10 junho 2016

Resenha - A Garota do Calendário - Janeiro





Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.
A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil.
Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser…
Em janeiro, Mia vai conhecer Wes, um roteirista de Malibu que vai deixá-la em êxtase. Com seus olhos verdes e físico de surfista, Wes promete a ela noites de sexo inesquecível — desde que ela não se apaixone por ele.


Livro: A Garota do Calendário - Janeiro  #1
144 páginas || Skoob || Editora: Verus || OndeComprar








- Meus Pensamentos - 

"Com uma escrita clara, simples, focada e maravilhosa Audrey Carlan vai narrando os acontecimentos com graciosidade e nos envolvendo numa leitura viciante."

Primeiramente, preciso dizer que fiquei muito feliz por ter recebido a prova desse livro e principalmente pelo voto de confiança da Editora Verus, pois ganhei esse material numa promoção em que a editora havia feito no Instagram e só tenho a agradecer por essa oportunidade de leitura maravilhosa.

Como todos já estão sabendo,  A Garota do Calendário – Janeiro, da autora Audrey Carlan é o primeiro volume de uma série composta por 12 livros, cada um representando um mês do ano. É também a grande aposta desse ano da editora.

“Amor verdadeiro não existe. Passei anos imaginando que existisse.”

Na trama, nossa protagonista Mia Saunders, é uma jovem linda de 24 anos que quer ser atriz e já trabalhou fazendo pequenos papéis, porém esses trabalhos de atriz acaba que não sendo grande coisa, além disso, também trabalha em um restaurante durante a noite no qual também sabe que não irá resolver sua situação complicada por causa de seu pai.

Mia e sua irmã mais nova — Madison — foram abandonadas pela mãe quando crianças e por isso cresceram apenas tendo o pai que as amava, mas que se tornou alcoólatra depois que a mulher foi embora e também adora jogos de azar, o que significa: PROBLEMAS. Mia criou Maddy desde que ela tinha 5 anos e cuidou de si mesma como pôde e já até tinha salvado a vida de seu pai mais de uma vez, mas ela na verdade queria que essa fosse a última vez, pois depois da surra que quase o matou e o deixou em coma no hospital, ela esperava que finalmente tivesse aprendido a lição.

Mas por outro lado, Mia nunca teve sorte com os homens, só se apaixonou por aqueles que não a valorizaram e não a amavam de verdade e seu último relacionamento acabou sendo o pior de todos.

“Ele se chamava Blaine, mas seu nome deveria ser Lúcifer. [...] O mesmo que emprestou ao meu pai mais dinheiro do que ele poderia pagar. Primeiro ele mirou em mim, depois no meu pai. Naquela época, eu achava que o nosso amor era de contos de fadas. Blaine me prometeu o mundo e me deu o inferno na Terra.”

E agora Mia precisa quitar a dívida feita pelo seu pai, antes que sua família pague com a própria vida, mas diante dessa situação nada fácil e não vendo nenhuma saída para pagar a dívida em tão pouco tempo, Mia aceita trabalhar como acompanhante de luxo por um ano na agência da tia Millie.

Seu primeiro cliente é Weston Charles Channing III — Wes — um roterista de filmes de Malibu, rico, lindo, charmoso, surfista e encantador. E logo Mia percebe que vai ter problemas, já que se sente atraída por ele assim que o conhece.

Wes precisa de uma acompanhante para afastar as mulheres interesseiras que disputam a sua atenção em eventos e o impedindo de interagir com as pessoas certas, e é por isso, que Mia foi contratada, mas eles acabam se envolvendo muito mais do que esperavam.

Mia e Wes se tornam amigos, — amigos coloridos (como eles dizem) — construindo uma relação de cumplicidade durante o tempo de quase um mês que passam juntos. A química entre eles esteve lá desde que se conheceram, mas muito mais do que isso, porque houve uma conexão extremamente boa e eles criaram mais do que uma mera relação de “negócios”.

"Wes, eu prometo que nunca vou esquecer nossos momentos juntos, e o mais importante: eu nunca vou te esquecer."

Em poucas palavras, a protagonista Mia foi uma personagem muito bem desenvolvida, uma jovem forte, determinada e decidida que estava disposta a sacrificar a sua vida por amor a sua família. Já Weston, foi uma surpresa para mim, eu esperava que ele fosse lindo e impressionante fisicamente, claro (risos), mas seu jeito cativante, divertido, jovial, sua intensidade, seu coração bom e a maneira como ele se importava com a Mia me ganhou, e me apaixonei pelo nosso homem de janeiro.

Os personagens secundários aparecem pouco durante a história e não foi possível conhecê-los mais profundamente, até porque é um livro curto e muito focado no casal protagonista, que nesse caso, eu achei bom, pois deixou a leitura sem enrolação.

Enfim, esse é um livro que deixa o leitor numa grande expectativa, pois Mia terá mais 11 clientes pela frente e foi impossível não se apegar ao Wes e torcer para que eles ficassem juntos, eu torci e ainda estou torcendo por eles. A separação deles no final foi a parte mais difícil durante toda leitura e fico me perguntando se com os próximos será assim também.

“Lembre-se de mim.”

A Garota do Calendário é um livro erótico com cenas de sexo descritivas, mas não se resume apenas a sexo e erotismo, a autora se preocupou em criar uma história com conteúdo por trás e nos apresenta uma personagem cativante embarcando no mundo de uma acompanhante de luxo. São apenas 9 capítulos narrados pela Mia em primeira pessoa e eles passam voando de tão bom.

Foi uma leitura gostosa, sem muitos dramas e aqueles “mimimis” chatos que alguns autores insistem em exagerar no decorrer da história. Audrey soube moderar as descrições das cenas mais apimentadas e os outros momentos no meio disso, o que foi maravilhoso porque não deixou a leitura maçante e cansativa.


Esse livro poderia ser apenas mais um no meio de muitos eróticos que existem por ai, entretanto, Andrey Carlan domina muito bem sua escrita e consegue atrair o leitor para dentro da trama e fazendo  com que não tenhamos vontade de parar até chegar a última página. Embora, eu achei a narrativa superficial e em geral é algo que não gosto, só que nesse livro funcionou totalmente, pois ainda temos mais 11 clientes para conhecer e acredito que o objetivo da autora não seja aprofundar na vida deles, mas sim nos mostrar a experiência de Mia, o que aprendeu com tudo isso e como ela se sentiu durante sua trajetória nesse mundo totalmente desconhecido.

Não me decepcionei com o que encontrei nesse primeiro volume, faz tempo que um livro erótico não me prende tanto, achava que teria problemas com a história por serem 12 livros, 12 clientes diferentes e a Mia vivendo 12 vidas no processo, mas me enganei, e agora só acho que essa personagem irá nos trazer grandes momentos engraçados, envolventes e apaixonantes durante a série. Amei todo o enredo e como a autora escolheu conduzir a história, eu mal posso esperar pelos próximos, estou ansiosa para ver onde isso tudo vai dar.

Leitura que RECOMENDO sem dúvidas!


Resenha escrita pela colaboradora Monique ( Não faz mais parte da Equipe )


33 comentários:

  1. Oie, monique, em primeiro lugar seja super bem-vinda ao blog e preciso dizer que já adorei sua primeira resenha. Apesar de a garota do calendário ser uma história herótica, eu fiquei com vontade de ler por esse a mais que a autora traz, a forma como a mia irá construir a relação com seus clientes, ela conhecendo esse novo mundo de glamour, tão diferente do que ela estava acostumada, e o melhor de tudo, é uma história curtinha. E parabéns pela sorte de ganhar a provinha do livro antes de todo mundo e por compartilhar as impressões conosco, adorei e estou aguardando ansiosa a chegada desse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Tamara.
      Obrigada pelo carinho e pelos elogios, fico muito feliz que tenha gostado da resenha.
      Foi muita sorte eu ganhar esse livro, rs
      E espero que goste do livro tanto quanto eu gostei. Depois que lê vem me contar o que achou, ok?!

      Até mais.

      Excluir
  2. Oi Monique, eu estou bem ansiosa para ler esse livro, apesar de ter alguns receios. Se bem que as resenhas que venho lendo estão sendo muito positivas, por isso ando empolgada para conhecer o desenvolvimento e especialmente os personagens centrais. Eu até que gosto desse gênero, e acredito que esta trama pode se diferenciair um pouco dos clichês. Queria essa prova do livro também haha
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fer.
      Eu também fiquei com o pé atrás com esse livro, pelos motivos que disse na resenha, mas é uma leitura que vale a pena e depois que comecei a ler os meus receios foram indo embora e fiquei com gostinho de quero mais quando acabou...
      Fica de olho na pagina da verus no instagram, quem sabe eles não fazem mais uma surpresa dessa por lá com os próximos livros hein! :)

      Excluir
  3. Oi Monique, adorei ver a sua opinião sobre esse livro Eu gosto muito desse gênero e eu estava louca para ler alguma resenha sobre ele. Parece mesmo ser um livro que se destaque dos demais, só não curti muito essa capa, mas a história parece ser tão maravilhosa que isso é só um pequeno detalhe. Não vejo a hora de ler também. Fofura ter ganhado a prova do livro na promoção <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que leu a minha resenha sobre ele, Beatriz.
      Eu já achei a capa bonita, viu. Mas, realmente, é só um detalhe.
      Foi ótimo ganhar a prova e espero que você goste também desse livro ;)

      Excluir
  4. Oi, Monique, tudo bem?

    Eu comprei os exemplares de Janeiro e Fevereiro ontem! <3 Tô doida para que eles cheguem. Eu estou de olho nessa serie desde que a vi no goodreads há um bom tempinho já. Fiquei super contente quando a Verus comunicou que ia publicar.
    Eu fico aqui pensando como deve ser complicado pra gente desapegar do cliente do mês!hahahaha
    Provavelmente ela deve ficar com um deles, mas e se a gente torcer pro cara errado? Ai meu coração! Hahahahahah
    Eu tentei ganhar a prova na promoção do instagram e na do facebook, mas não consegui! Hahahaha
    Essa marca d'água fica em todas as páginas, não atrapalha a leitura? Oo
    Que bom que o livro não é apenas só mais um livro erótico! Estou super ansiosa com a chegada dos meus exemplares! :D

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, linda. Tudo ótimo.
      Olha, foi difícil se despedir do Wes e a verus colocou um capitulo do livro de fevereiro e eu já vi que vai ser muito complicado desapegar de cada um.
      Também fiquei pensando sobre isso, se a gente gostar do cara que ela não vai ficar?
      coração de leitor sofre, kkkk
      Que pena que você não ganhou a prova e a marca d'água não atrapalha na leitura, eu achei de boa.

      Boa leitura quando os seus livros chegarem, e vem contar o que achou também, vou adorar saber.

      Até a próxima.

      Excluir
  5. Oi Monique, sabe aquela sensação de que todo mundo, em todos os lugares, estão falando do mesmo livro? estou com esta sensação em relação a este aqui. A editora fez um trabalho de marketing bem intenso e até eu, que não curto muito o gênero, estou curiosa para encarar a história, conhecer a Mia e torcer para que ela pague a dívida!!!
    Amei suas considerações!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Ivi.
      Conheço bem essa sensação e obrigada por ler a minha resenha e fico feliz por ter gostado.
      Espero que você leia esse livro em algum momento, é uma leitura muito boa...

      bjos

      Excluir
  6. Olá!
    Cada resenha que leio desde livro me anima mais para ler. Acho que a autora soube trabalhar bem a questão do amor da protagonista pelo pai e como ela lida com isso.
    Outro ponto que me agradou é a história não ser totalmente focada no erotismo e conter algo por trás.
    Espero ler esse livro é gostar.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oie, Bruna.
      realmente, é um livro muito bom. Também espero que você goste por que a Audrey fez um trabalho maravilhoso na escrita desse livros.

      Excluir
  7. Oiii
    Tenho vontade de ler esse livro desde que lançou lá fora. No GR só se fala nessa série, todo mundo comentando o quão boa ela é. Adoro livros ~~~HOT~~ mas de uns tempos pra cá todos pareciam ter a mesma história e dei uma parada com eles. Mas é bom saber que A Garota Calendário é diferente.
    Que bom que a escrita da autora é boa e ela não foca só no sexo (um erro que muitas autoras desse gênero cometem), gosto de histórias com personagens bem trabalhados.
    Sua resenha me deixou com ainda mais vontade de ler o livro ehehhe
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Istefani
      Então, que bom que ficou com mais vontade ainda de ler A Garota do Calendário depois da minha resenha e espero, de verdade, que você curta a história desse livro.
      Eu tava cansada de livros nesse gênero e fazia tempo que não lia algo hot tão bom, justamente, por que as histórias pareciam mais do mesmo e isso me cansou.
      Leia A garota do calendário, já que você gosta de hot, não vai se arrepender lendo esse :)

      bjos

      Excluir
  8. Oiee Monique ^^
    Fiquei curiosa para conhecer a série quando vi o bafafá que ele trouxe junto com o lançamento, mas não gosto muito de eróticos, então acho que não o lerei tão cedo... principalmente pelas cenas serem descritivas, eu sempre acabo pulando as páginas em que os personagens estão fazendo sexo o.O
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oie, linda
      Muito legal que esse livro despertou a tua curiosidade, eu também não gosto muito de eróticos, mas esse livro valeu a pena arriscar.
      Dê uma chance pra ele a qualquer momento...

      bjos

      Excluir
  9. Olá, Monique!
    Eu confesso que não gosto muito de livros eróticos, principalmente porque a grande maioria dos livros que li eram só sexo, sexo, sexo... e zero história. Fico feliz em saber que a autora se preocupou em desenvolver um enredo por trás dessa temática. Apesar de não curtir livros do gênero, eu tenho visto tantos comentários positivos sobre esse livro que tá difícil segurar a curiosidade. Então provavelmente eu vou dar uma conferida nessa obra... espero que me surpreenda e que eu goste tanto quanto você.
    Ótima resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Jess
      fazia muito tempo que não lia nada desse gênero por causa da quantidade de sexo sem sentido e nada de conteúdo... e esse livro foi uma surpresa por ter uma boa história além das cenas mais quentes, espero que a autora continue assim e não mude drasticamente sua escrita no decorrer da série.
      Dê uma chance mesmo, também espero que goste.
      E obrigada por ler minha resenha ;)

      Até a próxima!

      Excluir
  10. Oi Monique!
    Menina eu te disse neh?! Eu estou louca para conferir esse livro. Pois ele foge do clichê e dessas história do gênero já tão batidas. Lendo sua resenha fiquei ainda mais instigada para efetiar a leitura. Mês que vem a primeira coisa que farei quando receber é comprar esse livro que aliás também tem uma capa incrível e luxuosa. Espero gostar da leitura tanto quanto você.
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, linda!
      Você me disse mesmo que estava querendo muito ler ele, rs. Eu lembro...
      Bom, obrigada por ler a resenha e adorei saber que ela te deixou mais instigada por essa leitura :*

      Eu amei essa capa, na verdade, todas da série são atrativas e lindas, mas eu tenho minhas favoritas, essa de janeiro é uma delas.
      Desejo que você goste desse livro tanto quanto gostei também e depois não esquece de me dizer o que achou, vou amar saber suas impressões sobre ele :)

      Até mais, bjs!

      Excluir
  11. Eu também recebi a prova do livro - pela parceria com a editora - e fiquei mais do que contente em poder conhecer a história da Mia antes. O que também teve seu lado negativo já que tenho que esperar o segundo chegar...
    Acho que, entre tantos eróticos a autora soube dar um toque diferente para seu livro e também senti que tem algo mais por ai. Concordo quando você diz que nesse caso a superficialidade de alguns momentos funciona, pois o grande objetivo não é o mês da Mia e sim tudo o que vai acontecer com ela durante o ano. A jornada em busca de salvar seu pai - e acho que salvar a si mesma também.
    Amei o Wes e espero que nenhum deles seja tão difícil de dizer tchau como foi dizer para ele. (e eu sou curiosa demais, então fui ler a sinopse do livro de Dezembro eeeeeeee... que cheguem logo os outros onze!!!!!)
    Parabéns pela resenha. Eu não consegui deixar a minha tão completa :)
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lica.
      Obrigada por seu comentário.
      Nossa, sério que você leu a sinopse do livro de Dezembro? kkkkk
      Eu ri aqui quando li essa parte e você despertou a minha curiosidade agora :)
      Também amei o Wes e foi difícil se despedir dele mesmo, queria ter todos os livros e devorar um atrás do outro, a escrita da Audrey é viciante.
      E parabéns por ter recebido a prova também, ler antes que o lançamento do livro tem suas vantagens, o lado negativo é esse mesmo - esperar o próximo livro é um saco quando a gente gosta da história :(

      Obrigada pelo elogio e até a próxima.
      bjs

      Excluir
  12. Olá, tudo bom?
    Estou vendo um alvoroço muito grande em relação a essa publicação e confesso que minha primeira impressão foi a mesma que a sua, que era apenas mais um livro erótico em meio a tantos e que esses doze caras para doze meses ia me incomodar muito. Que bom que essa impressão estava errada para você. Gostei de saber que Mia é uma personagem forte que aprendeu a se virar desde muito novinha, já que a mãe as abandonou e o pai virou alcoólatra. Fiquei curiosa para acompanhar as experiências de Mia com esses 12 homens. Sugestão anotada. Sua resenha me deixou muito curiosa, foi a melhor a resenha desse livro que li.

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Pollyanna.
      Tudo ótimo e com você?

      Flor, se você visse o tamanho do meu sorriso quando li seu comentário ia saber o quanto fiquei feliz em saber que gostou da minha resenha ao ponto de dizer que foi a melhor que leu, muito obrigada ♥ ♥ ♥

      Eu tive uma impressão errada mesmo, não queria 12 problemas, mas não foi isso que encontrei e foi uma leitura tão gostosa que não queria que acabasse ainda.
      Que bom que anotou a minha sugestão desse livro e espero, de verdade, que aprecie a leitura, vale a pena.

      bjinhos :*

      Excluir
  13. Oi!
    Comprei os dois primeiros livros na pré-venda e estou louca para começar a minha leitura.
    Eu gosto muito de livros hots, e achei a premissa desse bem diferente, principalmente por ela ter que fazer algo para salvar o pai.
    Estou bem curiosa com relação ao livro, espero gostar da história :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi, Sabrina.
      Olha, se você gosta de livros nesse estilo, tenho certeza que vai gostar de A garota do Calendário.
      Quando finalizar a leitura conta pra gente o que achou..

      Bjinhos

      Excluir
  14. Oie! Eu tenho visto muitas divulgações em cima dessa série e tenho certeza de que será um sucesso. Infelizmente, acho pouco provável que eu realize leitura, pois sempre mantive distância de eróticos por se tratar de um gênero que não entra nas minhas preferências. Mas fico feliz em saber que a autora soube trabalhar com todos os assuntos sem prejudicar a obra. Esse negócio de 12 homens é complicado, porque eu já me imaginaria apaixonada por um e querendo que ela ficasse com aquele, hahah. Sua resenha ficou ótima e espero que os próximos livros sejam tão bons quanto esse.

    Beijos,
    Fernanda Goulart.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fernanda.

      Obrigada por ler a resenha e pelo elogio.
      12 homens é complicado mesmo, eu já queria que a Mia ficasse com o Wes desse livro porque fiquei apaixonada por ele, rsrs

      Espero que, talvez, em algum momento você cogite a possibilidade de fazer essa leitura.

      bjinhos :*

      Excluir
  15. Olá

    Meio que me incomoda a premissa desse livro. Não consigo imaginar uma pessoa começar a "sair" com homens para salvar seu pai. No entanto o livro tem causado tanto alvoroço que confesso que estou curioso em conferir, até porque você disse que vai além do livros eróticos que temos visto por ai. Enfim, acho que seria uma boa leitura em todo caso, mesmo sendo lançado a pouco tempo o livro tem causado bastante alvoroço e acho isso bem legal.

    Everton equipe Rrillismo
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Confesso que não sou muito fã de livros eróticos, mas fiquei curiosa com a premissa desse, acho interessante essa coisa de acompanhante de luxo e imagino que deve ser bacana acompanhar tudo. Eu ainda não sabia que cada livro era sobre um mês e um cliente, imagino que deve ser triste torcer por esse cliente dela já sabendo que eles não ficarão juntos. Enfim, fiquei animada ao ver que não é uma história cheia de mimimis e que possui realmente uma historia por trás das partes eróticas

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  17. Olá.
    Quando vi essa capa rodando nas redes sociais fiquei doida louca querendo saber mais sobre o livro ai vi que algumas pessoas estavam resenhando ele já ,pelo que vi você gostou do livro. O livro faz bem meu gênero literário e pode ter certeza que é um livro que vou querer a série toda vou querer saber cada aventura da Mia ,. Parabéns pela resenha ♥

    ResponderExcluir
  18. Ola Monique lindona eu amei esse livro a escrita da autora é leve e com personagens intensos, amei a personalidade da Mia, principalmente em não aceitar ajuda e sim resolver a questão sozinha. Me encantei por Wes, espero que o sentimento deles seja forte para enfrentar todos esses meses. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  19. Oi, Nique amada
    adorei tua resenha. Escreve muito bem.
    Gostei do jeito que você abordou o tema sem ser preconceituosa com a personagem. É isso mesmo: tudo uma licença poética que os autores se permitem.
    beijos, amada

    ResponderExcluir