18 março 2016

Resenha - Alice no país do amor





Alice é uma advogada beirando os trinta anos, que mora em Curitiba e sonha com o verdadeiro amor. O problema é que ela é apaixonada – desde menina – por Max (atual namorado de sua melhor amiga, Helen), nutrindo, por ele, uma paixão platônica.
Esse sentimento se reacende na época da faculdade quando o reencontra como professor do curso de Direito. Alice resolve não revelar que fora sua vizinha quando criança e inicia um flerte com Max, mas a história toma outro rumo quando ele conhece Helen e eles começam a namorar.
Sofrendo com essa paixão não correspondida, Alice conta sempre com o apoio de Alan, seu amigo e confidente, mas vê evaporarem suas últimas esperanças ao saber que Max pediu Helen em casamento. Abalada com a notícia, com a autoestima “no pé” e tentando “dar a volta por cima”, Alice decide ousar, com um vestido pra lá de provocante, justamente na festa de aniversário à fantasia de Helen (em que quase todos estão vestidos como as personagens de Alice no País das Maravilhas) e então desperta — novamente — o interesse de Max, que tenta seduzi-la.
Será que Alice conquistará o homem dos seus sonhos?

Livro: Alice no país do amor
228 páginas || Skoob || Autora Parceira: Lucilla Guedes  || OndeComprar








Alice é uma jovem advogada apaixonada desde criança por Max e sempre que seus pais brigavam fugia diretamente para sua casa. Os dois ficam bem próximos durante a faculdade, sem chegar a formar um casal, mas mesmo assim ela se decepciona quando Max e sua amiga Helen começam a namorar. Para superar, ela conta com o apoio do amigo Alan, que sempre esteve por perto, mas não sabe de tudo que já aconteceu.

A situação piora quando Max e Helen ficam noivos, acabando com as esperanças da protagonista, mas ela vê a chance de dar a volta por cima quando a amiga a convida para sua festa de aniversário. Chegando toda produzida, o resultado é mais que inesperado, já que Max aparentemente voltou a se interessar por ela. Será que finalmente terá sua chance com ele, ou está confundindo tudo?

Uma leitura leve, mas cheia de reflexões.


Alice é jovem e já tem sua vida organizada, mora sozinha, é formada em direito e tem um bom emprego, mas não é realmente feliz. Ela sempre sonhou com o dia em que Max seria mais que um conhecido, e quando ele fica noivo de sua melhor amiga é como se o mundo desabasse. Sem saber exatamente como, mas querendo uma mudança de vida, ela decide ser mais ousada na festa de Helen e é quando consegue chamar a atenção de Max, o problema é que o momento não é dos melhores, ainda mais agora que ele está noivo!

"É um paradoxo. Devemos apreciar o que temos, mas o que temos nos é banal. Necessitamos de uma fórmula para transformar o banal em especial, metais ordinários em ouro, o cansaço de viver em entusiasmo juvenil, puro êxtase!"

A protagonista me convenceu com suas inseguranças e medo de correr atrás do que quer e acabar “quebrando a cara”. Desde o início do livro, a paixão dela por Max ganha destaque, mas o leitor percebe que muito do sentimento é criação dela e que não sabe exatamente quem se tornou sua paixão de infância. Alan, por outro lado, sempre esteve ao seu lado, apoiando e também criticando quando era necessário, um melhor amigo perfeito, mas que poderia vir a ser algo mais na vida de Alice.

Só que não é fácil mudar o que o coração sente, mesmo que o caminho pudesse ser bem mais simples. No desenrolar da estória surge uma espécie de triângulo amoroso, mas eu não diria que esse é o ponto mais importante e sim as descobertas da protagonista sobre ela mesma, seus sonhos e possibilidades reais de mudar sua forma de ver o mundo e o amor.

Alan foi um personagem que chamou minha atenção por sua sensibilidade, isso sem contar que é um escritor... Ele não teve medo de se expor e isso chamou minha atenção, já que estou vendo poucos personagens assim nos livros que li ultimamente. A autora conseguiu passar um ar de realidade muito bom para ele, que soube apoiar a protagonista, mas também tinha sua própria vida no enredo.

Alice tem alma de poeta e como a narrativa é em primeira pessoa seus devaneios são ótimos para conhecer melhor a personagem, além de me deixar pensando sobre alguns assuntos mesmo depois de terminar a leitura. A referência a Alice no país das maravilhas veio de uma forma que me surpreendeu: uma metáfora para o amor, que foi muito bem encaixada no enredo.


"Pouco me importa que alguns pensem que a criação não passa de um acidente, uma (in)feliz coincidência. Aqueles que como eu, entraram na Toca do Coelho, e de lá saíram transfigurados pela luz do amor, sabem reconhece-lo por trás de tudo e de todos, das coisas mais insignificantes às mais colossais."
O romance leve, com uma narrativa envolvente me fez pensar nos chick-lits, a estória não teve tantos momentos engraçados quanto na maioria dos livros desse gênero, mas a evolução da personagem foi bem característica.

Não tenho reclamações sobre a diagramação da Chiado Editora. A capa é bonita, com a sombra de uma garota de perfil e de um coelho, os tons de azul e violeta ficaram bonitos e delicados, só acho que o título e nome da autora poderiam estar em uma fonte um pouco maior. As páginas são amareladas e o papel usado pela editora é bem mais leve que o normal, facilitando para levar o livro na bolsa/mochila.

Recomendo a leitura para todos os fãs de romance!


****




Lucilla Guedes é mineira, morou alguns anos em São Paulo e cresceu em Curitiba. Casada com os livros e amante do cinema, sempre se aventurou pelo mundo das artes: fez dança, participou de grupo de teatro, cantou em corais e até ganhou um concurso de karaokê. Seus livros preferidos cabem em uma estante e já assistiu ao filme “Cantando na Chuva” quarenta e nove vezes. Apaixonada por poesia e pelo mistério das palavras, graduou-se em Direito e atua na área jurídica. Nos últimos anos, decidiu dedicar parte de seu tempo à coisa que mais gosta de fazer: escrever. Alice no País do Amor é seu romance de estreia.

26 comentários:

  1. Oi Eve
    Eu recebi esse livro recentemente e acredito que vai ser a minha resenha deste final de semana. A cada resenha que leio fico ainda mais curiosa para conferir. Seus comentários me deixaram ainda mais curiosos.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Olá Eve, tudo bem? :)
    Logo no início não consegui ficar interessada :/ porquê? Odeio personagens babacas, e isso de o Max estar noivo, mas depois de ver a Alice toda produzida, querer "trocar de toca".... Aff, como personagens assim me irritam. Li a resenha até ao fim, e mesmo o Alan parecendo fofo e achar que talvez ele conseguisse salvar um pouquinho da história, não acho que aguentaria esse livro durante muito tempo. Fico feliz que tenha gostado, mas não é o meu tipo de leitura.
    Beijinhos
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  3. Oi Eve, tudo bem?
    Achei a capa desse livro linda e o título também!
    A premissa dele não me agradou muito! Não curto muito triângulos amorosos e o fato de a personagem Alice continuar tentando conquistar o Max, mesmo agora que ele está noivo da melhor amiga dela não me agrada muito!
    Talvez eu até esteja enganada e essa seja uma leitura que me agradaria, mas no momento eu não leria...

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Que capa mais fofa!Não conhecia esse livro até agora e sinceramente não sei se empolguei,apesar da capa.A história me pareceu meio melancólica demais...talvez eu tenha ficado com uma impressão errada,mas foi o que achei.
    Bjs!

    http://porlivrosincriveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Eve, eu li esse livro há algum tempo atrás e também gostei muito do livro Achei uma leitura muito gostosa e a narrativa é muito boa também. Eu lembro de ter ficado com muita raiva da amiga dela naquela festa. O Alan também me agradou muito e como eu torci para dar tudo certo pra eles.

    ResponderExcluir
  6. Gostaria muito de ler esse livro, recentemente assisti um filme que tem muitas semelhanças com esse livro, adoro chick-lits e só por vc mencionar isso fiquei mais animada ainda, sem falar que a estória é boa.

    ResponderExcluir
  7. Olá, quando vi esse livro pela primeira vez fiquei encantada com a capa linda e com vontade de ler ele, mas aí fui conhecer a história e acabei me desanimando um pouco, mas é uma obra que ainda quero ler, espero gostar tanto quanto você.

    ResponderExcluir
  8. Acho que um dos pontos altos desse livro é a maneira como foi feita a referência a Alice no país das maravilhas, além disso, essa narrativa em primeira pessoa que permite que o leitor consiga conhecer mais a Alice é maravilhosa né? Eu amei saber esses pontos que a leitura desse livro carrega. Espero ter a oportunidade de ler um dia.
    Ahhh, sabendo que a editora fez um trabalho lindo com a diagramação ai é que tenho mais vontade em ter esse livro. :)

    Beijos
    Vento Literário / No Facebook / No Twitter

    ResponderExcluir
  9. Oi.

    O que me fisgou de primeira nesse livro foi a capa, eu achei linda. Essa foi a primeira resenha que li, mas foi o suficiente para me deixar com vontade de ler. Como você disse ser uma leitura recomendada para todos os fãs de romance, então sei que vou gostar.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Oi Eve, esse parece ser o tipo de romance que me deixa anestesiada! hahahaha eu estou louca para ler esse livro desde que vi a capa pela primeira vez, sim as capas me encantam! e sem contar que essa trama parece bem leve e gostosa de ler, sua resenha me animou muito!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Eve.

    O livro parece ser muito engraçado, típico de chick-lit, mas não curti que a protagonista fica tentando conquistar o noivo da sua melhor amiga e isso é o pior tipo de traição. Mas mesmo assim estou com vontade de ler o livro e espero que a leitura seja diferente do que eu estou pensando.
    Beijos!
    http://www.anebee.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oii!!

    Acho que é a segunda resenha para esse livro é estou bem animada.
    Adoro chicklit! Adoro mesmo, aliás é meu gênero favorito. A leitura flui que é uma beleza, e tenho certeza que com esse não é diferente.
    Gostei da forma como você falou do livro e de como a autora abordou a tematica.
    A capa está liiiiinda demais! E eu gosto da diagramação da Chiado! Acho que é uma editora que cuida bem dos livros, vale a pena *-*.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Olá Eve,
    Esse é o tipo de livro que preciso ler no momento, estou numa fase que tudo o que leio não dá certo, sabe? Como se fosse sempre chato :/
    Gostei muito da ideia do livro, de a protagonista encontrar o rapaz e, confesso, estou curiosa com relação a trama, apesar de poder imaginar um pouco...
    Adorei a resenha.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Eve,

    Esse livro me parece ser bem legal de ler. Fiquei curiosa sobre esse jogo de sedução, sobre esse amor não correspondido, como a protagonista vai lidar com isso e tals. Eu realmente fiquei curiosa, não só pelos elogios feitos por você, mas também pelo conjunto da história. Acho que será uma leitura bem agradável. Rs. E o mais importante de tudo, é que a protagonista evolui e isso é bom de mais! Haha

    beijo!

    ResponderExcluir
  15. Oii, tudo bem?
    Eu já tinha visto uma resenha desse livro antes, ela também foi positiva. Eu fico muito feliz que você tenha gostado do livro, é sempre quando a autora consegue nos convencer com os personagens. Eu gostei da premissa do livro, então ele já está na minha listinha.

    ResponderExcluir
  16. Eu geralmente gosto de releituras de contos de fadas e afins, mas os de Alice não me descem nem me chamam a atenção e esse entrou no time, a premissa não teve nada que me saltasse aos olhos, mas a capa do livro está sensacional!

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oie Eve!!!
    Primeiramente tenho que dizer, que nenhum livro mexe tanto comigo quanto esses de paixões proibidas. Principalmente se for meio platônico e existir uma terceira pessoa no meio da história - como nesse caso a amiga -. Confesso que até evito eles as vezes kkk é uma questão bem particular para mim. De qualquer forma adorei sua resenha, e fiquei bem curiosa para saber o desfecho da história.
    bjs

    ResponderExcluir
  18. Oii!
    Já li e também gostei bastante! Foi uma leitura leve e gostosa <3 Também achei bem semelhante a chick-lit, mas sem as partes mais engraçadas! Gostei também da escrita da autora <3 Ótima resenha!

    Beijão!
    http://loucaspaginasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Olha, não gostei da premissa da história não. Não fui com a cara da Alice, o cara começa a namorar a amiga dela, fica noivo, e ela ainda tenta chamar a atenção dele? Pelo menos ela tem essas inseguranças e medo de correr atrás do que quer, mas sinceramente, isso não é atitude de amiga. E ainda surge esse triângulo amoroso com o Alan, que pode não ser o mais importante, mas me incomodaria mesmo assim. Que bom que gostou e que se surpreendeu com o modo como foi feita a referência a Alice no país das Maravilhas, mas eu não leria.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  20. Olá

    Sou completamente apaixonado por Alice no pais das maravilhas então tenho quase todos os livros relacionados a ela. Não conhecia esse mas já me interessei, por ser romance já me encantei. Adorei a protagonista ter uma alma poeta e a referencia vim através de uma metáfora, deve ter sido uma leitura muito agradável. Já esta anotadíssimo a dica.

    Bjos
    Everton equipe Rillismo
    rillismo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Oi Eve *---*

    Não conhecia esse livro mas adoro a Alice e fiquei curiosa em conferir o livro. Gosto muito quando percebemos a evolução dos personagens e essa insegurança que ela tem se tronsformar em possibilidades denota amadurecimento da personagem. Só não aguento mais triângulos amorosos, sempre escolho o personagem que a protagonista abandona =(

    Bjo
    rillismo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Olá! Confesso que não curto triângulos amorosos, muito menos esse drama todo. Não é um livro que eu leria,mas quem sabe.
    Beijos!

    http://nomundodaka.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Olá,
    Eu gostei bastante desse livro, tanto que eu coloquei na minha lista de livros que eu quero ler da editora. Achei a história bem diferente e uma das coisas que eu adorei foi esse link feito com a história Alice no País das Maravilhosas.
    Beijos,
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir
  24. Olá, tudo bom?

    Ai ai. Fiquei com raiva dessa Alice só pela sua resenha u_u hahaha Odeio protagonistas que insistem no erro e não conseguem ver o que possuem diante dos olhos, sabe? E que amiga fura olho essa, hein? Querendo o noivo da amiga e fazendo de tudo pra conseguir... Até entendo o que ela faz, já que pra ela é a última chance (pra mim a última chance dela é quando eles realmente ficaram noivos), mas não concordo!

    Enfim, acho que lerei só se eu realmente tiver muita vontade, ainda mais com a capa tão fofa quanto essa. Além disso, estou bem curiosa para conhecer o Alan *-*

    Obrigada pela dica, beijos ;)

    http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Oie, eve, já tinha visto essa sinopse e me interessei. Acho triste essa história de o mocinho ficar com a melhor amiga de Alice, o sentimento de perda deve ser horrível, mas bom saber que ela consegue se descobrir e isso é o ponto alto do livro, já fico super tentada a ler principalmente quando você menciona que a Alice devaneia bastante, amo isso.

    ResponderExcluir
  26. Oi!
    Fico imaginando o que a coitada passou por ver seu amor se comprometer com a melhor amiga, ela deve ter sofrido pra caramba...
    Mas o fato dela ter um outra amigo, Alan, me deixou bem curiosa, pra saber como ela vai se desenvolver nessa trama, pois acho que vai ser tipo um filme que vi uma vez na tv (assim espero rsrss)
    Fiquei feliz em saber que e´uma leitura leve e ainda por cima rodeada de humor, adoro livros assim

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir