11 setembro 2017

Dia de Quote [46]


Oi, leitores, tudo bem? Uma das minhas últimas leituras foi o maravilhoso Dumplin' e como esse livro me marcou tanto de forma positiva, resolvi trazer algumas citações bonitas, reflexivas e empoderadas para vocês. Willow é uma protagonista fora dos padrões de beleza feminina e nem por isso ela se sente menos bonita. Muito pelo contrário! Ela passa por muitas coisas absurdas em seu cotidiano, como o bullying na escola e sua mãe tentando incentivá-la a emagrecer e proferindo ofensas, e mesmo com o mundo ao seu redor tentando dizê-la que é frágil, feia e inútil, ela não se deixa abalar e corre atrás de sua meta: provar que também pode colocar uma coroa em sua cabeça. Espero que gostem das mensagens que separei e se sintam mais entusiasmados para conhecer esse livro fofo e incrível - Confira a Resenha aqui



Observatório Literário #10 - Carpe Diem


Oi pessoal! Muitos de vocês já devem ter ouvido a expressão “carpe diem” por aí, certo? Para quem não sabe, essa é uma frase em latim que costumava ser usada no tom de “cada um por si” durante a queda do Império Romano, podendo ser traduzida como “colha o dia” ou “aproveite o dia”. Teve um papel muito importante na literatura especialmente depois de ser utilizada por Horácio (poeta romano) em um de seus poemas com o sentido de aproveitar o momento, ganhando força na época do arcadismo que valorizava o tipo de escrita mais simples, objetiva e ligada com a natureza.

Enquanto estamos falando, terá fugido o tempo invejoso; colhe o dia, quanto menos confia no de amanhã (Odes I, 11.8) (Horácio apud Achcar, 1994, p. 88)

Assim como os arcadistas fugiram do tumulto, hoje eu convido vocês a refletirem sobre esse estilo de vida apressado que levamos dispersos com mais informações do que de fato podemos assimilar, lidando com ansiedade e diversos outros transtornos que invadem nosso emocional, com mil e uma preocupações e nenhuma de realmente aproveitar o momento em que vivemos e valorizar as pequenas coisas.


É preciso parar um pouco e tirar um tempo para você, assim como respirar fundo, parar de procrastinar e ir atrás do que você realmente quer. É preciso parar para observar o mundo à sua volta, não só o pôr do sol como todo mundo sempre fala, mas também as árvores balançando, o vento batendo no seu rosto, as pessoas fazendo suas próprias coisas, aquele momento quando todo o barulho cessa e você pode se perder no silêncio. Essas pequenas coisas são capazes de acalmar sua mente e fazer com que você possa se ouvir novamente.