28 agosto 2017

Resenha: Rainbow

Título: Rainbow
Autor: M.S. Fayes
Cortesia: Pandorga
Skoob / Goodreads
Páginas: 288
Onde comprar: Saraiva / Amazon

Rainbow Walker sempre se sentiu diferente das garotas da sua idade. Com um nome peculiar e uma família estranha, ela nunca conseguiu estabelecer vínculos ou manter muitas amizades. Agora, em uma nova cidade, ela terá que se adaptar a uma nova escola e rotina, ao mesmo tempo em que precisa deixar sua introspecção de lado.
Mas Rainbow não está sozinha nessa jornada, já que uma pessoa inesperada entra em seu caminho, fazendo com que ela precise rever todos os velhos preconceitos em relação aos outros, se obrigando a deixar as pessoas entrarem na sua vida.
Reviravoltas, conflitos familiares e toda espécie de desventuras típicas de uma adolescente no Ensino Médio não podem competir com o que ela menos esperava encontrar: o amor e a autodescoberta.





“Era certo como a terra era redonda, que aquela garota guardava dentro de si, coisas mais especiais possíveis, mas permitia poucas pessoas a terem um vislumbre. Honestamente? Eu estava ardendo de ansiedade em ser um dos poucos escolhidos.”

Rainbow Walker não é como as outras garotas da sua idade, talvez pelo fato de ser parte de uma família hippie que foge dos padrões ela é alguém que passou a ser extremamente séria, correta e centrada demais em coisas que não são comuns à sua idade. Com pais liberais e adeptos da paz e amor, ela sempre se viu com uma liberdade que muitos não possuem e em constantes mudanças de cidade e escola; sem tempo para se adaptar e permanecer muito tempo em um mesmo lugar, Rain é alguém extremamente fechada e com grandes dificuldades de fazer amizades e se enturmar. A solidão passou a ser sua melhor companhia, o que nunca a incomodou muito, principalmente por isso permitir que ela se foque em seus estudos.

Agora prestes a se mudar novamente, ela se vê mais uma vez tendo que se adaptar a um lugar completamente novo em seu ultimo ano escolar e com os já tão costumeiros bullyings que envolvem tanto ela quanto seus irmãos – Sunshine e Thunder Storm – pelos seus nomes poucos comuns.

“A raiva de Storm fazia jus ao nome que ele carregava. Já Sunny ostentava um sorriso brilhante e sem-vergonha naquela cara. Já eu… não fazia ideia da razão de levar um nome tão colorido quando eu estava me sentindo completamente cinza por dentro.”

No entanto, ao contrario do que sempre acontecia em suas outras escolas, se disfarçar não parece estar dando certo para ela. Quando logo de cara Becca se mostra interessada em ser sua amiga, Jason um dos caras mais bonitos da escola – e também o mais babaca – resolve não largar de seu pé, e Thomas – o mais lindo de todos – está disposto a quebrar  os muros que ela sempre manteve para se proteger, Rainbow vê sua vida mudar completamente.


“Talvez fosse preciso que um aluno punk tivesse tido a coragem de chegar e me falar o que meus pais sempre tentaram me fazer entender. A dificuldade em me adaptar estava exatamente em mim mesma.”

Utilizando-se do tempo que possui perto dela, Thomas vai se aproximando cada vez mais de Rainbow fazendo a enxergar coisas que ela insistia em não ver. Sentimentos que ela jamais imaginava sentir vão se mostrar mais presentes fazendo com que ela possa viver sua vida de forma completa pela primeira vez. No entanto, como nada na vida é fácil, conforme as coisas vão se ajeitando entre eles, novas pessoas vão surgir para colocar a prova o que um sente pelo outro... Uma prima obcecada é apenas o começo dos problemas dessa garota; Rainbow precisará ser forte para enfrentar tudo e proteger aqueles que amam diante de noticias atordoantes e sentimentos desconhecidos. Mas será que ela conseguirá encontrar o caminho em direção ao arco-íris depois da tempestade que sua vida veio a se tornar?
“— Rainbow... quando você se sentir em um túnel escuro e não conseguir ver a luz láaa no final... — ele disse e me beijou ternamente. — Lembre-se que eu vou estar lá, tentando iluminar o local, nem que seja com um palito de fósforo.”


[ - Minhas Impressões - ]

Rainbow é um Young adult que encanta com uma capa incrível e uma história que é impossível de se largar desde o momento em que se inicia a leitura. Retratando perfeitamente os dramas da vida de um adolescente acompanhamos situações onde o bullying se faz presente, questões acerca do primeiro amor, da pressão ao se ver prestes a entrar na vida adulta, a dificuldade de se adaptar e fazer amizades em um lugar completamente novo e de lidar com os pais – mesmo que no caso de Rainbow seja por questões que fogem dos padrões. Escrito de forma a envolver o leitor, M.S. Fayes, desenvolveu uma história extremamente real onde só resta ao leitor se envolver diante de sentimentos tão verdadeiros que é impossível de permanecer imune.


Rainbow é uma protagonista que é fácil de se identificar; tímida e insegura, ela é alguém que se mostra real e cercada de problemas que todos nos já enfrentamos ou ainda viremos a fazê-lo.  Completamente oposta de seus irmãos ela se vê muitas vezes como a ovelha negra da família ao estar mais preocupada com os estudos – a típica nerd – do que com garotos. Sempre sendo a diferente em uma família cheia de liberdade e alegria, Rain é alguém que veio a se fechar para o mundo e pessoas sem nunca se permitir criar laços com alguém ou com alguma das inúmeras cidades em que viveu. Sempre guardando seus sentimentos, a vemos ir mudando aos poucos com a ajuda dos novos amigos e descobrindo mais sobre si mesma de forma que é nítido seu amadurecimento. Profunda, essa é uma personagem pela qual é impossível não se apaixonar e torcer pelo seu final feliz; se mostrando cada vez mais madura, Rainbow é alguém que se torna um exemplo pelo modo de ver a vida e enfrentar as dificuldades impostas a ela.

Thomas é um protagonista completamente encantador e apaixonante; fugindo de padrões pré-estabelecidos, ele é alguém que mostra que muitas vezes as aparências enganam e capaz de conquistar o leitor desde sua primeira fala. Simpático, encantador, paciente ele é um personagem que não hesita em correr atrás do que quer e proteger aqueles de que gosta. Com uma vida completamente diferente de Rainbow, ele se mostrou alguém paciente e capaz de compreende-la de forma como ninguém nunca havia feito antes; sem jamais a pressiona-la, ele foi se aproximando cada vez mais com investidas sutis, mas sem nunca desrespeitar os  limites ou forçar sua presença. Aproximando do típico príncipe encantado, ele é alguém que se mostrou sincero nos sentimentos indo com calma para derrubar cada barreira criada por Rain. Enxergando mais do que ela mesma era capaz de ver, Thomas se mostrou alguém disposto a estar ali por ela e a protegê-la de todo o mal que a ameaçasse. Muito bem construído e com uma personalidade forte e real, ele é alguém que cativa o leitor e rouba nossos corações rapidamente – algo que vemos acontecendo com praticamente todos os personagens dessa história arrebatadora.

E o que falar dos personagens secundários além de que eles são o completo perfeito para uma história incrível? Sunshine é uma garota que faz jus ao seu nome em todos momentos e cujo espirito livre é algo admirável; encantadora, ela também rouba a cena e nos faz desejar saber e acompanhar mais de suas aventuras em um livro só seu. Storm é um personagem que nem sua postura irritante e machista ou seu ego enorme é capaz de fazer com que o leitor não goste dele; sem fazer por mal o vemos como alguém que nos cativa e nos leva em uma relação de amor e ódio. Confesso que eu estou louca para ver ele achar uma garota que vá o fazer ficar de joelhos e perder toda essa posse que ele exibe, mesmo assim é um personagem que complementa a história e pelo qual é impossível não se divertir, mesmo que seja pelas bobagens que fala. Além deles, há outros que também despertam sentimentos em nós, mesmo que não necessariamente bons. Os pais de Rainbow é um exemplo de personagens que me chocarão com suas atitudes e que me fizeram odiá-los; por diversas vezes pensei que eles não mereciam os filhos que tem e isso é algo que eu continuo achando mesmo depois de terminar a leitura! E nem preciso falar sobre a prima maluca de Thomas, certo? Oh garota irritante e maluca, ela é a típica personagem que provoca os pensamentos mais obscuros de nossa mente onde nos vemos realizando a morte dela da forma mais cruel possível... Ou seja, ela é a típica personagem que nem chega a ser digna de nota ou comentários.


Com personagens bem desenvolvidos, nos vemos cercados por um enredo bem construído onde apesar de ser uma leitura rápida em nada deixa a desejar ou se torna corrido. Intenso, essa é uma leitora que faz surgir no leitor sentimentos variados e uma paixão pela história que se mostra algo cheio de cor fazendo jus ao seu nome. Longe de ser perfeito, essa é uma obra que mostra as dificuldades na vida de uma pessoa e sobre recomeços e descobertas. Com uma narrativa intercalada entre os protagonistas, somos levados a nos aproximar de sua narrativa viciante que proporciona uma leitura fácil, mas que surpreende a cada minuto. Apesar de ser um livro que conquista com sua capa, essa é uma obra que vai muito além disso; marcante esse é um enredo que nos leva a refletir sobre nós e sobre nossas escolhas, diferente esse é um livro que veio para nos fazer enxergar verdades e rever escolhas e pré-conceitos que possuímos.

Quanto a sua diagramação o que falar além de que é uma obra que encanta visualmente e preenche de forma completa nossa alma? Com cores fortes e vibrantes nos deparamos com uma capa que se encaixa perfeitamente a história e que possui elementos na medida certa sem poluir ou deixar a desejar; esse é o típico livro que atrai pela capa e pela qual é impossível não se apaixonar ou desejar. A revisão também está ótima ao não apresentar erros e ser uma história o tempo todo coerente e concisa. E o que falar da diagramação repleta de detalhes encantadores e impecável? A divisão do ponto de vista de Thomas e Rainbow foi feita de forma clara facilitando ao leitor o entendimento durante as narrações. A fonte está de tamanho ideal e as folhas amareladas são aquele toque que todo leitor ama encontrar. É a típica obra pela qual é impossível não se apaixonar e desejar ter na estante; definitivamente é uma das edições mais linda da minha estante, me apaixonei completamente!


Rainbow é uma obra repleta de cenas delicadas e divertidas que vem a ser extremamente especial onde à escrita de M.S. Fayes é capaz de criar um enredo carismático e envolvente. Sem apelar para cenas repletas de caricias quentes, esse é um livro que retrata o amor de forma pura e bela, garantindo ao leitor uma boa história regadas de risadas e momentos de suspirar e doer o coração. Instigante, essa é uma obra que está sempre a incentivar a leitura do próximo capítulo até que nos deparamos com seu encerramento e aquele gostinho de quero mais. Apaixonante, essa é uma obra mais do que recomendada à todos que gostam de uma leitura leve, mas profunda e com intensas reflexões. Mais que um belo livro, essa é uma história sobre diferenças, preconceitos e sobre o amor em todos as sua formas!

“— Porque ter tanto trabalho assim, Thomas? — Perguntei e tentei entender realmente.
— Trabalho de quê?
— Em ficar comigo, mesmo sabendo que nosso relacionamento é limitado a pequenos momentos assim…
Ouvi seu suspiro profundo
— Porque você vale a pena, Rain.”

PARTICIPE !! SE INSCREVA !!!


12 comentários:

  1. Olá Bruna ;)
    Comprei Rainbow mas ainda não chegou meu livro... uma pena, pois estou super super ansiosa para começar a leitura, agora ainda mais com sua resenha e sabendo que você favoritou o livro!
    A primeira coisa que encanta no livro é essa capa linda e misteriosa, mas a trama que vai prender o leitor e despertar vários sentimentos durante a leitura. Acho que vou adorar a Rain e amar o Thomas (já estou suspirando kkk), e com certeza vou me emocionar com a leitura, já estou sentindo S2
    Espero mesmo que meu livro chegue logo para eu começar a leitura, e espero me encantas com ele tanto quanto você *-*
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente a primeira coisa que chama a atenção do leitor e esta capa toda trabalha com uma edição linda que a editora preparou, quando li a sinopse e vi que tratava de um gênero que amo, já me interessei pela leitura, e agora lendo sua resenha estou ainda mais cativada a esta leitura. Até porque retrata uma fase de descobertas, primeiro amor, ter lida com o novo, fazes novas amizades, os problemas que todo adolescente passa nesta fase. Outro ponto que me chamou a atenção, e o fato dos personagens secundários serem importante nesta estória, deixando a leitura ainda mais encantadora e cativante. Super ansiosa por está leitura espero não me decepcionar.

      Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
      http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

      Excluir
  2. Gente, como não se apaixonar por este último quote?
    Só por ele já leria o livro!! E que capa é essa? Muito linda e sutil!
    Ainda não conheço a autora, e esta é a primeira resenha que leio sobre este livro, e já fiquei encantada pela estória.
    A protagonista parece mesmo ser bastante empática, acredito que a identificação do leitor com ela seja automática! Só pela descrição de Rainbow já consegui imaginar alguma coisa, principalmente em relação a ser um exemplo de superação.
    O personagem Thomas também se mostra muito bem-construído, apesar das diferenças, é ele quem de fato tem o poder de enxergar através de Rainbow. Também gostei dos nomes, inclusive os dos personagens secundários, que também se mostram muito bem desenvolvidos.
    O roteiro com certeza vai nos manter grudados na estória, uma vez iniciada será difícil de largar.
    Com certeza vou querer essa lindeza e delicadeza na minha estante!!

    ResponderExcluir
  3. "Rainbow" é um livro fofo, de leitura fácil e gostosa com muitos momentos em que a gente chega a suspirar. É um livro rápido dá pra sentar e ler numa tarde só (como eu mesma fiz haha)
    Eu ri muito com o Storm, amei a verdade na personagem da sunshine, morri de amores pelo Thomas e achei lindo ver a Rainbow se descobrindo.
    Livro lindo e delicado, gostei bastante dele! <3

    ResponderExcluir
  4. Bruna!
    Também entendo bem o que Rain passa, pois aos 16 anos já estava na faculdade e só mantinha contato com pessoas mais velhas, porém com mentes adolescentes e já havia passado dessa época...
    Deve ser um livro delícia de ler e ver que Rain se permitiu viver um pouco do que a vida proporciona.
    Desejo uma semana mais que tranquilo e abençoado!
    “Deus com Sua infinita Sabedoria, escondeu o Inferno no meio do Paraíso para que nós sempre estivéssemos atentos.” (Paulo Coelho)
    Cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Primeiramente, o que mais me chamou a atenção, foi a capa. Linda!
    É a primeira resenha que leio, desse livro e gostei muito de tudo que você comentou, sobre o mesmo. Leituras assim, que emocionam e ensinam, passando uma bonita reflexão, sempre são indicadas. E por ser uma leitura leve e cativante, com certeza a dica estará anotada.
    Espero ter a chance de ler e me encantar tanto quanto você!
    Sua resenha está perfeita.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. A primeira coisa que me chamou a atenção nesse livro foi a capa.
    Gostei da sinopse e depois de ler sua resenha do livro me animei em ler.
    Gostei de saber que a autora soube trabalhar tanto com os personagens principais como os secundários.
    *Gostei das suas fotos dos livro.

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Já tinha lido varias resenhas desse livro é sempre me encanta mas a história. Gostei muito desse nome da personagem, é uma fofura. A trama tem uma premissa muito boa, uma história que te envolve completamente, desejo ler esse livro ja.

    ResponderExcluir
  8. Que resenha perfeita Bruna, fiquei completamente interessada em ler essa história tão bela. Esse livro já está na minha lista de desejados há um bom tempo, mas até tinha me esquecido dele, só que agora o sentimento é de que preciso ler essa linda história pra ontem! Fico empolgada em saber que esse livro tem uma história envolvente por trás dessa capa linda, que traz personagens bem construídos e uma trama repleta de reflexões.
    Nossa, já me identifiquei com a protagonista Rainbow, vivi muitos dos seus dramas e inseguranças na minha adolescência, sempre fui uma pessoa muito fechada. A personagem é muito real, transmitindo os dramas tão comuns na vida de um adolescente. Que encanto de personagem é o Thomas, um garoto que cativa o leitor desde o inicio.
    Amo histórias que retratado o amor de uma forma pura e sincera. Uma história que toca o coração com todas as reflexões geradas, com os altos e baixos vivenciados pela protagonista, enquanto acompanhamos o seu amadurecimento, com suas descobertas e recomeços. Uma leitura leve, mas profunda e repleta de sentimentos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Nossa já estou suspirando aqui só com a resenha, imagina quando começar a ler o livro. Conheci a história a um tempinho e de cara fiquei empolgadíssima em começar a leitura. O enredo parece ser muito interessante, com temas atuais como a pressão que é essa passagem da adolescência para a vida adulta. Me identifiquei muito com a Rain e Thomas (ahhhhh) mostrou ser um lindo.

    ResponderExcluir
  10. Oiie!
    Ahhh, Rainbow... Primeiramente vamos comentar sobre essa capa, nunca vi uma capa tão LINDA PERFEITA MARAVILHOSAA em toda a minha vida. Esse livro é do meu gênero favorito, Romance!! Me identifiquei muito com a Rainbow, vou entrar para o ensino médio ano que vem e me identifico muito com as características dela, timidez, solidão, e não se importar com isso pelo fato de ajudar a focar nos estudos, nossa parece que a autora está me descrevendo kkkkk, amo quando me identifico com o personagem de algum livro, me sinto mais íntima dele e da história. E está acontecendo isso agora. Já estou torcendo muito pela Rain e o Thomas. O livro já foi para a minha lista, preciso ler o mais rápido possível para saber o desfecho dessa história linda!!

    ResponderExcluir
  11. Já estou com o coração quentinho só de ler a resenha. Tenho contato com a autora nas redes sociais e desde que o livro foi lançado, desejo iniciar a leitura. Acho que a M. S é a prova de que a simplicidade nas palavras, na história e nos personagens tornam as coisas ainda mais instigantes e interessantes. Rainbow parece ser realmente aquela protagonista que a gente quer trazer para a vida real e torná-la nossa amiga e Thomas até agora são só suspiros meus para ele. Adoro obras reflexivas, está na listinha.

    Ps: Esse último quote fez meu coração derreter.

    ResponderExcluir