17 junho 2017

Luz, câmera e ação [34]


Título: Piratas do caribe: A vingança de Salazar
Data de lançamento: 27 de maio de 2017
Direção: Jeff Nathanson
Distribuidora: Disney
Duração: 2h09
Gênero: Fantasia / aventura
O capitão Salazar é a nova pedra no sapato do capitão Jack Sparrow. Ele lidera um exército de piratas fantasmas assassinos e está disposto a matar todos os piratas existentes na face da Terra. Para escapar, Sparrow precisa encontrar o Tridente de Poseidon, que dá ao seu dono o poder de controlar o mar.



Will Turner se sacrificou em prol da mulher que ama, deixando-a juntamente com seu filho. Henry passou a vida buscando uma maneira de quebrar a maldição do pai, pesquisas e mais pesquisas o tornaram um especialistas em lendas e no sobrenatural. Agora, anos mais tarde, Henry tem a chance de conseguir trazer seu pai de volta com o "Tridente de Poseidon", objeto mitológico que concede ao seu portador o controle sobre todo o mar. Muitos o buscaram, mas ninguém jamais o achou, e a lenda diz que o mapa não pode ser lido por nenhum homem. A única esperança do jovem é encontrar o destemido Capitão Jack Sparrow na esperança de que ele possa guiá-lo em sua busca, porém, o que ele encontra é um homem bêbado e totalmente fracassado, uma sombra do que um dia fora o capitão.

"Os piratas infectaram os mares há gerações. Então, prometi eliminá-los.
Ai, tinha esse garoto... Jack Saparrow.
Ele tirou tudo de mim. E me encheu de... Raiva."







Em meio a decepção, Henry encontra a esperança em Carina, jovem que diz ser capaz de ler o mapa e ainda pode levá-los a encontrar o Tridente de Poseidon. Mas o mar se tornou um lugar perigoso pois Salazar, capitão amaldiçoado, está a solta matando e destruindo qualquer pirata que encontra em seu caminho, e ainda para ajudar, deseja se vingar de Jack Sparrow.


Sabe aquele filme que dá tão certo que a produtora resolve fazer uma franquia interminável? Pois é, Piratas do caribe entrou nessa onda. O problema dessas franquias é justamente serem intermináveis. Na minha humilde opinião de espectadora os filmes poderiam ter acabado no terceiro que já estava de bom tamanho. Mas ai tivemos mais um filme sem os personagens que já adorávamos e deixando somente Jack como protagonista. PC: Navegando em águas misteriosas foi um filme divertido, porém desnecessário, então vocês devem entender meu medo em relação a mais um filme. Porém dessa vez, temos o filho dos protagonistas da trilogia inicial tentando "concertar" os erros dos pais. Ainda não trouxe a qualidade dos primeiros filmes, porém cumpre o prometido e diverte.

O principal problema do filme é o roteiro. Ele possuí começo, meio e fim, mas não se aprofunda em momento algum. Salazar é amaldiçoado mas a explicação parece "estórinha para fazer criança dormir" não sendo em nada tão complexo como a maldição de Will Turner. A lenda do tridente é bacana, mas a busca por ele acaba se tornando muito acessível em comparação com a dificuldade que os personagens falavam ser impossível e o objeto inexistente. No final, o filme serve somente para divertir o público e nos fazer aproveitar o que está sendo proposto sem esperar muito, e isso é o que realmente faz o filme prender o espectador.

Os personagens da estória são carismáticos e nos envolve em suas problemáticas. Jhonny Deep dá vida mais uma vez a Jack Sparrow e é inegável que ele faz com maestria que mesmo apôs tantos filmes ainda não perdeu sua essência, porém é nítido que o ator está envelhecendo e que talvez seja esse o fim da jornada do capitão. Barboza foi a maior surpresa em minha opinião, ainda o mesmo ambicioso e audacioso, mas dessa vez com um toque humano sem a mascará de canalhice. Confesso que se tornou meu personagem favorito. Salazar é um vilão mediano, desperta pouco a quem vê ficando somente no básico, movido somente por vingança e nada mais. Os novos atores também foram incríveis e demostram entrosamento e química com o elenco, contagiando a todos com sua jovialidade e aquela sensação de que tudo é possível, afinal, magia e sobrenatural existem nesse mundo.

A fotografia do filme é um prato cheio que se engradece perante nossos olhos. São cores vivas e fortes marcando os cenários paradisíacos deixando-nos loucos para visitar cada um dos lugares. A trilha sonora também trás muita coisa boa, porém nada marcante que se faz lembrar pelo filme. O 3D é quase desnecessário pois são poucas as cenas que foram bem empregadas, minha dica é investir numa sala que oferece qualidade 4K que acaba sendo o mesmo preço do 3D.

No geral PC: A vingança de Salazar é superior ao teu antecessor, mas ainda inferior aos primeiros filmes. Me diverti com as tiradas bem colocadas durante o filme, mas não chegam a ser memoráveis. O filme é perfeito para se divertir e aproveitar o que ele oferece, mas infelizmente não é nada além disso. A estória se encerra de forma que nos da entender que os filmes chegaram ao fim, mas as bilheterias vem arrecadando tanto que creio que á chances de novas produções num futuro. Pode até não parecer, mas eu gostei sim do filme, e o recomendo para todos que amem uma aventura e filmes divertidos, mas principalmente para aqueles que não esperam muito. Simplesmente aproveitem e tirem o melhor proveito.






PARTICIPE !! SE INSCREVA !!!




10 comentários:

  1. É meio chato esse negócio de fazerem filmes atrás de filmes quando o primeiro faz um sucesso enorme... os caras vão se perdendo no nível da história, isso é tão sem graça...
    Gostava desses filmes quando criança, o personagem é todo doido e quem não se encantou com esse pirata maluco? xD
    Mas podia já ter parado mesmo. Gosto de ver, mas é aquele negócio né, assistir por assistir. Já não tem a mesma graça.. .
    Esse filme me chamou mais atenção pelo elenco que por história. E parece que a trama tá meio vazia de novo. Outro filme que não bate a graça dos primeiros... mas mesmo assim queria assistir.

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Assisti aos primeiros filmes de Piratas do Caribe e confesso que só o primeiro ganhou meu coração. Gostei muito assisti de novo várias vezes, enquanto os outros hoje eu nem lembro mais da história. Acho que se for pra fazer uma continuação ela precisa fazer sentido e realmente continuar contando a história e não deixar o nível cair. Infelizmente não é o que acontece com os filmes de Piratas do Caribe. Mas fiquei feliz em saber que esse é melhor do que os últimos que foram lançados. Não tenho muita esperança de assistir a esse porque desanimei muito com os filmes anteriores :/
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Stefani!
    Até concordo quando diz que o maior problema dessas franquias intermináveis é que a questão é mais financeira, porque levam muitos ao cinema, mesmo com roteiro fraco...
    Os atores principais são sempre um convite para assistir o filme, mesmo sem nada de inovador. Acredito que os novos efeitos especiais trazem uma roupagem nova e isso por si só, já me faz querer assistir, mesmo com todas suas observações e ressalvas.
    Desejo uma ótima semana!!
    “Terei toda a aparência de quem falhou, e só eu saberei se foi a falha necessária.” (Clarice Lispector)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Stéf *--*
    Não assisti ao filme ainda, mas meio que concordo com você, deveria ter terminado no terceiro que já estava ótimo. Mas confesso que bem lá no meu intimo sempre me incomodou o fato de Will ter terminado almaldiçoado e longe da Elizabethe, então quero muito ver esse filme pois pra mim será uma ocnclusão e o final feliz deles. Adorei sua critica, ela foi bem sucinta e fala bem com a gente que ta assistindo, não igual aquelas de cinéfilos que enrolam e enrolam pra explicar algo simples.

    Bjão

    ResponderExcluir
  5. Esse filme eu ainda não assisti mas estou certa de que não vá demorar porque dos outros eu gostei muito e esse eu não poderia perder para ter essa confirmação já que esse filme foi tão bem esperado por tantas pessoas e por finalmente não terá mais pirata do Caribe porque acho que muitos filmes acabam desanimando muita gente né?
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  6. Piratas do Caribe realmente deveria ter parado no terceiro filme. Eu gostei bastante dos primeiros, mas o 4º filme eu achei bem mais ou menos. Eu estava com medo de ver esse filme, justamente por achar que também seria ruim. Gostei de saber que esse filme é melhor que o anterior, mas é uma pena que ele ainda seja pior que os primeiros. Eu pretendo ver o filme, ele parece ser divertido mesmo. Mas vou esperar o filme sair do cinema pra assistir..

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá !!
    Confesso que só assisti até o segundo filme de Piratas do Caribe. Não tive mais vontade de continuar ...
    Já ouvi diversas críticas do filme mas eu mesma no aposso opinar porque não assisto faz tempo ...
    Bjos

    ResponderExcluir
  8. Olá! Bem eu desistir de assistir aos filmes do Pirata do Caribe após o terceiro, que eu detestei, acho péssimo essas franquias intermináveis, entendo que é mais pela questão financeira do que pelos fãs, pelo menos esse filme parece ser “menos pior” do que os outros.

    ResponderExcluir
  9. Oi Stefani,
    Adoro Piratas do Caribe, mas concordo com você que os filmes poderiam ter acabado no terceiro, que já teve um desfecho satisfatório. Mas como boa garota que sou, quero muito assistir Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar, estou ansiosa para ver qual vai ser o desfecho da maldição do Will Turner.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Eu sou fã dos filmes do Piratas do Caribe, e confesso que não sabia do que esperar deste quinto. Mas fui surpreendida de uma forma muito positiva, o filme se tornou um dos meus favoritos, só perde para o meu queridinho do terceiro filme... Amei os novos personagens, em especial o Henry e a Carina. Acho que foi algo que faltou no quarto filme, este link com a trilogia original, que felizmente aconteceu no quinto. A cena pós-créditos me deu esperanças de que eles logo farão uma continuação! Mal posso esperar...
    Abraços.
    https://letrasmaislivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir