04 abril 2018

Resenha - Mr. Romance

Título: Mr. Romance
Autora: Leisa Rayven
Editora: Globo Alt
Páginas: 358
Skoob
Onde comprar: Amazon / Saraiva

Max Riley pode fazer com que as fantasias mais incríveis ganhem vida: sob o alter-ego de Mr. Romance, ele pode ser um bilionário dominador, um bad boy inocente, um geek sexy ou qualquer outro homem que satisfaça os desejos das mulheres solitárias da alta sociedade de Nova York. No entanto, nada disso envolve sexo: são apenas encontros inesquecíveis. Intrigada com a lenda urbana de Mr. Romance, a jornalista Eden Tate está determinada a publicar uma matéria revelando sua identidade e suas artimanhas. Desesperado para proteger seu anonimato, Max desafia Eden a ter com ele três encontros: se ela não se apaixonar por ele, poderá publicar a matéria. Caso contrário, deverá esquecer a história. Eden não tem dúvidas de que conseguirá resistir a todos os falsos personagens de Mr. Romance, mas será que é seguro entrar no jogo do maior mentiroso de todos?





“Não precisar de alguém e não se permitir precisar de alguém são duas coisas diferentes.”

A jornalista Eden Tate nunca acreditou no amor, sendo uma mulher prática e inteligente, relacionamentos sérios nunca estiveram em seus planos, diferente de sua irmã e sua avó que viviam sonhando com um príncipe encantado, mas para ela encontros casuais eram o suficiente porque não vinham com nenhum compromisso além do necessário e acabavam em uma noite. O foco em sua vida sempre foi seu trabalho que atualmente infelizmente era fazer memes para a internet na revista , porém não por muito tempo se ela conseguisse a tão sonhada matéria que promoveria sua careira, só uma oportunidade para mostrar sua capacidade ao chefe babaca e adeus memes.  

E é exatamente isso que sua irmã oferece quando lhe conta uma lenda urbana que ficou sabendo através de uma amiga sobre Mr. Romance, um cara que realiza qualquer fantasia romântica que você tenha e que está fazendo muito sucesso entre a elite, o que inclui mulheres com um status elevado e até mesmo casadas. Para Eden esse é o pote de ouro no final do arco-íris, expor o Mr. Romance e sua lista de clientes se tornou prioridade e uma chance única para trabalhar como uma jornalista de verdade. Porém, sua busca por esse homem se torna quase impossível, uma vez que aparentemente você precisa ser convidada, o que a leva a usar métodos não convencionais e talvez ilegais para conseguir seu contato.

” – Mil dólares? O cara cobra isso por um encontro?
– Não, um encontro custa cinco mil. Os mil são só para ele avaliar a possibilidade de te aceitar como cliente.
– Jesus! Não importa quão lindo ele seja, nenhum homem vale esse tanto de dinheiro.
– Bom, parece que essas mulheres acham que ele vale.”

E depois de e-mails hackeados, mentiras sobre a identidade e endereços falsos, Eden finalmente chega a Max, que para sua surpresa já estava sabendo de sua investigação e não estava nem um pouco contente com ela, recusando imediatamente sua proposta de entrevista, o que não abala a jornalista que está ainda mais determinada a desmascarar Mr. Romance e seu esquema de extorquir dinheiro com baboseiras. Diante disso, Max então lhe propõe um acordo. Ela participaria de três encontros e se no final continuasse enxergando seu trabalho como errado, ele daria todo material para a matéria, entretanto, se ela mudar de opinião e acabar se apaixonando nesse meio tempo a matéria seria esquecida.

“Normalmente, só leva um encontro para uma mulher se apaixonar por mim, mas no seu caso estipulei três porque percebi que você está completamente fechada à ideia de que o romance pode enriquecer sua vida. Três me dá um pouco mais de tempo para quebrar sua casca.”

A partir daí, passamos a conhecer as várias faces do Mr. Romance e seus diferentes personagens que aparecem de acordo com a exigência do encontro, variando entre rockeiro sexy a cowboy, o que impressiona Eden pelo fato dele realmente entrar na fantasia e conseguir encantar as mulheres sem nenhum contato sexual, somente conversa e em alguns casos um beijo que segundo ele faz com que suas clientes lembrem-se o que é se sentir desejada e bonita. Toda essa situação, atiçou ainda mais a jornalista que agora não somente quer descobrir todas as máscaras, como o homem por de trás delas.

Mas será que ela ainda continuará indiferente se descobrir as respostas? Max tem certeza que Eden será seu mais difícil desafio, por essa razão não poupará esforços para mostrar que a vida é bem mais que contato sexual, e tudo que ela precisa é de um pouco de romance.

“Ele sabe o quanto eu o acho atraente e está constantemente me provocando para poder ganhar a aposta. Bom, ele vai descobrir rápido que enganar uma mulher que come fantasias românticas no café da manhã vai ser mais difícil do que ele pensava.”



Mr. Romance foi uma deliciosa surpresa, o livro é inteiro narrado pela Eden que foi uma personagem que gostei muito, apesar dela me irritar algumas vezes pelo excesso de desconfiança e por negar muito o obvio, o homem é lindo e maravilhoso, aceita que dói menos! E Max, eu ainda não encontro palavras para esse personagem que foi para a lista dos queridinhos, foram poucas as vezes que me deparei com um mocinho com um proposito tão tocante e com um coração tão sensível quanto o dele. Se eu iria em um encontro com ele? Não, porque são caros, mas se rolasse um desconto eu seria umas das primeiras da fila.

”Todos nós temos questões que estamos tentando superar, senhorita Tate. Todo mundo quer se sentir especial, a gente admitindo ou não. E amar sem limites, nos permitindo ser amados de volta, é o que dá sentido á vida. Ou, pelo menos, é o que deveria dar. Todo o resto só atrapalha.”

Quanto ao drama, a escritora fez um ótimo trabalho, o livro foi bem construído e eu gostei muito do resultado final, e ainda teve aquele jogo de diálogos com um toque divertido e sensual que deixou o livro com uma leitura super fluida e rápida. Os personagens secundários também tiveram suas cenas no livro, o que me deixou muito contente porque todos deram um empurrãozinho para o casal principal que me cativaram cada um com sua personalidade. Ressalto que a avó de Eden e seu pato de estimação me tiraram muitas risadas.

Sobre a edição que eu não poderia deixar de falar pelo simples fato de eu estar completamente apaixonada por todo o conjunto posso dizer que a Globo Alt fez um trabalho fantástico, a começar com essa capa que se tornou uma das minhas preferidas, eles acertaram muito na imagem, na tipografia e nas cores, o tamanho das letras também está bem confortável e eu não achei nenhum erro durante a leitura. No geral, Leisa Rayven nos presenteia com um romance sensual e envolve com uma mensagem linda por trás da história que vale super a pena ler. Foi somente minha primeira experiência com a escritora e já estou ansiosa por outras. 

"Mesmo que isso tudo acabe em catástrofe, você é a melhor ideia ruim que eu já tive."


Se Inscreva e Participe!!!

14 comentários:

  1. Oi, Camila.

    Bom, o Max lançou um desafio e tanto para  a Tate... Tendo assim, que conquistá-la, mostrar uma outra faceta dele para ela.

    Acredito que, para o Max, não foi nada fácil provar que ela estava errada com sua opinião formada em relação a ele.

    Ao mesmo tempo, para a Eden também essa não será uma tarefa nada fácil, já que ela, digamos, terá que passar por cima daquilo que ela estabeleceu para a sua vida, e finalmente, assumir um romance inesperado e não planejado...

    Mas que pouco a pouco foi se revelando de dentro do seu ser!

    Mas, quem pode mandar no coração, né? Esse tipo de desafio lançado costuma "não acabar " (leia-se 'costuma acabar') bem, quando o que está em jogo e em questão é o coração!

    ResponderExcluir
  2. Camila, eu Adoreeeei a resenha.

    Se antes eu já estava doida querendo ter de qualquer jeito esse livro, agora vendo que ele é muito mais que um cliché(nada contra) , vou dar um jeito de ter esse livro urgentemente para ler.estou ansiosa para ter em mãos, até porque eu me apaixonei de primeira desde quando vi a capa e a sinopse.😍😍😍

    ResponderExcluir
  3. Olá Camila

    Sempre via as pessoas elogiarem esse livro, e eu não imaginava o motivo, pensava que era só mais um...Mas pela resenha pude entender, um livro que tem esse tipo de aposta onde sabemos que rende muito romantismo e graça. Eu gostei dessa parte das fantasias, muito interessante, e se os diálogos são bons e o livro flui, só dá mais vontade de ler.

    ResponderExcluir
  4. Oi Camila!

    Estou querendo ler Mr Romance faz um bom tempo mas ainda não tinha lido tanta coisa a respeito então acabava deixando a leitura pra trás.
    Acho interessante essa ideia de a mocinha não acreditar no amor, e aos poucos por algum motivo ir se apaixonando (pq não é possível que ela resista uahuahua).
    Nossa 5 mil por um encontro??? Socorro, também não ia ter dinheiro pra pagar não auhauha
    Adorei que os personagens foram bem construídos, um ponto super positivo para o livro.
    A diagramação boa também ajuda muito na qualidade da obra.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Confesso que romance não é meu gênero preferido, mas preciso admitir que a pulguinha atrás da orelha acordou por aqui. Achei a proposta do enredo bem diferenciada, não se costuma ver todos esses elementos juntos muitas vezes e isso pode fazer com que a história fique bacana e envolvente, que foi o que aconteceu, de acordo com a tua resenha. Acho que um descontinho nos encontros seria bem interessante, viu?

    ResponderExcluir
  6. Namoro este livro já tem um bom tempo e não vejo a hora de ainda poder conferir ele.
    Não é apenas o jogo de sedução que Max faz, mas é o fato de Tate não se deixar levar apenas pela fantasia ou curiosidade, mas sim, por sentimento.
    E acredito que este seja um livro carregado de sentimento e este talvez seja o ponto principal que a autora tenha trazido.
    Já está na lista de desejados.
    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Oii Camila ;)
    Nossa, amei a resenha! Esse livro também foi uma grata surpresa para mim, pois apesar de já ter lido a duologia Meu Romeu e Coração Perverso da autora, não achei que fosse me encantar tanto por “Mr. Romance”.
    O Max também entrou para minha lista de mocinhos mais fofos e engraçados da vida, e apesar de a Tate também ter me irritado um pouco com toda a negação dela, gostei demais do casal S2
    Ri demais do seu comentário kkkk realmente, se tivesse um desconto eu acampava na fila para conseguir um encontro!
    Bjos

    ResponderExcluir
  8. Oi, Camila! Fiquei muito surpresa ao ler a resenha e ver do que se tratava a história. A julgar pelo nome e pela capa (o que não deve ser feito, na verdade hahaha), imaginei um romance parecido com a temática de cinquenta tons de cinza, que não me agrada muuito. Mas a dinâmica do assunto me chamou muito a atenção, mesmo o romance não sendo a minha área favorita. Talvez o que acaba motivando para ler seja o fato do Max manter um mistério acerca de sua personalidade e motivações, ainda que contracenando junto com alguns costumes da Tate que possam irritar. A história me lembrou bastante daquele filme com o Will Smith, "conselheiro amoroso", que é muito fluído e divertido de se assistir, e que remete a esse tema da conquista!
    Acho que eu também aceitaria esse desafio, mas apenas pra ver se o Max é realmente tão bom assim, e também porque acredito que cada pessoa tem sua própria essência, e então não existe realmente uma "receita" única que possa ser colocada a todas as mulheres.

    ResponderExcluir
  9. Oi Camila,sempre vi falarem bastante de Livro e sempre tive vontade de ler, agora você me instigou mais ainda, gostei como você abordou o assunto...Deve ter sido um desafio e tanto ler esse livro.parece aqueles mistérios que a gente consegue resolver e tenta descobrir o que vai acontecer

    ResponderExcluir
  10. Oi Camila.
    Já conheço a escrita da autora e gosto bastante. É tão bom quando um personagem conquista a gente, e Max parece mesmo um amor, quero muito saber os métodos que ele usa para conquistar suas clientes, e também como vai desenrolar o romance entre esses dois personagens.
    Sem dúvidas Mr Romance é uma surpresa boa!! ;)
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Camila.
    Eu li o livro faz pouco tempo e achei apenas ok. Estava com altas expectativas, mas não achei a trama nada demais.
    Sim, Max é um fofo e queria saber mais sobre seu passado e como ele faz para criar o encontro perfeito para as suas clientes.
    Tate é uma personagem muito irritante e sem auto confiança. Ela me irritou demais.
    No geral, foi uma leitura leve e bem rápida.
    A capa realmente ficou muito bonita.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. O enredo é bastante interessante e é provável que realmente o erotismo e sedução esteja o tempo todo no ar em suas páginas. O que me deixa com medo é a dúvida de que o final caia no óbvio sem nenhum tipo de surpresa. Bom saber que tb tem um pouco de drama e humor. Essa mistura pode funcionar bem. Ótima dica.

    ResponderExcluir
  13. Oi Camila. Já ouvi falar muito sobre esse livro, em geral opiniões bem positivas como a sua, mas não consigo me sentir atraída a ler porque não sou fã de romances. Essa premissa de homens que realizam fantasias sexuais me parece algo meio batido e não me desperta nenhum interesse, infelizmente.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Ainda não li nenhum livro da autora, mas vi que algumas pessoas que leram Meu Romeu e Minha Julieta ficaram comparando esse livro com os outros que eu citei. Dizendo que esperava mais. Só que eu acho que cada livro é um livro, sabe? A história dos dois é bem diferente. Aqui acredito que encontramos personagens mais velhos. Acho que o livro serve bem pra passar o tempo, sem muita pretensão. Devo dizer que prefiro romances mais dramáticos, porém esse chamou minha atenção.

    ResponderExcluir