24 outubro 2014

Resenha - Onde deixarei meu coração








"Bea acredita que é a mais entediante adolescente do mundo. Aos 17 anos, não é popular, engraçada ou bonita. A única coisa glamourosa em relação a Bea é o pai, que a abandonou mesmo antes de ela nascer e agora vive em Paris. Ansiando por la vie Parisienne a cada momento de sua apagada existência, ela acaba na cidade luz, à procura do pai. Mas pode encontrar muito mais do que desejava. Pode encontrar a sia própria."

336 páginas || Skoob || Cortesia: Editora Galera Record ||
Classificação: 
 || OndeComprar











Oi pessoal!

Essa é minha primeira resenha no blog da Sil e não poderia ter começado com uma leitura melhor! Onde deixarei meu coração é um lançamento lindo da Galera Record e que mexeu muito com as minhas emoções. Sabe aquele livro que você vira a última página e depois sente aquela sensação de vazio? Pois é, a história contada por Sarra Manning me deixou assim...

Bea é uma adolescente de 17 anos que acredita ser uma garota simples, careta, sem graça e nem um pouco popular. Diferentemente de outras adolescentes de sua idade, Bea não vive uma vida badalada e nem é rebelde. Aos sábados ela trabalha em uma loja de roupas bem conservadoras e sua vida em Londres consiste em cuidar de seus irmãos gêmeos, praticar pilates com sua avó e obedecer sua mãe, que tem uma proteção maternal exagerada e sufocante.

Seu maior sonho é conhecer o pai, que segundo a mãe lhe contou, voltou para Paris assim que soube que ela estava grávida. Bea só pensa em conhecê-lo desde criança, e tudo que tem feito até hoje é estudar francês e procurar conhecer tudo sobre a cultura da França, para estar preparada para um dia conhecê-lo.

Ela foi traída pela sua melhor amiga Ayesha que agora faz parte do grupo de meninas mais populares da escola, onde Ruby é uma espécie de ''líder''. Sempre foi ignorada por todas elas, até o dia que Ruby manisfesta sua aproximação e Bea estranha muito aquela mudança repentina, já que se considera sem graça, e Ruby e suas amigas são totalmente descoladas. Bea ignora sua intuição e se aproxima delas, passando a conhecer todos os seus segredos mais sórdidos.


As férias de verão se aproximam e elas  planejam uma viagem à Espanha, onde poderão curtir sozinhas. Com grande dificuldade, a mãe de Bea é convencida a deixar a filha viajar. Já na Espanha, Bea descobre o motivo por traz daquela aproximação sem sentido de Ruby e sua decepção não poderia ser maior. Humilhada pelas suas novas ''amigas'', Bea decide viajar para Paris, já que está tão perto da cidade, não sem antes provocar sua vingancinha com as meninas.

" Aí percebi que não ia chorar porque não estava triste. Eu estava totalmente furiosa, de fechar os punhos, bater os pés e sacudir os braços e as pernas. E quando voce está com tanto ódio assim, sua única opção é se vingar." (p. 99)

Ao embarcar em um trem para Paris, diante de todo o estresse vivido, Bea adormece e acaba em um local desconhecido. Perambulando pelas ruas da cidade ela descobre que está em Bilbao, ao encontrar um grupo de mochileiros e resolver pedir informações. São cinco jovens americanos e mais velhos, que estão se aventurando pela Europa antes de entrar para a universidade. É onde ela conhece Toph, um rapaz lindo que veio do Texas. O próximo destino deles é Paris e mesmo receosa, Bea decide ir com eles, não imaginando que seu destino acabara de mudar para sempre.

A partir daí Bea viverá momentos até então inimagináveis na sua vida sem graça. Sabendo que sua mãe surtará com o seu itinerário novo e a busca pelo pai, ela se sente uma nova garota depois da decepção que teve na Espanha.

"Mas o melhor de tudo era que seus olhos continuavam encontrando os meus só para se assegurarem que eu estava prestando atenção, e estava mesmo. Eu me segurava a cada palavra dele, porque a minha paixonite ainda não havia morrido; ela só estava cochilando." (p. 185)
''Eu queria lhe perguntar se ele também havia se apaixonado, porque seria a desculpa perfeita para ele me dizer que não fora apenas Paris que tinha roubado seu coração (...)" (p. 226)

A diagramação é simples e perfeita. As folhas são amareladas e as letras grandes, o que facilitou muito a leitura. A capa não poderia ser mais linda, e o título também combinou muito com a história. A única coisa que notei, mas que na verdade não atrapalhou minha leitura, foi palavras muito repetidas em uma frase só, que acredito ser um erro de revisão.

A narrativa é feita em primeira pessoa, onde acompanhamos a visão de Bea, o que me agradou muito porque podia entender melhor seus sentimentos. Este é o primeiro livro que leio da Sarra e quando comecei a leitura achei que seria mais uma história com aquelas adolescentes chatinhas e mimadas, mas ao invés disso, me vi diante de uma narrativa madura e centrada, que me fez devorar o livro.
''Este ano eu aprendi que a vida não tem esses finais bonitos e arrumadinhos que você pode embrulhar com um laço. É mais bagunçado que isso.'' (p. 328)


Acredito que não teria dado cinco estrelas se não fosse os últimos quatro capítulos do livro que me fizeram chorar. Acho que nem era para tanto, mas eu derramei algumas lágrimas. O envolvimento de Bea com Toph foi inspirador, e a semana em Paris vivida por eles, me fez suspirar e viajar junto pelas ruas da cidade luz.

Foi emocionante ver como Bea amadureceu ao longo do livro, e como aprendeu a valorizar-se. Pudermos acompanhar sua fase de descobertas e conhecer seu íntimo. Ela aprende inúmeras lições, inclusive como é maravilhoso amar uma pessoa que corresponde aos seus sentimentos. É um livro que vai te fazer rir e chorar e até sentir raiva, principalmente das ''amigas'' megeras. Uma leitura encantadora e madura, que nos ensina sobre o amor e a verdadeira identidade.





28 comentários:

  1. Parabéns pela primeira resenha, o texto é ótimo e explicativo, confesso não gostar muito do gênero, mas pela sua descrição parece ser um ótimo livros!

    Sucessos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leonardo,
      muito obrigada pela sua visita. Que bom que gostou da resenha!
      Com certeza é um ótimo livro. É difícil convencer quem não gosta do gênero, mas quem sabe você não leia um dia e goste. ;)

      Excluir
  2. Oi Leticia!
    Adorei a resenha, muito bem escrita e argumentada!
    Não conhecia o livro, mas me interessei bastante pela história. É tão bom quando acompanhamos o amadurecimento de um personagem, não é?
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline,
      Fico feliz que tenha gostado da resenha. Muitas pessoas ainda não conhecem o livro pois é um lançamento da Galera Record. Mas o livro é muito bom mesmo e tem uma história super bacana. Bom demais acompanhar o amadurecimento da personagem. Tenho certeza de que você iria gostar.

      Excluir
  3. Olá, tudo bem?
    Eu adorei a resenha do livro, eu ainda não tinha visto ele antes. Mas parece ser um livro emocionante sobre auto-descoberta, acredito que irei apreciar muito a leitura.

    http://fonte-da-leitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Giovana, tudo bem sim.
      É um livro recente que com certeza merece ser lido. Mas fico feliz que tenha gostado e se interessado pelo livro. É uma leitura que vale a pena, e espero que leia um dia sim, e que goste tanto quando eu.
      Obrigada pela sua visita.

      Excluir
  4. Oiie Leticia (nome da minha melhor amiga, *..*) sua resenha me deixou muito curiosa pra ler esse livro. Confesso que nunca tinha ouvido falar desse livro e só sua resenha sobre ele conseguiu chamar minha atençao. Eu amei a capa do livro por causa da Torre Eiffel (amo Paris <3) e sua resenha sobre ele. Se puder me dar algumas dicas pra blog, eu peço gentilmente que me ajude, por favor. To começando agora e to perdida! Haha! Bjos flor!

    http://omundoimaginariode-ellen.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ellen,
      é um lançamento recente da Galera Record, mas com certeza vai ouvir falar muito desse livro ainda. Que bom que ele te chamou atenção, pois é uma leitura que com certeza vale a pena. Eu também amei a capa, pois tenho muita vontade de conhecer Paris um dia. E a leitura nos faz viajar para lá..haha
      No começo é complicado mesmo, mas estou a disposição. ;)

      Excluir
  5. Amiga depois que li sua resenha eu fiquei absolutamente fascinada pela história, porque adorei a trama. É um gênero que com certeza irei gostar bastante de ler mais pra frente, mas por enquanto, como você sabe ando atolada de livros para ler, mas quando eu tiver um tempinho, pode ter certeza que irei ler. Gostei da maneira que você contou sobre o livro e principalmente sobre seu ponto de vista.

    Fico feliz que você seja Resenhista do Blog e para sua Resenha ficou um ESPETÁCULO. Meus parabéns !!

    Olha, não poderia escolher uma colunista e uma resenhista melhor que vocês duas que além de tudo são minhas grandes amigas =]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil,
      o livro é bom demais mesmo, e é impossível não se interessar por ele né!? Tenho certeza que quando você puder ler ele, com certeza vai amar.
      Sei que você está atolada, é muito livro pela frente..rs
      Que bom que gostou da resenha, isso me deixa muito feliz, ainda mais sendo minha primeira resenha aqui..haha Valeu a confiança !

      Excluir
  6. Oii flor!
    Que amorzinho sua resenha, minha vontade em ler ficou maior, o livro ficaria lindo em minha estante, to namorando essa capa liinda haha quero comprar logo!!!
    Tem resenha em meu blog, espero sua visita :D
    http://doceliterario.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda,
      Impossível não se encantar pela capa né. Aconteceu isso comigo também..rs
      A história é muito boa mesmo, e garanto que você vai gostar.
      Leia sim, depois quero ver o que achou.

      Excluir
  7. Já amei o livro, mesmo sem ter lido, porque só tua resenha já me deixou fascinado por ele. Acho que estou nessa vibe, ler livros sobre personagens que amadurecem no decorrer da narrativa, e passam a conhecer mais a si mesmos. Também amei a capa, e Paris realmente me parece ser um lugar ideial para viver uma grande paixão :3

    http://closetsecretodoeddie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Edmilson!
      Verdade, Paris é o lugar ideal para isso. Não conhece ainda a cidade, mas imagino que sim..rs
      Foi o ponto central do livro, essa descoberta da personagem, sobre sua verdadeira identidade. E gostei muito disso. Espero que leia um dia e goste também.

      Excluir
  8. Nossa Letícia, meus parabéns. Sua resenha está ótima e me fez despertar um grande interesse pelo livro, que parece ser perfeito. É o tipo de história que eu gosto muito e já está anotada esta grande dica. Creio que irei me deliciar muito com este livro. Mais uma vez, parabéns pela ótima resenha!
    Abraços,
    Ana Caroline.
    http://pactoliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana,
      Que legal, fico feliz que tenha gostado e ainda ter despertado um interesse seu pelo livro. Se você já gosta desse tipo de história, irá amar o livro então. O final é lindo, e diversas partes da história. Anote na sua listinha sim. Eu espero que leia em breve.
      Obrigada pela visitinha.

      Excluir
  9. Olá Leticia, estava olhando esse livro no site da editora agora a pouco,
    sem saber ao certo se deveria ou não solicitá-lo, mas após ler sua resenha é OFICIAL, tenho que ler esse livro pra ontem.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Del,
      nada como uma resenha cheia de elogios para nos fazer mudar de ideia né!? haha
      Conhecendo um pouquinho os livros que você costuma ler, acho que este irá te agradar bastante. Espero que possa ler muito em breve e goste tanto quanto eu. Depois vou espiar sua resenha.
      Obrigada pela sua visita e comentário!

      Excluir
  10. Olá Letícia, como está?
    Ainda não conhecia esse livro e ele parece ser bem profundo e cheio de lições para ensinar.
    Não faz tanto meu estilo de leitura, mas talvez eu dê uma chance.
    Beijão,

    www.enquantoestavalendo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcelo, tudo bem sim.
      Mesmo não fazendo seu gênero, quem sabe a leitura acabe te conquistando.
      E realmente o livro passa uma mensagem bacana.
      Obrigada pela sua visita e comentário.

      Excluir
  11. Oi Leticia

    Amei a sua resenha, já tinha ficado com vontade de ler esse livro apenas pela capa agora então com essa resenha com certeza o livro vai para a minha listinha de desejados.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dressa...
      Que legal que gostou da resenha. A capa realmente chama atenção e a descrição também dá uma curiosidade.
      Tenho certeza que irá gostar da leitura, assim que ler.
      Obrigada pela visitinha.

      Excluir
  12. Além da capa maravilhosa, a sinopse também me chamou bastante atenção! Acho que vou ler sim, a sua resenha também me ajudou a ficar mais interessada no livro do que eu já estava hahaha Beijos e tenha uma ótima quinta! :D
    maluquice de garota
    página no face
    página no Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isabella..
      O livro é muito bom e a narrativa é deliciosa. Com certeza um livro que recomendo. A capa sem dúvida me encantou também.
      Fico feliz que tenha se interessado pelo livro e espero que possa ler em breve.

      Excluir
  13. Parabéns pela estreia nas resenhas do blog, Leticia!

    E nossa, a história da Bea da um livro. :D

    Pelo título pensei que fosse um livro bem romântico, mas pela resenha vi que tem muito mais que isso. E gostei da trama, vou procurar saber mais, até porque fiquei bem curioso para saber o que a Bea aprontou com as meninas.

    Autor de Mestre de Marionetes
    www.laplacecavalcanti.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Laplace pela visita. A história de Bea é bem bacana e tudo tem haver com o mundo real. Um livro muito bom mesmo, fico feliz que tenha gostado da resenha.
      Mas tem muito romantismo viu...rs

      Excluir
  14. Oi, Leticia!

    Eu vi muita divulgação da editora com relação a esse livro. Tanto que ele está na minha estante de leituras. Gosto muito de romances fofos e juvenis. Bem leves e que sempre nos deixam nostalgicas. Sua resenha foi bem esclarecedora sobre a personagem e seus sentimentos. Acho que vou aprender bastante com Bea. E, claro, vou amar passear pela cidade luz.

    Bjokas,
    Bee.

    www.anebee.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ane,
      e essa divulgação não foi atoa pois o livro é muito bom mesmo. Bea foi uma personagem que me conquistou, e o fato de os momentos mais bonitos terem sido em Paris melhora ainda mais o livro..haha
      Leia quando tiver oportunidade.

      Excluir