20 junho 2016

Resenha - Sensacionalistas





Você fica on-line e não sabe mais o que é verdade e o que é mentira? De repente você se dá conta de que a realidade parece piada e as piadas poderiam ser reais? Aquele seu amigo depressivo e autodestrutivo exibe uma vida radiante e cheia de significado no Facebook? O apocalipse é um dia sem o Whatsapp? Então seja bem-vindo ao mundo do Sensacionalista, o portal de humor da internet com 2,5 milhões de fãs mais isento que você já conheceu... Depois de ler este livro, você vai ter certeza que, se no futuro alguém resolver estudar nossa geração, pelo menos vai se divertir muito e talvez chegue à conclusão de que tudo não passou de uma grande farsa.

Livro:
Sensacionalistas
192 páginas || Skoob || Cortesia: Editora Belas Letras || Onde comprar

                                                      







Eu pensei muito sobre como fazer essa resenha, Sensacionalistas não é um livro do qual seja fácil discorrer sem entregar muito dele ou sem estragar a surpresa ou fazer com que vocês deem risadas antes da hora. Tudo isso são possibilidades que quero evitar e por isso devo começar a resenha dizendo que não farei nada disso, fiquem despreocupados e venham comigo rir um pouquinho desse livro maluco que me rendeu muitas risadas. Juro, essa equipe é surreal.

O livro é composto por cinco partes sendo elas: digital, entretenimento, comportamento, Brasil e mundo. Cada uma delas aborda o tema citado de uma forma cômica e pouco convencional.

O que dizer, aqui você encontrará pequenos contos sobre assuntos que preenchem nosso dia a dia nas redes sociais... como assim? Simples. Quantas informações nos são passadas todos os dias por meio do Facebook, Twitter, Instagram e outros? Milhares, sejam elas verdadeiras ou não são postadas centenas de informações por segundo que nos chegam por meios que nem sempre são confiáveis ou filtrados antes, e então lá temos inúmeras reações nossas que são causadas por uma notícia que não é verossímil, e isso é complicado... e meio engraçado também, pois convenhamos algumas são tão absurdas, no fim a internet é um ótimo meio de besteirol. E esse livro nos dará alguns bons exemplos disso.





Que tal acrescentar nessa lista... A maldita regra - falem quem a criou que eu mato, farei um favor público - de que nos seu aniversário é necessário postar sua foto mais ridícula na sua facetime, quem foi o inútil que achou que isso seria uma boa ideia? No seu niver, sério?! Você passa o ano todo tendo o cuidado de postar fotos lindas, cuidadosamente escolhidas, formando seu melhor álbum para quando o crush finalmente te notar e vir te stalkear perceber que realmente precisa, necessita falar com a sua pessoa, para a peste fazer isso... menos querido amigo, ou dane-se a nossa amizade de dez mil anos, eu te excluo do face...

Mas acho que tem um caso pior de inutilidade, os grupos de família, senhor amado para quê fomos ensinar nossos queridos tios, tias, avós e pais a mexerem em todas as funções do WhatsApp mesmo? Eles não precisavam saber criar grupos, para toda vez te adicionar mesmo quando duas semanas depois, louco você saí de novo do grupo, pois não aguenta mais mensagens de bom dia com ursos, vídeos sobre Jesus ou aqueles das pegadinhas do Silvio Santos, meu Deus, eu assinei Netflix para fugir desse homem!!!


Não podemos nos esquecer do famoso "Sem vocês eu não teria conseguido...", tudo bem que tem algumas vezes que isso é verdade e que a pessoa diz isso verdadeiramente, mas convenhamos galerinha, uma ideia fixa, como diz Machado de Assis, não some tão fácil e na maioria dos casos a pessoa teria dado um jeito de qualquer forma, isso é um baita clichê... (risos)

Outro que sempre me faz rir sabem qual é? Aposto que não, mas sempre acho engraçado quando a pessoa diz "Eu não imaginava que fosse realmente ganhar, é uma completa surpresa...", querido, não minta assim, é feio, se você não tinha confiança nem para se imaginar ganhando não sei como se inscreveu... No fundo todos sonhamos que ganharíamos. Sempre. Isso se chama esperança. Não é mesmo? Só quem não tem pode dizer isso e esses são os depressivos, mas até mesmo eles se sentem esperançosos de vez em quando.

Ui, sou geminiana galerinha, tenho mil exemplos de coisas que digo e nem sempre saem como eu quero e depois me arrependo, algumas vezes profundamente de ter dito.

Alguns exemplos meu que talvez se apliquem a vocês foram:

- Faz um favor?


- Claro mãe.


- Ótimo limpa toda a casa.


Bom galerinha, por isso hoje em dia antes do claro eu digo, depende do que for.

- Quer namorar comigo?

- Oi?! Tá loko, você nem me conhece direito!


Pois é, mas se posso falar algo em minha defesa, ele não me conhecia direito mesmo e eu fiquei meio desesperada.

Mas uma que acho que vale para todo mundo...
- Acho que eu te amo...


- ....

Não digam até que você sinta que vai explodir se não falar, o silêncio do outro lado pode ser meio desolador, mas se você sentia a necessidade culminante de infanto de dizer, pode ser meio aliviante soltar as palavras, mesmo que seja só para o outro saber.

Esse vai ser grande mesmo para vocês verem o absurdo da situação. Eu sempre acho engraçado quando isso acontece, as pessoas baixando apps e tals e eu pensando "Cara, são algumas horas...", do jeito que todos colocam parece que vamos enfrentar um apocalipse zumbi e a comunicação de longa distância se torna algo crucial à vida, então né galerinha, não é bem assim, o mundo virtual é muitooooo importante, falo como alguém que tem mais amigos online que no dia a dia, contudo vamos ser racionais né? Somos seres comunicativos e como tal não precisamos nos prestar ao papelão de parecer viciados sem heroína quando ficamos sem um de nossos apps de bate papo, é muito drama por parte de alguns para pouca coisa, não me julguem, ou julguem, aí é com vocês, mas eu quero socar quando viram para mim e falam "Ué, vai descobrir que tem uma família agora que está sem net?!", queridoooo, eu cuido da minha família, sei todas as fofocas, os bastidores, os crushes, as brigas, até a lista de compras de casa sou eu que faço, sei até o que não precisava saber, sorry, mas acho que você é o entediado que tá enchendo meu saco... porém acho o cúmulo do cômico quando a pessoa se vê sem o celular e sofre como o cão sem manga...

Bommm deu para perceber o clima da obra não? Tem uma pegada cômica, mas no fim é muito crítico, nos joga coisas do nosso cotidiano que deveríamos rever um pouquinho, pois está difícil em alguns aspectos viu? Mas acho que fases de mudança são assim mesmo, e todos sabem que nossa geração está passando por TODOS os tipos de mudanças.

22 comentários:

  1. Seria meu sonho ter esse livro? Sim, seria. Geeeeeeente. Ti in love com essa idéia e quero bastante. Achei sua postagem ótima apesar do seu medindo de falar demais ou de menos, ficou ótima. Espero ler em breve e assim que acabar te conto como foi. Beeeeijos .

    ResponderExcluir
  2. OI Agatha... meu pai amado, simplesmente, precisoooo desse livro que nunca nem ouvi falar.... a coisa dos grupos de família cabe muito aqui nesse livro, e as respostas infames que ficam nesse silêncio mais ainda. Realmente, parece que o mundo está girando cada vez mais rápido e fica até difícil controlar tanta informação, somos bombardeados por todo tipo de coisa o dia inteiro... reconheço valor nesta obra... já foi pra minha lista.
    beijo

    ResponderExcluir
  3. Oi Agatha, acho que essa é uma obra mais do que recomendada para quem ainda não conhece o trabalho deles na internet. Mas para quem não conhece, acredito que não seja tão proveitoso, pelo menos não seria para mim e por isso não tenho o menor interesse em adquirir a obra. De qualquer maneira, sua resenha está maravilhosa, e imagino mesmo que apesar de todas as brincadeiras, as críticas sempre estarão presentes nessas páginas;
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  4. Oii...
    Mas que resenha divertida, cheia de tiradas cômicas rs... agora deu muita vontade de ler esse livro kk eu tinha visto algumas resenhas e nem tinha percebido que esse livro e realmente legal kk com toda certeza vai estar na minha lista...
    Beijocas...
    https://westfalllivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Agatha, este aqui é um livro que eu jamais compraria ou leria e não é porque o seu conteúdo está de graça da internet, mas porque não é relevante e em muitas situações, os colunistas do site banalizam situações bem sérias. Sinceramente, acho que esta publicação foi apenas para fazer dinheiro, o que é triste se pensarmos em tantas outras histórias boas que mereciam uma publicação deste nível e não tem.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Se esse livro realmente seguir a linha do site, com certeza rende algumas boas risadas! É um ideia incrível e eu tenho que parabenizar os criadores por tanta imaginação. Quero muito dar uma lida nesse livro também.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Oi Agatha!
    Adoro a página do Sensacionalista, mas o engraçado é que nunca tinha sentido vontade de ler o livro. Mas depois de ler sua incrível resenha, mudei de opinião, pois vi que vai muito além do que simples posts de facebook. Por isso, já coloquei em minha lista e vou conferir em alguma livraria.
    Adorei a forma como você mostrou o livro.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  8. Olá!! :)

    Eu acho que ja tinha ouvido falar deste livro nalgum lado.. mas ja nao me lembro onde! Sei que nao fiquei la com muita curiosidade..

    E isso nao mudou ahah A verdade e que nao sou muito destes livros criticos.. Mas a comicidade ate me chama..! :) ahah

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  9. Olá Agatha,
    Acho muito legal como conseguem fazer da crítica algo hilário e, em minha opinião, isso torna a crítica ainda melhor, pois atinge muito mais as pessoas.
    Muitas pessoas não querem ler algo sério, mas, sim, algo que gere uma espécie de prazer, e a risada pode se enquadrar nesse quesito.
    Adorei sua resenha e os pontos que você levantou.
    Pretendo fazer a leitura.
    Beijos ♥
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  10. Oi!

    Eu adoro a página e o site. Acho que eles produzem um conteúdo bem divertido e diferenciado, então a gente vê as sátiras de coisas séries, mas sem serem preconceituosas ou desrespeitosas. Eu não sei se leria o livro, porque sinceramente, achei ele bem inutil e comercial, esse conteúdo eu vejo no face né haha enfim, parabéns pela resenha, imagino que não tenha sido fácil resenhar. :)

    beijo!

    ResponderExcluir
  11. Oi Agatha, tudo bem?
    Confesso pra você que esse livro não faz muito meu gênero literário e que sinceramente eu não sei se leria.
    O livro parece ser realmente divertido e abordar coisas do nosso cotidiano em redes sociais e tal, e mesmo com sua resenha incrível e você trazendo vários trechinhos interessantes eu fico em dúvida se me agradaria no geral sabe.
    Fico feliz que tenha gostado e que tenha se divertido e rido bastante com essa leitura, mas vou passar a dica.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Eu li esse livro e gostei bastante, mesmo não acessando o site.
    Achei bem bacana conhecer mais dessas notícias deles que são um tant oquanto exageradas, mais revelam muito da geração atual, que acha que é morte ficar 2h sem Whatssap kkkkk

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Eu adoro as matérias publicadas pelo site e não sabia da existência desse livro!
    Muitas vezes eu me deparei com uma notícia deles no facebook e achei que fosse verdade, até ler "Sensacionalista" na parte de baixo ahahaha
    Esse livro parece ser bem descontraído e garantir boas risadas por horas, e mesmo que parte do conteúdo (ou todo) esteja na internet, eu adoraria ler esse livro.
    Sua resenha ficou ótima, várias sacadas cômicas hahaha!
    Adorei a dica!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Oi Agatha.

    Sigo o site deles e as postagem no facebook e acho eles simplesmente sensacionais. É muita criatividade mas não compraria o livro, boa parte do que tem ai eles já publicaram no site e meio que é a mesma coisa, fica dificil né. Mas adorei essa pegada de cronica.

    Bjos
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Agatha, tudo bom? Sua resenha ficou ótima! Ultimamente tenho lido comentários positivos sobre esse livro, mas por mais que eu acompanhe e goste do site e página, não é um livro que eu compraria ou leria. Ainda assim parece ser bem cômico, com todas essas manchetes sensacionalistas que amamos (e amamos ainda mais saber que SÃO sensacionalistas kkk Apesar de que algumas, infelizmente, poderiam ser verdade).

    Beijos!
    Gaby

    ResponderExcluir
  16. Olá,
    Adorei sua resenha, ficou bem engraçada e dinâmica. Já li algumas coisas sobre o livro, mas ainda estava na dúvida sobre se deveria comprá-lo, porém depois da sua resenha, certamente irei. Realmente isso são acontecimentos presente no nosso dia a dia. Concordo que é super chato no dia do nosso aniversário, vir um amigo e postar foto zoada no facebook. Ninguém merece hahah. Parece ser um livro com críticas bem humorísticas e fiquei ansiosa para conferir também.
    Beijos!
    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Que livro interessante. Não conhecia, mas pela sua resenha vi que ele passa muitas mensagens legais e verdadeiras. Pra mim a melhor é do zap quando eles desativam. No meu trabalho o pessoal ficou desesperado e passou a baixar um monte de coisa para desbloquear o bendito, eu nem dei confiança. Depois de algumas horas ele voltou. Pra que esse desespero. Desnecessário.
    Adorei conhecer esse livro e assim que tiver oportunidade vou ler.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  18. Oie! Eu li essa obra há algum tempo atrás e tenho que dizer que não conhecia o site antes disso. E o fato de eu não saber o que me esperava acabou sendo bom para mim, pois me surpreendi com o que encontrei. Gostei da sua resenha e achei interessante a ideia de usar alguns exemplos, mas confesso que desanimei um pouco nas partes onde o assunto era totalmente desviado. :/ De qualquer forma, gostei bastante da forma como você explicou a proposta do livro e vi que bastante gente gostou da temática da resenha. Esse livro é realmente fantástico. ^^

    Beijos,
    Fernanda Goulart.

    ResponderExcluir
  19. Oiii

    Nossa sobre tudo que for virtual é viciante,mas os livros eu não gosto mesmo,prefiro sentir o cheiro do livro e tocar nele,virtualmente só gosto das redes sociais e isso ja é um perigo ja que uma palavra errada e vc é julgado sem dó e piedade,mas não é um livro que eu venha ler não,porem a resenha ficou muito interativa curti.

    bjo bjo
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oie!
    Raramente leio mas curto livros de contos, principalmente se envolverem comédia ou algum outro gênero que eu goste. Não conhecia esse livro ainda mas pelos temas que você abordou na resenha acho que poderia gostar sim da leitura!
    Beijos,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Eu adoro o Sensacionalista, ele é o melhor site de humor que poderia existir. E o que eu mais gosto é que a maioria das pessoas acreditam no que eles postam e saem espalhando pelas redes sociais como se fosse algo verdadeiro, acho isso muito hilário! Assim que vi que iria sair o livro, fiquei morrendo de vontade de lê-lo, só estou esperando sobrar uma graninha, coisa difícil atualmente, para poder compra-lo.

    Beijos e adorei a tua resenha, super divertida!

    Books and Movies
    www.booksandmovies.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Que bom que você teve a sensibilidade de cuidar para não escrever demais, pois esse livro, me parece, deve ser uma surpresa para que tenha graça. Eu tenho muita vontade de fazer essa leitura, desde que o livro foi lançado, mas ainda não tive oportunidade. Gosto muito do trabalho deles e acompanho pelo Facebook. Penso que é um tipo de humor original, que foge dos clichês que já cansaram tanto. Adorei a sua resenha, creio que deve ser bem difícil resenhar esse livro. Parabéns!

    Tatiana

    ResponderExcluir