24 dezembro 2014

Reflexão/Contos [14] - Especial de Natal


Olá!

O texto dessa semana traz a temática do Natal, e acredite, ele é o mais sincero que você lerá.
Reflita ;)




Então é Natal... e o que você vai fazer?


Em períodos como este, que se repetem ano após ano, junto com as luzes de natal que começam a acender sentimos nossa mente construir sua própria retrospectiva. Mas tenho que confessar que algumas coisas me incomodam nessa imagem que traçamos nessas datas, sinto que com o passar dos anos o real valor do Natal tem se perdido entre presentes, liquidações e festas 'instagramadas'.

Tenho que confessar novamente o quanto sou observadora – as vezes até demais, e ouvindo conversas aqui e ali, vendo aqui e ali, tenho percebido a preocupação estampada em coisas materiais, apenas. Não esqueçamos que para nós cristãos este dia significa o nascimento de Jesus, contudo deixe-me abusar da sinceridade, e dizer que para muitos – não todos – este é o último fato lembrado, e SE lembrado.




Infelizmente venho vendo o natal estampado como o dia que se encontram parentes distantes, que enchem as redes sociais de fotos a fim de mostrar um sinal de união (os mesmos parentes que você reclamou no twitter o ano todo) com suas cervejas a postos, sorrisos forçados, porque tem que se convencer que todos são perfeitos, e a vida é perfeita, não é mesmo? Saudades da época em que retratos eram formas de imortalizar lembranças de momentos, e não somente exibição destes.

Algumas pessoas que você diz amar, mas que só vê e fala nessas datas, porque no restante do ano elas simplesmente parecem não existir. E as declarações de amor são apenas em postagens ou status porque dizer cara a cara ou simplesmente falar é algo raro hoje em dia e em qualquer época. Ah e o peru, este antes de ser fatiado tem que ser fotografado, senão não é a mesma coisa! O sabor está em mostrar para os outros e não em comer na verdade.

Vou lhe fazer um pedido, que você pode atender ou não já que a escolha é tua, este ano ao postar-se a mesa desligue o celular, ouça as pessoas, perguntem como estão e ignore as piadinhas do pavê ou pacumê? Ao contar de suas realizações, mesmo sentindo que talvez nem tudo tenha dado certo, mostre um sorriso no rosto, ria de si mesmo, seja mais leve. Prometa – e cumpra - ligar mais vezes para seus pais ou avós. Aproveite a presença de cada um deles, mostre o quanto são importante com mais abraços sinceros, beijos sinceros, e menos presentes que serão descartados depois no fundo de algum armário. Tenho certeza que o maior presente para eles será o seu amor.

Algo que venho notando/ouvindo/lendo é a seguinte frase “quero esquecer 2014”, “pior ano”, vamos conversar, amigos. O ano tem 364 dias, você chorou em todos estes dias? Em todas as horas?Realmente houveram coisas que não valeram a pena? Você sorriu? As dificuldades e dores que você passou lhe trouxeram aprendizados e te tornaram uma pessoa melhor? Você chegou até aqui? Então porque é o pior ano? Quando aprendemos a ser menos ingratos, até mesmo os pequenos momentos se tornam importantes, e os maiores problemas se tornam chances e degraus para novas conquistas.

2015 será melhor! Pare de se iludir porque não vai. Um ano não é melhor, quem é melhor é VOCÊ! É um dia que passa, uma nova recontagem, um calendário novo, mas tudo continua, quem tem que mudar é você! Não é um milagre que acontece que de repente a fada madrinha vem transforma tudo em belo. Enquanto continuar sentado, a vida continuará passando e você esperando por algo que não cairá em seu colo. Acorda enquanto ainda pode abrir os olhos.

Não espere o relógio marcar zero hora, recomece já dentro de você, não espere por mudanças que pode começar a fazer JÁ! Não espere entrar no mar para tirar as impurezas de sua alma, para abrir seu coração para novas energias, abraçar quem se ama, comemorar. Não adianta pular sete ondinhas para trazer sorte se perante as dificuldades se entrega e desiste de ultrapassar. Não adianta usar camiseta vermelha pra trazer o amor, se você não deixa esse sentimento entrar na sua vida simplesmente porque ninguém parece certo sem ao menos tentar.

O seu ano novo já começou e você ainda nem percebeu...

Lembrem-se do real sentido daquilo que se está comemorando, e viva cada dia como ele merece ser vivido.

Boas festas.

20 comentários:

  1. Daiane muito bonito seu conto!
    Realmente o ano não fica melhor do nada.. A gente tem que se esforcar para sermos melhores todos os dias..


    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
  2. Ahhh <3
    Otimas vibrações para iniciar de 2015 não? Natal é uma das epocas que mais amam, não só pela decoração, mas pela significância dessa data. Não sou la muito religioso, mas acho legal seguir as tradições :D

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá David, Natal é uma época ótima mesmo. Eu não sou de seguir tradições, mas com certeza é bom sempre vermos o lado real e significativo daquilo que se comemora :)

      Excluir
  3. Meu deuss!!! Seu conto conseguiu me fazer pensar! Você está certíssima e seu conto é belíssimo, parabéns! Gostei muito mesmo! Sua escrita é muito gostosa de ler.
    Adorei o blog, já estou seguindo e curti no facebook! Ficarei feliz se puder retribuir.

    Feliz Natal e muito sucesso para o blog em 2015!
    Beijos,
    Vitoria
    http://lonelyfireflies.blogspot.com.br/ dá uma passadinha, se quiser :) <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vitoria, e que bom que ele lhe fez refletir, visto que este é a real intensão do que ali escrevi! Obrigada pelo carinho e elogios <3 volte aqui mais vezes!

      Excluir
  4. Sabe, realmente o ano só muda, assim como a vida, dependendo de nós.
    Texto muito bem escrito, curti! ^^
    Amei a parte "O seu ano novo já começou e você ainda nem percebeu...", e é a pura verdade.
    Beijo, Min - http://www.yasminbueno.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Yasmin, está em nossas mãos o poder de mudar e não numa data :)
      Bjs

      Excluir
  5. Oi, Daiane!
    Que texto hein! Me fez refletir bastante.
    Realmente o Natal, aos poucos vem perdendo sua essência. E a maioria passaram a associar essa data como o dia em que todos trocam presentes e exibem nas redes sociais.
    E o ano novo, definitivamente não acontecerá nenhum milagre se nós mesmo não decidirmos mudar.
    Adorei a reflexão.
    Beijos

    >> Concorra a um vale presente de R$ 50,00 e R$ 20,00 na promoção 2015 da Sorte. Não fique fora dessa!<<
    Construindo Estante || Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com vc Eliana, infelizmente é uma data em que seu real significado vem se esvaindo. Assim como ser humano que tem perdido cada dia mais sua essência. :(

      Excluir
  6. Adorei o texto, ótimo para reflexões mesmo! Muito bem escrito o texto, gostei muito!

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Excelente texto. Tenho percebido que parece que é preciso exibir algo em uma rede social para que ela possa ser vivida/sentida, é estranho e triste.
    Boas festas!
    (O layout novo do blog está lindo!)
    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari vc disse algo que eu sempre penso e também percebo, parece que se vc não posta ou não exibe é pq não viveu. As pessoas acham estranho qdo digo que fiz alguma viagem, mas não tirei foto pq me envolvi tanto q isso para mim não importava, ou algum show, algum momento, etc. Porém, eu sei que vivi, e isso ninguém tira de mim ;)
      Bjs e volte sempre!

      Excluir
  8. Daiane eu acabei não passando antes por falta de um tempinho, mas agora estou mais tranquila e posso comentar melhor a Reflexão de Natal que você fez, pois assim que li nos bastidores sabe? rs - Eu tenho que confessar que me identifiquei com muitas coisas que você disse. Por exemplo....Que o ano é a gente que faz...a gente tem que correr atrás para conseguir as conquistas que desejamos na vida. E que não adianta ficar parado no lugar, porque as coisas não vem no seu colo de jeito nenhum. É verdade. Quando li isso lembrei de mim um pouco sabe =x Porque a dona preguiçosa não é muito de correr atrás, mas agora no ano de 2015 vou FAZER. Falar aqui é facil, o duro mesmo é colocar em prática.

    Enfim...Eu simplesmente amei a sua Reflexão e pode ter certeza que quem leu, mesmo sem ter comentado, levou algum aprendizado do que vc escreveu.

    Obrigada amiga pelo carinho e também por fazer parte do I LOVE MY BOOKS
    Estou muito feliz com sua vinda aqui =] FELIZ NATAL e um ÓTIMO ANO NOVO !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Sil <3

      Eu nunca fui uma pessoa de esperar pelas minhas conquistas, sempre fui muito de agir, de ver o poder que tinha em mãos, porém nem sempre a gente consegue ser assim e algumas coisas requerem coragem. Mas esse dia chega, e não há nada mais libertador...
      É uma questão de processos, desenvolvimento, porém só o fato de querer e saber que podemos já são agentes que nos fazem pensar e agir sempre para correr atrás do que sonhamos e desejamos!
      Sucesso Sil e mais uma vez, obrigada ;)

      Excluir
  9. Oi Daiane, tudo bem???

    Bom fiquei no inicio sem saber se lia ou não essa reflexão porque imaginei que poderia ser mais uma histórinha fofa de natal e isso já tem me enchido bastante.... Desculpe a sinceridade, porém eu gostei do texto e representou bem alguns de meus pensamentos e ações... eu parei de rotular o natal por causa disso, algumas pessoas esqueceram o real sentido dessa comemoração e ficam idealizando o que vai ganhar... o que vai comprar e se o preço estará bom. Vejo algumas poucas pessoas percebendo esse real sentido , mas enfim... esse natal resolvi largar tudo e todos... fiquei sozinha em casa com a minha filha e irmã cada um no seu quadrado... expliquei para a Nicole que precisávamos fazer uma oração a meia noite e ela entendeu.... não falo isso porque não gosto do natal, pelo contrário só que depois de um tempo para mim isso perdeu um pouco do sentido ou realmente eu não estava afim de dar sorrisos falsos para pessoas que nunca me deram muita importância e de repente queria a minha presença...simplesmente preferi ficar sozinha.... e confesso fiquei muito melhor como a muito não me sentia.... pra mim viver e sentir a cada dia que se passar a aproveitar as vivência disso me deixa mais feliz sem me importar muito se é mais um ano que se passa ou não.... o importante é estar de bem comigo mesma e orar para meu Deus agradecendo a ele por cada minuto de vida que ele me propõe a viver.... Xero!!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Ah!!! Que conto lindo :) Amei :)
    Genteee para tudooo esse blog ta a cada dia mais lindo :) Amiga mais uma vez arrasou no layout. Muito sucesso para vcs meninas!!! O blog tem crescido e eu tenho estado muito feliz com isso :)
    Bjokass

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá.
    Creio que o Natal perdeu o significado apenas pelo capitalismo, cabe aos pais de hoje ensinar aos filhos a verdadeira importancia.
    Adorei o conto.
    Beijos
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oii Daiane, então sei que o natal já passou (rss) e 2015 já ta quase ai, mas preciso dizer que super concordo com você, engraçado que ao ler seu texto fiquei lembrando do que escrevi no dia de natal, (bem parecido com o seu), as vezes me revolta como as pessoas estão esquecendo o verdadeiro significado do natal e se preocupando apenas em ostentar uma "felicidade" que muitas vezes só é real no mundo virtual das redes sociais, mas carecem de calor humano, sentimentos e acima de tudo, de verdades. Não amores dito apenas em palavras, mas o amor que é demonstrado no dia a dia, nas atitudes... sinto falta desse tipo de sentimento.

    bjs, você escreve muito bem!

    http://joandersonoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir