23 abril 2018

Observatório literário #18 - Você empresta seus livros?

Você empresta seus livros?


Essa é uma pergunta bem polêmica no mundo literário, chegando a causar um pequeno infarto em leitores desavisados que tem algum livro pedido emprestado. Falo por experiência própria que emprestar livros não é uma tarefa fácil, muitos podem pensar que isso é uma "besteira" e provavelmente você já ouviu o famoso discurso de que se apegar a bens matérias é perda de tempo e o objeto em questão é só um "livro". Primeiro vamos começar respondendo o porquê não emprestamos livros:

- Leitores se sentem tristes quando olham para a estante e está faltando algo.
- Ficamos preocupados com acidentes que envolvam comida, bebidas e matérias que mancham perto do livro.
- Possibilidade da pessoa amassar o livro ou utilizar as abas como marcador.

Todos são motivos que sinceramente me apavoram e me fazem fugir de pessoas que eventualmente irão me pedir livros emprestado. Porém, como nem sempre conseguimos desviar desses pedidos ou inventar uma desculpa, já fui pega e meu coração mole disse sim! Confesso que apesar de algumas situações onde meu livro foi danificado (o que me deixou meio traumatizada), não posso negar que me sinto feliz quando empresto um livro que gosto a um amigo, até porque eu vivo falando e indicando livros, e fazer outra alguém se interessar pelo meio literário é uma baita de uma conquista.

Então, se você tem algum colega e/ou amigos que te pedem livros emprestados, pense um pouco antes de falar não e imagine o qual bom seria se ele se apaixonasse pelo mundo literário. Mas é claro que não precisamos facilitar também! Antes de emprestar, um pouquinho de conversa e regras são bem vindas. Leitores podem ser bonzinhos, porém somente se o livro voltar do jeitinho de como foi.

Regras básicas ao emprestar um livro:
- Não comer ou beber enquanto estiver com o livro próximo.
- NUNCA usar as abas como marcador.
- NUNCA grifar com marca-textos ou qualquer outro material frases que venha a gostar.
- Evitar materiais que podem ser querem sujar o livro. (Ex: tinta)
- Utilizar se possível um plastico ou uma capa para livro ao transportar o livro dentro da bolsa.

*Ademais, caso queira oficializar os combinados, um contrato é sempre uma opção.

Ahh, e antes de entregar o livro não esqueça de enfatizar as consequências se alguma das regras for quebrada, se possível tente imitar um personagens bem malvado, quanto mais aterrorizante melhor, a pessoa vai pensar duas vezes antes de danificar qualquer parte do livro.


Teve alguma experiência emprestando livros? Conte para a gente!


Se Inscreva e Participe!!!

11 comentários:

  1. Oi Camila.
    Eu empresto livros para algumas pessoas de minha confiança. Também gosto muito da sensação de emprestar um livro e a pessoa gostar da história e querer ler mais por causa disso. As pessoas para as quais eu empresto também são aquelas que eu pego livros emprestados, pois ambas sabemos que vamos cuidar bem.
    mas sim, dá um aperto no coração quando vou emprestar livros pela primeira vez a alguém. Você até dá umas dicas do que não fazer, mas não é garantia que o livro vá chegar intacto ou que ele vai ser devolvido.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi, Camila.

    Bom, eu não convivo com pessoas que têm o hábito de ler, mas eu só emprestaria meus livros apenas para uma pessoa (que é da minha família), porque sei que ela é muito cuidadosa com tudo, inclusive com o que não é dela.

    Tenho ciúmes deles e medo de outras pessoas não terem o mesmo cuidado que eu tenho com eles. Eu juro que, se os meus livros não voltassem plenos e belos, eu ia ficar muito brava e iria tirar satisfação.

    Afinal, pra mim, eles são preciosos e merecem receber todo o cuidado possível, pois são eles que fazem eu me esquecer dos meus problemas e viajar para novos horizontes. E, é claro, alguns deles, eu os comprei com muito sacrifício.

    ResponderExcluir
  3. Então..rs
    Eu só emprestava livros para duas pessoas, um sobrinho e uma amiga. Mas o sobrinho pisou na bola e sumiu com dois livros meus :/ e a amiga parou de ler. Vivo pegando no pé dela para ela arrumar tempo e voltar a ler, mas anda difícil.
    Sou meio ciumenta,prefiro doar meus livros a ter que emprestá-los.
    Mas também dificilmente pego livros emprestados. Acho que isso foi meio coisa de criação mesmo. Minha mãe nunca deixava a gente pedir nada e nem emprestar nada.
    E sinceramente? Agradeço muito a ela por ter me ensinado isso.rs
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Olá Camila.
    Eu emprestei no passado e tive decepções. Atualmente só empresto para uma amiga e para uma prima ,pessoas que sei ,cuidam dos livros do mesmo jeito que eu. Detestaria sofrer outra decepção então não corro mais riscos. Também evito pedir. Salvo para essa amiga.

    ResponderExcluir
  5. Oi Camila
    Ao longo dos anos eu fui criando regras para emprestar livros. Empresto somente pra quem eu conheço e sei que vai cuidar bem ou que eu posso ameaçar caso algo de errado; empresto somente livros que já li; alguns exemplares eu não empresto e ponto; se riscar, sujar ou arruinar de qualquer forma, a pessoa me deve um exemplar novo ou o valor de 30 reais. Eu até ofereço emprestar livros para algumas pessoas, mas são pessoas que eu sei que vão cuidar bem dos meus bebês. Eu espero que ele seja cuidado como eu cuido dele.
    Já sofri muito por emprestar livro e nunca mais o ter de volta ou ele voltar machucado. Hoje não acontece mais.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Camila!
    Como aqui em casa só eu e minha irmã caçula gosta de ler livros assim, é cada uma tem seus livros então até hoje ninguém veio me pedir emprestado os livros, mas o dia que surgir alguém que eu conheço pedir, claramente emprestarei, pois assim a pessoa também se apaixonar pela leitura, mas claro que darei algumas recomendações para ela ter cuidado com o meu livro kkkkkkkk. Adoreeeei esse post, eu não tinha pensado nisso.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Camila!
    Ja deixei de emprestar alguns livros, porque por experiências anteriores eu vi que a pessoa não cuidava tão bem! Da um aperto no coração, mas não consigo me desapegar do meu xodó por alguem que não vai cuidar :(
    Mas eu estou sempre emprestando, principalmente porque amo conpartilhar as histórias, tem tantos detalhes que merecem ser vistos! Eu só tenho uma conversinha com o amigo antes, deixando claro que eu faço questão que o livro retorne do jeito que foi hahauahauaha

    ResponderExcluir
  8. Oi Camila,
    Eu tenho um pequeno grupo de pessoas que empresto, sei que são confiáveis, não demoram séculos para devolver e também me emprestam seus livros. Quando recebo pedido de alguém que não faz parte dele eu não empresto, sou educada e explico os motivos, mas é complicado, porque já me arrependi muito de emprestar, hoje sou mais direta quanto a isso! Ah, eu sempre mando um marcador junto do livro, precisa de aviso maior que esse? rsrs.
    Recomendações são sempre necessárias, acredite, as pessoas dificilmente vão entender os cuidados que temos, ou ter os mesmos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Camila, eu concordo com absolutamente tudo o que você disse. E algumas vezes já fui esse coração mole que acabou emprestando e, infelizmente, na grande maioria também me dei mal. Os livros voltam derrotados, coitados, parecem ter saído de uma luta. Isso quando voltam! Seria maravilhoso compartilhar esse universo com pessoas que realmente tivessem o cuidado ao ler. Até emprestar o livro que eu emprestei já fizeram. Eu também evito o máximo que posso, mas às vezes não tem jeito.

    ResponderExcluir
  10. Resposta curta: sim! Empresto, adoro sentir que pude compartilhar um mundinho que eu amei com outra pessoa. É importante pra mim saber que estou propagando uma ideia, o gosto pela leitura. Mas claro que sempre fico receosa e procuro emprestar apenas para pessoas de confiança e que eu sei que vão ler (e não enrolar meses com o livro só pra no final devolver sem ter nem aberto) e que eu sei que são cuidadosas. Já perdi livro emprestando, mas faz parte. Compartilhar é muito bom!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Oi Camila!
    Eu morro de ciúme dos meus bbs mas eu empresto dependendo da pessoa. Confesso que não é pra todo mundo porque já tive experiências mais trágicas com isso (estragaram meu livro favorito na época em resumo auhauha) então sempre avalio quem é pra emprestar.
    Bjs

    ResponderExcluir