15 novembro 2017

Resenha - Sorrisos Quebrados



Título: Sorrisos Quebrados
Autora: Sofia Silva
Cortesia: Valentina
Skoob / Goodreads
Páginas: 240
Onde comprar: Saraiva / Livraria Cultura

Sorrisos Quebrados gira em torno de três personagens: a jovem Paola, a pequena Sol e seu pai, André. Os três são vítimas de violências distintas, que deixaram marcas profundas em cada um. Trata-se de uma história de superação de dores, magia, estrelas e de como importantes laços humanos podem se formar a partir da autoaceitação, da arte e da tolerância no cotidiano.                                           






Alerta de gatilho: relacionamento abusivo, violência doméstica.


Paola sobrevive a um relacionamento abusivo que deixou mais do que marcas físicas em seu corpo. Roberto era o cara perfeito, o namorado perfeito. Ninguém poderia prever o monstro que ele se tornaria após o casamento, transformando a vida de Paola em uma verdadeira prisão. Quando ela finalmente cria coragem para escapar, ele a impede e deste último episódio em que ela quase morre, ficam feridas que vão além de cicatrizes.

- Eu acredito que sou um quadro abandonado por alguém que nunca desejou ser pintor. Alguém me pegou quando eu era uma tela branca e, em vez de me pintar com a suavidade dos pincéis, me feriu com o lado pontiagudo. Perfurou vezes sem conta até eu ter um buraco grande em vez de uma obra de arte.

Seis anos após o “dia da fuga”, Paola vive agora na Clínica, um centro de reabilitação onde ela faz acompanhamento psicológico e é livre para pintar como sempre quis ser. Todo ano a Clínica promove uma festa de Carnaval e, desta vez, Paola é convencida a ser voluntária para pintar os rostos das crianças durante o evento. E é assim que ela conhece a Sol, uma criança de quatro anos com um passado igualmente cruel, que precisa crescer enfrentando as consequências de crueldades das quais (felizmente) nem se lembra.

Paola e Sol criam uma amizade quase que instantaneamente, o que significa muito para a Sol que, entre tantos problemas, possui transtornos de socialização. A aproximação com Paola representa um grande avanço no quadro clínico dela. No entanto, essa amizade também será um novo desafio para Paola que não consegue conviver com as pessoas, especialmente com homens. Assim conhece André, o pai de Sol que fará tudo o que for preciso pela filha que ama incondicionalmente e vem em primeiro lugar.



Este é um livro que trará muitos temas pesados para a discussão, mas também mostrará que é possível viver além dos traumas. É uma história sobre violência, recuperação, superação, pinturas e, principalmente, amor verdadeiro.



[ - Minhas Impressões - ]


Sorrisos Quebrados foi uma surpresa de todas as formas. Com pouco mais de duzentas páginas, é uma história ao mesmo tempo chocante e envolvente, em nenhum momento leve, mas emocionante. Eu esperava um romance despretensioso e, logo de cara, encontrei cenas cruéis que me deixaram em choque. E o pior de tudo é saber que coisas assim acontecem o tempo todo no mundo inteiro, é revoltante.

Apesar de conter algumas cenas hot, o livro é muito mais do que romance e superação. Eu gostei sim do romance, mas a amizade entre a Paola e a Sol foi o que mais me chamou a atenção na leitura, e em segundo lugar vem o amor do André pela filha. Todos os personagens me agradaram de alguma forma, no entanto a Sol realmente me conquistou desde a primeira aparição. Como de fato um sol, (para mim) ela é o centro de toda a trama. Ela é divertida, autêntica e encantadora, não tem como não se apaixonar.

Será que estamos irremediavelmente quebrados? E se sim, qual dos dois está mais? - Vamos fingir, André.

A autora tem uma escrita poética gostosa de ler. Apesar de achar que os diálogos no geral são um pouco fora da realidade por serem trabalhados demais, ela desenvolveu bem uma trama bastante complexa, com vários tópicos diferentes, ligando todos os pontos de forma simples e objetiva, sem enrolação, o que me agradou muito. Nada melhor do que a sensação de que o livro tem exatamente o número de páginas que precisa para passar o que pretende, não é? (não vou mentir que leria mais algumas páginas sobre a Sol com prazer)


Resumindo, é um livro lindo! Uma jornada difícil repleta de sofrimentos que vai sendo colorida pouco a pouco, até se tornar uma pintura surpreendente. Sobre a edição, o livro está muito bonito, todo trabalhado nos detalhes (amei as referências às estrelas) e com diagramação confortável. É bom tomar cuidado com gatilhos quem passou por experiências parecidas, mas eu convido todos vocês a também se emocionarem com essa história!

Participe !! Se Inscreva !!  



6 comentários:

  1. Luana!
    Bem pontuado todos seus questionamentos e ainda acrescento que essa ideia de que está tudo bem com a magreza dela, quando está ao lado dele, me passa a impressão de dependência. E se algo não der certo no relacionamento e ele terminar, como ela ficará? Ainda mais traumatizada, né?
    Bom ver que gostou da leitura e que a escrita da autora é envolvente, apesar do tema pesado que o livro aborda.
    Gostei da relação de André com a filha e de saber que tem alguns trechos hots.
    Gostaria de ler para apreciar como todo tema foi desenvolvido.
    “A arte de ser sábio é a arte de saber o que ignorar.” (William James)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA novembro 3 livros, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  2. Acredito que este livro esteja na lista dos mais comentados dos últimos tempos! Impossível não ter lido alguma resenha ou dicas sobre este enredo que parece ser perfeito!
    Desde que foi lançado, todo mundo frisa o encaixe perfeito das histórias que vão se cruzando. A dor, o medo, a vida...ali, tal qual a realidade!
    Sem contar outro ponto alto, a linguagem poética da autora que todos afirmam ter dado um gostinho ainda mais especial.
    Espero poder ler este livro em breve!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Esse livro e um encanto apesar de se tratar de uma temática muito forte. Eu só vi resenha positivas a respeito do livro e fique muito xateada por nao poder ter ido pra bienal encontrar com a autora

    ResponderExcluir
  4. Oi Luana!
    Resenha linda, parabéns, adorei...
    O livro já está na minha listinha esperando uma oportunidade, o enredo tá lindo assim como a capa tbm...
    Qro mto ler logo...
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  5. Olá Luana ;)
    Ai ai, quero muito ler esse livro da Sofia. Consegui ele em uma troca e está na meta para ler até o fim do ano, vamos ver se consigo kkkk
    Já li um outro livro da autora no Wattpad, e sei que ela consegue escrever de uma forma linda e que consegue tocar fundo no coração do leitor, é difícil eu ler um autor com uma escrita assim tão emocionante!
    Adoro livros em que uma das personagens principais é uma criança, e já sei que vou me apaixonar pela fofura da Sol *-*
    Sei que quando ler vou aprender muito com os personagens, principalmente com a Paola, dá pra ver que ela é guerreira!
    Adorei a resenha S2
    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Vi muitas pessoas comentando esse livro e vi muitos positivos, muitas pessoas falaram que é bonito, estou tentando comprar esse livro ou ganhar sorteios hahahah, fiquei bem curiosa do livro. As vezes não gosto de ler resenha porque eu tenho medo de recebermuda spoiler.

    ResponderExcluir