque elas acabam de certa forma encontrando o AMOR, porque além de Loli conhecer um lindíssimo militar americano, Carmem também acaba encontrando um admirador bastante persistente, chamado Teddy que tenta de todas as maneiras conquistar seu coração.

‘’O cabo tornou a cruzar meu caminho hoje. Amarrou um lenço no dedo como uma bandeirinha, e quando ele disse que bandeira branca é sinal de trégua ou solicitação para falar com o inimigo, eu tive que sorrir: Que espirituoso!

(...) Conversar com ele é muito fácil. Adoro seu sorriso, e sempre que ele me olha com esses olhos escuros, tremo como uma vara verde e fico vermelha como um tomate.

Hoje, pela primeira vez em muitos dias, minha cabeça e meu coração se reconciliaram e eu estou muito...muito feliz.’’

Só que em meio a tantas idas e vindas, eles acabam se aproximando, e então, um belo sentimento os envolve, porém, como tudo que é bom dura pouco, todos os militares tem o dever de sair em missões e proteger o seu país, e por causa disso o romance se complica, se divide entre o dever e a distancia que os separa, e por isso fazem de tudo para resistir e passam a trocar diversas cartas, mandando noticias, tentando manter o pouco contato que lhes resta, mas um dia, Teddy deixa de responder as cartas de Carmen. 

O livro nos leva trinta e cinco anos para o futuro onde passamos a conhecer Alana (filha de Teddy e Carmen), uma mulher independente que trabalha em uma revista onde tem que ir sempre a Nova York para realizar diversos trabalhos para sua chefe que a todo o momento pega no seu pé (bem estilo Diabo veste Prada), mas ela passa por cima das provocações e do mau humor e aproveita a oportunidade para fazer o que faz de melhor. E a partir daí, durante a sua viagem, descobre fatos importantes sobre o passado de sua mãe, principalmente por conta do diário no qual ela insistiu diversas vezes para que Alana lesse, mas que acabou não dando tanta importância para isso. Mas de certa forma, depois que começa a ler algumas partes, começa a se identificar com os sentimentos de sua mãe e principalmente começa a perceber que algumas peças vão se encaixando durante essa sua viagem em Nova York.

Lá ela também conhece o Capitão Joel Parker que além de ser um rapaz simplesmente maravilhoso, também é militar assim como fora seu pai, por isso tenta se afastar ao máximo que pode dele, pois não quer ter o mesmo destino que teve sua mãe. É mais uma prevenção sentimental, porém, ninguém está livre do destino, não é?

"Como sempre ouvi minha mãe dizer, podemos enganar as pessoas e a nós mesmos, mas ao coração não se pode enganar. Ele é o primeiro, a saber, o que está acontecendo e, sem dúvida, meu coração sabe que eu amo esse americano."

Alana não contava que Joel seria bastante persistente e que pouco a pouco ele viria a conquistar o seu coração de uma maneira tão intensa que ela cederia aos seus encantos sem nem perceber. Após várias reviravoltas, ela verá que pouco a pouco além do militar ajudá-la com seus mistérios do passado e do presente também, ele também fará com que ela volte a acreditar novamente no amor verdadeiro!


Que livro foi esse que eu acabei de ler? 

Eu nunca na minha vida havia visto uma história baseada em fatos reais ser tão envolvente e ao mesmo tempo emocionante ao ponto de coloca-lo na lista dos melhores do ano, ainda no mês de Junho.

Assim que iniciei a leitura fiquei surpresa em saber da nota da autora informando que a primeira parte foi baseada na história de seus pais que, aliás, achei simplesmente MARAVILHOSO e envolvente. Se a autora queria transmitir o que se passava no coração de sua mãe aos seus leitores, pode ter certeza que ela conseguiu e cumpriu e muito o seu propósito, pelo menos comigo, porque ela nos transporta livro adentro de tal maneira que eu nem sei explicar, não há palavras. Diverti-me muito com Carmen e suas amigas e tive até vontade de conhecê-las na vida real.
Já na segunda parte a autora quis nos mostrar como seria esse final feliz para seus pais, embora tenha criado de uma forma fictícia, porque sua intenção na verdade era dar de presente a sua mãe que nunca teve o seu tão sonhado final “felizes para sempre”.


No geral o livro conseguiu superar todas as minhas expectativas, pois além da narrativa ser muito bem fluída, simples e cheia de sensibilidade, nos faz vivenciar a história de uma forma muito real.
Em minha opinião achei que todos os personagens abordados nesse livro foram desenvolvidos com maestria nessa trama de forma tão intensa que me cativaram. Apaixonei-me completamente pelos os militares maravilhosos Teddy e Joel, pois são absolutamente encantadores. Acho que toda mulher deveria ter um homem desses ao lado, mas se quer saber do que estou falando realmente, é necessário ler essa obra, porque eu fiquei aos suspiros em diversas partes por causa de ambos viu?! (risos)

Como diria a personagem Isa, amiga de Alana...

‘’-Sem sombras de dúvidas esse capitão é uma espécie em extinção. E, ainda por cima, acredita em amor à primeira vista. Que fofo!’’

E não podia deixar de falar que adorei não só Carmen e Alana, mas também as personagens Teresa, Renata e Isa que apesar de serem maluquinhas ao seu modo, me fizeram dar diversas risadas e me mostraram como uma amizade mesmo com o passar do tempo pode ser verdadeira, independente do que venha tentar abalá-las, ou colocá-las umas contra as outras.

Estou naquele dilema de quando gosto muito de um livro e não consigo colocar pra fora tudo que eu sinto, mas fico feliz de ter tido a oportunidade de fazer a leitura desse livro através da parceria com a Editora Planeta, porque foi uma das primeiras obras da Megan Maxwell que tive contato. Confesso que no inicio fiquei um pouco receosa, pois pensava que a escrita era mais pro lado erótico, e me deparei completamente enganada, porque encontraremos sim cenas sensuais, mas aqui Megan teve um cuidado todo especial nas descrições e tudo na medida certa, sem excessos, simples e bastante singela nos mostrando como o amor pode ser verdadeiro ao ponto de duas pessoas quererem demonstrar tudo o que sentem e fazendo com que o Romance fosse encantador em todos os sentidos.

Outra coisa que queria citar é que a autora em muitos dos capítulos citou diversas músicas para que o leitor pudesse entrar no clímax da história e viver os momentos junto com os personagens. Eu sinceramente não sou muito de escutar playlist, mas eu acho que as músicas devem ser lindas por conta de todo o envolvimento que você tem quando os personagens as escutam. Eu poderia citar algumas aqui, mas como são muitas, eu não vou fazer isso, se não essa postagem vai ficar gigantesca. Mas teve sim algumas que foram mais marcantes do que outras e por isso vale a pena estar conferindo.

Tivemos também além das músicas, frases ditas pelos personagens bastante marcantes que achei fofo e divertidos, e por isso gostaria de destacar algumas deles aqui para vocês.


‘’- Olá, você se lembra de mim?’ - perguntou Teddy com seu sotaque peculiar.
- Claro que me lembro de você - assentiu ela, por fim sorrindo.’’
‘’- Está vendo meu dedo? [...] Pois daqui para lá é seu espaço, e daqui para cá, o meu. Portanto, adeus, e não me incomode!’’ 
‘’- Meu amor lembre-se de Al di lá.... Al di lá! – gritava Teddy ’’ 
‘’Depois de um copo encher...resta outro por beber’’

A trama desse livro é tão PERFEITA que pude até sentir diversas emoções diferentes durante as páginas. Esse livro me tirou da zona de conforto, pois a curiosidade e a ansiedade mesmo de saber como tudo se desenrolaria me deixou muito afoita em devorar esse livro. 

Resumindo...Um livro digno para virar uma ADAPTAÇÃO PARA O CINEMA!
Fica a dica para Megan Maxwell =D

Quanto a diagramação, tenho que confessar que a editora caprichou, porque capa do livro está linda, as páginas são amareladas, o espaçamento e a fonte estão realmente muito boas. Não encontrei nenhum tipo de erro de revisão. Está impecável! 

‘’Você se lembra de mim?’’ é uma obra que tem uma alta carga emocional e para aqueles que gostam muito de romance e com personagens bastante marcantes, eu super recomendo a leitura, porque vocês não sabem o que estão perdendo! Alias eu sei e muito e por isso lhes digo, não deixem de ler!

21 comentários:

  1. Oi Silvana,
    Sua resenha ficou maravilhosa. Eu também já li esse livro e concordo plenamente com suas considerações. A história possui mesmo uma alta carga emocional e os personagens são marcantes mesmo. Ah, tambén acho que seria uma ótima adaptação para o cinema. O livro com certeza supera as expectativas, e isso é ótimo. Achei bem diferente e instigante. As músicas são um detalhe especial a parte. E essa capa é linda heim, ♥
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Silvana!
    Nossa que livro lindo! achei a capa linda, no inicio da resenha fiquei um pouco confusa pois era um pouco diferente do que eu achei ja que li a sinopse ai entendi e tudo se encaixou kk gosto de livros assim, que te transportam e te emocionam, achei fofo a autora ter feito o livro baseado na historia dos seus pais e ter dado um final feliz para presentear a mãe... com certeza esse vai para minha lista de leitura e obrigado pela dica, nunca tinha ouvido falar dele e agora estou ansiosa para ler rs
    Beijocas...
    https://westfalllivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá Sil,
    Acho extremamente difícil falarmos de um livro que gostamos muito, sempre parece não ser o suficiente, não é? Mas, apesar da dificuldade, acho que sua resenha ficou extraordinária e me convenceu a ler o livro.
    A carga emocional do livro parece ser alta e marcante. Não sabia que o livro era baseado em fatos reais, nem que haveria adaptação para o cinema. Acredito que será uma ótima adaptação.
    Pelo que li, acho que a Alana é uma personagem que super me identificarei.
    Dica anotada e parabéns pela resenha.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  4. Olá Silvana, tudo bem?
    Sua resenha ficou um arraso, destacou muitos pontos positivos, que até me deu uma vontade de ler ele, sem contar com essa capa...
    PS: Ganhou uma nova seguidora, hehehe...

    http://my1life2in3books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Silvana,
    Eu quero muito ler esse livro e vendo o quanto você gostou dele eu só posso ficar ainda mais curiosa. Eu acho a capa muito bonita e achei as suas fotos lindas. Imagino que deva ser difícil resenhar uma obra que você tenha gostado muito, também acontece comigo, geralmente escrevo e apago umas cinco vezes antes de engatar kkkk Eu acho que por ser baseada em fatos reais, deixe tudo muito mais gostoso de ler.

    ResponderExcluir
  6. Oi Silvana, eu nunca me interessei pelos livros da Megan em função da sensualidade dos romances, mas este livro aqui é o único que quero ler. Achei bem original esta coisa da inspiração dela e do livro de passar em tempos diferentes. Adorei saber que o livro tem uma playlist e como a autora é espanhola, creio que vou curtir as canções.
    Adorei sua opinião!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá Silvana, tudo bem?
    Vi uma resenha desse livro esse dias e ele chamou bastante a minha atenção em alguns pontos e em alguns pontos fiquei com um pé atrás. E agora, ao ler sua resenha, esses pontos apenas se fortaleceram. Tanto os pontos que me fazem querer ler, quanto os que me fazem querer fugir hahahha. Confusa? Imagina!!!
    Sempre gostei de romances, tanto que escrevo. Mas ultimamente ando um pouco cansada sabe? Estou me irritando muito fácil com os romances. Isso sem falar nas cenas mais sensuais. Você falou que elas são leves e tudo o mais, mas sempre fico com um pé atrás...
    Por outro lado, curto histórias baseadas em fatos reais e achei legal isso da autora querer dar um final feliz para a mãe. Linda a atitude :)
    E a capa é a coisa mais linda do universo né?
    Então não sei se leria :3
    Acho que vou esperar mais um pouco. Passar essa vibe enjoada em que estou ehhe
    beijos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ola Sil acredita que ainda não li nada da autora, gostei muito da premissa e a linda homenagem dela a seus pais, a forma como foi apresentada através do passado e presente me chamou muito atenção. Dica mais que anotada. Nada como nos surpreendermos com um livro torna a leitura ainda mais gratificante. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Eu achei muito emocionante a autora ter criado um livro para sua mãe, principalmente proque ela não teve uma oportunidade de ter um felizes para sempre, e sua filha lhe proporcionou isso, mesmo que seja somente ficção.
    Imagino que o livro deve ser lindo mesmo, e completamente emocionante e diferente de tudo que já li da autora.
    Espero de verdade poder ler

    ResponderExcluir
  10. Olá, Silvana.

    Nossa, sua animação com a história é nítida nas suas palavras! hahaha
    Pensei que a autora só escrevesse eróticos, mas vejo que me enganei.
    Gostei muito da proposta e é bem legal o fato da primeira parte ter sido inspirada na história dos pais dela.
    Sua empolgação e a história, juntas, chamaram bastante minha atenção.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oie... Nunca havia ouvido falar do livro ou da autora, mas apesar de não fazer meu gênero, achei a premissa interessante. E sua empolgação, falando até na possibilidade de se tornar filme, até aguça um cadinho minha curiosidade. Gostei de saber que no livro são citadas algumas músicas, adoro isso, principalmente se forem músicas que eu goste.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  12. Oi silvana, que bom saber que esse livro te marcou tanto e já entrou para a lista das suas melhores leituras desse ano. Eu sinceramente nunca li nada da megan e tenho curiosidade e acho que essa será a primeira obra pois é a que mais me chama atenção. acho que vou gostar muito da história de mãe e filha principalmente da mãe, fico curiosa para saber se esse oficial nunca mais apareceu. Também gostei de saber que temos mensão de algumas músicas no meio do livro, eu sempre gosto de procurá-las para ouvir e entrar ainda mais no clima do livro. Obrigada pela dica e lerei em breve.

    ResponderExcluir
  13. Oiii!!

    Sil, eu nunca li nada da autora apenas resenhas e elas sempre são muito bem elogiadas. Essa obra, em Específico acho que só vi uma resenha e gostei.saber que tem um toque especial e pessoal me conquista e eu acho que é importante para ganhar um novo leitor.

    Dica anotada, espero ler nas férias.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    O livro parece ser mesmo emocionante e bem marcante. Adorei saber que a história tem uma parte baseada em fatos reais, o que me deixou mais curiosa para ler a obra. Realmente não temos como fugir do destino e só pelo que li, esse capitão Joel deve ser mesmo uma fofura só. Adorei a resenha e já quero o livro!
    Beijos.
    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Sei bem como é difícil resenhar um livro que gostamos muito.
    Nunca li nada da autora, e achei lindo ela ter se baseado na história dos pai para escrever o livro.
    Acho lindas histórias que falam de amor e amizade e creio que vou gostar bastante do livro. E é bom saber que a autora não cometeu excessos nas cenas sensuais, gosto disso.
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    O fato de o livro ser baseado na história real da autora, com certeza deixa tudo mais emocionante. A primeira parte da história, a parte da mãe da autora, é tão linda mas também tão melancólica que tenho certeza que choraria lendo.
    A segunda parte também parece ser maravilhosa, pois temos a personagem vencendo seus medos e lutando para ter um final diferente do de sua mãe.
    Esse livro realmente é maravilhoso e é uma leitura que preciso fazer. Adorei!

    Abraços, Lara.
    http://imperioimaginario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi Sil, tudo bem?
    Primeiramente, meus parabéns pela sua resenha, está muito bem feita e bem elaborada. Gostei muito do seu ponto de vista e de ver que você recomenda muito o livro. Fiquei bem curiosa com ele, eu gosto de um bom romance e ver que tem personagens marcantes me deixa mais intrigada, com toda certeza eu daria uma chance a ele!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  18. Olá.
    Menina, eu não sabia que o livro era baseado em fatos reais. Assim que soube do lançamento desse livro, não tive interesse algum em ler, a proposta não me atraiu, não encontrei algo inovador que despertasse meu interesse, e principalmente pensei que ele tivesse uma pegada erótica.
    Mas agora tenho uma nova visão, o fato do enredo ser envolvente e convincente, baseada na história dos pais da autora é o diferencial.
    Ótima resenha, conseguiu despertar minha curiosidade.

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Oi!

    Fiquei sem fôlego ao ler tua resenha, isso me faz pensar como ficarei ao ler esta história, possivelmente serei tão envolvida e presa pela trama que voltarei a ficar sem ar.

    História reais normalmente me deixam entediada, pois parecem ser um pouco mais rasas e sem emoção, mas pelo visto esta é bem diferente. Quero me sentir presa aos personagens, acompanhar o desenvolvimento de cada um e torcer para que seja adaptado para o cinema! :D

    ResponderExcluir
  20. Oiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

    Que capa maravilhosa, fiquei com vontade de ver um céus assim, todo roxinho. A premissa desse livro também é muito boa viu, e você dizendo que ele é tão apaixonante meio que me fez querer ler. Amo personagens bem construidos e esse tem todos elementos que considero em um belo romance. Não o conhecia mas já quero poder ler ahhhaha

    Bjossssssss
    Everton
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. O livro é bom mesmo e a historia de Carmem e Alana é sensacional. Historias com começos parecidos e finais sensacionais. Gostei bastante hehe.

    www.ocristaocriativo.com
    @cristaocriativo (twitter)

    ResponderExcluir