07 dezembro 2018

Resenha - Desvendando Princesas


Livro: Desvendando Princesas
Autora: Vanessa Marques
Cortesia: Planeta Literário
Páginas: 365
Skoob
Comprar: Amazon
São Vicente está em festa! Finalmente, o príncipe Nicolas Volkovich irá se casar com uma plebeia! A família Haddad está em êxtase porque, em breve, sua primogênita se tornará uma princesa! Seria um conto de fadas perfeito, se no meio dele não existisse um porém… Luciana, a futura princesa, desapareceu e somente sua irmã poderá ajudá-la. Isabella Haddad saiu de São Vicente após um momento trágico e prometeu jamais retornar. Seguiu sua vida e teve sua chance de recomeçar. Até que um simples telefonema na madrugada diz exatamente o que ela menos queria: era a hora de voltar para casa! Será que Isabella conseguirá desvendar o mistério do desaparecimento da princesa e resistir a tudo aquilo que deixou para trás? Até que ponto o perdão pode apagar as mágoas do passado?




Meu primeiro contato com a escrita da Vanessa Marques, e saio feliz com as ideias inovadoras que os autores nacionais tem. Desvendando Princesa é uma caixinha de surpresa.


Isabella Haddad quer que seu passado seja esquecido. Portadora de um grande segredo que a fez sair de São Vicente, ela será obrigada a retorna quando sua irmã, princesa Luciana desaparece sem deixar nenhum rastro. Sendo a única capaz de desvendar o sumiço da irmã, ela retornará ao local de grandes lembranças, fazendo com que pessoas que queria esquecer retornem para sua vida. Qual é o grande segredo de Isabella? Quem sequestrou sua irmã? Por que voltar a São Vicente é tão doloroso?

A leitura foi um misto de emoções. A capa nos traz um entendimento de algo mais voltado a um teor de princesas, reinos, política, em minha opinião, e de certa forma é. Senti que a obra é um conjunto de vários elementos — drama, suspense, romance, mistérios e aventura — que não funciona em qualquer enredo, porém aqui se encaixou perfeitamente. Adianto que é difícil classificá-lo. A cada capítulo somos surpreendido por acontecimentos novos ou situações difíceis que mexe com todo o andamento.

Sobre os personagens, existe um leque grande de pessoas importantes. Isso faz com que o leitor acabe se identificando com algum, o que é ótimo — teremos características destacáveis em cada um deles — e quem posso ressaltar por me reconhecer é a Isabella. De personalidade marcante e intensa, ela mostra ser alguém forte e ao mesmo tempo frágil. E um fato mega importante é que bem no início da narrativa ela demonstra possuir um segredo importantíssimo, que nem em meus melhores sonhos imaginei o que de fato é. Me fez ter mais empatia por ela. Constrói-se mesmo que indiretamente um amadurecimento louvável.

"O metal frio encostou-se em minha têmpora fazendo com que a antecipação fizesse meu coração disparar. Esse era meu último segundo de vida e tudo que eu conseguia pensar era no mesmo homem que mentiu ao dizer que me resgataria."


O desenvolvimento no aspecto geral tende mais para o romance, o que dependendo de quem está lendo pode agradar ou não — eu por exemplo, pela capa esperava mais fantasia e acabei saindo um pouco frustrada. Não é ruim porque atualmente vemos muitos romances dentro de fantasias, que bem escritos ajudam a crescer na narrativa.  É transpassado o essencial para o entendimento do universo "criado" — que não possui tantos elementos diferentes do mundo real — deixando a cargo de quem está lendo completar os espaços abertos.

O que impressiona é a qualidade e a quantidade de plot twist. Dignas de cenas de filmes, a todo instante seremos impactados por algo que não esperávamos, deixando nossos corações na boca. Senti que a autora usou e abusou do recurso, sendo feliz na inserção. Mesmo nas pequenas coisas, sua escrita tende a fazer-nos questionar todas as ações e no que elas podem culminar futuramente.

Na generalidade saio contente.  Em minha opinião, ressalto um desenvolvimento um pouco perdido e fraco quanto a determinação — se é fantasia, aventura, romance ou distopia — no entanto que não servirá de barreira para quem gosta de um romance mais destacável. Bem elaborado, ele será o carro-chefe da leitura e te deixará com expectativas até a última página. Leiam!

Na parte física, como falei, a capa meio que me enganou. Isso de trazer uma princesa, uma arma e castelos em volta me remeteu a algo pendendo a fantasia. Ainda assim, acho que ela se encaixa no que encontrei no conteúdo, mostrando que é versátil. A diagramação está boa, e a narrativa é feita em primeira pessoa por vários pontos de vistas. Espero que tenham gostado!

"— O mundo mudou, Isabella — O príncipe não me olhava. — Não é porque vivemos em uma monarquia, que precisamos ficar congelados no tempo." 

Inscrições Abertas - Participe !



Nenhum comentário:

Postar um comentário